Templates by BIGtheme NET
Home » Nacional (page 132)

Nacional

Orçamento Participativo apresentado em Pinhel

mp Foi apresentado, em sessão aberta ao público, o Orçamento Participativo que o Município de Pinhel vai implementar ao longo deste ano, a fim de promover a participação dos munícipes na definição de prioridades e nas decisões governativas da autarquia pinhelense.

A apresentação esteve a cargo do Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, que frisou a importância deste instrumento que pretende estar ao serviço da democracia.
Associado ao Orçamento Participativo do Município de Pinhel, que resumidamente consiste na apresentação e votação de propostas de projetos por parte dos cidadãos, vai estar uma verba no valor de 150 mil euros.mp1
De referir que podem apresentar propostas pessoas singulares ou coletivas (incluindo Associações e IPSS). Quanto à votação, estará aberta a todos os eleitores recenseados em território nacional, bem como aos emigrantes de primeira e segunda geração.
Quer a apresentação de propostas, quer a votação das mesmas poderá ser feita por via eletrónica (numa plataforma hoje apresentada) ou de forma presencial, na Câmara Municipal ou nas Juntas de Freguesia do concelho.
Por último, importa sublinhar a adesão dos pinhelenses a esta apresentação que contou com casa cheia e bastante interesse por parte do público que, no final, teve oportunidade de colocar dúvidas e pedir esclarecimentos adicionais.

Calendário do Orçamento Participativo:
1 de maio a 16 de junho – Apresentação e submissão de propostas
19 a 22 de junho – Avaliação técnica das propostas
23 de junho a 7 de julho – Apresentação de reclamações
10 a 13 de julho – Resposta a reclamações
19 de julho – Apresentação dos projetos sujeitos a votação
20 de julho a 31 de agosto – Votação dos diversos projetos
8 de setembro – Apresentação pública do projeto vencedor
Outubro de 2017 – Inclusão do projeto vencedor no orçamento municipal

Por:Mun.Pinhel

Feira do Queijo Serra da Estrela com milhares de visitantes

IMG_1082  Feira única, uma aposta ganha para o Município

Decorreu na manhã de sábado, a Sessão Solene nos Paços do Concelho do Município de Fornos de Algodres, contou a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Dr. Carlos Miguel, autarcas de concelhos limítrofes, Joaquim Bonifácio (Aguiar da Beira), Luís Tadeu (Gouveia),Francisco Carvalho (Penalva do Castelo), Deputado da Assembleia da República, Santinho Pacheco, Presidentes das diversas Freguesias, Vereadores, Deputados da Assembleia Municipal, Bombeiros, GNR e outras entidades.

O Presidente do Município de Fornos de Algodres, Manuel Fonseca, referiu é um dia de festa, é o culminar de todas as feiras desta região, coIMG_1162m chave de ouro, mais uma vez, a aposta que foi feita, há quatro anos, no sentido de fazer uma Feira única em Fornos de Algodres, é uma aposta ganha.

Esta é uma grande alegria, que a Feira do Queijo, seja mais uma vez um sucesso, apesar das muitas dificuldades que este concelho tem, mas também tem grandes potencialidades.

Plano de Apoio Municipal foi aprovado pelo Tribunal de Contas

Adiantou que, também é da responsabilidade da tutela e dos autarcas potenciar o que de bom se faz nestas regiões, criando condições para que estas pessoas continuem a viver em Fornos de Algodres.

Foi um período complicado para Fornos de Algodres relativamente ao enquadramento financeiro, durante estes anos, face a isso, houIMG_1089ve necessidade de recorrer à renegociação da dívida, e assim, o Tribunal de Contas nesta sexta-feira, deu um visto positivo ao Plano de Apoio Municipal da nossa autarquia”.

Face a esta boa nova, salientou que estão criadas as condições financeiras para este concelho passe a ter encaixe financeiro para fazer algumas coisas que até agora não foi possível.

Referiu ainda que é uma alegria enorme ao receber esta notícia, agora esta festa é para estar com os produtores de queijo e todas as pessoas que dão vida a este concelho.

Queijo de Fornos de Algodres é único

Já o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Dr. Carlos Miguel, sentiu-se satisfeito por estar em Fornos novamente, fez alusão a que o dia é para falar de Queijo, num concelho como este, a aposta num produto genuíno, o queijo da Serra é acertada.

Referiu que ao longo destes tempos, tem apreciado muito o Queijo, e o Queijo de FoIMG_1209rnos é único, logo o Município está bem ao fazer esta aposta.

A vida é feita de pequenos nadas que formam um todo, e por vezes na economia, é isso mesmo, é um conjunto de pequenos produtores e pequenas produções, que formam um volume de negócios para a região, e que a faz desenvolver.

Salientou ainda, a boa nova que o Tribunal de Contas deu visto positivo ao novo Programa de Financiamento desta autarquia no valor de 32,6 milhões de euros.

Frisou que “Fornos tem tido uma vida difícil, para a Câmara, Juntas de Freguesia e cidadãos, as coisas apertam e Câmara não pode chegar onde queria, agora ao longo destes anos, o esforço desta Câmara tem sido enorme, com a redução do défice de forma significativa e um prazo de pagamento médio aos fornecedores de 15 dias, a dívida no último ano reduziu em 6%, este é o caminho certo.

Estes 32,6 milhões de euros vêm resolver muitos problemas, mas não são, a fuIMG_1472ndo perdido, vão ter de ser pagos, agora o caminho a seguir é o da racionalização que tem sido feito até aqui, é o mais correto de forma a ter finanças sãs.

O caminho vai ser mais facilitado, pois vão ser pagas coisas atrasadas que estavam embaladas, vai entrar mais dinheiro na economia, mas é o caminho a seguir, numa altura que se está a executar tudo o que é programas comunitários”.

Depois seguiu-se, a visita ao Mercado Municipal e respetiva prova do queijo da serra, onde os produtores mostram as suas potencialidades.

Durante o almoço, com os produtores, foram entregues prémios relativo ao concurso de ovinos.

Em todo certame, existem dos mais variados produtos endógenos, fumeiro, azeite, doces, pão regional, entre outros.

O artesanato merece um destaque especial, assim como a divulgação das mais diversaIMG_1533s associações e entidades do concelho.

A tarde foi preenchida pelo Programa da RTP “ Aqui Portugal”, onde pelo palco passaram os mais variados géneros musicais, sendo alguns grupos desta região.

Por: Sofia Pacheco/António Pacheco

 

 

 

 

JS Fornos de Algodres apresenta jovens militantes.

js Ao fim da tarde desta sexta-feira, a Juventude Socialista de Fornos de Algodres, reuniu-se no intuito de apresentar novos membros e onde foram debatidos assuntos do interesse dos jovens.

Marcaram presença para além dos jovens socialistas, algumas figuras ilustres do partido, Fábio Pinto, líder distrital da JS, Dr. Manuel Fonseca, Presidente do Município de Fornos de Algodres, Dr.Alexandre Lote, Vereador do Município de Fornos de Algodres, Prof.António Gomes, Presidente da Freguesia de Fornos de Algodres, Luis Filipe, líder da concelhia do PS.

Seguiu-se um momento de convívio onde marcaram presença um novo grupo dejs1 música de jovens fornenses “The Hells”.

Tiago Andrade, Líder da JS fornense, mostrou-se satisfeito pela grande envolvência que estes jovens vão tendo.

 

Piscina Municipal descoberta vai avançando em Pinhel

piscinaEstá em curso a construção da nova Piscina Municipal descoberta, no Parque Municipal da Trincheira, onde a obra decorre a bom ritmo.
Vai assim ganhando forma, um equipamento que o Município de Pinhel considera fundamental para os pinhelenses, mas também para os visitantes que na altura do verão poderão aproveitar para dar uns mergulhos numa piscina que promete ser diferente e inovadora.

Por:MP

Rede viária melhorada na União de Freguesias de Tavares

estradasJá iniciaram as obras para pavimentação da ligação Torre de Tavares a Vila Cova de Tavares, na União de Freguesias de Tavares. Esta empreitada está inserida no conjunto de investimentos que se sucederão a muito curto prazo e que, estima a autarquia, atinjam um valor de 1,3 milhões de euros, já durante os meses de fevereiro e março.

Estas empreitadas, no âmbito do plano de investimentos com obras a concurso no valor de 7 milhões de euros, assegurarão, na sua maioria, uma melhoria/requalificação da rede viária municipal em várias estradas municipais do concelho e na rede de infraestruturas.

Para João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, «as obras de beneficiação do pavimento do CM1464 vão permitir a melhoria na mobilidade e um aumento significativo de conforto e de segurança para as centenas de pessoas que diariamente transitam nesta estrada».

«ESTÃO JÁ NO TERRENO QUASE 1 MILHÃO DE EUROS EM OBRAS. (…)

ESTE PLANO DE INVESTIMENTO NÃO TEM PARALELO NA HISTÓRIA DO MUNICÍPIO» – JOÃO AZEVEDO

O autarca sublinha ainda que «estão já no terreno quase 1 milhão de euros em obras. Estamos a cumprir com o planeamento feito. Há um conjunto de empreitadas que estão a seguir os procedimentos contratuais e que vamos colocar no terreno muito brevemente. Este plano de investimento não tem paralelo na história do município

Por:Mun.Mangualde

 

 

Artigo de opinião- Terapia da Fala na 3ª Idade

tp 3ªO Terapeuta da Fala pode intervir na população mais idosa?

O envelhecimento não tem uma data de início estabelecida. Sem nos apercebermos os cabelos ficam esbranquiçados, a pele enrugada e o tempo parece que voa. Com o envelhecimento surgem as dificuldades em funções e atividades que antes nos pareciam tão simples, como é o caso do falar, do comer ou do escrever. É aqui, que começamos a ter consciência que nem sempre as coisas mais simples estão garantidas. Com todas as alterações na vida da pessoa, muitas das vezes surge a ideia de incapacidade porque se perdeu o seu lugar na sociedade, o que pode desencadear frustrações, alterações emocionais e isolamento (porque reduzem drasticamente as interações).

À medida que as pessoas envelhecem, ficam mais propícias a desenvolver patologias que têm repercussões negativas na comunicação e na deglutição, como é o caso do AVC, Parkinson, Alzheimer, entre outros. A capacidade de articular com precisão as palavras, compreender e expressar mensagens verbais pode também estar alterada nestas patologias.

Se quisesse dizer obrigada ao seu filho ou parabéns ao seu neto e as palavras não saíssem? Como se sentia? O que ponderava fazer? E se não conseguisse comer porque se engasgava com frequência ou porque não conseguia engolir? Como ficava? Onde ia procurar ajuda? Qualquer pessoa pode vir a ter problemas ao nível da comunicação e/ou da deglutição ao longo do processo de envelhecimento, quer este seja fisiológico (natural) ou patológico.

As alterações na comunicação são das mudanças mais evidentes e que por vezes advêm da presbiacúsia (envelhecimento do aparelho auditivo) porque a pessoa não compreende o que lhe é dito. Estas condições influenciam negativamente a pessoa, levando-a à solidão e à deterioração da imagem a nível social. Deste modo, podemos concluir que as alterações comunicativas podem também advir de condições patológicas.

As alterações na voz e na fala dizem muito sobre a nossa saúde. A presbifonia (envelhecimento da voz) pode surgir em qualquer momento e depende da saúde física/psicológica da pessoa, da alimentação, estilo de vida ou mesmo fatores ambientais. Assim, é necessário estar atento aos sinais porque podem ser indicativos de problemas neurológicos, funcionais ou orgânicos que não podemos ignorar.

As dificuldades na alimentação (disfagia), nomeadamente em engolir os alimentos de forma segura, são muito comuns e podem ter como causa os problemas neurológicos (AVC, TCE, Parkinson, Alzheimer, Paralisia Cerebral…). As dificuldades podem evidenciar-se na mastigação, manipulação do alimento ou mesmo no transporte deste. Este tipo de perturbação pode implicar consequências assoladoras na qualidade de vida da pessoa, desde desidratação, subnutrição, depressão, asfixia, até, eventualmente, a morte.

A intervenção direta do Terapeuta da Fala abrange o envelhecimento fisiológico mas também o patológico, onde, de forma geral, se promove sempre a autonomia, qualidade de vida e realização pessoal. É também efetuada uma intervenção indireta, onde os cuidadores fazem parte de todo o processo de reabilitação, já que a comunicação com estes são requisitos fundamentais para manter a qualidade de vida.

A formação do Terapeuta da Fala qualifica-o para dar resposta às necessidades da pessoa idosa considerando os fatores biopsicossociais, aconselhando-a e reabilitando algumas das funções. Deste modo, o tratamento adequado e o envolvimento dos cuidadores permite atuar não só no foco da patologia mas também no contexto da pessoa, tentando ultrapassar as barreiras e superando as suas dificuldades.

Em caso de dúvidas, consulte um Terapeuta da Fala.

Por:Ana Carolina Melo Marques – Terapeuta da Fala na APSCDFA

 

Misericórdia de Mangualde festeja 404 anos

12039518_634762396664163_3422419780648320827_nVai ser assinalado em Mangualde, este fim de semana, os 404 anos da Misericórdia de Mangualde, com inúmeras atividades.

Assim tem início na noite de sexta-feira, 17, com o Concerto “Coimbra Gospel Choir”, pelas 21 horas, na Igreja da Misericórdia.

Segue-se a inauguração da Exposição de Pintura: Património Cultural Edificado de Mangualde, no edifício contíguo à Igreja.

Já no sábado, dia 18, ao início da tarde, decorre a sessão solene, onde será homenageado, o João Ferrão, seguida da Eucaristia na Igreja da Misericórdia.

Mais à noite terá lugar no Hotel da Nossa Senhora do Castelo, o Jantar de Aniversário.

A finalizar as comemorações, no domingo, terá lugar a inauguração da Exposição fotográfica “Rosto da Misericórdia”, no Lar Morgado do Cruzeiro.

Por:António Pacheco/foto:SCMM

 

Nelas presente na BTL em Lisboa

nelas btlNuma estratégia diferenciadora de promoção turística para grandes empresas, o Município de Nelas apresenta na edição deste ano da BTL, o serviço “Dão Corporate”, um convite dirigido a empresas, promotores turísticos e outros agentes privados para que venham realizar no Concelho de Nelas as suas ações de teambuilding empresarial para os seus quadros internos, formação em outdoor, disponibilizando para o efeito todo o apoio logístico para cada um desses fins de semana, organização de roteiros turísticos, passeios pelo Património, provas de Vinhos e Gastronomia Regional.

Em mais uma ação de promoção turística e pelo quarto ano consecutivo, o Município de Nelas irá estar presente entre os dias 16 a 19 de Março na Feira Internacional de Turismo, um salão de referência para a indústria do setor com lugar na FIL, Parque das Nações de Lisboa, onde no âmbito da promoção da marca Viseu Dão Lafões, se reúne o melhor da região Centro num Stand organizado pela CIMVDL – Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões – em parceria com o Turismo do Centro.

Todo o potencial turístico que o Município de Nelas tem para oferecer será dado a conhecer no dia 16 de março, com ênfase na apresentação da Feira do Vinho do Dão, evento que faz parte da Agenda Cultural Viseu Dão Lafões a ser apresentado no espaço da CIM VDL – Turismo do Centro, às 16:50 e no Stand de Viseu às 10:30 e às 18:00 do mesmo dia, pelo “Coletivo Orelhas Moucas”, um projecto inovador, criativo e jovem, que tem aliado Poesia e Musica em apresentações culturais divertidas, descontraídas e muito emotivas que acompanharam as cinco edições do Ciclo de Conferências “Nelas por Vocação”, e que amanhã, levam em conjunto mais Competência e Diferenciação à BTL, numa apresentação original das potencialidades turísticas do Município de Nelas.

Por:Mun.Nelas

Fornense Maria Teresa Maia Gonzalez lançou novo livro

obra de maria teresaMais um livro foi lançado pela escritora fornense Maria Teresa Maia Gonzalez, para juntar à sua prestigiada coleção.

“O rapaz que salvou os livros” este o título deste novo livro que a escritora escreveu recentemente.

Trata-se de uma obra juvenil, que em breve decerto, pode ser consultada na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez em Fornos de Algodres.

Conversa sobre a Feira do Queijo, com Manuel Fonseca (Pres. CMFA)

13508911_994238114023672_3288713973112323144_nA poucos dias da Feira do Queijo em Fornos de Algodres, fomos conversar com o Presidente do Município, Manuel Fonseca.

Magazine serrano—A Feira do Queijo está a chegar,  um grande evento para a localidade, que  irá atrair muitos visitantes?

Manuel Fonseca– Sim, foi uma aposta ganha por este Município, em organizar uma feira em Fornos, contrapondo o que anteriormente era feito, uma feira em três Municípios de forma alternada (Seia, Gouveia e Fornos de Algodres).

Nós entendemos que, face ao potencial que o Queijo da Serra detém, devia cada um fazer uma feira anualmente em cada um dos concelhos e Fornos está a fazer.

As edições anteriores foram um êxito, milhares de pessoas visitaram esta feira, dando uma grande dinâmica ao comércio local, à parte hoteleira, assim como uma série de atividades se foram desenvolvendo.

13508911_994238114023672_3288713973112323144_nEste ano, vamos ter nos dias 18 e 19 de março, mais uma edição da Feira do Queijo, onde no sábado, estará presente a RTP com o seu Programa “Aqui Portugal”, onde os emigrantes que gostavam de estar presentes, puderem ver o que se faz aqui nas suas terras.

No domingo, como já é tradicional decorre mais uma edição do Festival de Folclore, no sentido de dar corpo a uma atividade desenvolvida por alguns grupos do concelho e os expositores poderem continuar mostrar as suas atividades.

MS- Na edição do ano passado, houve já um aumento de expositores e produtores satisfeitos por escoar o produto. O número de visitantes também aumentou, significa que o turismo é uma aposta ganha?

MF– Sim, na verdade, as pessoas quando vêm a Fornos, não se limitam a ir apenas à Feira do Queijo, dado que podem agora desfrutar de outras atividades, aliás para este fim de semana da Feira, todas as unidades hoteleiras do concelho estão já praticamente preenchidas, assim como algumas de Celorico da Beira.

12294902_1064048303654858_5473552640219430405_nDão a volta ao concelho no sentido de desfrutar do vasto património natural e cultural existente e também é importante que o nosso concelho através da feira seja conhecido.

MS- As visitas às queijarias são um dos pontos de atração dos visitantes?

MF– Esta foi uma das atividades introduzidas que proporciona a visita a uma queijaria, no sentido de saberem as pessoas, o quão árduo é fazer o queijo da serra e conhecerem todo processo até estar a ser comercializado.

Como exemplo pessoas de Lisboa ou Porto quando compram lá um queijo da Serra, muitas vezes não sabem o processo da produção deste produto.

MS- Os expositores oriundos de fora do concelho a cada ano que passa procuram estar presentes também?

MF– Ao nível do Queijo da Serra, quem vai estar presente, são os produtores do concelho, na atividade do fumeiro, serão produtores do concelho, agora relativamente a outras atividades é importante que se possa dar conhecer a região e o que de bom se faz por aqui, cada vez é mais necessário haver parcerias entre concelhos nas mais diversas atividades.

MS- Com esta nova calendarização das feiras, existe agora um mês de divulgação desta região das beiras, muito importante para os municípios e CIM-BSE?

MF– Se tudo fosse centralizado no mesmo fim de semana, ficava muito restringido, na fase inicial foi de modo próprio, mas agora há uma estratégia, no sentido de todos no início do ano sugerirem as datas para as feiras de cada município, no âmbito da CIM-BSE e vamos falando de modo que se arranje um mês de atividades, nesta região.

A nossa estratégia adotada de ser nesta altura do ano, está já a ser reconhecida pelos outros concelhos como boa, este ciclo de feiras fecha aqui em Fornos.

Agora é um mês que o Queijo da Serra é divulgado nesta região, sendo um produto muito importante para economia local e ter uma dinamização própria para que novos jovens sigam esta atividade.

MS- Fora de portas nos Estados Unidos, Os Serranos vão promovendo também o queijo?

MF– Sim , Os Serranos  é entidade que tem feito um grande trabalho de divulgação ao nível do queijo, como agora os enchidos, o vinho, é importante porque tem gente desta região e Fornos de Algodres vai marcar presença no sentido de lá divulgar o que de bom se faz aqui.

Reportagem de António Pacheco

 

 

 

 

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar