Templates by BIGtheme NET
Home » Nacional (page 50)

Nacional

Covid-19-Novas medidas implementadas em Aguiar da Beira

No âmbito do Plano de Contingência Covid-19, do Município de Aguiar da Beira, foram implementadas novas medidas:
-Distribuição de EPI’s (máscaras e luvas) aos Lares e Centros de Dia do concelho, aos Bombeiros Voluntários e aos voluntários da Academia de Voluntários Amigos da Rede de Apoio Local Aguiar da Beira Covid-19;
-Entrega de produtos de desinfeção para as ruas, às Uniões/Juntas de Freguesia do concelho;
Preparação de um espaço com 80 camas para situações de emergência;
-Implementação de um espaço de triagem para suspeitos com Covid-19, na Unidade de Saúde Local.

ISCMFA precisa urgentemente de equipamento de proteção e testes

O trabalho das IPSS neste país tem sido grandioso, na verdade, os executivos, equipa médica e colaboradores tem feito um trabalho muito importante na salvaguarda dos utentes e em alguns locais existem casos complicados e noutros luta-se diariamente por manter a instituição imune à Covid-19.

Em Fornos de Algodres, apesar de não se registarem casos nas IPSS do concelho, o cansaço físico e psicológico é uma dificuldade das equipas de trabalho, outros dos obstáculos e a falta de equipamentos de proteção individuais.

Face a isso, apesar de algumas dádivas, ao qual a provedoria agradeceu, mas na Misericórdia de Fornos de Algodres, Luís Miguel Ginja, agradeceu essas dádivas de equipamentos, mas são escassos, faz um alerta para a necessidade urgente na instituição de mais equipamentos de proteção e testes para rastrear os colaboradores e utentes.

Feira do Queijo DOP online até ao final de abril

Está a decorrer a Feira do Queijo DOP online, uma iniciativa para os pequenos produtores de queijo com Denominação de Origem Protegida (DOP) Serra da Estrela e Rabaçal, poderem através deste evento online escoarem o Queijo da Serra, um produto que no primeiro trimestre de 2020, devia ter sido homenageado em diversas localidades como Fornos de Algodres e Oliveira de Hospital, mas face à pandemia Covid-19, as Feiras nestas localidades foram canceladas.

Assim este certame online decorre até ao final deste mês de abril. Para visitar e levar o seu produto favorito, a sua encomenda chegará a sua casa através dos CTT :https://dott.pt/pt/campaign/feira-do-queijo-dop

Covid-19-Declaração de Situação de Alerta Municipal renovada em Pinhel

Face à situação atual da pandemia Covid-19, o Município de Pinhel em comunicado anunciou que a Declaração de Situação de Alerta Municipal entra em vigor às 00.00h do dia 12 de abril de 2020 e vigora até às 23.59h do dia 30 do mesmo mês, determinando certas normas:

a) A proibição de todas as práticas de caravanismo e excursões turísticas.

b) A necessidade dos não residentes habituais darem conhecimento do seu regresso à Junta de Freguesia competente, imediatamente após à sua chegada à freguesia do Concelho de Pinhel. Esta medida aplica-se às pessoas vindas de país estrangeiro ou de outro concelho do país.

c) A necessidade das pessoas referidas no ponto anterior efetuarem nas suas habitações um isolamento preventivo (profilático) ou “quarentena”, com uma duração de 14 dias.

d) O prosseguimento das ações de desinfeção que a Câmara Municipal, conjuntamente com as Juntas de Freguesia, tem vindo a realizar em todas as freguesias, e na sede do Concelho.

e) A realização de ações de controlo do tráfego rodoviário e aplicação de eventuais restrições de circulação que permitam garantir as ações prioritárias da Proteção Civil, Câmara Municipal, Juntas de Freguesias, Bombeiros e Guarda Nacional Republicana.

f) A emissão de livre-trânsito de veículos e pessoas afetas aos serviços municipais considerados prioritários e essenciais, emanados pelo  Presidente da Câmara Municipal, sob proposta dos chefes de divisão.

A decisão de renovação da declaração de alerta municipal foi , remetida para
conhecimento:
-Da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, através do Comando Distrital de
Operações de Socorro da Guarda;
– De todos os membros da Comissão Municipal de Proteção Civil;
-De todos os agentes de proteção civil com atividade no Município de Pinhel;
– Das Juntas de Freguesia,
– Da população em geral e, ainda;
– Dos órgãos de comunicação social locais regionais.

GNR presta apoio aos cidadãos em confinamento obrigatório

Durante este período de Estado de Emergência, a Guarda Nacional Republicana, a par de sensibilizar para a limitação da circulação na via pública ou fiscalizar as violações previstas na lei, está empenhada em estar junto não só dos mais vulneráveis, mas também de todos aqueles que, por seu infortúnio, se encontram sujeitos a confinamento obrigatório.

Todos os que se encontram nessa situação, designadamente os doentes com COVID-19, infetados com SARS-Cov2, ou todos aqueles a quem tenha sido determinada a vigilância ativa pelas autoridades de saúde, e que obrigatoriamente devem permanecer isolados no seu domicílio, podem agora contar, para além do apoio da Segurança Social, com o apoio da GNR, através do Posto Territorial mais próximo da sua residência. Esse apoio materializa-se na satisfação das suas necessidades básicas, caso não tenham a quem recorrer, para a entrega de bens essenciais, como produtos alimentares ou medicamentos.

FPF vai apoiar com 4,7 milhões de euros o futebol e futsal distrital

A FPF em comunicado revelou dar apoio às associações distritais, ao criar um fundo de apoio, assim reuniu-se com todas as associações, por teleconferência, para análise do impacto da pandemia COVID-19 no futebol sénior não-profissional.

No seguimento da mesma, a Direção da FPF vai dar às associações e aos clubes de futebol e futsal das competições nacionais não-profissionais de seniores masculinos e femininos, no valor de 4,7 milhões de euros.

As regras de acesso ao fundo serão conhecidas em breve e o objetivo da iniciativa é garantir que os clubes cumprem com os compromissos estabelecidos para esta época com jogadores e treinadores.

A FPF reforçará também a sua participação no Fundo de Garantia Salarial e manterá com o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol e a Associação Nacional de Treinadores de Futebol monitorização permanente da situação dos jogadores que competem nas provas nacionais não-profissionais seniores e dos treinadores que exercem atividade nestas competições.

Assim Fernando Gomes, Presidente da FPF, explicou o alcance da medida em declarações ao fpf.pt: “Desde o início da pandemia que temos procurado ajudar quer a sociedade civil quer a família do futebol. Tendo como primeira prioridade a saúde e a segurança, sabemos que temos o dever e a obrigação estatutárias de ajudar as nossas associações e clubes a encontrarem soluções financeiras para estes tempos tão complicados. Decidimos assim, após um diálogo construtivo com os sócios da FPF, acrescentar ao milhão de euros disponibilizado anteriormente um novo fundo, de 4,7 milhões de euros, para auxiliar associações e clubes. Fazemo-lo com a clara consciência de que não resolveremos todos os problemas que enfrentamos, mas também dando um claro sinal de que esta é uma batalha que travaremos em conjunto e de que é urgente cumprir os compromissos com treinadores e jogadores.”

Por sua vez, Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato de Jogadores, congratula-se com esta intervenção social da FPF e assinala: “O Campeonato de Portugal é uma competição que tem vivido acima das suas possibilidades. Há muita precariedade e desresponsabilização. A decisão do cancelamento da competição era inevitável. O que pedimos ao Presidente da Federação é que não deixasse ninguém à sua sorte, dependente dos dirigentes e da situação económica dos clubes, que em muitos casos, é muito grave. A prioridade devem ser os jogadores, as equipas técnicas e os funcionários.”

O José Pereira, presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol, aplaudiu a iniciativa da FPF, assinalando tratar-se de “uma diligência que se encaixa no pacote de medidas que a Federação tem vindo a implementar para fazer face às dificuldades que decorrem da situação em que vivemos. A FPF está atenta aos problemas que têm surgido e procura soluções para os resolver, ou pelo menos, atenuar. Este fundo salvaguarda alguns clubes, que terão mais dificuldades em cumprir as suas obrigações, e assim sendo, salvaguarda também todos os seus funcionários, incluindo treinadores”.

Este fundo de apoio agora criado sucede à linha de crédito de 1 milhão de euros que a FPF abriu a 19 de março, também destinada aos clubes não profissionais de futebol e de futsal.

A FPF também já tinha tomado a medida de suspender as custas e multas dos processos disciplinares para aliviar a tesouraria dos clubes nesta situação de emergência provocada pela pandemia COVID-19.

fonte:FPF

GNR-1º militar recuperado com Covid-19

A Guarda Nacional Republicana anunciou a primeira recuperação de um militar infetado com o novo coronavírus.

Depois de ter testado positivo no passado dia 23 de março, o militar, permanentemente acompanhado pelo Centro Clínico da GNR, teve uma evolução clínica muito favorável, tendo efetuado já dois testes negativos, encontrando-se, por isso, pronto para o serviço, o que acontecerá já no dia de amanhã.

No dia de hoje, a GNR regista um total de 36 militares infetados, 105 em isolamento e 126 em quarentena. Recorda-se que o Centro Clínico da GNR, em linha com as orientações da Direção-Geral da Saúde, garante o atendimento presencial ou por meios digitais a todos os militares da Guarda, de forma a garantir, a todo o tempo, a máxima capacidade de resposta operacional.

MAI- PSP eGNR continuam na sensibilização, vigilância e fiscalização junto da comunidade

Foram detidas 74 pessoas por crime de desobediência, das quais 21 por desobediência à obrigação de confinamento obrigatório, 32 por desobediência ao dever geral de recolhimento domiciliário, 9 por desobediência ao encerramento de estabelecimentos, 1 por resistência e 11 por violação da cerca sanitária de Ovar.
No mesmo período, foram encerrados 248 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas.
Estes números juntam-se aos verificados no primeiro período de Estado de Emergência, que vigorou entre os dias 22 de março e 2 de abril, onde se registaram 108 detenções por crime de desobediência e foram encerrados 1.708 estabelecimentos comerciais.
O Ministério da Administração Interna, perante a imperiosa necessidade de todos contribuírem para conter o contágio da COVID-19, insiste no cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo Estado de Emergência.

AF Guarda- Competições distritais seniores concluídas

Em comunicado, a AF Guarda informou a conclusão de todas as provas distritais seniores, a exemplo do que a FPF fez nos Nacionais.

Face a isso,  não serão atribuídos campeões ou vencedores das provas, sendo que no Campeonato da Primeira Divisão Distrital de Futebol também não haverá descidas.

Informa também que entende que continuam a não estar reunidas as condições de saúde pública para que os clubes possam treinar e competir em segurança. Por outro lado, vigora em Portugal o Estado de Emergência, pelo menos, até ao dia 17 de abril, sendo possível a sua prorrogação, sendo imprevisível antever quando e se tais condições de saúde pública estarão reunidas ainda durante esta época desportiva.

Acrescenta ainda que a principal preocupação é saúde dos  praticantes e da restante família.

Pode ler-se também que,o  “principal objetivo das suas provas e campeonatos, será sempre a promoção da prática desportiva e a formação cívica dos nossos praticantes, num contexto desportivo e de valorização do trabalho de equipa”. Assim, entende a Associação que “é necessário acabar com a ansiedade e permitir, a todos que possam, programarem a sua vida mais próxima e futura, onde se inclui a desportiva”. Nesse  sentido a AF Guarda tomou a medida de cancelar, com efeitos imediatos, toda a competição Distrital ainda não concluída, relativa à época desportiva 2019/2020, sem haver lugar a subidas e descidas e sem designação de campeões.

A FPF continuará a estudar com as associações distritais e regionais os moldes em que decorrerão as competições nacionais não-profissionais na época 2020/21. Sob o ponto de vista económico, a AF Guarda, igualmente, está a diligenciar junto da FPF no sentido de angariar eventuais apoios financeiros para a época desportiva 2020/2021, tendo em conta a difícil realidade económica, que se perspetiva pouco favorável para todos.

Fonte:AFG

 

Altice Portugal reforça infraestruturas de comunicação

No combate ao COVID-19 a Altice Portugal reforça infraestruturas de comunicação junto das Instalações Temporárias de Acolhimento e tratamento de Pessoas

Numa altura em que o Mundo está a viver um momento excecional por força da pandemia COVID-19 e que, consequentemente, é necessário a intervenção de várias entidades fulcrais no processo de combate à crise, a Altice Portugal em estreita colaboração com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Cível (ANEPC). Assegurar o regular funcionamento das comunicações é o nosso principal objetivo, dotando a nossa rede de maior resiliência e capacidade. Assim, continuamos no terreno na proteção e reforço de redes, e a partir de hoje intensificamos as nossas operações junto das novas infraestruturas de comunicação junto das Instalações Temporárias de Acolhimento e Tratamento de Pessoas, como disso são exemplo, os hospitais de campanha, as instalações hospitalares militares, os complexos montados em estádios e pavilhões municipais.

Considerando que o mais importante é assegurar o reforço da capacidade de rede junto das Entidades de Saúde Pública, que desde a primeira hora estão na linha da frente no combate ao surto pandémico COVID-19, a Altice Portugal expande e fortalece a resiliência das infraestruturas fixas e móveis das Instalações Temporárias de Acolhimento e tratamento de Pessoas de forma a garantir o bom funcionamento das comunicações e uma maior capacidade de resposta face ao que lhes é proposto diariamente.

De forma a minimizar os impactos que o COVID-19 já está a ter na vida dos Portugueses, a Altice Portugal tem vindo a implementar e realizar diversas iniciativas, em associação com autarquias, estabelecimentos de ensino, instituições de saúde, contributo ao País e aos portugueses, bem como a adotar várias medidas de contingência de apoio aos seus clientes e aos profissionais de saúde que se encontram na frente de combate.

Entre elas encontram-se a oferta de 10GB de dados móveis e a mensalidade dos canais desportivos e um conjunto de benefícios destinados a profissionais de saúde ao serviço do Serviço Nacional de Saúde (SNS) que estejam dedicados ao tratamento de doentes da COVID-19.

Num momento em que as redes e as infraestruturas de comunicação são uma parte fundamental para combater esta crise, a Altice Portugal, enquanto operador líder no apoio às instituições e à sociedade, tem vindo a contribuir positivamente para que o País tenha acesso a uma tecnologia e uma rede de comunicação mais rápida, garantindo uma maior conectividade a todos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar