Templates by BIGtheme NET
Home » Penalva do Castelo (page 30)

Penalva do Castelo

Homenagem aos músicos penalvenses

pc musicaDecorreu no passado dia 22 de novembro, a Inauguração da escultura que homenageia todos os Músicos Penalvenses e os 190 anos de Existência da Banda Musical e Recreativa de Penalva do Castelo ao serviço das nossas gentes.
Inserida nas comemorações da padroeira dos músicos, Santa Cecília, o presidente da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, Francisco Carvalho, inaugurou a escultura de um músico na recém-criada rotunda junto à Biblioteca Municipal e à Casa da Banda.
A cerimónia, iniciou-se com a bênção da estátua, presidida pelo Sr. Padre José António.
De seguida procedeu-se ao descerramento da placa alusiva à “Homenagem ao Músico e à Banda Musical e Recreativa de Penalva do Castelo, pelos 190 Anos ao Serviço do Concelho”, que coube ao Presidente da Câmara, Francisco Carvalho, Presidente da Junta de Freguesia de Ínsua, José António, Presidente da Banda Musical e Recreativa, Anselmo Sales e ao maestro Rafael Ferreira.
Esta ideia surge após a construção da rotunda naquele espaço, um local que antes constituía um ponto negro do concelho, relativo a acidentes rodoviários.
A estátua, esculpida em granito, e com o músico virado para o edifício da Câmara Municipal, é da autoria do escultor penalvense Isidro Batista, tendo ainda tido a colaboração de João Fernandes, colaborador do Município.

Por:Mun.Penalva Castelo

Freguesia de Real faz balanço do ano e a apresentação de propostas para 2016

1 realRealizou-se no passado Domingo a habitual sessão anual com a população sobre o balanço do ano e a apresentação de propostas para 2016. Este ano além destes temas, também se falou sobre os futuros investimentos a realizar nos baldios da freguesia e as acções de formação a lançar brevemente.

No inicio da sessão esteve presente José Laires, Vice-Presidente da Câmara Municipal, que abordou para alguns investimentos que a Câmara Municipal tem feito e já tem projectadas para a freguesia. Dos já feitos salientou a construção da ETA no rio Dão que permitiu uma melhoria considerável da qualidade da água, as intervenções nas fossas do Minério e das Cortes, o saneamento para o polidesportivo e Quinta dos Passos. Anunciou que já está para contratação as lombas e a pavimentação da zona do Santo António/Sobreiro, assim como a electrificação do caminho da Bocha até ao polidesportivo. As pessoas presentes puderam colocar as suas questões e reclamações ao Vice-Presidente.

De seguida o Presidente da Junta de Freguesia passou em revista as actividades e os investimentos realizados em 2015, bem como aqueles que por vários motivos ficaram por realizar. Deu conta também do ponto de situação dos vários projectos levados a cabo pela Freguesia, com destaque para o Real com Energia, que permitiu uma poupança considerável no consumo de electricidade da rede.

 

Relativamente a 2016, a Junta de Freguesia propôs que os investimentos da Junta se limitassem ao mínimo necessário de forma a acumular dinheiro para aplicar nos projectos a candidatar aos fundos comunitários.

Assim, a Junta levará a cabo a substituição das canalizações dos fontenários de Real, cujo projecto já vem de 2014, Instalação de Arquivo no primeiro andar da Casa da Tv. João de Castilho, reposição do caminho antigo ao S. Marcos e a exposição e livro com fotografias antigas, no âmbito do projecto “O Futuro da Memória da Freguesia de Real”.

No que diz respeitos às obras que a Câmara Municipal delegará na Junta de Freguesia a sua execução, as propostas vão para o Calcetamento s na EM615 (Escola, Cortes/Vinha na Ribeira), Drenagem de águas no Lagedo, Pavimentação nas Cortes e Pavimentação no Sobreiro e acesso à casa de José Violante.

Seguiu-se um período de partilha com as pessoas presentes sobre alguns aspectos a melhorar e situações a carecer de resolução imediata ou a longo prazo.
Na segunda parte da sessão foi a Junta de Freguesia deu a conhecer as propostas de investimento nos Baldios da Freguesia a incluir numa candidatura ao PDR2020 (fundos comunitários). A proposta assenta na implementação de dois parque florestais no Maninho (Real) e na Costa (Ribeira) com a plantação de espécies autóctones e equipamentos de lazer. No caso do Maninho preve-se o corte total dos pinheiros existentes, que estão infestados. Para os baldios das Serras de Real prevê-se a instalação de equipamentos de lazer em pontos de observação e o eventual corte de pinheiros na zona do Cruzeiro. O detalhe dos investimentos propostos poderão ser consultados na edição especial do Boletim Informativo que será hoje distribuído porta a porta.

Por fim foram dadas a conhecer acções de formação, cujas inscrições estão abertas, em aplicação de produtos fitofarmacêuticos, artes plásticas (trabalhos com eva) e Informática.

Desde 2009 que o actual executivo leva a cabo esta sessão anual, honrando o seu compromisso de informar a população sobre a sua acção e de auscultá-la sobre os investimentos a realizar. De forma a auscultar toda a população, foi editada uma edição especial do Boletim Informativo com a consulta pública à população sobre os investimentos a fazer nos baldios e os investimentos para 2016.

http://real-pct.us2.list-manage2.com/track/click?u=c30e3eb47631b869c5c056e33&id=305be2c61e&e=0e7de2c819
Por:Freg. Real-PC

Vestidos de Preto para assinalar Dia Internacional para a Eliminação de Todas as Formas de Violência Contra as Mulheres

pcast
O dia 25 de novembro foi a data escolhida pelas Nações Unidas (ONU) para comemoração do Dia Internacional para a Eliminação de Todas as Formas de Violência Contra as Mulheres, de forma a alertar a sociedade para os vários casos de violência.
A Câmara Municipal de Penalva do Castelo assinala esta efeméride propondo que neste dia todas as pessoas vistam uma peça de roupa preta, símbolo da solidariedade para com as mulheres que morreram vítimas de violência doméstica, a nível nacional, e pelas 21 ocorrências de violência doméstica sinalizadas no concelho, no ano de 2015.
Na celebração deste dia, a Câmara Municipal de Penalva do Castelo não pode deixar de lamentar os episódios de violência doméstica identificados no concelho, em que as mulheres ainda são as principais vítimas de coação, ameaças, intimidação, violência emocional, isolamento, minimização e culpabilização pelas punições exercidas, de violência económica, sexual e psicológica.
Entende-se por violência doméstica qualquer ato, conduta ou omissão que prejudique o bem-estar e infrinja sofrimento físico, sexual, mental e/ou económico, de modo direto ou indireto sob qualquer pessoa que habite no mesmo agregado familiar e que comprometa o desenvolvimento deste enquanto membro digno da família. Por isso, se é ou conhece alguém que seja vítima de violência doméstica contacte:
• NAVVD – Núcleo de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica do Distrito de Viseu: 916939640/914985393 ou 919582316 (noite)
• APAV: 707200077
• Comissão para a Cidadania e igualdade de género: 217983000
• Associação das Mulheres Vítimas de Violência: 218511223
• Serviço de informação às vítimas de violência doméstica: 800202148
• GNR Penalva do Castelo: 232640070
• CPCJ de Penalva do Castelo: 232640080/917733470

Por:Mun.Penalva do Castelo

Ofertas de emprego da região

IEFP

IEFP

Aqui deixamos algumas soluções e oportunidades de emprego da região das beiras.

https://www.facebook.com/municipiocelorico.dabeira/photos/pcb.945629865505216/945628828838653/?type=3

Por:Mun. Celorico da Beira

AFViseu – Resultados da divisão de honra

JORNADA 8
Por:zero zero
Classificação
P J V E D GM GS DG
1 7 Sátão 20 8 6 2 0 16 6 +10
2 8 Moimenta da Beira 19 7 6 1 0 11 3 +8
3 8 Silgueiros 19 8 6 1 1 14 7 +7
4 Resende 13 8 4 1 3 8 6 +2
5 7 Castro Daire 13 8 4 1 3 12 8 +4
6 7 Sampedrense 11 8 3 2 3 14 14 0
7 7 Tarouquense 11 8 3 2 3 9 9 0
8 7 Sport Clube Paivense 11 8 3 2 3 9 12 -3
9 7 Carregal do Sal 10 8 2 4 2 10 11 -1
10 8 Penalva Castelo 10 8 3 1 4 12 9 +3
11 Molelos 8 7 2 2 3 5 7 -2
12 8 ACDR Lamelas 8 8 2 2 4 10 13 -3
13 7 Alvite 7 8 2 1 5 6 10 -4
14 8 Mangualde 6 8 1 3 4 7 11 -4
15 7 Ferreira de Aves 5 8 1 2 5 8 14 -6
16 8 Viseu e Benfica 4 8 1 1 6 2 13 -11

hora do conto na Biblioteca Municipal Penalva do Castelo

bm Na manhã de sábado, a “hora do conto” foi visitada por uma linda princesa que era amada por todos os habitantes do seu reino, mas que trazia consigo uma tristeza muito grande, pois não conseguia comunicar com ninguém devido à sua surdez.

Mas a solução surgiu quando um professor-mágico ensinou à princesa, e a todos do reino, a língua dos gestos, a Língua Gestual.

Também na Biblioteca Municipal tivemos a presença de uma professora-mágica que, para além de contar a história da princesa por gestos,
bmpc transmitiu a todos os participantes alguns conhecimento e curiosidades sobre a Língua Gestual Portuguesa.

Miúdos e graúdos renderam-se a esta forma de comunicação que une o mundo.

Por:BMPC

Proteção Civil alerta para o Frio e Vento Forte

17103_10153062148718183_7082118569019644813_nAVISO À POPULAÇÃO: FRIO E VENTO FORTE – MEDIDAS PREVENTIVAS

1. SITUAÇÃO

 

No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) realizado hoje, dia 20 de novembro, no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), salienta-se para os próximos dias:

    • Acentuada descida das temperaturas, mas significativa amanhã (21/11) mantendo-se a tendência de descida para os dias seguintes, com máximas a rondar 6-9ºC nas regiões do interior e 10-15ºC nas regiões do litoral. As temperaturas mínimas a situarem-se abaixo dos 0ºC nas regiões do interior Norte.
  • Vento a soprar moderado a forte (<45 Km/h) do quadrante Norte com rajadas da ordem de 80 a 85 Km/h, respetivamente no litoral Oeste e nas terras altas, até meio da tarde de amanhã (21/11). A tendência será para diminuição da intensidade do vento no domingo (22/11).
  • Possibilidade de formação de gelo e/ou geada nos vales mais abrigados do interior.

 

As características de tempo frio, associadas ao vento que se fará sentir aumentarão a sensação de desconforto térmico na população.

 

Acompanhe as previsões meteorológicas em www.ipma.pt

 

 

2. EFEITOS EXPECTÁVEIS

 

Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:

 

  • Piso rodoviário escorregadio devido à formação de geada, em especial nas regiões do interior;
  • Intoxicações por inalação de gases, por inadequada ventilação, em habitações onde se utilizem aquecimentos com lareiras e braseiras;
  • Incêndios em habitações, resultantes da má utilização de lareiras e braseiras ou avarias em circuitos elétricos;
  • É necessário especial atenção aos grupos populacionais mais vulneráveis, crianças, idosos e pessoas portadoras de patologias crónicas e população sem-abrigo.

 

3. MEDIDAS PREVENTIVAS

 

A ANPC recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:

  • Especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex. braseiras e lareiras), que podem causar intoxicação e levar à morte;
  • Que se assegure uma adequada ventilação das habitações, quando não for possível evitar o uso de braseiras ou lareiras;
  • Que se evite o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar;
  • Que se tenha em atenção a condução em locais onde se forme gelo na estrada, adotando uma condução defensiva;
  • Especial atenção por parte das famílias e vizinhos, e das redes sociais de proximidade, com as situações de pessoas idosas e em condição de maior isolamento.

 

A Direcção-Geral da Saúde recomenda a adoção das seguintes medidas (www.dgs.pt):

 

  • Que se evite a exposição prolongada ao frio e às mudanças bruscas de temperatura;
  • O uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente;
  • A proteção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol);
  • A ingestão de sopas e bebidas quentes, evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor;
  • Especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior, e evitar esforços excessivos resultantes dessa atividade.

Operação “Crescer em Segurança”

gnrA Guarda Nacional Republicana (GNR) promove entre os dias 18 e 20 de novembro, ações de sensibilização, no âmbito da operação “Crescer em Segurança”, com o objetivo de alertar a comunidade escolar para os direitos das crianças, e para as questões relativas à exploração e abuso sexual das mesmas.

Aceda a http://goo.gl/RReUHF e saiba mais pormenores.

Por:GNR Guarda

AF Viseu- Resultados da divisão de honra

JORNADA 7
Classificação
P J V E D GM GS DG
1 Silgueiros 19 7 6 1 0 13 3 +10 a
2 Moimenta da Beira 18 6 6 0 0 10 2 +8 a
3 Sátão 16 6 5 1 0 11 3 +8 a
4 Tarouquense 11 7 3 2 2 9 8 +1 a
5 Resende 10 7 3 1 3 7 6 +1 a
6 Castro Daire 10 7 3 1 3 8 7 +1 a
7 Sampedrense 10 7 3 1 3 13 13 0 a
8 Carregal do Sal 9 7 2 3 2 8 9 -1 a
9 Penalva Castelo 9 7 3 0 4 12 9 +3 a
10 ACDR Lamelas 8 7 2 2 3 8 10 -2 a
11 Sport Clube Paivense 8 7 2 2 3 8 12 -4 a
12 Molelos 7 6 2 1 3 4 6 -2 a
13 Alvite 6 7 2 0 5 6 10 -4 a
14 Mangualde 5 7 1 2 4 6 10 -4 a
15 Viseu e Benfica 4 6 1 1 4 1 9 -8 a
16 Ferreira de Aves 2 7 0 2 5 5 12 -7 afonte:Zero zero

Dia Europeu do Enoturismo assinalado em Penalva do Castelo com “Desafio aos Sentidos”

1penalva No âmbito da comemoração do Dia Europeu do Enoturismo, a Câmara Municipal de Penalva do Castelo, em parceria com a Confraria dos Enófilos do Dão, representada pelos Engenheiros Carlos Silva e Rodrigo Costa, realizou na passada segunda-feira, dia 9 de novembro, na Biblioteca Municipal, um workshop de Iniciação à Prova de Vinhos intitulado “O Dão de Penalva do Castelo”.
Esta foi a primeira vez que a Câmara Municipal de Penalva do Castelo promoveu uma atividade deste género, que visou dotar os participantes de conhecimentos essenciais para uma apreciação crítica ao vinho no geral e ao “Dão de P2 penalvaenalva do Castelo” em particular. Foram, por isso, abordados temas como a análise sensorial (aspeto visual, aroma e paladar), a temperatura ideal para o consumo de vinhos, a importância da utilização de copos adequados, e algumas noções básicas para apreciar e reconhecer diversas castas do Dão.
O workshop, em que estiveram representados vinhos de diversos produtores/engarrafadores do concelho, constituiu um momento privilegiado de aprendizagem, divulgação, degustação, reflexão e debate sobre a importância do desenvolvimento do Enoturismo enquanto motor de desenvolvimento da economia local, aliado à diversificação da oferta turística existente em cada região, de forma a valorizar o que de mais singular e único cada uma tem para oferecer.
Dada a grande adesão de participantes, a iniciativa terá uma segunda edição no próximo dia 16 de novembro, pelas 18:00 horas, no mesmo local. A autarquia, consciente do contributo positivo deste tipo de iniciativas, continuará a apoiar eventos que manifestamente assumem elevada importância no desenvolvimento pessoal e territorial.

Por:Mun.Penalva do Castelo

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar