Templates by BIGtheme NET
Início » Educação

Educação

Escolas recebem 50 a 75 euros por tonelada na campanha “Escola Electrão”

Electrão – Associação de Gestão de Resíduos – quer aumentar a quantidade de pilhas, baterias e equipamentos eléctricos usados recolhidos nos estabelecimentos de ensino durante este ano lectivo de 2020-2021, que coincide com a 10º edição da campanha “Escola Electrão”.

“O ano lectivo será marcado pela incerteza, devido à Covid-19, mas mais do que nunca o Electrão quer ver crescer os resultados desta acção, não só em relação ao número de escolas envolvidas, mas também no que diz respeito a alunos participantes e, claro, à quantidade de resíduos recolhida. A pandemia que nos assolou veio mostrar que é urgente mudar os comportamentos”, sublinha o director-geral do Electrão – Recolha e Reutilização, Ricardo Furtado.

Para cumprir esta missão o Electrão conta com o envolvimento da comunidade escolar, a começar nos alunos e nas suas famílias, passando pelos professores, sem esquecer todos os funcionários dos estabelecimentos de ensino aderentes.

Por cada tonelada de equipamentos eléctricos recolhidos cada escola recebe 50 euros. Cada tonelada de pilhas e baterias vale 75 euros. As quantidades recolhidas dão também direito a pontos que podem ser convertidos em prémios, atribuídos com o apoio dos parceiros da campanha.

O Electrão disponibiliza meios para o acondicionamento dos equipamentos nas escolas, nomeadamente caixas para recolha de pilhas, de lâmpadas, tubulares e outras, e cubas para pequenos equipamentos.

Para aderirem a esta campanha as escolas podem preencher o formulário que está disponível no site do Electrão.

Aprender com a “Escola Electrão”

Mas nem só para distribuir prémios existe a “Escola Electrão”. A campanha tem também como objectivo a sensibilização para a necessidade de reencaminhar correctamente os resíduos. Para essa missão conta com o apoio dos professores.

A “Escola Electrão” disponibiliza por isso aos docentes recursos educativos e conteúdos ajustados a cada ciclo para que a temática possa ser explorada durante as aulas.

No ano passado foi distribuído, em papel, o livro “Electrão? Conheço bem, muito obrigado!” e lançado o “Quiz Escola Electrão”, um desafio para todos, criado para motivar os alunos para o desígnio da reciclagem, que habilita as escolas a ganhar prémios.

Neste novo lectivo o Quizz irá manter-se activo e está a ser preparada uma nova coleção intitulada “Mini-Aventuras Electrão”, que as escolas poderão consultar em versão digital no site electrao.pt. “Onde começa tudo?” é o primeiro livro desta série.

Outra das novidades deste ano será o desafio “Repórter Electrão”, a lançar às escolas, para que incentivem os seus alunos a criar conteúdos criativos que ajudem a criar hábitos de reciclagem.

“Dias de Outono” apresentado na Biblioteca em Mangualde

Decorreu ao final da tarde do dia 25 de setembro, a apresentação do livro “Dias de Outono” de José Rodrigues na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves em Mangualde.
Estiveram presentes para além do autor José Rodrigues, o Vereador do Município de Mangualde, João Lopes e a responsável pela biblioteca Maria João Fonseca e algumas pessoas convidadas. Esteve igualmente presente o parceiro Papelaria Adrião para promover a venda do livro. O autor falou do livro e leu uma mensagem da ilustradora Sara Augusto, ausente por motivos profissionais em Macau. No final da apresentação o autor disponibilizou-se para a habitual sessão de autógrafos.
A apresentação decorreu mediante as recomendações de segurança da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Livro “ Dietas e Borbulhas” de Maria Teresa Maia Gonzalez vai ser publicado na Sérvia

A escritora Maria Teresa Maia Gonzalez, recentemente foi convidada pela Editora Sérvia ARETÉ para a publicação do livro “Dietas e Borbulhas “(um livro sobre a problemática dos distúrbios alimentares, inserido na coleção Profissão: Adolescente) na Sérvia.

Face a isso, a escritora com raízes em Fornos de Algodres, aceitou e refere na sua página oficial que: Ficou surpreendida e muito grata. “Não posso deixar de me surpreender com tanto interesse que o meu trabalho tem suscitado em pessoas e países que nem conheço. Tenho muito a agradecer a Deus e a muita gente que, desde a primeira hora, apostou no meu trabalho, acrescenta a escritora.

Recorde-se que a escritora Maria Teresa Maia Gonzalez tem o seu nome associado à Biblioteca Municipal fornense e tem  publicado muitos livros, todos eles com muita qualidade.

Inscrições abertas para Grupos Psicoeducativos

O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC)está a realizar grupos psicoeducativos, constituídos por doentes oncológicos que se reúnem semanalmente, com intuito de partilhar experiências pessoais relacionadas com a vivência da doença oncológica.  “Cuidar de mim”, é o nome deste programa cujas inscrições estão a decorrer.

Lembramos que todas as sessões decorrem sob a orientação de psicólogos da Unidade de Psico-Oncologia da LPCC.NRC. A 1ª edição do programa “Cuidar de mim”, a iniciar brevemente, é dirigida a um grupo de mulheres com cancro da mama, previamente selecionadas pela equipa. Terá lugar na sede da LPCC.NRC, com a participação máxima de 6 a 8 participantes, decorrendo em 9 sessões semanais, de 90 minutos cada.

São condições de participação neste primeiro grupo ter recebido um diagnóstico de cancro da mama não metastático nos últimos 18 meses e submeter-se a uma entrevista de seleção.

A LPCC.NRC aceita também inscrições de pessoas com outros tipos de cancro e/ou familiares/cuidadores, tendo em vista a constituição de grupos psicoeducativos futuros.​ Os interessados podem fazer a sua inscrição (gratuita e obrigatória) através do preenchimento do formulário próprio, disponível em: www.ligacontracancro.pt/cuidardemim/.

Serão oferecidas outras alternativas de intervenção aos candidatos não selecionados, nomeadamente a consulta de Psico-Oncologia individual. Mais informações disponíveis através dos contactos:  239 487 490 ou psico-oncologia.nrc@ligacontracancro.pt.

GNR- Balanço do Projeto “Piscina Segura”

A Guarda Nacional Republicana, no período de 1 de julho a 15 de setembro, desencadeou o projeto “Piscina Segura”, que teve como objetivo a realização de ações de sensibilização à população, em todo o Território Nacional, no sentido de reforçar a consciencialização da sociedade para a problemática do afogamento de crianças e jovens, em piscinas privadas.

Nesse sentido, os militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC), dos Comandos Territoriais promoveram o desenvolvimento deste projeto, através da colaboração com cerca de 200 outras entidades, por todo o país, destacando-se a realização de 1802 ações de sensibilização, as quais abrangeram cerca de 10.500 pessoas, e durante as quais foram transmitidos os seguintes conselhos:

  • Mantenha sempre as crianças sob a vigilância permanente e efetiva de um adulto;
  • Esteja sempre atento(a) a todos os movimentos, seja dentro de água ou na beira da piscina;
  • Não deixe brinquedos na piscina, pois pode chamar a atenção das crianças e revelar-se numa distração fatal;
  • Evite que as crianças corram à beira da piscina;
  • Se tem piscina em casa, quando não estiver a ser utilizada, tape-a com uma tela, lona de proteção ou outro sistema de segurança;
  • Ensine as crianças a nadar o mais cedo possível;
  • Coloque sempre o auxiliar de flutuação nas crianças e certifique-se de que estas o mantêm devidamente colocado sempre que estejam perto ou dentro de água.

Alunos do 1º ciclo receberam livros de exercícios do Município de Celorico da Beira

A Câmara Municipal de Celorico da Beira ofereceu aos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico do concelho, cerca de 200 livros de exercícios para as disciplinas de português, matemática, estudo do meio e inglês. A autarquia investiu 5800€ para ajudar 154 crianças que frequentam o 1.º ciclo. O apoio concretiza-se não só nos cadernos de exercícios, como também em forma de vouchers a utilizar nas livrarias/papelarias do concelho (aderentes), que devem ser levantados pelos encarregados de educação.

O presidente da Câmara Municipal, Carlos Ascensão, deslocou-se,  às 5 escolas do 1º ciclo de ensino básico (Lajeosa do Mondego, Baraçal, Fornotelheiro, Santa Luzia e São Pedro), para oferecer a todos os alunos estes cadernos de exercícios, uma iniciativa que visa aliviar a carga financeira das famílias no início do ano letivo.

Os vouchers e os livros de exercícios para as quatro disciplinas e para os quatro anos do 1º Ciclo do Ensino Básico, fazem parte do programa municipal de ação social escolar, implementado para o ano letivo de 2020/2021 que contribui para que todos os alunos tenham acesso gratuito a este material necessário para o ano escolar.

Segurança e tudo preparado para arranque das aulas no Agrupamento Escolas de Trancoso

Está de regresso a atividade letiva presencial, após sete meses de interrupção, assim nesta quinta-feira, as aulas iniciam e os alunos e professores estão de volta.
Foram criados imensas medidas de segurança, circuitos, procedimentos de higienização, lotação máxima nas bibliotecas, bufetes e cantinas, tudo foi preparado.
Assim as portas abrem para uma nova etapa no Agrupamento de Trancoso.

GNR-Operação Regresso às aulas

A Guarda Nacional Republicana (GNR), no período de 14 a 25 de setembro, realiza um conjunto de ações de sensibilização dirigidas aos diversos intervenientes no ambiente escolar, desde professores, alunos e encarregados de educação, em todos os estabelecimentos escolares na sua área de responsabilidade, com o objetivo de transmitir conselhos de segurança e restringir ações, atitudes e comportamentos de risco potenciadores da propagação da pandemia COVID-19, em todo o território nacional.

Neste período, as Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC) e os militares dos Postos Territoriais irão promover ações de sensibilização no âmbito da segurança na rua, em casa e ainda segurança rodoviária, uma vez que o fluxo de trânsito aumenta devido ao transporte dos alunos para a escola, sendo importante alertar os condutores para a utilização dos cintos de segurança e dos sistemas de retenção para crianças. Irão também ser realizadas ações de patrulhamento orientado para o cumprimento das normas destinadas a prevenir a propagação da COVID-19.

A GNR, para além da transmissão de conselhos de segurança aos encarregados de educação, irá ainda divulgar o Programa Escola Segura e dar a conhecer os militares responsáveis pelo programa na respetiva escola, com a distribuição do número de contacto das SPC, contribuindo desse modo para uma maior consciencialização dos encarregados de educação para a importância da segurança escolar dos jovens alunos e para uma melhor preparação das crianças e jovens, para os desafios que irão encontrar no regresso às aulas, aumentando o sentimento de segurança da comunidade escolar.

A GNR tem à sua responsabilidade cerca de 5 mil estabelecimentos de ensino, onde os militares irão promover estas ações e transmitir alguns conselhos de segurança, designadamente:

  • Aos jovens estudantes:

o   No deslocamento de e para a escola circula sempre que possível acompanhado ou em grupo e evita passar em locais isolados ou com pouca luz;

o   Nem sempre o caminho mais perto é o caminho mais seguro;

o   Memoriza no telemóvel o número do Posto da GNR local, num dos números de marcação rápida;

o   Espera pelos teus pais, por algum familiar ou amigo, dentro da escola;

o   Na internet:

  • Escolhe bem os conteúdos que publicas;
  • Palavras-passe: não as deixes acessíveis, não as mostres a amigos, altera-as e usa diferentes para vários serviços;
  • Se te sentires ameaçado na internet, pede ajuda a outra pessoa;
  • Qualquer pessoa pode estar online. Não acredites em tudo o que te dizem ou mostram;
  • Não te isoles. Se te acontecer algo perturbador online, denuncia.

o   Sempre que tiveres um problema, informa os teus pais ou encarregados de educação ou pede ajuda a um professor ou a um auxiliar da escola.

 

  • Aos pais:

o   Acompanhe o desenvolvimento escolar e as suas rotinas do seu filho;

o   Ensine o seu filho a colocar o número do Posto da GNR local, num número de marcação rápida;

o   Sempre que tiver conhecimento ou suspeita de que o seu filho ou colegas estejam a ser vítimas de ameaças, agressões ou outro tipo de crime, informe de imediato a GNR. A nossa ajuda poderá ser decisiva!

“Conferências da Estrela” em setembro

Em setembro, as “Conferências da Estrela” vão discutir os desafios e as oportunidades para o turismo na Estrela, com a participação da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. Assista em direto, no dia 23 de setembro a partir das 10 horas: https://bit.ly/3gJszNq.

Esta mais uma iniciativa do Estrela GeoPark, que vão decorrer durante 9 meses, com 9 temas.

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar