Templates by BIGtheme NET
Home » Politica (page 15)

Politica

Mensagem de Natal do Município de Aguiar da Beira

3f4808b525a42a0bb340252b3c0de1d3_XLO Presidente da Câmara Municipal de Aguiar da Beira saúda nesta quadra festiva os Aguiarenses, onde quer que se encontrem e a todos deseja um Santo e Feliz Natal e um Novo Ano de 2017 repleto de esperança e felicidade. E que o espírito do Natal, composto de amor e paz, inunde o lar e o coração de todos.

O Presidente da Câmara ,

Joaquim António Marques Bonifácio

Mensagem de Natal do Presidente da Câmara Municipal de Gouveia

mensagemnatalluistadeu1Mensagem de Natal do Presidente da Câmara Municipal de Gouveia 

 

Chegou a época natalícia e com ela fortalecemos a união entre todos. O espírito humano torna-se mais aberto a coisas com tanto significado como a solidariedade e a afabilidade entre as pessoas.

Os tempos que vivemos não são fáceis, face aos diferentes desafios e incertezas que a humanidade enfrenta; mas a história mostra-nos também que tudo isto é cíclico e a capacidade do ser humano ultrapassar esses momentos e repor a coexistência mais ou menos pacífica entre os diferentes povos deste planeta é possível.

Mas o Natal é um momento mágico para todos. Se uns associam esta quadra ao nascimento de Jesus Cristo, outros vêem-no como um tempo de esperança. Mesmo que não se comungue da mesma religiosidade, no fundo há uma comunhão de princípios, fé na capacidade de os homens e mulheres se renovarem nos propósitos mais nobres que a alma humana transporta dentro de si.

Caros Gouveenses, o Natal representa ainda o tempo da família. No ato singular da ceia de Natal, reúnem-se à mesma mesa várias gerações. É um momento único de felicidade. Expressam-se alegrias e agendam-se promessas de encontros breves. Porém, muitas vezes esquecemo-nos que existe uma outra família: a grande família gouveense.
A comunidade do concelho de Gouveia, não é mais do que essa grande família onde se têm de cruzar afetos e partilhas solidárias, em especial, para os menos afortunados.

Findo 2016, espera-se que o novo ano, que agora se aproxima, nos traga a todos maior fortuna.

O Município de Gouveia está apostado em dar o seu contributo em 2017 com um conjunto de intervenções que vão proporcionar maior qualidade de vida às nossas gentes e criarem atratividade a quem nos visita.
A requalificação urbana em áreas da sede do concelho, o investimento superior a 1.700.000.00 em infra-estruturas, nomeadamente no que concerne à renovação do sistema de água e saneamento, a requalificação da rede viária e um conjunto de outras intervenções que irão ter lugar um pouco por todo o concelho.

Esperam-se ainda alguns investimentos em Gouveia no decurso de 2017, que a confirmarem-se, representarão a criação de mais postos de trabalho. E porque a preocupação do Município para com as famílias é o foco dos desafios para o próximo ano, continuaremos a apostar no apoio através de todos os programas sociais que temos vindo a desenvolver e pretendemos reforçar nos próximos anos.

Tenho a certeza, que 2017 promete ser um ano de boas perspectivas para todos nós e é essa esperança de renovação que quero partilhar com as gentes do nosso concelho.
Para finalizar resta-me desejar a todos, um Feliz Natal e um Novo Ano repleto de prosperidade.


Luís Manuel Tadeu Marques
Presidente da Câmara Municipal de Gouveia

Férias Desportivas na biblioteca

IMG_6686O grupo das Férias Desportivas do Gabinete de Desporto do Município de Fornos de Algodres passou a manhã desta terça-feira, dia 20 na Biblioteca Municipal  Maria Teresa Maia Gonzalez.
Foram contadas e exploradas algumas lendas relacionadas com o Natal e na atividade de expressão plástica, fizeram vários trabalhos alusivos à quadra natalícia.
A Biblioteca Municipal deseja a todos um Feliz Natal!
Por:BMFA

APSCD Fornos de Algodres recebeu prémio de 5 mil euros

     IMG_9908  Reconhecimento de um trabalho desenvolvido

Este domingo, foi sem dúvida um dia especial para a Associação de Promoção Social e Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres, a satisfação foi grande desde que foi escolhida para integrar a grande final e estar presente entre instituições de renome nacional, num leque de 10 que foram selecionadas para a grande cerimónia de entrega dos Prémios da Fundação Manuel António da Mota.

O leque de candidatos foi bastante elevado para tentar chegar à grande final, pois foram 235 instituições candidatas, nesta 7ªedição que a Fundação Manuel António da Mota, instituiu como tema de fundo “Portugal Solidário 2016”.

O Palácio da Bolsa, na cidade do Porto, acolheu o evento, onde estiveram presentes centenas de pessoas, a grande maioria oriundas das localidades dos 10 finalistas, assim de Fornos de Algodres foram duas dezenas de pessoas que estiveram preseIMG_9710ntes.

A cerimónia iniciou com a preleção do Ministro do Trabalho, Solidariedade e
Segurança Social, Vieira da Silva, enalteceu o trabalho da Fundação, salientando que este tema “Portugal Solidário 2016” é muito atual, pois Portugal ainda tem muita pobreza, também ainda existe muita desigualdade.

Realçou que Portugal é dos países que mais trabalho apresenta no cariz social, mas é necessário mobilizar o País para uma sociedade mais estável, mas no futuro é necessário Solidariedade e Esperança.

Seguiu-se a Preleção de Manuela Eanes, que referiu que se procura honrar o grande trabalho de Manuel Mota, esta é uma instituição que procura centrar a sua ação nas atividades sociais.

Referiu que são já sete edições realizadas, todas com temas interessantes e diversificados, mas a 7ªedição tem um tema deveras importante, pois de 235 candidatas para chegar à grande final, a escolha foi muito difícil, para selecionar as 10 finalistas.

Este galardão consagrou instituições na área da Solidariedade que se distinguiram na apresentação de projetos de educação, emprego, combate à pobreza e à exclusão social.

A meio da cerimónia, chegou o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, onde ouviu ainda a preleção de António Mota, Presidente do Conselho de Administração da Mota Engil, que enalteceu o trabalho da Fundação, apesar de o Mundo se encontrar em posição difícil, mas parece aumentar a esperança, ainda destacou o aumento de prémios, assim são distribuídos 120 mil euros.

O grande momento estava a chegar e a entrega de prémios era aguardada com grande ansiedade pelos presentes, assim a grande vencedora foi a RARÍSSIMAS, arrecadando 50mil euros, na segunda posição ficou a SAOM, SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA ORGANIZAÇÕES DE MARIA que foi contemplada com 25 mil euros.

O terceiro lugar foi para o Projeto daIMG_9920  ASSOCIAÇÃO INSPIRAR O FUTURO que recebeu 10 mil euros, já todas as restantes sete instituições receberam uma menção honrosa, e um prémio de 5000 euros.

Assim a APSCDFA recebeu a Menção honrosa, com um valor de 5000  euros.

Já Marcelo Rebelo de Sousa, salientou o trabalho desenvolvido por todas as instituições, falando mesmo no caso de Fornos de Algodres, por ser uma localidade pequena e ainda assim a salientar todo trabalho destas 10 instituições finalistas, que são modelo a seguir.

Por fim, o Prof. José Fernando Tomás, Presidente da  APSCDFA, referiu que este prémio é o reconhecimento pelo trabalho que têm vindo a realizar, isto significa que com poucos recursos financeiros e de trabalho, se consegue uma projeção a nível nacional,orgulha o Interior e Fornos de Algodres.

O Projeto “Integrar “ tem como objetivo a intervenção precoce, junto das crianças dos 0 aos seis anos, no intuito de detetar alguns problemas que as venham afetar no futuro, a nível da terapia da fala, entre outras terapias, mas se forem detetadas atempadamente, podem vir a ser corrigidas.

Referiu que existe por todo País um grande leque de exemplos bons, e estão orgulhosos, dado que a APSCDFA foi escolhida para a grande final, é o reconhecimento de todo trabalho desenvolvido, nestas zona do País, foram a única que está fora dos grandes centros.

Festejam os 30 anos e iniciar com um prémio de tão grande envergadura, vai dar um grande alento, para a elaboração do trabalho diário, detém uma equipa empenhada com bons técnicos para poder fazer frente a outras candidaturas que vão ser elaboradas no futuro.

Um dia inesquecível para todas estas instituições finalistas, que depois deste prémio conquistado, todas se vão empenhar muito mais, num futuro.

Por: António Pacheco

António Costa vai estar na inauguração do novo Quartel da GNR

cmmA inauguração do novo Quartel da Guarda Nacional Republicana de Mangualde terá lugar na próxima segunda-feira, dia 28 de novembro, pelas 15h00, no novo espaço sito na Rua Pintor José Maria de Almeida, 3530-091 – Mangualde.

O momento contará com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, da Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, do Comandante-geral da GNR, Tenente-General Silva Couto, e do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo.

Da parte da manhã, o Primeiro-Ministro realizará uma visita às instalações da PSA Peugeot Citroën de Mangualde e será acompanhado pelo Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

Recorda-se que este novo Quartel da GNR, agora inaugurado, representa um investimento de cerca de 2 milhões de euros e tem um âmbito supramunicipal, pois o raio de intervenção da corporação excede os limites do concelho englobando os concelhos de Nelas, Penalva do Castelo e Sátão. O investimento na obra é da responsabilidade da Administração Central, tendo a Câmara Municipal cedido o terreno.

Por:Mun.Mangualde

 

Orçamento para 2017 ronda os 22 milhões de euros em Mangualde

0cmm Investimento em Mangualde em 2017

Foi nesta segunda -feira(31 de outubro) apreciado em reunião de câmara o Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos para 2017. O orçamento de 21.770.640,00€ representa um aumento que ronda os 3,5 milhões de euros em relação ao orçamento de 2016 e que se reflete fundamentalmente na despesa com investimento. Para o presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo «2017 será o ano do salto qualitativo e de excelência, com o maior investimento público de sempre no concelho. Este é um orçamento rigoroso, ambicioso e virado para o investimento, só possível porque a autarquia preparou-se nos últimos anos para que isso acontecesse».

 «(…) ISSO SÓ FOI POSSÍVEL PORQUE NOS ÚLTIMOS ANOS CONSEGUIMOS DEVOLVER À AUTARQUIA UMA SITUAÇÃO DE EQUILÍBRIO E SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA»

João Azevedo afirma ainda que «o aumento de quase 4 milhões de euros em investimento para 2017 sustenta-se na sua maioria em obras financiadas pelos fundos comunitários, outras linhas financiadoras e recursos próprios da autarquia». A autarquia «preparou-se para o investimento e isso só foi possível porque nos últimos anos conseguimos devolver à autarquia uma situação de equilíbrio e sustentabilidade financeira. Estamos preparados para o maior investimento público de sempre no concelho em regeneração urbana, em infraestruturas e acessibilidades e noutras áreas fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos mangualdenses», sublinhou o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

A proposta de orçamento foi apreciada pela Câmara Municipal e será agora submetida à Assembleia Municipal para Aprovação.

Por:Mun.Mangualde

Orçamento 2017 aprovado pelo Executivo Municipal de Pinhel

0pinhelO Executivo da Câmara Municipal de Pinhel esteve reunido a 26 de outubro, em sessão extraordinária, a fim de analisar e votar o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para o exercício económico de 2017.

Numa apresentação sumária dos investimentos previstos para o último ano do seu primeiro mandato, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, lembrou o caminho percorrido acentuando que foi um período intenso, marcado “pela mudança, pela transformação e pela concretização”.

É pois neste “ritmo reformista” que a autarquia pinhelense quer prosseguir, apresentando “um orçamento marcado pela modernização e pelo maximizar das fontes de financiamento” ao investimento municipal.

Principais áreas de investimentos

No que diz respeito ao Ordenamento do Território, estão previstas algumas intervenções tendo em vista a beneficiação de vias de comunicação urbanas e de estradas municipais, prosseguindo também o esforço de requalificação das aldeias do concelho.

Mas os grandes investimentos estão associados à construção de equipamentos considerados estruturantes e, aqui, assumem particular destaque a construção das novas piscinas municipais cobertas (obra em curso) e descobertas (obra a iniciar em breve).

Por outro lado, o próximo ano também vai ficar marcado pelo lançamento da empreitada do Parque Urbano de Pinhel (no antigo Campo de Futebol Astolfo da Costa), uma obra que vai revolucionar a zona mais central e habitada da cidade. Porque as famílias e a vivência em família é uma das preocupações centrais do Município de Pinhel, autarquia considerada “Familiarmente Responsável”.

A Educação é outra área que tem merecido grande atenção por parte da Câmara de Pinhel e 2017 vai ser um ano de avultados investimentos. A par dos apoios já habituais, nomeadamente a nível de transportes escolares (gratuitos para todos os alunos), o Município vai integrar o Plano de Combate ao Insucesso Escolar elaborado no âmbito da CIM-BSE (Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela).

Por outro lado, foi incluído no Orçamento do próximo ano o projeto de requalificação do Polidesportivo Descoberto da EB2, apresentado pela comunidade escolar no âmbito de uma experiência piloto que visa a implementação do Orçamento Participativo e que foi dotada com 150.000€.

Mas os investimentos não se ficam por aqui e em 2017 vai ter início a grande obra de requalificação e modernização da Escola Secundária de Pinhel, uma empreitada orçada em cerca de um milhão e setecentos mil euros, com financiamento europeu, mas também com o esforço do Município que terá de assegurar o pagamento de cerca de 132.000€ (metade do valor da comparticipação nacional).

Sempre atento às necessidades das populações, nomeadamente das populações mais desfavorecidas, o Município de Pinhel continua a não descurar a Ação Social e, neste contexto, o próximo ano terá em conta um reforço destinado a garantir condições de habitabilidade a agregados familiares carenciados. Por outro lado, a autarquia continuará a estar ao lado das instituições do concelho, apoiando a sua ação e, quando necessário, apoiando financeiramente a realização de obras, nomeadamente obras de adaptação de imóveis cedidos pela autarquia a centros de convívio.

Finalmente, um olhar pela Cultura, onde também estão previstos fortes investimentos e grandes novidades, desde logo a participação do Município de Pinhel no projeto “O.P.(us) – Ópera no Património”, desenvolvido em parceria com cidades como Leiria, Batalha, Viseu, Vila Nova de Foz Côa e, ainda, a Universidade de Coimbra (projeto para três anos, a candidatar ao Centro 2020).

A par disso, foram já encetados esforços no sentido de dar início, em 2017, aos trabalhos de requalificação das Torres e da Muralha do Castelo de Pinhel, património que é sem dúvida um dos principais atrativos turísticos da cidade e do concelho.

Apresentadas algumas das Grandes Opções que estiveram na base da elaboração do Orçamento para 2017, importa referir que o documento, aprovado por unanimidade, apresenta receitas e despesas no valor total de cerca de 19 milhões de euros (mais 4 milhões do que o Orçamento de 2016) e terá, ainda, de ser votado pela Assembleia Municipal de Pinhel.

Por:Mun.Pinhel

Trancoso acolheu “Capacitar 2017” uma iniciativa dos jovens socialistas

14753687_1183802751658741_9004396722044639619_oA Federação Distrital da Guarda da Juventude Socialista levou a efeito, em colaboração com a Concelhia da JS Trancoso, uma formação política de base local, no dia 22 de Outubro de 2016, denominada “Capacitar 2017”.
A iniciativa, que contou com a participação de mais de 50 pessoas, está inserida no plano autárquico da estrutura: “AFIRMA TE”, tendo decorrido no auditório do pavilhão multiusos da cidade de Trancoso nos períodos da manhã e da tarde e foi dedicada a capacitar todos os seus participantes sobre os mais variados assuntos, subordinados à temática autárquica, contando com 5 módulos:

– Direito das autarquias locais: competência e funcionamento dos órgãos autárquicos, por José Amaral Veiga;

– Finanças locais, por Eurico Brilhante Dias;

– Contratação pública e emprego público, por Marisa Santos;

– Democracia participativa e transparência, por Rita Mendes;

– Comunicação em democracia, por João de Almeida Santos.

O dia terminou com a apresentação pública do plano federativo da JS Guarda, dedicado ao processo autárquico: “AFIRMA TE”. Este programa, que teve o seu inicio com esta actividade e apresentação, pretende aproximar a nossa estrutura de todos os concelhos e de todos os autarcas e eleitores. Ao longo dos próximos meses serão realizadas jornadas diárias, em cada um doas 14 concelhos do distrito da Guarda, para contactar com os autarcas, cidadãos e com associações e instituições, de forma a conseguir elaborar um diagnóstico local e a recolher propostas que possam constar no manifesto autárquico da nossa estrutura.
No final desta fase, um documento, bem estruturado e completo, dividido por temas, será apresentado num fórum autárquico jovem, que promoverá o debate a comunicação entre as mais diversas gerações de autarcas no nosso distrito, procurando gerar uma ampla análise de todos os dados compilados no manifesto.14590074_1183804274991922_5028013683402983644_o
A iniciativa CAPACITAR 2017 terminou com a Sessão de Encerramento, que contou, entre outros, com a presença de autarcas, dirigentes concelhios e federativos do Partido Socialista e da Juventude Socialista no distrito da Guarda, militantes, simpatizantes, de Ivan Gonçalves (Secretário Nacional da Juventude Socialista e deputado na Assembleia da República) e de Marco Ferreira (Presidente da Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas (ANJAS)).

A Federação da JS Guarda pretende dar voz a todas as causas e sugestões que a partir de hoje nos façam chegar.

Já se encontra online a plataforma AFIRMA TE (http://afirmate.juventudesocialista.pt), onde qualquer cidadão, seja de que quadrante político for, que idade tiver, de onde for natural, independentemente de todos os fatores, de forma anónima, rápida e simples, poderá contribuir, em simultâneo com a recolha presencial de propostas que iremos fazer, para o nosso Manifesto Autárquico Jovem, depositando em nós toda a confiança para que possamos reivindicar a sua visão, ideia causa e/ou contributo, ao mesmo tempo que poderá conhecer o plano e todo o trabalho que já realizámos e iremos realizar nos meses seguintes.

Por:FDJSG

 

Deputados do PSD na Assembleia da República estiveram no Município de Pinhel

14615575_1554036974623082_2144639408006621843_oOs dois deputados do PSD à Assembleia da República eleitos pelo Círculo da Guarda estiveram esta segunda-feira em Pinhel, tendo sido recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal.

No âmbito do trabalho de preparação das Jornadas do Património e da Cultura a promover pelo Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata, os Deputados à Assembleia da República eleitos pelo Círculo da Guarda, Carlos Peixoto e Ângela Guerra, estiveram em Pinhel a fim de realizar o chamado “trabalho de terreno”, ou seja, auscultar populações e, neste caso, os representantes do Poder Local, sobre anseios e necessidades no que diz respeito a esta matéria.
Recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, os Deputados tiveram oportunidade de se deslocar ao centro histórico da cidade, onde o autarca pinhelense alertou para algumas necessidades urgentes de intervenção por parte do Estado, tendo em vista a reabilitação de património que se encontra em perigo de degradação.
Assim, um dos locais visitados foi a Casa Grande, edifício que albergou durante várias décadas os Paços do Concelho e que o Executivo Municipal gostaria de ver reabilitado e de portas abertas. Outro ponto de paragem foi o Castelo e a Muralha que circunda o centro histórico, um caminho de ronda com cerca de 800 metros que o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel gostaria de ver mais valorizado no âmbito da promoção turística da cidade e do concelho.
Foram estes os principais alertas deixados aos Deputados do PSD eleitos pelo Círculo da Guarda, de modo a que possam integrar o levantamento que está a ser feito a nível nacional.

Por:Mun.Pinhel

Formação Política denominada “Capacitar 2017 em Trancoso

jsguaVai ter lugar , neste sábado, 22 de outubro, no auditório do pavilhão multiusos da cidade de Trancoso (Av. 1º de Dezembro – Trancoso), uma iniciativa levada a cabo pela Federação Distrital da Guarda da Juventude Socialista, a Formação Política denominada “Capacitar 2017”, inserida no plano autárquico da estrutura: “AFIRMA TE”.

Realiza-se durante dois momentos,  de manhã e da tarde ,vai ser dedicada a capacitar todos os seus participantes, sobre os assuntos mais importantes e subordinados à temática autárquica, contando com 5 módulos:

– Direito das autarquias locais: competência e funcionamento dos órgãos autárquicos, por José Amaral Veiga;

– Finanças locais, por Eurico Brilhante Dias;

– Contratação pública e emprego público, por Marisa Santos;

– Democracia participativa e transparência, por Rita Mendes;

– Comunicação em democracia, por João de Almeida Santos.

A iniciativa termina com a apresentação pública do plano federativo, dedicado ao processo autárquico: “AFIRMA TE”, pelas 17 horas e 30 minutos e com a Sessão de Encerramento, pelas 18 horas, que irá contar, entre outros, com a presença de autarcas, dirigentes concelhios e federativos do PS e da JS no distrito da Guarda, militantes, simpatizantes, de Diogo Leão (Secretário-Geral adjunto da JS e deputado na AR), Ivan Gonçalves (deputado na AR), Marco Ferreira (Presidente da Associação Nacional dos Jovens Autarcas Socialistas) e de Ana Godinho (Secretária de Estado do Turismo).

Por:FDGJS

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar