Templates by BIGtheme NET
Home » Politica (page 16)

Politica

“Balbúrdia no Olímpio” em Mangualde

cmmA primeira ‘Sexta da Lua’ de 2017 vai ser uma verdadeira ‘Balbúrdia no Olímpio’. A peça, produzida pela companhia de teatro Língua de Trapo, sobe ao palco do Auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, no dia 27 de janeiro, pelas 21h00.

 Ser Deus nunca foi fácil e num país assolado de mal-intencionados, o Inferno é que lucra. De um lado Afrodite e Apolo, do outro Dionísio e Ares e entre eles o mais poderoso e mais enganado dos Deuses: Zeus. Já não se respeita a vontade do Senhor do Olimpo e os humanos andam a sofrer com esta desorganização parlamentar. Esta é uma missão dantesca, Senhores! E só para acrescentar: se isto não fosse uma comédia linguareira, bem estaríamos fritos em óleo polinsaturado!

 O Texto e Encenação são de autoria de Paula Antunes e o elenco composto por Hugo Santos Silva, Nuno Loureiro, Paula Antunes e Pedro A. Rodrigues. A produção conta ainda com a colaboração de Francisco Ferreira Gomes (Assistência de Encenação), Gonçalo Oliveira (Desenho de luz), Hugo Baptista (Sonoplastia), José Silva (Operação Técnica), Otília Albuquerque e Castro e António de Campos Antunes (Figurinos e Adereços), Bruna Pereira (Produção e Comunicação), Frederico Silva (Design Gráfico do Cartaz) e Teatro Língua de Trapo (Direção artística).

 A entrada tem o custo de 3€ e a reserva deve ser feita através dos contactos 915 089 313 ou producao.linguadetrapo@gmail.com.

Por:Mun.Mangualde

 

Orçamento e grandes opções para 2017 aprovados em Nelas

neNa Assembleia Municipal de Nelas realizada no passado dia 28 de Dezembro, foi aprovado por maioria clara o orçamento municipal e as grandes opções do plano para o ano de 2017. Os membros do Partido Socialista unidos e todos os sete Presidentes de Junta de Freguesia votaram a favor do documento, tendo o documento merecido duas abstenções e oito votos contra da bancada do PSD e CDS.

Os documentos haviam já sido aprovados em reunião de câmara realizada anteriormente com três votos a favor (do Presidente, da Vice-Presidente e de outro Vereador do PS), a abstenção dos Vereadores do PSD e CDS, e o voto contra do outro Vereador do PS.

O orçamento para 2017, e porque o Município se encontra em Plano de Ajustamento Financeiro, desde 2013 (PAEL e Reestruturação Financeira) mereceu parecer amplamente favorável da Direção Geral das Autarquias Locais (DGAL), elogiando a gestão municipal pelo controle e evolução altamente favorável das finanças municipais.

A Câmara Municipal de Nelas prevê uma receita em 2017 de 13.664.021€, receita essa que destina em 52% para despesa corrente no valor de 7.127.367€, e em 48% para investimentos ou despesas de capital no valor de 6.536.654€. Ao nível da receita é de realçar os impostos diretos municipais no montante de 2.802.442€ (IMI, IMT, Derrama e Imposto Circulação), o FEF no montante de 4.576.008€, e a previsão de recebimento de mais de 3.300.000€ de fundos comunitários. Do lado da despesa realce-se a despesa com pessoal de 2.945.901€, a aquisição de bens e serviços de 3.205.612€, e o custo da dívida (amortização e juros) de 1.301.970€. Em despesas de investimento a Câmara pretende gastar mais de 2.600.000€, nas obras das diversas ETARs e em arruamentos e outras obras cerca de 1.000.000€.

De referir especialmente a construção da Loja do Cidadão com 347.500€, a continuação da delegação de competências para as freguesias para limpeza urbana de 60.000€, o apoio às Associações de Bombeiros no valor de 150.000€, a requalificação das escolas primárias de Vilar Seco, Carvalhal Redondo e Santar, no valor de mais de 450.000€, a requalificação urbana em Nelas de 1.500.000€, a construção da CAVE – Museu do Vinho em Santar com 281.800€, a requalificação urbana no concelho em mais de 150.000€, o arranque da construção da ETAR 3 de Nelas e sistema interceptor com uma despesa prevista em 2017 de 2.500.000€, e a construção de seis novas ETARs nas freguesias, sendo: ETAR de Casal Sancho – 194.348€; ETAR da Lapa do Lobo – 324.283€; ETAR de Aguieira/ Carvalhal Redondo – 483.900€; ETAR de Santar – 201.416€; ETAR nova em Moreira – 366.069€; ETAR em Vilar Seco – 359.058€, estando inscrito ainda ao nível do ciclo urbano da água diversos outros investimentos como uma nova ETAR na Zona industrial da ribeirinha de Canas de Senhorim, um novo sistema de abastecimento de água e a reabilitação do sistemas de drenagem, projectos estes num montante superior a 3.500.000€. Prevê-se gastar na ampliação de cemitérios e contentores do lixo enterrados o valor de 219.458€ (especialmente os cemitérios de Vilar Seco, Senhorim, Folhadal e Canas de Senhorim), beneficiar parques infantis e seniores com pelo menos 50.000€, continuar a apoiar a instalação de industrias com pelo menos 100.000€, requalificar a rede viária e caminhos agrícolas e florestais com pelo menos 190.000€, prevendo-se ainda verbas para apoio a obras à habitação de famílias carenciadas e apoio à criação de emprego a pequenas e micro empresas em cerca de 50.000€.

O apoio ao Movimento Associativo continuará à semelhança dos anos anteriores.

Aos investimentos previstos no orçamento e opções do plano para 2017, acrescerão aqueles que já foram aprovados em reunião de câmara e que resultam das compensações pela não construção da barragem de Girabolhos, nomeadamente a requalificação das estradas Vila Ruiva – Caldas da Felgueira, no valor de 435.000€, da Rua do Barreiro em Vila Ruiva – 95.000€, de arruamentos urbanos como a Rua da Soma em Santar em 142.000€, Rua Moreira – Nelas 1ª fase em 190.000€, variante da Aguieira – 227.000€, Rua do Castelão na Lapa do Lobo – 127.000€, recuperação do edifício do Centro de Dia de Vila Ruiva e do Centro Comunitário da Vila, na freguesia de Senhorim no valor de 152.000€, arruamentos industriais no valor de 345.000€ (Faurecia, Qbeiras e Ecocentro), e também a requalificação de trinta e uma fossas existentes no concelho, sendo dezanove na freguesia de Senhorim no valor de 125.000€.

Ao plano de investimentos acima referido poderão acrescer ainda outras verbas, uma vez que a Câmara garantiu já um Aviso POSEUR no montante de 1.700.000€ e aguarda o desfecho da candidatura efectuada no domínio das Área de Acolhimento Empresarial, sendo que neste aspecto haverá em breve notícias pelos contactos já mantidos com a CCDRC.

O Presidente da Câmara que apresentou o orçamento na câmara e na Assembleia Municipal, ouviu todos os partidos ali representados e foi sensível a propostas de alteração apresentadas, considerou um orçamento realista e ambicioso ao nível do investimento, centrando-se nos investimentos prioritários e estruturais, como os do ambiente, empregabilidade e apoio social e associativo, num quadro de rigor financeiro que resulta da redução em 2017, da dívida total do município de mais de 16.000.000€ em final de 2013, para 10.000.000€ no final de 2017, ou seja uma redução de 40%, a tudo isto acrescendo o prazo médio de pagamentos que se vem situando continuamente abaixo dos 35 dias. Deu ainda conta dos dados da execução orçamental do exercício de 2016 que se situam ao nível da execução da receita em mais de 86% (11.650.000€) e da despesa em mais de 85% (11.300.000€), sendo esta a taxa de execução de 91% na despesa corrente e de 68% na despesa de capital.

Por:Mun.Nelas

 

Mensagem de Natal do Município de Aguiar da Beira

3f4808b525a42a0bb340252b3c0de1d3_XLO Presidente da Câmara Municipal de Aguiar da Beira saúda nesta quadra festiva os Aguiarenses, onde quer que se encontrem e a todos deseja um Santo e Feliz Natal e um Novo Ano de 2017 repleto de esperança e felicidade. E que o espírito do Natal, composto de amor e paz, inunde o lar e o coração de todos.

O Presidente da Câmara ,

Joaquim António Marques Bonifácio

Mensagem de Natal do Presidente da Câmara Municipal de Gouveia

mensagemnatalluistadeu1Mensagem de Natal do Presidente da Câmara Municipal de Gouveia 

 

Chegou a época natalícia e com ela fortalecemos a união entre todos. O espírito humano torna-se mais aberto a coisas com tanto significado como a solidariedade e a afabilidade entre as pessoas.

Os tempos que vivemos não são fáceis, face aos diferentes desafios e incertezas que a humanidade enfrenta; mas a história mostra-nos também que tudo isto é cíclico e a capacidade do ser humano ultrapassar esses momentos e repor a coexistência mais ou menos pacífica entre os diferentes povos deste planeta é possível.

Mas o Natal é um momento mágico para todos. Se uns associam esta quadra ao nascimento de Jesus Cristo, outros vêem-no como um tempo de esperança. Mesmo que não se comungue da mesma religiosidade, no fundo há uma comunhão de princípios, fé na capacidade de os homens e mulheres se renovarem nos propósitos mais nobres que a alma humana transporta dentro de si.

Caros Gouveenses, o Natal representa ainda o tempo da família. No ato singular da ceia de Natal, reúnem-se à mesma mesa várias gerações. É um momento único de felicidade. Expressam-se alegrias e agendam-se promessas de encontros breves. Porém, muitas vezes esquecemo-nos que existe uma outra família: a grande família gouveense.
A comunidade do concelho de Gouveia, não é mais do que essa grande família onde se têm de cruzar afetos e partilhas solidárias, em especial, para os menos afortunados.

Findo 2016, espera-se que o novo ano, que agora se aproxima, nos traga a todos maior fortuna.

O Município de Gouveia está apostado em dar o seu contributo em 2017 com um conjunto de intervenções que vão proporcionar maior qualidade de vida às nossas gentes e criarem atratividade a quem nos visita.
A requalificação urbana em áreas da sede do concelho, o investimento superior a 1.700.000.00 em infra-estruturas, nomeadamente no que concerne à renovação do sistema de água e saneamento, a requalificação da rede viária e um conjunto de outras intervenções que irão ter lugar um pouco por todo o concelho.

Esperam-se ainda alguns investimentos em Gouveia no decurso de 2017, que a confirmarem-se, representarão a criação de mais postos de trabalho. E porque a preocupação do Município para com as famílias é o foco dos desafios para o próximo ano, continuaremos a apostar no apoio através de todos os programas sociais que temos vindo a desenvolver e pretendemos reforçar nos próximos anos.

Tenho a certeza, que 2017 promete ser um ano de boas perspectivas para todos nós e é essa esperança de renovação que quero partilhar com as gentes do nosso concelho.
Para finalizar resta-me desejar a todos, um Feliz Natal e um Novo Ano repleto de prosperidade.


Luís Manuel Tadeu Marques
Presidente da Câmara Municipal de Gouveia

Férias Desportivas na biblioteca

IMG_6686O grupo das Férias Desportivas do Gabinete de Desporto do Município de Fornos de Algodres passou a manhã desta terça-feira, dia 20 na Biblioteca Municipal  Maria Teresa Maia Gonzalez.
Foram contadas e exploradas algumas lendas relacionadas com o Natal e na atividade de expressão plástica, fizeram vários trabalhos alusivos à quadra natalícia.
A Biblioteca Municipal deseja a todos um Feliz Natal!
Por:BMFA

APSCD Fornos de Algodres recebeu prémio de 5 mil euros

     IMG_9908  Reconhecimento de um trabalho desenvolvido

Este domingo, foi sem dúvida um dia especial para a Associação de Promoção Social e Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres, a satisfação foi grande desde que foi escolhida para integrar a grande final e estar presente entre instituições de renome nacional, num leque de 10 que foram selecionadas para a grande cerimónia de entrega dos Prémios da Fundação Manuel António da Mota.

O leque de candidatos foi bastante elevado para tentar chegar à grande final, pois foram 235 instituições candidatas, nesta 7ªedição que a Fundação Manuel António da Mota, instituiu como tema de fundo “Portugal Solidário 2016”.

O Palácio da Bolsa, na cidade do Porto, acolheu o evento, onde estiveram presentes centenas de pessoas, a grande maioria oriundas das localidades dos 10 finalistas, assim de Fornos de Algodres foram duas dezenas de pessoas que estiveram preseIMG_9710ntes.

A cerimónia iniciou com a preleção do Ministro do Trabalho, Solidariedade e
Segurança Social, Vieira da Silva, enalteceu o trabalho da Fundação, salientando que este tema “Portugal Solidário 2016” é muito atual, pois Portugal ainda tem muita pobreza, também ainda existe muita desigualdade.

Realçou que Portugal é dos países que mais trabalho apresenta no cariz social, mas é necessário mobilizar o País para uma sociedade mais estável, mas no futuro é necessário Solidariedade e Esperança.

Seguiu-se a Preleção de Manuela Eanes, que referiu que se procura honrar o grande trabalho de Manuel Mota, esta é uma instituição que procura centrar a sua ação nas atividades sociais.

Referiu que são já sete edições realizadas, todas com temas interessantes e diversificados, mas a 7ªedição tem um tema deveras importante, pois de 235 candidatas para chegar à grande final, a escolha foi muito difícil, para selecionar as 10 finalistas.

Este galardão consagrou instituições na área da Solidariedade que se distinguiram na apresentação de projetos de educação, emprego, combate à pobreza e à exclusão social.

A meio da cerimónia, chegou o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, onde ouviu ainda a preleção de António Mota, Presidente do Conselho de Administração da Mota Engil, que enalteceu o trabalho da Fundação, apesar de o Mundo se encontrar em posição difícil, mas parece aumentar a esperança, ainda destacou o aumento de prémios, assim são distribuídos 120 mil euros.

O grande momento estava a chegar e a entrega de prémios era aguardada com grande ansiedade pelos presentes, assim a grande vencedora foi a RARÍSSIMAS, arrecadando 50mil euros, na segunda posição ficou a SAOM, SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA ORGANIZAÇÕES DE MARIA que foi contemplada com 25 mil euros.

O terceiro lugar foi para o Projeto daIMG_9920  ASSOCIAÇÃO INSPIRAR O FUTURO que recebeu 10 mil euros, já todas as restantes sete instituições receberam uma menção honrosa, e um prémio de 5000 euros.

Assim a APSCDFA recebeu a Menção honrosa, com um valor de 5000  euros.

Já Marcelo Rebelo de Sousa, salientou o trabalho desenvolvido por todas as instituições, falando mesmo no caso de Fornos de Algodres, por ser uma localidade pequena e ainda assim a salientar todo trabalho destas 10 instituições finalistas, que são modelo a seguir.

Por fim, o Prof. José Fernando Tomás, Presidente da  APSCDFA, referiu que este prémio é o reconhecimento pelo trabalho que têm vindo a realizar, isto significa que com poucos recursos financeiros e de trabalho, se consegue uma projeção a nível nacional,orgulha o Interior e Fornos de Algodres.

O Projeto “Integrar “ tem como objetivo a intervenção precoce, junto das crianças dos 0 aos seis anos, no intuito de detetar alguns problemas que as venham afetar no futuro, a nível da terapia da fala, entre outras terapias, mas se forem detetadas atempadamente, podem vir a ser corrigidas.

Referiu que existe por todo País um grande leque de exemplos bons, e estão orgulhosos, dado que a APSCDFA foi escolhida para a grande final, é o reconhecimento de todo trabalho desenvolvido, nestas zona do País, foram a única que está fora dos grandes centros.

Festejam os 30 anos e iniciar com um prémio de tão grande envergadura, vai dar um grande alento, para a elaboração do trabalho diário, detém uma equipa empenhada com bons técnicos para poder fazer frente a outras candidaturas que vão ser elaboradas no futuro.

Um dia inesquecível para todas estas instituições finalistas, que depois deste prémio conquistado, todas se vão empenhar muito mais, num futuro.

Por: António Pacheco

António Costa vai estar na inauguração do novo Quartel da GNR

cmmA inauguração do novo Quartel da Guarda Nacional Republicana de Mangualde terá lugar na próxima segunda-feira, dia 28 de novembro, pelas 15h00, no novo espaço sito na Rua Pintor José Maria de Almeida, 3530-091 – Mangualde.

O momento contará com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, da Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, do Comandante-geral da GNR, Tenente-General Silva Couto, e do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo.

Da parte da manhã, o Primeiro-Ministro realizará uma visita às instalações da PSA Peugeot Citroën de Mangualde e será acompanhado pelo Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

Recorda-se que este novo Quartel da GNR, agora inaugurado, representa um investimento de cerca de 2 milhões de euros e tem um âmbito supramunicipal, pois o raio de intervenção da corporação excede os limites do concelho englobando os concelhos de Nelas, Penalva do Castelo e Sátão. O investimento na obra é da responsabilidade da Administração Central, tendo a Câmara Municipal cedido o terreno.

Por:Mun.Mangualde

 

Orçamento para 2017 ronda os 22 milhões de euros em Mangualde

0cmm Investimento em Mangualde em 2017

Foi nesta segunda -feira(31 de outubro) apreciado em reunião de câmara o Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos para 2017. O orçamento de 21.770.640,00€ representa um aumento que ronda os 3,5 milhões de euros em relação ao orçamento de 2016 e que se reflete fundamentalmente na despesa com investimento. Para o presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo «2017 será o ano do salto qualitativo e de excelência, com o maior investimento público de sempre no concelho. Este é um orçamento rigoroso, ambicioso e virado para o investimento, só possível porque a autarquia preparou-se nos últimos anos para que isso acontecesse».

 «(…) ISSO SÓ FOI POSSÍVEL PORQUE NOS ÚLTIMOS ANOS CONSEGUIMOS DEVOLVER À AUTARQUIA UMA SITUAÇÃO DE EQUILÍBRIO E SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA»

João Azevedo afirma ainda que «o aumento de quase 4 milhões de euros em investimento para 2017 sustenta-se na sua maioria em obras financiadas pelos fundos comunitários, outras linhas financiadoras e recursos próprios da autarquia». A autarquia «preparou-se para o investimento e isso só foi possível porque nos últimos anos conseguimos devolver à autarquia uma situação de equilíbrio e sustentabilidade financeira. Estamos preparados para o maior investimento público de sempre no concelho em regeneração urbana, em infraestruturas e acessibilidades e noutras áreas fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos mangualdenses», sublinhou o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

A proposta de orçamento foi apreciada pela Câmara Municipal e será agora submetida à Assembleia Municipal para Aprovação.

Por:Mun.Mangualde

Orçamento 2017 aprovado pelo Executivo Municipal de Pinhel

0pinhelO Executivo da Câmara Municipal de Pinhel esteve reunido a 26 de outubro, em sessão extraordinária, a fim de analisar e votar o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para o exercício económico de 2017.

Numa apresentação sumária dos investimentos previstos para o último ano do seu primeiro mandato, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, lembrou o caminho percorrido acentuando que foi um período intenso, marcado “pela mudança, pela transformação e pela concretização”.

É pois neste “ritmo reformista” que a autarquia pinhelense quer prosseguir, apresentando “um orçamento marcado pela modernização e pelo maximizar das fontes de financiamento” ao investimento municipal.

Principais áreas de investimentos

No que diz respeito ao Ordenamento do Território, estão previstas algumas intervenções tendo em vista a beneficiação de vias de comunicação urbanas e de estradas municipais, prosseguindo também o esforço de requalificação das aldeias do concelho.

Mas os grandes investimentos estão associados à construção de equipamentos considerados estruturantes e, aqui, assumem particular destaque a construção das novas piscinas municipais cobertas (obra em curso) e descobertas (obra a iniciar em breve).

Por outro lado, o próximo ano também vai ficar marcado pelo lançamento da empreitada do Parque Urbano de Pinhel (no antigo Campo de Futebol Astolfo da Costa), uma obra que vai revolucionar a zona mais central e habitada da cidade. Porque as famílias e a vivência em família é uma das preocupações centrais do Município de Pinhel, autarquia considerada “Familiarmente Responsável”.

A Educação é outra área que tem merecido grande atenção por parte da Câmara de Pinhel e 2017 vai ser um ano de avultados investimentos. A par dos apoios já habituais, nomeadamente a nível de transportes escolares (gratuitos para todos os alunos), o Município vai integrar o Plano de Combate ao Insucesso Escolar elaborado no âmbito da CIM-BSE (Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela).

Por outro lado, foi incluído no Orçamento do próximo ano o projeto de requalificação do Polidesportivo Descoberto da EB2, apresentado pela comunidade escolar no âmbito de uma experiência piloto que visa a implementação do Orçamento Participativo e que foi dotada com 150.000€.

Mas os investimentos não se ficam por aqui e em 2017 vai ter início a grande obra de requalificação e modernização da Escola Secundária de Pinhel, uma empreitada orçada em cerca de um milhão e setecentos mil euros, com financiamento europeu, mas também com o esforço do Município que terá de assegurar o pagamento de cerca de 132.000€ (metade do valor da comparticipação nacional).

Sempre atento às necessidades das populações, nomeadamente das populações mais desfavorecidas, o Município de Pinhel continua a não descurar a Ação Social e, neste contexto, o próximo ano terá em conta um reforço destinado a garantir condições de habitabilidade a agregados familiares carenciados. Por outro lado, a autarquia continuará a estar ao lado das instituições do concelho, apoiando a sua ação e, quando necessário, apoiando financeiramente a realização de obras, nomeadamente obras de adaptação de imóveis cedidos pela autarquia a centros de convívio.

Finalmente, um olhar pela Cultura, onde também estão previstos fortes investimentos e grandes novidades, desde logo a participação do Município de Pinhel no projeto “O.P.(us) – Ópera no Património”, desenvolvido em parceria com cidades como Leiria, Batalha, Viseu, Vila Nova de Foz Côa e, ainda, a Universidade de Coimbra (projeto para três anos, a candidatar ao Centro 2020).

A par disso, foram já encetados esforços no sentido de dar início, em 2017, aos trabalhos de requalificação das Torres e da Muralha do Castelo de Pinhel, património que é sem dúvida um dos principais atrativos turísticos da cidade e do concelho.

Apresentadas algumas das Grandes Opções que estiveram na base da elaboração do Orçamento para 2017, importa referir que o documento, aprovado por unanimidade, apresenta receitas e despesas no valor total de cerca de 19 milhões de euros (mais 4 milhões do que o Orçamento de 2016) e terá, ainda, de ser votado pela Assembleia Municipal de Pinhel.

Por:Mun.Pinhel

Trancoso acolheu “Capacitar 2017” uma iniciativa dos jovens socialistas

14753687_1183802751658741_9004396722044639619_oA Federação Distrital da Guarda da Juventude Socialista levou a efeito, em colaboração com a Concelhia da JS Trancoso, uma formação política de base local, no dia 22 de Outubro de 2016, denominada “Capacitar 2017”.
A iniciativa, que contou com a participação de mais de 50 pessoas, está inserida no plano autárquico da estrutura: “AFIRMA TE”, tendo decorrido no auditório do pavilhão multiusos da cidade de Trancoso nos períodos da manhã e da tarde e foi dedicada a capacitar todos os seus participantes sobre os mais variados assuntos, subordinados à temática autárquica, contando com 5 módulos:

– Direito das autarquias locais: competência e funcionamento dos órgãos autárquicos, por José Amaral Veiga;

– Finanças locais, por Eurico Brilhante Dias;

– Contratação pública e emprego público, por Marisa Santos;

– Democracia participativa e transparência, por Rita Mendes;

– Comunicação em democracia, por João de Almeida Santos.

O dia terminou com a apresentação pública do plano federativo da JS Guarda, dedicado ao processo autárquico: “AFIRMA TE”. Este programa, que teve o seu inicio com esta actividade e apresentação, pretende aproximar a nossa estrutura de todos os concelhos e de todos os autarcas e eleitores. Ao longo dos próximos meses serão realizadas jornadas diárias, em cada um doas 14 concelhos do distrito da Guarda, para contactar com os autarcas, cidadãos e com associações e instituições, de forma a conseguir elaborar um diagnóstico local e a recolher propostas que possam constar no manifesto autárquico da nossa estrutura.
No final desta fase, um documento, bem estruturado e completo, dividido por temas, será apresentado num fórum autárquico jovem, que promoverá o debate a comunicação entre as mais diversas gerações de autarcas no nosso distrito, procurando gerar uma ampla análise de todos os dados compilados no manifesto.14590074_1183804274991922_5028013683402983644_o
A iniciativa CAPACITAR 2017 terminou com a Sessão de Encerramento, que contou, entre outros, com a presença de autarcas, dirigentes concelhios e federativos do Partido Socialista e da Juventude Socialista no distrito da Guarda, militantes, simpatizantes, de Ivan Gonçalves (Secretário Nacional da Juventude Socialista e deputado na Assembleia da República) e de Marco Ferreira (Presidente da Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas (ANJAS)).

A Federação da JS Guarda pretende dar voz a todas as causas e sugestões que a partir de hoje nos façam chegar.

Já se encontra online a plataforma AFIRMA TE (http://afirmate.juventudesocialista.pt), onde qualquer cidadão, seja de que quadrante político for, que idade tiver, de onde for natural, independentemente de todos os fatores, de forma anónima, rápida e simples, poderá contribuir, em simultâneo com a recolha presencial de propostas que iremos fazer, para o nosso Manifesto Autárquico Jovem, depositando em nós toda a confiança para que possamos reivindicar a sua visão, ideia causa e/ou contributo, ao mesmo tempo que poderá conhecer o plano e todo o trabalho que já realizámos e iremos realizar nos meses seguintes.

Por:FDJSG

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar