Templates by BIGtheme NET
Home » Politica (page 3)

Politica

Manuel Fonseca tranquiliza os munícipes afirmando que a dívida está controlada

Depois de ter sido divulgado, o Rating do Conselho de Finanças Públicas, onde coloca Fornos de Algodres numa posição de rutura financeira fomos conversar com Manuel Fonseca, Presidente do Município de Fornos de Algodres, que nos referiu: que a situação da dívida está controlada, este indicador é o retrato do que aconteceu anteriormente, nada tem a ver com os últimos 6 anos.

Agora nesta altura deveria analisar-se e falar-se sobre a evolução positiva que o Município de Fornos de Algodres tem feito nestes últimos anos, onde foi reestruturada a dívida, melhoria dos prazos médios de pagamento que neste momento, no índice de dimensão de governação é um dos melhores do País.

Assim da forma como o Rating é feito vai sempre aparecer esta situação enquanto houver esta dívida, agora era importante que fosse divulgado o que foi feito depois de 2013.

Neste momento, os munícipes podem estar descansados, porque tudo será cumprido dentro das normas, e vamos continuar a trabalhar para continuar a baixar a dívida e que tudo vá melhorando, assim nos referiu o autarca fornense.

Misericórdia de Mangualde visitou a Assembleia da República

Apesar do muito calor , a  Misericórdia de Mangualde nesta quarta-feira, 15 de maio, presenteou cerca de 40 dos seus colaboradores a visitar a Assembleia da República em Lisboa.

Assim, a comitiva liderada pelo Provedor José Tomás, foi recebida pela Deputada Elza Pais que juntamente com outros Deputados Maria Manuel Leitão Marques e José Rui Cruz  , fizeram visita guiada a todas as salas do edifício.

Seguiu- se a visita aos monumentos de Belém, não faltando saborear os pastéis de Belém.

EUROPEIAS 2019:PS- Maria Manuel Leitão Marques visita Trancoso e Guarda

EUROPEIAS 2019: Visita de Maria Manuel Leitão Marques a Trancoso e à Guarda

Face à proximidade das Europeias de 26 de maio, assim nesta sexta-feira, dia 03 de maio, a candidata do Partido Socialista ao Parlamento Europeu, Maria Manuel Leitão Marques, fará uma primeira visita a Trancoso e à Guarda.

10h30m – Visita ao Mercado Semanal de Trancoso

13h00m – Almoço com Militantes e Simpatizantes (Trancoso)

16h00m – Visita à FIT

Marcos Lopes Paulo, Diretor de Campanha Distrital do PSD

Foi escolhido o Diretor de Campanha Distrital para as eleições Europeias do PSD, trata-se Marcos Lopes Paulo,  natural da Freguesia de Infias, Concelho de Fornos de Algodres.

Este jovem foi o escolhido por Paulo Rangel para Diretor de Campanha no Distrito da Guarda para as eleições Europeias 2019.

O Dia da Liberdade— 25 de Abril

Este dia é um canteiro
com flores todo o ano
e veleiros lá ao largo
navegando a todo o pano.
E assim se lembra outro dia febril
que em tempos mudou a história
numa madrugada de Abril,
quando os meninos de hoje
ainda não tinham nascido
e a nossa liberdade
era um fruto prometido,
tantas vezes proibido,
que tinha o sabor secreto
da esperança e do afecto
e dos amigos todos juntos
debaixo do mesmo tecto.

José Jorge Letria in O livro dos dias

foto:DR

25 de abril em Mangualde

Em Mangualde , o 25 de abril vai ser celebrado na sede da União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta.

Assim tudo se inicia durante a tarde:

– 14h45 – Inauguração do “Espaço Freguesia”

– 15h00 – Inauguração da Exposição “Rostos da Democracia”, por Mafalda Rocha

– 15h30 – “À conversa com . . .”
• José Luís Costa Sousa (Superintendente Chefe da PSP I Capitão à data de 25 abril de 1974)
• António Luís Ferreira do Amaral (General do Exército I Capitão à data de 25 abril de 1974)

Guarda- Carlos Chaves Monteiro novo Presidente e Sérgio Costa novo vice-presidente

Novo Executivo da Câmara Municipal da Guarda completo

Depois da saída de Álvaro Amaro, para seguir a sua caminhada em Bruxelas, no Parlamento Europeu, face à suspensão do mandato, Carlos Chaves Monteiro, é o novo Presidente da Câmara da Guarda.

Face a isso, um novo vice-presidente era preciso nomear e assim Sergio Costa, é o novo nº2 do Município egitaniense.

Para vereadora acaba por seguir Cecilia Amaro, que passa agora a tempo inteiro, assim como Vitor Amaral que ficará a partir do verão.

Margarida Marques presente na Guarda, no plenário socialista

Vai ter lugar,  dia 17 de abril, pelas 20h30m, no Auditório de S. Miguel da JF da Guarda, terá lugar o Plenário Federativo de Militantes e Simpatizantes no Concelho da Guarda, que contará com a presença de Margarida Marques, candidata ao Parlamento Europeu pelo PS.

Desde 29 de março que a Federação Distrital da Guarda do Partido Socialista vem realizando Plenários Federativos de Militantes e Simpatizantes em todos os Concelhos do Distrito, constituindo o da Guarda o 13.º e ficando apenas a faltar o plenário de V. N. de Foz Côa (que decorrerá na próxima semana).

Com a realização dos plenários, que promovem e valorizam a proximidade e a transparência na atuação política, o Secretariado Federativo pretende prestar contas do trabalho político efetuado no primeiro ano de mandato, auscultar os militantes e simpatizantes sobre a situação política concelhia, distrital e nacional e envolvê-los nas atividades presentes e futuras da Federação.

 

Álvaro Amaro suspende o mandato, Carlos Monteiro será o Presidente

Vai ter lugar já nesta quarta feira a suspensão do mandato de Álvaro Amaro, no Município da Guarda.

O autarca que esteve em Gouveia e Guarda, vai agora para Bruxelas depois de ser eleito nas Europeias de 26 de maio.

Para tal, Carlos Chaves Monteiro vai assegurar a presidência do município egitaniense até final do mandato.

PSD Mangualde:Avençados da Câmara de Mangualde custam mais de 1 milhão e 500 mil euros!

Avençados da Câmara de Mangualde custam mais de 1 milhão e 500 mil euros!
De acordo com as informações públicas disponíveis em base.gov.pt, os números não deixam margem para dúvidas: a despesa suportada com os contratos de avença desde 2009 ultrapassa o 1 milhão e 500 mil euros. (1,3 milhões de euros, mais cerca de 300 mil euros em Iva, que a autarquia tem de suportar).
O PSD de Mangualde critica o facto de grande parte delas (avenças) serem de pessoas com ligação direta ou indireta ao partido socialista de Mangualde, não sendo as avenças cargos de confiança pessoal.
Consideramos ser um “atestado de incompetência” para com os funcionários da autarquia, até porque entendemos que a autarquia tem serviços técnicos qualificados que desenvolvem um bom trabalho. A título de exemplo, existem engenheiros civis com avença, técnicos de turismo, mas a autarquia possui nos seus quadros engenheiros civis e técnicos de turismo para desempenhar as tarefas necessárias.
A contribuir para estes números destacam-se vários exemplos onde se inclui a contratação de diversos juristas, quando a autarquia dispõe destes profissionais no quadro efetivo. São vários e nas mais diversas áreas; dois arqueólogos (um no quadro da autarquia e outro com avença); alguns são contratados individualmente, enquanto outros trabalham para a autarquia através da contratação direta da empresa onde colaboram.
O PSD de Mangualde lamenta que o Sr. Presidente de Câmara, confrontado pelo Correio da Manhã não tenha dito a verdade: “Nunca o atual executivo relacionou qualquer avença com afinidades políticas. Prova disso é que ao longo dos anos foram muito escassas as pessoas ligadas ao PS (juntamos o anexo que prova precisamente o contrário), mais numerosas as ligadas a outras forças partidárias e mais ainda as pessoas sem qualquer afinidade política. O critério foi sempre a qualidade técnica, o mérito e as necessidades de serviço.”
João Azevedo, afirmou “o atual executivo conseguiu reduzir para
cerca de metade a dívida de 17 098 487 euros da câmara, o que
permitiu sair do Plano de Saneamento Financeiro”. Atribuir os 17 098
487 euros de dívida ao PSD demonstra uma grande falta de
conhecimento. Quando o PSD chegou em coligação à CMM em
1997, herdou também uma dívida monstruosa para aquela altura,
que foi renegociada com a Caixa Geral de Depósitos. Passados 10
anos não deixam a dívida em paz. Dizer que foi muito fácil baixá-la.
Bastou não fazer obra e aumentar sistematicamente os impostos
municipais.
Dez anos depois é altura de deixarem de atribuir as culpas à anterior
gestão do PSD/CDS. É chegada a altura de começar a fazer obra
que se veja. É que a decorrer o terceiro mandato não há uma única
obra a marcar esta gestão.
João Azevedo, disse ainda “Para isso contribuíam os elevados
custos com pessoal e avenças, que totalizavam 6 387 435,79 euros
anuais, que os executivos PS reduziram em 719 110,64 euros.” –
mais uma vez não corresponde à verdade, dado que em 12 anos o
PSD/CDS apenas celebrou um contrato de avença.
Enquanto o PS de Mangualde fala (1 de Abril foi ontem), o PSD de
Mangualde fala a verdade, sustentada e fazendo prova, sempre com
documentos apresentados.
O PSD de Mangualde lamenta ainda o silêncio comprometedor e
conivente do Partido Socialista de Mangualde.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar