Templates by BIGtheme NET
Home » Politica (page 5)

Politica

Comissão Política de Secção do PSD Guarda reage em comunicado

Em comunicado  da Comissão Política de Secção do PSD Guarda refere:

Face às notícias vindas a público nos dias de ontem e de hoje sobre processos judiciais
envolvendo a autarquia da Guarda justificam uma reação da
Encaram a presente situação com surpresa e como algo que obviamente não
desejariam estar a viver.
Entendem a atuação da justiça e desejam profundamente que o esclarecimento
cabal destas situações e o apuramento da verdade ocorra de modo célere e sem margem
para quaisquer dúvidas.
Prestam por este meio a  solidariedade ao ex-Presidente da CM Guarda Dr.
Álvaro Amaro, ao atual Presidente da CM Guarda Dr. Carlos Chaves Monteiro e a todos
os demais eleitos na CM Guarda.
Confiam no caráter e honestidade política e pessoal de cada um deles e acreditam
que em devido tempo se fará luz sobre estes factos, sendo certo que não é nesta sede
que cabe contestá-los e sim, apenas e tão só, em sede judicial.
Este não é também o momento para se tirar ilações políticas de factos respeitantes a
processos judiciais.
O projeto político amplamente sufragado nas eleições de 2017 mantém-se atual e é cada
vez mais importante prosseguir no sentido da sua concretização.

A enorme transformação ocorrida no concelho da Guarda nos últimos 6 anos não pode abrandar,
pelo contrário tem que acelerar com a colocação em marcha dos grandes projetos em
que os guardenses apostaram.
Com toda a serenidade e sentido de responsabilidade repudiam qualquer tentativa de
julgamento público antecipado tendo sempre presente o princípio da presunção de
inocência.

Por: CPDPSDG

PS vence nos Distritos da Guarda e Viseu

Depois do apuramento de resultados eleitorais, aqui ficam no distritos de Viseu e Guarda, onde o PS venceu.

Confira aqui os resultados nos concelhos da nossa área de ação:

PS PSD BE CDU PAN ALIANÇA CDS/PP Abstenção
Distrito Viseu 32.6 30,7 7,7 2,8 3,4 1,6 6,7 69,5
Distrito Guarda 34,7 30,5 7,4 3,2 2,4 1,6 6,0 67,0
Fornos de Algodres 38,6 29,4 5,1 1,9 2,0 1,2 7,5 64,9
Aguiar da Beira 27,8 38,9 4,1 1,1 1,8 1,6 10,4 69,4
Trancoso 37,6 34,3 4,7 1,9 2,0 1,4 5,5 65,0
Gouveia 36,4 30,5 7,2 3,5 3,5 1,5 5,1 68,0
Guarda 32,2 29,5 10,1 2,9 3,1 4,9 5.7 62,8
Pinhel 29,8 38,5 5,5 2,7 2,3 1,0 6,0 70,0
Penalva Castelo 43,5 27,1 4,7 2,8 1,8 1,4 6,2 67,8
Mangualde 40,8 24,8 5,9 3,2 3,2 1,5 5.0 69,3
Nelas 35,0 23,2 10,1 3,4 3,9 1,7 7,2 71,7
Celorico da Beira 36,6 33,2 6,3 2,1 1,5 2,1 5,1 71,1

 

Europeias 19- Abstenção elevada,Partido Socialista venceu, Álvaro Amaro é eleito pelo PSD

Depois das primeiras colheitas, a abstenção volta a bater recordes ao rondar os 70%, já o PS de Pedro Marques é a força mais votada nestas Eleições Europeias, com o PSD de Paulo Rangel a ficar na segunda posição, mas Álvaro Amaro, candidato pelos Sociais Democratas, é eleito para defender a região em Bruxelas.

O BE é a terceira força mais votada, seguido da CDU.

Depois vem o PAN que alcança uma votação superior ao CDS/PP.

PSD lança comunicado “Com a Saúde não se Brinca”

Em comunicado , o PSD refere: A saúde na Guarda está como se sabe. Com uma carência nunca vista de médicos, enfermeiros e auxiliares, com um orçamento em 2019 quase 5 milhões de € inferior a 2018, com um corte de material de consumo clinico em 2,4 milhões, com uma divida crescente aos Bombeiros do Distrito, com enceramento de camas por falta de pessoal, com os serviços de otorrino, de ortopedia e gastroenterologia a funcionarem aos repelões e sem dignidade, com exames de endoscopia e colonoscopia atirados para as calendas e com consultas a demorarem tempos indignos de 2 e 3 anos.

Apesar desta vergonha, que devia ser assumida pelo Governo com um pedido de desculpas e com soluções eficazes, o Dr. Costa e a Dra. Temido brincam com os Guardenses e vêm a dias das eleições europeias e poucos meses das eleições legislativas querer enganar as nossas gentes com mais um número de circo.

Andaram quase três anos sem mexer uma palha e não anunciaram nem um tijolo para o Pavilhão 5 (onde é suposto passar a funcionar o bloco de partos, os serviços de obstetrícia, pediatria e ginecologia).

Foi preciso o cabeça de lista do PSD Paulo Rangel visitar o Hospital da Guarda na passada 6ª feira (dia 17 de Maio) e os deputados na AR terem interpelado por escrito já em 27/02/2019 a Ministra da Saúde sobre o que queria, como queria e quando queria fazer algo relativamente a essa obra – sem que ela se tenha dignado responder – para surgir o forrobodó e o desaforo do costume.

Soube-se hoje que o que antes não foi, agora é que vai ser…

Não se enganem.

Não é nenhuma obra nem nenhum concurso para a tão desejada construção do Pavilhão.

É, se bem se percebeu, uma espécie de tiro de pólvora seca, é apenas um anúncio de que a ULS tem autorização para prosseguir com o projeto e para o estabilizar, sem que se saiba ao certo o que isto é.

Diz o deputado da AR eleito pelo PS que estará estabelecido o programa funcional e o perfil assistencial das novas instalações para se fazer a sua apreciação final.

Ou seja, com uma pompa que já enfastia, com um atrevimento que já ninguém suporta, com um malabarismo que tresanda, anuncia-se hoje algo que antes já estava estabilizado e que este Governo rejeitou, reprovando pela mão da CCDRC a candidatura antes apresentada pela ULS.

Para bom entendedor, meia palavra basta. Criam-se mais uma vez expetativas, constrói-se mais uma fake news, anestesiam-se mais alguns que teimam em ter esperança, pisca-se o olho aos eleitores e daqui a uns anos estamos na mesma, isto é, sem obra.

Nada se garante, pouco se avança e muito se engana, ao bom estilo da política da terra queimada, aquela que descredibiliza e que faz crescer a abstenção e a repulsa por quem assim procede.

Mais lá para a frente, antes de Outubro, virá mais um fogacho qualquer para manter a chama viva.

Depois tudo voltará a gelar e cristalizar e o Pavilhão 5 dificilmente passará de uma miragem com este Governo socialista.

Vai uma aposta?

A Eliminação do Número de Eleitor foi aprovado na Assembleia da República

foto:DR

Alterações à Lei Eleitoral aprovadas

A Assembleia da República aprovou, por proposta do Governo, um conjunto de alterações às leis eleitorais com o objetivo de facilitar o exercício do direito de voto, com efeitos nas eleições para o Parlamento Europeu do próximo domingo, dia 26 de maio.
Uma dessas alterações determinou a Eliminação do Número de Eleitor, bastando agora, no momento da votação, a apresentação do documento de identificação civil (Cartão de Cidadão, Bilhete de Identidade ou outro documento oficial de identificação civil). Assim, os cadernos eleitorais estão agora organizados por ordem alfabética.
Em todos os atos eleitorais ocorrem alterações aos cadernos eleitorais, seja por força de alteração de residência, por reagrupamento de eleitores e, agora, pela sua organização por ordem alfabética. Esta alteração não implica, em regra, a alteração do local de voto, mas ela ocorrerá em alguns postos de recenseamento.
Nesse sentido, o Ministério da Administração Interna recomenda aos eleitores que confirmem o seu local de voto através dos vários meios à sua disposição, a saber:
 • SMS para o 3838 (serviço gratuito)
Mensagem “RE (espaço) número CC ou BI (espaço) data de nascimento (AAAAMMDD)” – ano mês dia, tudo junto 
• Portal do Recenseamento – www.recenseamento.mai.gov.pt
• Aplicação MAI Mobile (“Saiba onde irá votar”)
• Junta de Freguesia
 
Outra das alterações é a disponibilização de uma Matriz de Voto em Braille, que permitirá aos eleitores portadores de deficiência visual votarem sozinhos, sem necessidade de acompanhamento.
Nestas eleições para o Parlamento Europeu vai também ter lugar o Projeto Piloto de Voto Eletrónico Presencial, no distrito de Évora. Estarão disponíveis 50 mesas de voto eletrónico em 23 freguesias dos 14 concelhos de Évora, que vão funcionar em simultâneo com as mesas de voto tradicional. Qualquer eleitor do distrito de Évora pode exercer o seu direito de voto numa das 50 mesas de voto eletrónico, já que os cadernos eleitorais do distrito estão desmaterializados, garantindo a unicidade do voto (um eleitor – um voto).
A alteração à Lei de Recenseamento Eleitoral veio garantir a igualdade de tratamento de todos cidadãos nacionais, através do Recenseamento Automático dos Eleitores Residentes no Estrangeiro. Estão, assim, inscritos 1.431.825 portugueses residentes no estrangeiro (eram 318.451 em dezembro de 2017).
No passado domingo, decorreu o Voto Antecipado em Mobilidade em todas as capitais de distrito e nas ilhas das regiões autónomas da Madeira e dos Açores. Inscreveram-se para votar antecipadamente 19 584 pessoas, tendo a taxa de afluência atingido, em todo o país, os 76%.

 

Manuel Fonseca tranquiliza os munícipes afirmando que a dívida está controlada

Depois de ter sido divulgado, o Rating do Conselho de Finanças Públicas, onde coloca Fornos de Algodres numa posição de rutura financeira fomos conversar com Manuel Fonseca, Presidente do Município de Fornos de Algodres, que nos referiu: que a situação da dívida está controlada, este indicador é o retrato do que aconteceu anteriormente, nada tem a ver com os últimos 6 anos.

Agora nesta altura deveria analisar-se e falar-se sobre a evolução positiva que o Município de Fornos de Algodres tem feito nestes últimos anos, onde foi reestruturada a dívida, melhoria dos prazos médios de pagamento que neste momento, no índice de dimensão de governação é um dos melhores do País.

Assim da forma como o Rating é feito vai sempre aparecer esta situação enquanto houver esta dívida, agora era importante que fosse divulgado o que foi feito depois de 2013.

Neste momento, os munícipes podem estar descansados, porque tudo será cumprido dentro das normas, e vamos continuar a trabalhar para continuar a baixar a dívida e que tudo vá melhorando, assim nos referiu o autarca fornense.

Misericórdia de Mangualde visitou a Assembleia da República

Apesar do muito calor , a  Misericórdia de Mangualde nesta quarta-feira, 15 de maio, presenteou cerca de 40 dos seus colaboradores a visitar a Assembleia da República em Lisboa.

Assim, a comitiva liderada pelo Provedor José Tomás, foi recebida pela Deputada Elza Pais que juntamente com outros Deputados Maria Manuel Leitão Marques e José Rui Cruz  , fizeram visita guiada a todas as salas do edifício.

Seguiu- se a visita aos monumentos de Belém, não faltando saborear os pastéis de Belém.

EUROPEIAS 2019:PS- Maria Manuel Leitão Marques visita Trancoso e Guarda

EUROPEIAS 2019: Visita de Maria Manuel Leitão Marques a Trancoso e à Guarda

Face à proximidade das Europeias de 26 de maio, assim nesta sexta-feira, dia 03 de maio, a candidata do Partido Socialista ao Parlamento Europeu, Maria Manuel Leitão Marques, fará uma primeira visita a Trancoso e à Guarda.

10h30m – Visita ao Mercado Semanal de Trancoso

13h00m – Almoço com Militantes e Simpatizantes (Trancoso)

16h00m – Visita à FIT

Marcos Lopes Paulo, Diretor de Campanha Distrital do PSD

Foi escolhido o Diretor de Campanha Distrital para as eleições Europeias do PSD, trata-se Marcos Lopes Paulo,  natural da Freguesia de Infias, Concelho de Fornos de Algodres.

Este jovem foi o escolhido por Paulo Rangel para Diretor de Campanha no Distrito da Guarda para as eleições Europeias 2019.

O Dia da Liberdade— 25 de Abril

Este dia é um canteiro
com flores todo o ano
e veleiros lá ao largo
navegando a todo o pano.
E assim se lembra outro dia febril
que em tempos mudou a história
numa madrugada de Abril,
quando os meninos de hoje
ainda não tinham nascido
e a nossa liberdade
era um fruto prometido,
tantas vezes proibido,
que tinha o sabor secreto
da esperança e do afecto
e dos amigos todos juntos
debaixo do mesmo tecto.

José Jorge Letria in O livro dos dias

foto:DR

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar