Templates by BIGtheme NET
Home » Distrito da Guarda

Distrito da Guarda

Pinhel em festa em 2020

Decorreu esta manhã, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Pinhel, a apresentação dos programas anuais das atividades das Comemorações dos 250 anos da Cidade e da Diocese de Pinhel e  a Cidade do Vinho 2020”.

A apresentação foi feita à Comunicação Social, com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura e do Pároco de Pinhel Jorge Castela.

Na programação anual das atividades das Comemorações dos 250 anos Cidade de Pinhel irão decorrer diversas atividades: em fevereiro irá realizar-se a 25ªFeira das Tradições e Atividades Económicas, março- destaca-se o V Encontro do Movimento Poético e o regresso dos Jogos Florais, abril- A Quadragésima de Pinhel(manifestações de fé associadas ao tempo pascal)e em maio- Apresentação do CD” Vamos mudar o mundo”e 16 e 17-Maratona de Orquestra de Bolso.

Em junho,  Feira Medieval de Pinhel, a apresentação do livro” Artes Vindouras de Pinhel” e  Teatro “Olhos Verdes” (Adaptação do romance “O Falcão D’El Rei”a teatro) .

Em julho, haverá Grande celebração do Arciprestado de Pinhel que contará com a presença do Cardeal Patriarca de Lisboa. Em agosto, apresentação de Antologia Poética de Pinhel, a 25 de agosto o Dia da Cidade- comemoração do 250ºAniversário da elevação de Pinhel à categoria de Cidade, realizar-se-á uma Cantata Cénica “O Falcão D’El Rei” e apresentação do livro sobre os 250 anos de elevação a Cidade. Em outubro realiza-se o Jantar de Pinhelenses residentes em Paris.

Na Programação de Pinhel- Cidade do Vinho 2020 haverá várias atividades. O Presidente da Câmara Municipal de Pinhel referiu:”O objetivo que tivemos para sermos cidade do vinho 2020 foi essencialmente para valorizar o trabalho dos nossos agricultores do concelho de Pinhel  que são de facto a parte integrante da história do concelho e que contribuem de uma forma  decisiva para a geração  de riqueza  e consequentemente para o desenvolvimento do nosso concelho e para valorizar também  o conhecimento da paisagem vinhateira da Beira Interior e valorizar toda uma região vitivinícola da Beira Interior e consequentemente também os 20 concelhos que a integram.

É por isso a primeira vez que uma cidade que está inserida na região da Beira Interior é a cidade do vinho, é para nós por isso também uma responsabilidade acrescida de promover o vinho de Pinhel mas não só o vinho de Pinhel os vinhos da Beira Interior.”

No dia 25 de janeiro realiza-se a Gala de Encerramento da Cidade do Vinho 2019 em que decorre a passagem da bandeira da Associação de Municípios Portugueses do Vinho da cidade da Régua- Cidade do Vinho 2019, para a cidade de Pinhel- Cidade do Vinho 2020.

A 28 de março será a Gala de Abertura da Cidade do Vinho 2020 e o encerramento em janeiro de 2021.

Mercado vínico local, Praça dos vinhos(promoção de rua dos Vinhos de Pinhel em várias cidades do país), Jantar da entrega de Prémios do 13º Concurso de Vinhos da Beira Interior, eleição da Rainha das Vindimas, Seminário “Enoturismo- Novas Tendências, Novos Destinos” , lançamento do vinho 250 anos da cidade de Pinhel, Encontro de Confrarias e  VI Edição dos Vinhos e Sabores da Beira Interior são  algumas das atividades que irão decorrer ao longo do ano.

 

Prisão preventiva por violência doméstica no concelho da Guarda

 

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, ontem, dia 21 de janeiro, deteve um homem com 52 anos, por violência doméstica, no concelho da Guarda.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito agredia a mãe, física e psicologicamente, de 70 anos, com quem vivia.

O homem, reincidente no mesmo tipo de crime, foi presente ao Tribunal Judicial da Guarda, ontem, tendo ficado sujeito às medidas de coação de prisão preventiva a cumprir em estabelecimento com hospital psiquiátrico.

 

Diocese de Viseu forma Animadores Dominicais

Cada vez mais os padres são menos e as paróquias vão ficando com menos celebrações e aos poucos as celebrações da palavra vão ganhando espaço, nas localidades onde existe um pároco para 5 a 6 paróquias, casos das unidades Pastorais de Aguiar da Beira e Fornos de Algodres.

Assim a  Diocese de Viseu, está a dar formação para todos aqueles homens e mulheres que querem ser animadores dominicais sem ter a presença do padre e a celebração é realizada. para já estão a ser formados 17  animadores dominicais.

As paróquias vão certamente ficar mais bem servidas, com esta solução.

foto:DV

 

Desporto Escolar-Futsal Feminino-EBS Aguiar da Beira 2- EBS Fornos de Algodres-1

Recentemente teve lugar uma partida de Futsal feminino, no âmbito do Desporto Escolar , com a equipa  da Escola Básica e Secundária de Fornos de Algodres a deslocar-se a Aguiar da Beira ao Pavilhão Municipal desta localidade a fim de disputar o encontro de futsal.

De salientar, que a turma local venceu pela margem mínima, isto é por duas bolas a uma, perante a bem organizada equipa fornense que se bateu de igual para igual. talvez a maior experiência das jogadoras aguiarenses pesasse pelo facto de jogarem algumas delas nos distritais da modalidade.

Deste modo, fica o desafio para as instâncias desportivas do concelho de Fornos que existe qualidade no desporto escolar a nível de futsal feminino e poderá nascer uma equipa federada na modalidade.

Foto:AEFA

 

 

Campanhas ambientais sensibilizaram a comunidade de Fornos de Algodres

O Município de Fornos de Algodres faz um balanço das Campanhas que tem colocado em prática desde agosto de 2018 até ao corrente ano, onde referem que as Famílias, comércio/indústria e IPSS do Concelho de Fornos de Algodres pagaram menos água em 2019.

Face a isso, apresenta o balanço excelente das campanhas levadas a cabo desde agosto de 2018 a dezembro de 2020.

No dia 15 de agosto de 2018, a Câmara Municipal de Fornos de Algodres iniciou uma campanha de

sensibilização para um uso eficiente de água, denominada “A Água Não Dura Sempre. POUPE-A.” com o objetivo de sensibilizar a população para mudanças de comportamentos e de hábitos, na boa gestão da água.

Com o apoio do Fundo Ambiental e inserido na Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020, a Câmara Municipal de Fornos de Algodres levou a cabo diversas atividades, entre as quais campanhas de sensibilização nos meios de comunicação (televisão, rádio, jornais), em outdoors, em “flyers”, em mensagens exclusivas na rede multibanco e por SMS. Mas também em ações porta-a-porta, pelos estabelecimentos do concelho, ou direcionadas ao Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres.

Recolhidos os dados e devidamente trabalhados, julgamos ser hora, agora, de fazer um balanço aos

principais indicadores da poupança de água.

Considerando a água comprada à entidade gestora em Alta – Águas do Vale Tejo, SA – constatou-se uma redução de 22%, face ao ano de 2017 (ano de referência), o que equivale a uma redução de 86.582 m3 (86.582.000 litros) de água. Este volume de água economizado, constitui a quantidade de litros que dariam para abastecer o Concelho de Fornos de Algodres nos meses de maior consumo – julho a setembro.

A sensibilização e as boas práticas que os munícipes de Fornos de Algodres praticaram nos últimos meses (agosto de 2018 a 31 de dezembro de 2019), tiveram irrefutavelmente repercussões diretas na economia doméstica, uma vez que se refletiram nos montantes pagos nas faturas da água. De facto, em 2019, face ,a 2017, as famílias, o comércio/industria e as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) viram a fatura da água reduzir-se, em média, 17,47 €/ano, 69,06 €/ano e 245,41 €/ano, respetivamente.

Apesar dos excelentes resultados alcançados, é intenção do Executivo Municipal continuar na vanguarda, no que a políticas ambientais diz respeito, pois temos plena consciência de que ainda temos muito a fazer, nesta luta – que nos diz respeito a todas e todos, independentemente de onde vivamos – pelas alterações climáticas e por um mundo melhor para os nossos filhos.

Aldeias Históricas de Portugal promovem destino turístico sustentável na FITUR

De 22 a 26 de janeiro, a Rede das Aldeias Históricas de Portugal marca presença na Feira Internacional de Turismo (FITUR), em Madrid. O objetivo é apresentar a mercados, profissionais e público geral “um destino que são 12”, com certificado BIOSPHERE DESTINATION, que se destaca pela comunhão com a natureza e contacto com a cultura e costumes locais.
Entre castelos e lendas, sabores e tradições únicas, natureza em estado puro e paisagens a perder de vista, as Aldeias Históricas de Portugal são “um destino que são 12” sem igual em todo o mundo. Um território ímpar, que promove experiências únicas e adequadas a famílias ou aventureiros, amantes de História, gastronomia e enoturismo, ou viajantes em busca de tranquilidade, que a Rede vai promover à 40.ª edição da Feira Internacional de Turismo (FITUR), que decorre de 22 a 26 de janeiro em Madrid.

A cerca de 100 km de Salamanca, 200 km de Cáceres e 300 km de Madrid, as Aldeias Históricas de Portugal são um destino muito apelativo para o mercado espanhol – um dos motivos para a presença da Rede na FITUR. Mas tratando-se de uma das maiores feiras internacionais de turismo, espera-se a participação de mais de 10 mil empresas de 165 países e regiões, 150 mil profissionais e 110 mil visitantes de público geral. Deste modo, a aposta na FITUR, onde a Rede das Aldeias Históricas de Portugal estará presente com stand próprio com cerca de 30m2, no Pavilhão 4, está em linha com a estratégia de internacionalização do destino.

Apresentar um destino turístico sustentável é um dos objetivos. Distinguido com o certificado BIOSPHERE DESTINATION – o primeiro destino em rede, no mundo, e o primeiro a nível nacional a receber esta distinção –, a sustentabilidade, a preservação da natureza e dos costumes das comunidades locais são prioridades da Rede das Aldeias Históricas de Portugal.

Devido a esse compromisso, descobrir as Aldeias Históricas de Portugal a pé ou de bicicleta, numa lógica de locomoção suave, e em plena comunhão com a natureza, é um dos principais atrativos deste destino. E é muito fácil fazê-lo, graças à Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal (GR22), que liga as 12 Aldeias Históricas de Portugal num percurso circular de cerca de 600 km, com sinalética interpretativa, informativa e de orientação recentemente renovada.

De facto, a GR22 tornou-se recentemente a maior rota europeia com selo Leading Quality Trails, atribuído pela European Ramblers Association (Associação Europeia de Caminhada).

A GR22 é também um convite irresistível para os aventureiros em duas rodas: homologada e classificada como Grande Travessia a nível nacional, a GR22 dispõe ao longo da sua extensão de uma rede de Centros BTT e Bikotels que garantem serviços de apoio exigidos pelos amantes de bicicletas.

O imenso território das Aldeias Históricas de Portugal envolve, ainda, 15 percursos de pequena rota (PRs), homologados e associados às 12 aldeias.

A Rede das Aldeias Históricas de Portugal vai também apresentar, na FITUR, eventos como o “Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa 2020”, que todos os anos leva animação e cultura às 12 Aldeias Históricas de Portugal, assim como a nova edição “The Castles Quest”, um desafio em duas rodas que leva os amantes de “bikepacking” à conquista das Aldeias Históricas de Portugal, que este ano acontece de 23 de setembro a 3 de outubro, com início na Aldeia Histórica de Castelo Novo.

AF Guarda- Taça de Honra- Nespereira- Foz Côa-2-1

Uma tarde de sol, mas com o vento a comandar as operações, dificultava em muito a manobra das equipas que entraram determinadas a marcar, mas foi a turma da casa a conseguir transformar em golo uma situação de ataque para o Nespereira.

A reação fez-se sentir por parte dos visitantes , mas a vantagem era dos locais até ao intervalo.

Após o reatamento, o Foz Côa entra determinado a dar a volta ao rumo dos acontecimentos e chega ao golo da igualdade, aos 51´, por Pedro Leitão, num lance de ataque.

Os locais foram mexendo , com os pupilos de Fernando Santos a aumentar a velocidade e a usarem mais as faixas laterais e vai daí, chegam ao segundo golo aos 76´por Vasco.

Era a festa dos adeptos locais que puxavam pela sua equipa e geriram bem até final e alcançaram um belo triunfo, carimbando a passagem aos quartos finais da prova.

Bombeiros de Trancoso presenteados com 5 equipamentos de proteção individual por parte do Intermarché local

Os Soldados da Paz de Trancoso receberam do Intermarché da localidade 5 equipamentos de proteção individual completos, constituídos por bota florestal, luvas, cógula, fato de proteção florestal (calças e dólmen), capacete e sweatshirt.

O grupo Os Mosqueteiros levou a cabo a campanha “Quando crescer quero ser um Herói” , iniciativa de apoio aos Bombeiros, no sentidos de os dotar com melhores condições para poder servir com qualidade a comunidade.

GNR Guarda- Atividade operacional em Gouveia e Sabugal

Gouveia – Detido por violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, ontem, dia 20 de janeiro, deteve um homem com 45 anos, por violência doméstica, no concelho de Gouveia.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica sobre a sua filha de 16 anos, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, foi presente no mesmo dia no Tribunal Judicial de Gouveia, tendo ficado sujeito às medidas de coação de proibição de contactos e de aproximação da vítima, bem como dos locais que a vítima costuma frequentar, nomeadamente a escola e a sua residência.

Sabugal – Detido por caçar com meios não permitidos

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Guarda, hoje, dia 21 de janeiro, deteve um homem com 69 anos, por caçar com meios não permitidos na localidade de Sabugal.

No decorrer de uma ação de fiscalização da caça, os militares abordaram um homem que tinha na sua posse cabos de aço, utilizados para capturar espécies de caça maior. Por ser um meio não permitido de caça, o indivíduo foi detido.

O detido foi constituído arguido e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial da Guarda.

 

Artigo de Opinião:Mercado livre energético: Redução do IVA na eletricidade e gás natural

O que é a redução do IVA na luz e gás?

Recentemente o Estado aprovou a redução do IVA na eletricidade, pelo que, a partir de julho, o IVA aplicado à factura passa de 23% para os 6%. Objetivo desta medida, segundo consta, é incrementar uma maior poupança na conta da energia. Embora consista numa redução do IVA, e naturalmente, uma descida com importâncias a pagar, sabe exatamente onde a redução deste imposto vai ser aplicado?

A descida do IVA está disponivel para não para todos. O clientes que irão beneficiar da passagem do IVA de 23% para 6% são todos aquele com potências contratadas até 3,45 kwh no caso da eletricidade, e no caso do gás natural o desconto é aplicado para o escalão de consumo 1.

 

Qual será a poupança com a redução do IVA na luz?

Em média, e com base nos valores praticados por uma comercializadora elétrica de referência, a poupança não vai além dos 0,40 cêntimos por mês.

Para que a medida abrangesse mais clientes, a alteração de potência contratada, mais concretamente à sua redução para que se situem dentro dos “requisitos” para poderem beneficiar da redução do imposto. No entanto, terá de ser levado em conta, que uma redução da potência contratada, poderá levar a constantes disparos do quadro elétrico e a não conseguir utilizar vários eletrodomésticos em simultâneo. É aconselhado informar-se, junto da sua empresa de energia elétrica, contactanto por telefone ou pelo seu serviço dados móveis e internet, ou de um técnico especializado, se deve ou não baixar a potência contratada tendo em conta os hábitos de consumo.

No caso no gás natural, a atribuição dos escalões de consumo é efetuada pela distribuidora de gás da zona, e neste caso está relacionada com os consumos do ano anterior.

A redução do IVA nas regiões da MADEIRA e AÇORES

O IVA na conta da eletricidade também foi alterado nas ilhas: na ilha da Madeira desceu para 5%, enquanto que, no arquipélago dos Açores desceu para 4%.

 

Para outras informações relacionadas com a redução do iva e outros, aceda á seguinte página: https://selectra.pt/energia/noticias/reducao-iva

foto:DR

 

 

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar