Templates by BIGtheme NET
Home » Distrito da Guarda (page 123)

Distrito da Guarda

Artigo de opinião–A Importância da Respiração

aop Será a respiração uma função inata com a qual não precisamos de nos preocupar?

A respiração é um processo fisiológico que se dedica à troca de oxigénio e dióxido de carbono com o meio ambiente, pelo que é uma das funções vitais. A respiração nasal, a par da mastigação, favorece o crescimento craniofacial e portanto mantém saudáveis as estruturas orofaciais.

Fisiologicamente, a via nasal é a principal em todo o processo respiratório. O nariz favorece a filtração, humidificação e o aquecimento do ar. Todas estas características são promotoras de um sono adequado, de menores infeções (otites e/ou amigdalites) e de um crescimento facial harmonioso.

A respiração é uma característica tão inata, que por vezes desvalorizam-se alguns sinais atípicos que só uma equipa multidisciplinar (Terapeuta da Fala, Otorrinolaringologista, Ortodontista, entre outros) consegue detetar, avaliar e intervir corretamente, minimizando os impactos na vida das pessoas.

Quando ocorre uma modificação na função respiratória, pode desencadear-se um padrão de respiração oral, que consequentaopiemente desencadeia alterações miofuncionais e também no sistema estomatognático. Este padrão pode causar diversas alterações ao nível da fala (fonética), da linguagem (fonologia), do processamento auditivo e até nas competências cognitivas (atenção e memória).

Apesar de ser muito mais vantajoso efetuar-se uma respiração nasal, a hipertrofia das amígdalas e/ou adenoides, a flacidez dos músculos faciais, a rinite, as alergias respiratórias e o desvio do septo nasal podem alterar o padrão respiratório e torná-lo oral. É preciso salientar que a respiração oral só se torna um problema quando se torna um hábito. Quando se adota constantemente essa respiração, as consequências variam de acordo com a causa do hábito, a idade da pessoa e o tempo de instalação desta alteração. As repercussões podem relacionar-se com alterações na forma e posicionamento de estruturas rígidas (ossos faciais e dentes), na função e posicionamento dos músculos orofaciais e na postura global. Todas as alterações referidas implicam possíveis dificuldades na fala, mastigação e deglutição.

Os respiradores orais evidenciam alguns sinais que podem ser observados, com alguma facilidade, por um profissional especializado. Deste modo, os sinais mais comuns relacionam-se com alterações na fala, alterações na mastigação (sendo esta unilateral), otites frequentes, olheiras, alterações no sono, alterações na postura corporal, face alongada e assimétrica, má oclusão dentária, palato alto e estreito, alterações no paladar e no olfato, lábios secos, flacidez nos músculos da mastigação, cansaço frequente, baba noturna, reduzido rendimento físico e intelectual e tensão do músculo do queixo.

Quando identificar algum dos sinais apresentados deve consultar o Terapeuta da Fala. Quando mais cedo for identificada a causa deste hábito, melhores serão os resultados obtidos na terapia. Não se esqueça que a intervenção precoce é a chave de um maior sucesso na intervenção!

No próximo mês fique a saber o que deve fazer caso o seu filho apresente uma respiração oral e qual é o papel do Terapeuta da Fala nestas situações!

Um Feliz 2017 a todos os leitores! Que este ano seja tão bom ou melhor que no de 2016 !

Por:Ana Carolina Marques- Terapeuta da Fala na APSCDFA

Alerta – Previsões de uma vaga de frio com possibilidade de temperaturas negativas.

Diapositivo1-710x375 Tendo em conta as previsões de uma vaga de frio com possibilidade de temperaturas negativas, que se deve estender por uma semana (segundo previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera – IPMA), a Câmara Municipal de Fornos de Algodres, através do seu Serviço Municipal de Proteção Civil, alerta a População em geral para a necessidade da adoção de medidas de proteção contra este fenómeno.
Com especial relevância e preocupação pelos grupos de maior risco (idosos e crianças),alerta-se para a necessidade de acautelar as seguintes provisões:
– água potável e alimentos preferencialmente enlatados( e ricos em calorias);
– Estojo de primeiros socorros e medicamentos;
– Combustível doméstico (botijas de gás ou lenha);
-Além destas provisões básicas que evitam a constante necessidade de sair de casa, alerta-se para os perigos que decorrem do uso de meios de aquecimento, com especial destaque para as braseiras, lareiras e salamandras, cujo uso inadequado pode provocar intoxicações, incêndios e queimaduras (em caso do uso de braseiras e salamandras, não esquecer de manter meios de renovação do ar).
– Evite sair de casa. Contudo se tiver de o fazer, evite manter-se ao frio durante muito tempo.
– Evite deslocar-se em zonas de formação de gelo, prevenindo assim eventuais quedas.
– Agasalhe-se com várias camadas de roupa quente, em vez de uma peça única muito quente, ou muito justa. Mantenha-se seco.

– Proteja a boca e o nariz, evitando a inalação de ar muito frio. Se possível use luvas, cachecol e chapéu.
– Modere as atividades físicas intensas. O seu corpo já está a consumir demasiada energia para manter a sua temperatura corporal.
Em caso de necessidade de se deslocar de carro, lembre-se:
– Evite fazê-lo durante a noite e às primeiras horas da manhã.
– verifique se tem combustível suficiente e se os sistemas de travagem e iluminação estão a funcionar perfeitamente.
– Comunique a alguém da sua confiança a sua saída e o seu destino.
– Faça uma condução defensiva. Com velocidade reduzida e sempre atento.
– Em caso de avaria, ligue de imediato o 112 e sinalize a sua viatura com triângulo sinalizador ,mantendo-se no interior para sua proteção. Abra uma fresta na janela no lado oposto ao vento. Movimente-se para ativar a circulação e se possível, ligue o aquecimento de hora a hora durante 10 minutos.
– Não ingira bebidas alcoólicas.
– EVITE ADORMECER.

Além destes cuidados, o Serviço Municipal de Proteção Civil, alerta para o redobrar dos cuidados de condução em diversas vias no concelho, com especial atenção para os seguintes troços:
– Estrada Nacional 16 entre Ponte de Juncais e Ponte de Vila Soeiro do Chão;
– Estrada Municipal 587-4 Entre Matança e Prado (concelho de Aguiar da Beira);
– Estrada Municipal 583-2 Entre Algodres e Maceira e, entre entroncamento da Fraga da Pena e Cruzamento para o lugar das Aveleiras.
Esteja atento às informações meteorológicas e lembre-se: A PROTEÇÃO COMEÇA EM SI.

Por:Mun.FA

Artigo de opinião – Almaraz – O barril de pólvora?

(Por:Bruno Costa)

1525594_715250398500024_1212269316_nEm 2006, fiz um trabalho para uma disciplina do curso de Engenharia do Ambiente sobre os pontos positivos e negativos da energia nuclear em Portugal. Nessa altura, que não foi assim há muitos anos, tinha uma imagem que o nosso país teria mais pontos positivos do que negativos na implementação de uma central nuclear. Pensava eu que o nosso país teria; 1) uma energia mais barata face ao “ouro negro”, 2) aumentaríamos a competitividade e por consequência 3) as contas públicas do país, sem nunca ter olhado em detalhe, nessa altura, para os muitos pontos negativos existentes, como é exemplo disso o risco de acidente por falha humana e/ou técnica.

Felizmente que o ser humano está em constante evolução e, dois anos depois, a tomar um cafezinho, tive a feliz ideia de trocar impressões com um professor de curso sobre o assunto, o que fez alterar a minha visão e acicatar a minha curiosidade sobre o tema.

Hoje, mais maduro e com as ideias mais arrumadinhas, congratulo-me que as políticas energéticas que Portugal traçou nos últimos anos tenham ido ao encontro da energia renovável ao invés da energia nuclear. Admito, de uma forma intuitiva, que a estratégia seguida para as energias limpas – eólica, hídrica e solar – tenham sido um pouco mais dispendiosas para o erário público mas, com toda a certeza, prefiro pagar impostos para a produção de uma energia limpa do que contribuir para o financiamento de um barril de pólvora.

almaraz

Foto:Eco.com

Lembram-se do desastre catastrófico ocorrido Chernobil – abril/1986 – e em Fukushima – março/2011? É aqui que entra a famosa e triste história da central de Almaraz tão falada nos últimos dias.

Almaraz é uma central nuclear em Cáceres (Espanha) que fica situada junto ao Rio Tejo e faz fronteira com os distritos de Castelo Branco e Portalegre. Foi construída em 1972 e entrou em funcionamento no início de 1981. Há 36 anos.

É de conhecimento público, depois de uma fiscalização do Conselho de Segurança Nuclear, que passados estes anos todos as instalações da central nuclear estão completamente antiquadas e com graves problemas de segurança, semelhantes aos ocorridos na Central de Fukushima.

Nos últimos anos ocorreram mais de 55 incidentes quer por falha técnica quer por falha humana, tais como; 1) corrosões e ruturas das tubagens, 2) fugas gasosas e de água, 3) paragens forçadas ou 4) falhas nos sistemas de refrigeração dos reatores. Adicionando a estes pontos o facto da potência instalada na central ser igual a 2.093 MW, ou seja, uma bagatela comparada com a produção elétrica total de Espanha – 100.000 MW -, estão reunidas as razões suficientes para o encerramento da arcaica central.

Como verificado, para além de não ser fiável e estar obsoleta, cada ano que passa o risco de catástrofe para Portugal e Espanha aumenta logo, estou completamente em desacordo com o alargamento até 8 de junho de 2020 da licença por parte das entidades Espanholas.

Para além de não conseguirem constatar os factos anteriores, a vizinha Espanha, à semelhança de outros países da Europa, olha para Portugal de uma maneira rude e autoritária tendo-se esquecido que para a construção de uma aterro para este tipo de resíduos, as leis comunitárias, obrigam à existência de uma avaliação de impactos ambientais transfronteiriços!

Sei que os “nuestros hermanos” querem ver os resíduos nucleares o mais longe possível de Madrid. Nós, aqui em Portugal, não queremos um rio Tejo, que entra pela linda localidade de Vila Velha de Ródão e desagua em Lisboa, inundado de radiações provocando uma catástrofe nacional e geracional, semelhante a Chernobil e Fukushima.

Face ao exposto, apelo ao Sr.º Ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, que reúna todos os esforços e diligências necessárias junto das entidades competentes para parar este barril de pólvora e, continuar a acautelar o interesse nacional perante todas as fontes de poluição, sejam eles hídricas ou atmosféricas. Desejo com isto que, sejamos preventivos neste caso como fomos em 1986 quando eles, os vizinhos, nos ameaçaram que enterrariam os resíduos nucleares junto ao Douro internacional.

Desafio: A Comunidade Europeia deveria criar, com urgência, 1) uma regulamentação para calendarizar o fecho das centrais nucleares e 2) programas de sensibilização na sociedade intitulada “Sejamos ativos hoje para não sermos reativos amanhã”. Pois, em meu entendimento, é sempre preferível colocar em primeiro lugar a segurança e a saúde pública do que andarmos a jogar à roleta russa.

Acredito que a Comissão Europeia irá atuar em conformidade com as Diretivas Europeias definidas. Se isso não acontecer?

Bem, se isso não acontecer e for católico, reze, reze muito. Se tiver outra religião, reze, reze muito.

Egitaniense Paulo Barra novo técnico do Vilar Formoso

15578717_362105787474519_4481569342031477583_nCom 14 jornadas disputadas, no distrital maior da AF Guarda, o SC Vilar Formoso mantém-se na cauda da tabela.

Face à onda negativa de resultados a direção do clube decidiu romper vínculo com Prof. Nuno Reis.

Para comandar as tropas dos leões da fronteira segue agora o egitaniense Paulo Barra que já jogou no clube e foi campeão e jogador na AD Fornos de Algodres, passou pelo Mileu-Guarda, Guarda, Pala entre outros.

Por:António Pacheco

 

Feira Ibérica de Turismo (FIT) decorre de 28 de abril a 1 de maio

16002851_1807164596219252_5819131946303632210_nA edição deste ano 2017 da FIT – Feira Ibérica de Turismo, que vai ter lugar de 28 de Abril a 1 de Maio na cidade da Guarda, será a quarta ,cujo mote é o turismo sustentável para o desenvolvimento.

Para este ano, o País convidado vai ser Moçambique, a exemplo do que sucedeu em 2016, que foi o Brasil o convidado.
A Estremadura será a região espanhola convidada para também mostrar as suas culturas.

As inscrições também já abriram e vão decorrer até dia 28 de Março.

Em suma, uma aposta ganha desta região, dado que neste certame, são muit16105844_1807234086212303_5391746291189908193_nos milhares os visitantes que diariamente passam pela FIT-Guarda.

Por:António Pacheco—Foto:FIT

 

 

CPP- Gouveia empata e luta pela manutenção

O Desportivo de Gouveia mantém-se forte na luta pela manutenção no Campeonato de Portugal Prio.

Ainda neste domingo, numa boa tarde de futebol no Farvão retirou pontos ao líder Gafanha, com empate a uma bola.

15/01 Águeda 1-2 Pampilhosa FG
Tourizense 2-0 Anadia FG
AD Nogueirense 0-0 Académica-SF FG
CD Gouveia 1-1 Gafanha FG
Lusitano FCV 0-2 Mortágua F

Por:Zero zero

1 Gafanha 34 16 10 4 2 23 13 +10 a
2 Lusitano FCV 28 16 8 4 4 33 20 +13 a
3 Anadia 27 16 7 6 3 25 15 +10 a
4 7 Mortágua 27 16 7 6 3 29 16 +13 a
5 8 Águeda 25 16 7 4 5 23 16 +7 a
6 CD Gouveia 22 16 6 4 6 22 21 +1 a
7 AD Nogueirense 18 16 4 6 6 14 20 -6 a
8 Tourizense 17 16 5 2 9 25 29 -4 a
9 Pampilhosa 14 16 4 2 10 15 32 -17 a
10 Académica-SF 7 16 1 4 11 6 33 -27 a

Presidentes das Freguesias estiveram com o Presidente da República

170113-PRMRS-RO-0059-7159 Cerca de um milhar presente

A Aula Magna da Universidade de Lisboa acolheu, nesta sexta-feira cerca de um milhar de Presidentes das Freguesias de Portugal, onde esteve presente o Presidente da Républica, Marcelo Rebelo de Sousa, que deixou palavras de alento aos autarcas.16105540_10202604693476697_2960963599640821132_n

“Este é o momento para levar mais longe o aprofundamento do poder local democrático” referiu o Presidente da República , Marcelo Rebelo de Sousa.

Para além dos oradores, decorreu um magnífico concerto de Ano Novo, com a fadista Cuca Roseta.

Uma das presidentes que participaram desta região foi Maria João, que vai presidindo na Freguesia da Matança, concelho de Fornos de Algodres,que no final referiu que:

“Este encontro para o qual todos os Presidentes de Junta foram convidados, e no qual muito me orgulho de ter estado presente (apesar dos largos km que separam a Matança de Lisboa) foi, na minha opinião, uma excelente iniciativa por parte do Sr. Presidente da República;

Um verdadeiro reconhecimento ao nosso trabalho como Presidentes de Junta e que tantas vezes não é reconhecido, nem tão pouco valorizado…. Interpretei as Suas palavras como um incentivo ao trabalho que diariamente desenvolvem15940998_1387410341310563_6060980785396474971_nos junto das populações e um reconhecimento da nossa dedicação perante tantos esforços e sem grandes recursos…. o concerto foi também muito bom!!

Durante o “Porto de Honra” pude observar bem de perto a simpatia e boa disposição que também caracterizam o nosso Presidente da República, um Presidente que nos faz acreditar….”

Uma boa forma de premiar o esforço que todos os Presidentes da Junta nacionais realizam ao logo dos seus mandatos.

Desta nossa região, Concelho de Gouveia, Mangualde, Fornos de Algodres entre outras localidades, estiveram representados.

Por:António Pacheco

Fotos:MJ/GPR/JL

 

Seleção Distrital Sub-17 Feminina de Futsal treina em Fornos

Vai decorrer no próxima terça-feira, dia 17 de Janeiro, no Pavilhão do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, um treino de observação da Seleção Distrital Sub-17 Feminina de Futsal.
O gabinete técnico da Associação de Futebol da Guarda convocou as seguintes atletas:sub-17

AFGuarda- Resultados da 2ªdistrital

afgVila Franca das Naves volta à liderança

Nova mudança de líder, neste campeonato, pois o Paços da Serra a não conseguir pontuar em Foz Côa e assim se relançou na luta pela subida novamente, ao derrotar os pacenses por duas bolas a uma.

Já o Vila Franca das Naves goleou em casa o Casal de Cinza, por cinco bolas a uma e face a isso, regressa à liderança.

No derby concelhio Pala a vencer em casa a turma dos Castelos por três bolas a uma.

Por fim, a Guarda Unida a derrotar em casa , o Freixo Numão por duas bolas a uma.

Foram apontados 16 golos nesta ronda.

 

Jornada 9
Data Equipa Resultado Equipa
15-01-2017 G.D. Foz Côa 2 – 1 Spg.C. Paços da Serra
15-01-2017 Ass.Cd V.F.Naves 5 – 1 G. C. R. Casal Cinza
15-01-2017 Futebol C. de Pala 3 – 1 A.D.C. Castelos
15-01-2017 Guarda Unida Desportiva 2 – 1 Freixo de Numão
15-01-2017 (Folga) Spg. C. Celoricense
Pos Equipas Pts .
Jg V E D GM GS
1 Ass.Cd V.F.Naves 19 8 6 1 1 21 6
2 Spg.C. Paços da Serra 17 8 5 2 1 21 11
3 G.D. Foz Côa 15 8 4 3 1 15 8
4 Guarda Unida Desportiva 14 8 4 2 2 14 10
5 Spg. C. Celoricense 10 8 3 1 4 14 15
6 Freixo de Numão 8 8 2 2 4 11 11
7 G. C. R. Casal Cinza 8 8 2 2 4 13 20
8 Futebol C. de Pala 7 8 1 4 3 13 18
9 A.D.C. Castelos 1 8 0 1 7 8 31
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar