Templates by BIGtheme NET
Home » Distrito de Viseu (page 2)

Distrito de Viseu

A luta contra a vespa das galhas do castanheiro

Esta luta biológica contra a vespa das galhas do castanheiro, ao abrigo do protocolo Biovespas do qual o Município de Mangualde é aderente, concretizou-se através de duas largadas de um inseto (Torymus sinensis) que elimina a praga que afeta os soutos e a produção da castanha.

As largadas foram realizadas pelos técnicos da Associação Portuguesa da Castanha (RefCast), da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e da Câmara Municipal de Mangualde. As localizações resultaram da prospeção feita em 2017 pelos técnicos, tendo-se escolhido as Freguesias de São João da Fresta e União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta.

Por:MM

Ruínas Romanas da Raposeira com mais de uma centena de visitas

Desde o início do corrente ano que mais de uma centena de pessoas já efetuaram visita guiada e orientada, pelos arqueólogos do Gabinete de Gestão e Programação do Património Cultural da Câmara Municipal de Mangualde, às Ruínas Romanas da Raposeira. A somar a este número acresce os cerca de 15 beneficiários do Rendimento Social de Inserção que efetuaram a sua visita no passado, dia 6 de junho.

 Foi efetuado o contexto histórico da época romana e a interpretação daquelas ruínas arqueológicas, entendidas hoje como uma estalagem de apoio aos funcionários da administração pública do Império, ao grupo de visitantes.

Esta visita inseriu-se no programa de visitas orientadas ao Património Cultural do concelho, promovidas pela Câmara Municipal de Mangualde, através do Gabinete do Património Cultural. Outras visitas de igual natureza estão já agendadas a outros sítios patrimoniais, envolvendo outros grupos de visitantes.

 RUÍNAS ROMANAS DA RAPOSEIRA

As Ruínas Romanas da Raposeira constituem-se como o bem patrimonial de época romana de maior relevo no concelho de Mangualde. Descobertas e escavadas pela primeira vez em 1889, voltaram a ser escavadas cerca de 100 anos depois. Alvo de intervenção de conservação e restauro, no ano de 2013, o sítio arqueológico é hoje entendido pelos arqueólogos como sendo uma mansio, ou seja uma estalagem.  Está classificado como Sítio de Interesse Público e encontra-se visitável ao público.

Coordenadas geográficas: 40°36’39.48″N   7°45’8.79″W

Esgalhada Trail Team boa participação no Pastor Trail

A turma do Esgalhada Trail Team participou na prova Pastor Trail em Freixo da Serra, com três atletas na prova de 21 km.

Desta forma, Joana Ferreira alcançou o quarto lugar, André Almeida, no sétimo lugar e Rui Freitas, no 21º lugar.

Uma prova realizada na montanha, com ambiente serrano e prova que alcançou já o seu espaço com a organização a pertencer aos Galhardos Runners.

foto:ETT

Visitas ao SNS de Mangualde

Foram realizadas visitas, na manhã desta quinta-feira, com o intuito de conhecer ainda mais de perto a realidade dos serviços nacionais de saúde do concelho de Mangualde, à USF de Terras de Azurara (Unidade de Saúde Familiar), à USF de Mangualde e à ECL – Equipas Coordenação Local para os Cuidados Continuados Integrados.

 As visitas foram efetuadas pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, pela Presidente da ARS Centro, Rosa Reis Marques, pelo Presidente ACES Dão Lafões, António Grade, e pela Vereadora da Saúde da Câmara Municipal de Mangualde, Maria José Coelho.

 Por sua fez o autarca mangualdense João Azevedo            referiu:“Estabelecer ainda uma maior proximidade com as problemáticas da saúde local, dos serviços nacionais de saúde, a fim de encontrar sempre as melhores soluções para as populações, foi o objetivo desta visita”.

“Queremos estar sempre próximo das populações, próximo dos seus problemas, porque só assim se encontram as soluções adequadas e possíveis”, conclui o edil mangualdense.

 Foi ainda estabelecido um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Mangualde e a USF de Mangualde, que visa a cedência, por parte da autarquia, de alguns equipamentos.

Por:MM

 

Farvão acolhe 22º Torneio Infantil Cidade de Gouveia

O futebol infantil vai continuar em destaque este fim de semana, na cidade jardim, no Estádio Municipal do Farvão, com a realização do 22º Torneio Infantil Cidade de Gouveia.

Vão estar no relvado oito equipas, ED Gouveia, SL Benfica, Sporting, Académica, Lusitano FC, V.Guimarães, NDS Guarda e Ac.Viseu.

Dois dias de futebol de qualidade, com jogadores que serão amanhã os que vão pisar os grandes palcos.

Desta forma aqui deixamos o calendário de jogos para sábado, 9 de junho.

Cerimónia de Geminação das Cidades de Mangualde e Lempdes

Decorre no próximo dia 9 de junho, pelas 17h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a Cerimónia de Geminação das Cidades de Mangualde e Lempdes.

O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, tem a honra de convidar toda a comunidade a estar presente na cerimónia, que contará igualmente com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Lempdes, Henri Gisselbrecht.

A ideia de geminação entre as duas cidades surgiu de uma iniciativa dos Clubes de 2CV das duas cidades – o “Club 2CV de Mangualde” e o “Club des Amis de La 2CV” -, que se dirigiram às respetivas autarquias para proporem a ideia, desde logo aceite.

 

 DUAS CIDADES LIGADAS PELO 2CV

Lempdes é considerada a “cidade berço” do 2CV. Era em Lempdes que o criador do carro residia, sendo que a sua casa abriga agora os Paços do Concelho. Pierre Boulanger, engenheiro de formação, tinha assumido a direção da Citroën a pedido da Michelin, proprietária da marca. O seu projeto sempre fora de conceber um carro que fosse barato e económico para que um maior número de franceses pudesse aceder ao prazer de se deslocarem em automóvel. A segunda guerra mundial veio interromper este projeto, que só se concretizaria em 1948 com a apresentação do 2CV no Salão Automóvel de Paris, em outubro desse ano. Pierre Boulanger faleceu, ironia do destino, num acidente de carro, em 1950, sendo sepultado em Lempdes.

Mangualde, por sua parte, ficou associada à Citroën e ao 2CV em particular pelo facto de ter sido produzido o último exemplar desse modelo na Citroën Lusitânia, a 27 de julho de 1990. A realização da Rotunda 2CV à entrada de Mangualde e a colocação de um pequeno monumento junto da fábrica lembrando este facto faz com que inúmeros bicavalistas passem em Mangualde para recordar este facto.

Por:MM

Recriação Histórica de Santar

 Decorreu mais uma edição da Recriação Histórica de Santar, este ano “A Mítica Figura de D. Lopo da Cunha” foi o tema central de um fim de semana pleno de história e estórias em torno de um dos mais conhecidos santarenses. Este evento organizado pela “Associação Cultural e Informativa os Amigos de Santar” contou com o apoio do Município de Nelas e da União das Freguesias de Santar e Moreira.

Iniciou-se com uma visita guiada denominada “Viagem ao Tempo de D. Lopo” em que cerca de uma centena de pessoas percorreram locais emblemáticos e históricos da Vila de Santar, nomeadamente o Paço dos Cunhas (residência de D. Lopo) , a Igreja da Misericórdia (fundada por D. Lopo), a estrada romana, a Igreja Matriz (fundações medievais), a Fonte da Torre (no Largo onde existiu uma Torre Medieval) e  a Casa Fidalgas com os seus belos jardins, tudo isto locais que D. Lopo certamente conhecia e percorreu também.

No Largo do Paço a representação esteve a cargo do Teatro Hábitos, num espetáculo repartido pelos dois dias que maravilhou os presentes com o seu dinamismo performativo, apoiado pelo Grupo de Bombos do Paço e pela Associação Coral Canto e Encanto. As associações culturais do Município de Nelas que dignificaram, assim o papel das associações locais em prol da comunidade e da sua cultura comum.

Uma conferência histórica proferida pelo historiador Dr. João Fonseca, teve como mote “Lopo da Cunha, o Homem e o seu tempo” e serviu para desmitificar esta figura histórica através da apresentação de argumentos científicos e documentais, que na sala do lagar da “Casa do Paço” antiga residência do próprio D. Lopo da Cunha, cativou dezenas de pessoas.

Não faltaram motivos de interesse para cativar centenas de pessoas a visitar a “mui nobre” Vila de Santar e provar os seus vinhos, em particular dos 4 produtores que apoiaram o evento, Fidalgas de Santar, João Fazenda, Paço dos Cunhas de Santar e Quinta do Sobral.

A Vila de Santar afirma-se mais uma vez com um potencial histórico, cultural e patrimonial que é comprovado a cada passo que percorremos.

Por:MN

 

NelaSport e a malapata no Rally Vinho do Dão

Ainda não foi desta que a equipa nelense quebrou a malapata, no Rally Vinho do Dão. Depois de um início com algumas cautelas, face ao incidente na edição de 2017, a dupla da NelaSport, Luis Borges / José Figueiredo, começou paulatinamente a melhorar os seus cronos no decurso da Prova e a subir na tabela classificativa, no entanto, a meio da penúltima especial de classificação, um componente do triângulo de direção cedeu e deitou por terra as aspirações da equipa, que assim se viu forçada a desistir.

“Apesar do incidente na edição anterior do Rally Vinho do Dão, já estar ultrapassado, o nosso subconsciente “obrigou-nos” a começar com uma toada mais cautelosa, para evitar cometer qualquer erro que pudesse comprometer os nossos objetivos, contudo, e numa fase que estávamos em franca recuperação, em termos de ritmo competitivo e a melhorar os nossos tempos, a “estrelinha da sorte” não esteve mais uma vez, do nosso lado e sensivelmente a meio da PEC 7, Santar/Vinhas do Dão 2, notei uma pancada forte e fiquei sem qualquer estabilidade na direção. Suspeitei logo que poderia ser um dos componentes do triângulo de direção que tivesse partido, o que infelizmente se veio a confirmar, quando chegámos ao final da especial e nos obrigou a tomar a difícil decisão de entregar a carta de controlo e desistir”, afirmou com alguma mágoa, Luis Borges, que deixou ainda uma palavra de agradecimento, a todos os patrocinadores, amigos e conterrâneos, que foram incansáveis a puxar pela equipa, ao longo de todo o Rally.

Foto:Paulo Pinto

 

Florbela Queiroz em teatro de revista em Nelas

Florbela Queiroz, a festejar  60 anos de carreira, e depois de ter percorrido o país com a revista “Ol(h)á Florbela!”, lidera o elenco da nova revista à portuguesa  “Que Grande Caldeirada!” e estará dia 8 de junho, pelas 21h30 no Ciné- Teatro Municipal.

“É no palco que os artistas devem estar”, tem referido muitas vezes Florbela Queiroz. Com energia e entrega, nesta nova revista recriará números de grande êxito da sua carreira como a “NETA DE FLORBELA” ou a “SENHORA DAS PULSEIRAS”. E é nos palcos que se manterá ao lado de um elenco que conta com a experiente  Isabel Damatta, que irá interpretar uma divertida e nova rábula intitulada “PESADELO NA COZINHA”;  Sara Inês, que se confirma como grande atriz de revista no quadro “AS ESCOLHAS DE MATILDE”; a escultural  Raquel Caneca, que se desdobra nas funções de atriz e de cantora; a grande revelação Gonçalo Brandão, que se afirma na rábula “LIÇÃO DE CULINÁRIA” e Ricardo Miguel que se junta à companhia com destaque para o número sério “O PAÍS DO JOAQUIM”.

“Que Grande Caldeirada!” apresenta-se com textos de  grande êxito, entre outros, de César de Oliveira, Francisco Nicholson e Isabel Damatta, bem como textos originais de Renato Pino. A música está a cargo do Maestro Carlos Dionísio e a produção de Ricardo Miguel e de João Nuno Baptista, tal como na revista “Ol(h)á Florbela!”

A revista apresenta um luxuoso guarda-roupa e atrativas projeções que dão luxo e glamour ao espetáculo

Os bilhetes já estão à venda  na Biblioteca Municipal de Nelas no seguinte horário: seg. a sexta 09h00 às 17h00 | sáb. 14h30 às 18h00. e podem ser reservados e obter informações através dos números 232940141 ou 917791497.

Por:MN

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar