Templates by BIGtheme NET
Home » Distrito de Viseu (page 2)

Distrito de Viseu

Tufão Team vence em Bragança e fica a um passo da vitória final

Tufão Team(André Henriques e Rodrigo Sousa) venceram neste domingo, na Classe de Promoção, no Campeonato de Portugal de Trial 4×4.

Em Bragança é aquele evento desportivo a que ninguém quer faltar. Prova disso é o recorde de equipas inscritas nesta etapa e os milhares de pessoas que enfrentaram as temperaturas escaldantes para ver de perto as melhores equipas nacionais. Acresce ainda o facto de o CPT4x4 se aproximar do final e os pontos de Bragança serem determinantes para encontrar os campeões.

Foi uma luta de paciência para Cláudio Ferreira (Auto Higino), mas no final das 3 horas de resistência valeu a pena. O piloto de Coruche alcançou a tão desejada vitória em termos Absolutos que teimava em lhe fugir, entrando assim na luta pelo título. Naturalmente venceu também a classe Super Proto e só precisa de alinhar na grelha de partida da última prova, em Paredes, para ser bicampeão da classe Super Proto.

Em 2018 a classe Extreme é, de longe, a mais competitiva e emocionante. Em Bragança a vantagem estava do lado da casa e António Calçada (NordHigiene Team) acabou mesmo por alcançar a vitória. E quando falta apenas uma prova para terminar o Campeonato está tudo por decidir. Quem vencer em Paredes é campeão da classe Extreme.

Luís Bacelo (Oficina Bacelo) conseguiu a segunda vitória na classe Proto em 2018 e talvez a mais importante da época. Sai de Bragança com uma vantagem que não lhe exige a vitória na última prova para se sagrar campeão.

Na Promoção André Henriques (Tufão Team) conseguiu a quarta vitória da temporada. A pista de Bragança levantou muitas dificuldades e furou alguns pneus, mas mesmo assim venceram com 1 volta de vantagem. Em teoria são já campeões da Classe Promoção, estando apenas obrigados a alinharem na grelha de partida de Paredes para poderem levantar a taça e fazer a festa.

A sexta e última prova da temporada está marcada para 14 de outubro, em Paredes.

Por:CPT4x4 foto: Fotolente

 

 

Liturgia e avisos 18ºdomingo TC

Depois do milagre da multiplicação dos pães, aquelas pessoas, em vez de regressarem às suas casas, foram à procura de Jesus, porque lhes tinha saciado com pão. Ficaram somente pela alegria de ter comido o pão, ou seja, não perceberam o milagre. Era importante que o olhar da multidão fosse para além do comer o pão, ou seja, procurassem aquele alimento que dá a vida para sempre. Somente Jesus pode dar este alimento e a única maneira de o receber é acreditar Nele.05-08-2018
Quando lhe perguntaram sobre as obras que serão necessárias fazer para ter este alimento, Jesus responde que a única obra necessária é acreditar Nele. Por isso, Jesus apresenta-se assim: “Eu sou o pão da vida: quem vem a Mim nunca mais terá fome, quem acredita em Mim nunca mais terá sede”.
O ser humano não é só corpo. Tem sentimentos e necessita de afectos e carinho. Quem se preocupa somente em saciar o corpo é viver só a nível físico. O pão material é importante, mas também é o pão espiritual.
Na primeira leitura, do Livro do Êxodo, é-nos dito que Israel começou a murmurar contra Moisés e Aarão: “Antes tivéssemos morrido no Egipto, quando estávamos sentado ao pé das panelas de carne e comíamos pão até nos saciarmos. Trouxestes-nos a este deserto, para deixar morrer à fome toda esta multidão”. Por intercessão de Moisés, Deus enviou o maná, o pão descido do céu. O maná é o anúncio de Jesus Cristo, o pão da Eucaristia. O maná não dava vida; todos os que dele se alimentavam iriam, mais cedo ou mais tarde, voltar a ter fome. Jesus Cristo, o verdadeiro Pão, dá a vida para sempre e mata tantas outras fomes: a fome de amor, de felicidade, de verdade, de segurança, de vida. O pão material só restaura as forças, não evita a morte. Mas o pão espiritual dá vida, porque destrói a morte. Por isso, Jesus Cristo é o pão da vida, do qual o maná era somente a figura. Deus continua a dar o seu pão aos que têm fome. Esse pão é o seu Filho que nos é servido em dois pratos: o pão da Palavra e o pão da Eucaristia. Infelizmente, alguns ficam felizes e saciados somente com a “panela de carne” do Egipto! O que é preocupante é não ter fome das coisas mais importantes, ou seja, é ficar satisfeito com a “panela de carne” que nos oferece o mundo: os vícios, as paixões, o egoísmo, a ganância, a indiferença.
Todos sabemos donde surge e como é feito o pão. A semente é lançada à terra, germina, dá a espiga que é cortada. Depois o grão é triturado no moinho. Assim aconteceu com Cristo, o Pão vivo. Durante 30 anos foi crescendo em Nazaré. Tornou-se espiga na sua vida pública, fazendo o bem, ensinando e curando. Depois, passou pelo “moinho” da sua paixão, onde se deixou triturar pelos golpes, pelas chicotadas, pela lança para se fazer Pão da nossa Eucaristia. É verdade que Cristo já se ofereceu por todos nós na cruz uma vez para sempre naquela primeira sexta-feira santa. Mas a Eucaristia torna presente aquilo que aconteceu uma só vez na história da humanidade: fazemos memória da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. A Eucaristia é o sacramento do sacrifício da Cruz, onde comemos o Pão que é a Palavra e o Corpo de Jesus. Por isso Jesus afirma: “Não foi Moisés que vos deu o pão do Céu; meu Pai é que vos dá o verdadeiro pão do Céu. Eu sou o pão da vida: quem vem a Mim nunca mais terá fome, quem acredita em Mim nunca mais terá sede”.
Façamos nossa a oração daquela multidão: “Senhor, dá-nos sempre desse pão”. Aquelas pessoas procuravam a solução para os seus problemas. Tantas vezes acontece o mesmo connosco, usando o Senhor! O pão material (a saúde, o trabalho, o alimento…) é importante, mas há algo mais importante: “Nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus”. Procuremos cumprir a vontade de Deus na nossa vida. Não fiquemos satisfeitos somente por “assistir” passivamente à missa. Jesus envia-nos a ser pão fresco e quentinho para os nossos irmãos, ajudando-os, confortando-os e escutando-os. Cumpriremos esta missão divina, quando abandonarmos as “panelas de carne” deste mundo (os vícios, o egoísmo, os nossos interesses) para nos alimentarmos com Jesus Cristo, o Pão da Vida, o verdadeiro Pão descido do Céu.

Atividade operacional diária da GNR

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, na última semana, de 27 de julho a 2 de agosto, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 463 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 211 por condução sob o efeito do álcool;
  • 71 por condução sem habilitação legal;
  • 50 por tráfico de estupefacientes;
  • 34 por posse ilegal de arma;
  • Oito por violência doméstica;
  • Sete por permanência ilegal em território nacional;
  • Sete por roubo;
  • Seis por furto;
  • Dois por ofensas à integridade física;
  • Um por falsificação de documentos;
  • Um por ameaças.

 

  1. Apreensões:
  • 4 197 doses de haxixe;
  • 631 doses de cocaína;
  • 519 doses de heroína;
  • 90 doses de anfetaminas;
  • 56 gramas de liamba;
  • Oito pés de cannabis;
  • 12 armas de fogo;
  • 29 armas brancas;
  • 34 munições de diversos calibres;
  • 24 veículos;
  • 3 105 artigos contrafeitos;
  • 129 200 cigarros avulso;
  • 284 quilos de tabaco triturado;
  • 29 169 quilos de pescado;
  • 2 650 quilos de bivalves;
  • 9 850 euros em numerário.

 

  1. Trânsito: 8 554 infrações detetadas, destacando-se:
  • 4 256 excessos de velocidade;
  • 485 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 460 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 382 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 338 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 304 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 251 relacionadas com tacógrafos;
  • 177 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Emigração mangualdense em análise

O Município de Mangualde encontra-se, desde o início de 2018, a desenvolver um projeto de investigação pioneiro a nível nacional que consiste em recolher, harmonizar e analisar informação sobre a evolução e as características da emigração mangualdense. Embora o estudo do fenómeno emigratório mangualdense se venha a revelar uma tarefa ambiciosa e de exigente execução, já se encontram registados, na plataforma do Gabinete de Apoio ao Emigrante (http://mangualdensespelomundo.cmmangualde.pt), cerca de 300 emigrantes.

Conscientes da importância da comunidade mangualdense dispersa pelo mundo e sentindo a necessidade de resposta, de forma eficiente, às solicitações e dificuldades com que os emigrantes mangualdenses se deparam, no mês de agosto, tempo da peregrinação dos emigrantes às suas terras de origem, a equipa do Gabinete de Apoio ao Emigrante vai percorrer o concelho à “procura” destes emigrantes. O Município de Mangualde sente, ainda, orgulho no sucesso além-fronteiras destes mangualdenses e no contributo que dão na promoção de Mangualde pelo mundo.

Paralelamente, procurar-se-á dar continuidade ao recenseamento geral da população emigrante mangualdense. Para que este objetivo seja atingido com a maior rapidez e eficácia possíveis, o Município apela a que todos os emigrantes mangualdenses se registem na referida plataforma ou presencialmente no Gabinete de Apoio ao Emigrante. A contribuição de todos é fundamental!

Gabinete de Apoio ao Emigrante

Morada:

CIDEM – Centro de Inovação e Dinamização Empresarial de Mangualde

Rua Nova, nº 71

3530-133 Mangualde

 

Contactos:

232 619 892 / 969 312 193

gae@cmmangualde.pt

Horário:

Segunda a sexta-feira, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00

Registo plataforma:

www.mangualdensespelomundo.cmmangualde.pt

CPT 4×4-Bragança com prova mais participada

Tudo indica que a 5.ª etapa do Campeonato de Portugal de Trial 4×4 será a mais participada da temporada 2018, até ao momento. E se havia um tempo em que a competição parava nos meses mais quentes, já todos estão habituados a que o mês de agosto seja de prova em Bragança… e que prova.

No sábado a cidade presenteia os visitantes com um mega evento no centro da cidade. Milhares de pessoas preparam-se para “invadir” o Centro Histórico, naquela que promete ser a mais quente e longa noite do ano, com a “Festa Verão Bragança”. Música (4 palcos), animação de rua, fogo, malabarismo, iluminação cénica, personagens trajadas a rigor e dança, bem no coração de Bragança, onde até o comércio está de porta aberta durante a noite.

Já no domingo, a Associação TT Sem Limites desafia as equipas num circuito que tem sido dificultado a cada ano que passa. Em 2018 serão quase 30 as equipas em pista, vindas de vários pontos do país e até da vizinha Espanha. E num momento em que o CPT4x4 se aproxima do seu desfecho, a prova de Bragança pode ter muito a dizer nas contas finais do Campeonato. A vantagem está do lado de Luís Bacelo (Oficina Bacelo) que chega a Bragança na liderança em termos Absolutos e também da classe Proto.

Em Extreme Pedro Alves (MonsTTer/Cistus) está na frente da classificação com 89 pontos. António Silva é segundo e o brigantino António Calçada terceiro com 79 pontos.

Cláudio Ferreira chega a esta quinta etapa na liderança da classe Super Proto com 100 pontos, mas em Bragança vai contar com a oposição feroz de Flávio Gomes (TáBô Pacar Team 4×4) quer quer muito vencer em casa.

No dia 4 de agosto realizam-se as verificações técnicas e parque fechado na Praça Cavaleiro Ferreira, bem no centro da cidade de Bragança. No domingo, 5 de agosto há prólogo a partir das 10H e a resistência começa às 14H30. A pista é na aldeia de S.Pedro dos Sarracenos.

Por:CPT 4×4

 

 

 

 

Declaração da Situação de Alerta de 2 a 6 de agosto

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o Governo, através do Ministro da Administração Interna assinou, esta quarta-feira, o Despacho que determina a Declaração da Situação de Alerta para o período compreendido entre os dias 2 e 6 de agosto, para a globalidade do território continental. Ler Mais »

Empresários do Centro esperam resultados positivos

Quase 80 por cento dos empresários de turismo do Centro de Portugal esperam que os resultados da sua atividade no verão de 2018 sejam iguais ou superiores aos do ano passado. Este é um resultado preliminar de um inquérito feito aos empresários pelo recém-criado Observatório do Turismo Sustentável do Centro de Portugal.

O inquérito, que serviu para testar a operacionalidade da nova plataforma, inquiriu os empresários sobre as “Expetativas de evolução do número de clientes/visitantes para os meses de julho a setembro de 2018, comparativamente ao mesmo período de 2017”. Dos 116 empresários que responderam, 13,8% esperam um resultado “claramente superior a 2017”; 33,6% acreditam num resultado “ligeiramente superior”; e 31,9% preveem um resultado “semelhante”. Menos otimistas estão os 12,1% que aguardam um resultado “ligeiramente inferior” e os 8,6% que antecipam um resultado “claramente inferior” a 2017.

Entre outras iniciativas, o Observatório do Turismo Sustentável do Centro de Portugal encontra-se em fase de inventário dos recursos e atrações turísticas do Centro de Portugal, em estreita colaboração com os 100 municípios que integram a região. Ao mesmo tempo, está a proceder, junto dos empresários, a um levantamento de todas as unidades de negócio diretamente ou indiretamente relacionadas com a atividade turística.

O Observatório do Turismo Sustentável do Centro de Portugal é um mecanismo criado pelo Turismo Centro de Portugal com o objetivo de monitorizar todos os aspetos relacionados com o turismo na região, em especial os seus impactos económicos, sociais, culturais e ambientais.

Desenvolvido com o apoio técnico e científico do Instituto Politécnico de Leira (IPL) e apoio tecnológico da Primelayer, empresa incubada no Instituto Pedro Nunes, em Coimbra, o Observatório é um Sistema de Monitorização da Atividade Turística (SMAT) que cumpre, na íntegra, os requisitos preconizados pela União Europeia através do “European Tourism Indicators System “ (ETIS). Mas vai mais longe, integrando outros indicadores específicos, para garantir uma aferição adequada da atividade turística da região Centro de Portugal e de todos os seus agentes turísticos: empresas, autarquias, comunidades intermunicipais, população local e turistas/visitantes.

O resultado mais prático será a produção de relatórios mensais, semestrais e anuais, que servirão de orientação para uma gestão de qualidade, baseada no conhecimento, de todos agentes turísticos da região.

O Observatório do Turismo Sustentável do Centro de Portugal é um projeto apoiado pelo Centro 2020.

Por: TCP

100º aniversário da Banda Filarmónica da Boa Educação de Vila Cova de Tavares

A Banda Filarmónica da Boa Educação de Vila Cova de Tavares celebra, neste mês de agosto, o seu 100.º aniversário. Para comemorar esta importante data, a Banda, com o apoio do Município de Mangualde, da União das Freguesias de Tavares, da Junta de Freguesia de Abrunhosa-a-Velha e do Estrela do Mondego Futebol Clube, tem programados seis dias de festa, entre 14 e 19 de agosto.

Em Abrunhosa-a-Velha (Polidesportivo), a festa começa no dia 14 com a atuação do Grupo de Concertinas de Mangualde. No dia seguinte, há teatro, pela Companhia Habitus, e, no dia 16, o filme “Soldado Milhões” estará em exibição. No dia 17, sexta-feira, a atuação da noite ficará a cargo da Associação Humanitária Banda Filarmónica de Abrunhosa-a-Velha. Todos estes momentos terão lugar às 21h30.

Em Vila Cova de Tavares, será celebrada uma eucaristia pelas 10h30 do dia 18 de agosto e, nessa mesma noite, as bandas atuarão pelas 21h30. Já no último dia, domingo, há concerto da Banda aniversariante, pelas 16h00.

 

Por:Mun.Mangualde

 

Atividade operacional diária da GNR

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 de hoje, sábado, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções:  28 detidos em flagrante delito, destacando-se:
    • Nove por condução sob o efeito do álcool;
    • Oito por tráfico de estupefacientes;
    • Cinco por condução sem habilitação legal;
    • Três por posse de arma proibida.

 

  1. Apreensões:
    • 353 doses de haxixe;
    • Nove doses de cocaína;
    • Seis armas de fogo;
    • Uma arma branca.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 788 infrações detetadas, destacando-se:

    • 565 por excesso de velocidade;
    • 44 por falta de inspeção periódica obrigatória;
    • 44 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
    • 38 por infrações relacionadas com tacógrafos;
    • 33 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
    • 24 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
    • 23 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
    • Oito por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

 

Sinistralidade: 125 acidentes registados, destacando-se:

    • Dois mortos;
    • Dois feridos graves;
    • 44 feridos leves.

Fornenses Susana e Beatriz fazem missão em Cabo Verde

Cada vez mais os jovens portugueses, se dedicam a fazer missão em países africanos, desta forma, Susana e Beatriz, duas jovens fornenses, que integram o Projeto Universitário de Cabo Verde, vão estar em missão por Cabo Verde, até ao dia 7 de agosto.

Desta forma , estas jovens tiveram uma celebração de envio , na eucaristia vespertina da Igreja da Misericórdia de Fornos de Algodres, presidida pelo Padre Jorge.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar