Templates by BIGtheme NET
Home » Distrito de Viseu (page 20)

Distrito de Viseu

Ricardo “Mangualde vai orientar o GD Mangualde

Face aos resultados menos conseguidos e esta temporada o GD Mangualde tem grandes dificuldades em sair da cauda da tabela, o clube rescindiu de forma cordial com Jorge Vieira.

Assim a opção estava dentro do clube, Ricardo Jorge “Mangualde” atual jogador e treinador da equipa de Juniores A, passa a liderar o comando técnico da equipa sénior, assim sendo coloca um ponto final na carreira de jogador onde passou pelo Sporting Clube de Portugal, Oriental, Paços Ferreira, Freamunde, DOXA, Tondela, Recreativo Caála ,Lusitano FC e Mangualde.

Nesta fase, o desafio é grande dado que terá de retirar a equipa da zona de descida, alcançando a manutenção na Divisão de Honra da AF Viseu.

Luisinho vai brilhando na Académica

O fornense Luisinho esta temporada a defender as cores da Briosa, está a atingir  a sua melhor fase, depois de debelar uma lesão grave.

Assim neste fim de semana, apontou um golo e foi considerado o melhor em campo, aliás tem melhorado as performances desde a entrada deste novo técnico.

 

Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias visita Nelas

Esta quarta-feira,24 de janeiro, o Município de Nelas recebe o Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, numa visita ao Concelho de Nelas a algumas das empresas mais exportadoras aí instaladas.

Neste itinerário de visita, o Secretário de Estado marca a sua presença nas empresas Borgstena Textile Portugal, Unipessoal Lda., seguida da Luso Finsa – Indústria e Comércio de Madeira SA, Movecho, SA. e Lusovini. Estas são apenas algumas das empresas mais exportadoras do Concelho de Nelas e que, juntamente com outras, fazem parte do “TOP 10 publicado pela empresa InformaBD” contribuem para destacar Nelas na Região de Viseu Dão- Lafões como um dos Municípios com melhores níveis de empregabilidade, volume de negócios e volume de exportação.

De salientar, que o Município de Nelas desde o ano 2014, dispõe de uma estrutura – Unidade Empreende – que pretende contribuir para o desenvolvimento económico e social do Concelho, e que este ano irá assinalar o seu 5ºaniversário de existência com a realização do 5º Seminário de Empreendedorismo, a decorrer no próximo dia 21 de fevereiro, no Auditório do Edifício Multiusos de Nelas. O Seminário tem como tema principal – “Mais Emprego, Melhor Emprego”- e irá contar com a presença do  Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

No decorrer do evento serão ainda abordadas outras temática como caso do painel “Oportunidades PT2020 para empresas dos territórios afetados pelos incêndios 2017”. Este Seminário é de entrada livre podendo ser assistido por todos os cidadãos que o desejem.

Por:MN

Curso de “Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos gratuito em Penalva do Castelo

Estão abertas as inscrições para o curso de “Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos com Equipamentos de Pulverização Manual”.

O curso, de frequência gratuita e direcionado a agricultores e mão-de-obra familiar (com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos), terá uma duração de 25 horas e decorrerá na Biblioteca Municipal de Penalva do Castelo, em horário pós-laboral (com início previsível para a 2ª quinzena de fevereiro).

Dos objetivos desta ação constam o de identificar os principais processos e métodos de proteção das plantas, interpretar corretamente o rótulo, distinguir dose de concentração e efetuar os cálculos, medidas a implementar para minimizar o risco para o aplicador, para o ambiente e para o consumidor, regular, calibrar e proceder à manutenção das máquinas de aplicação e os procedimentos para armazenar e transportar em segurança pequenas quantidades de Produtos Fitofarmacêuticos.

Recorde-se que desde 26 de novembro de 2015 que os produtos fitofarmacêuticos para uso profissional apenas podem ser adquiridos e aplicados por agricultores que possuam cartão de aplicador e formação adequada, de acordo com a Lei 26/2013, de 11 de abril.

A participação, apesar de gratuita, carece de inscrição prévia e conferirá acesso ao cartão de aplicador.

Informações na Biblioteca Municipal, inscrições limitadas!Contactos: 965064126 | biblioteca@cm-penalvadocastelo.pt

Por:MPC

O livro “Mangualde desde o pós-Segunda Guerra Mundial ” lançado a 3 de fevereiro

Será lançado, a 3 de fevereiro, o livro “Mangualde desde o pós-Segunda Guerra Mundial (1953-2015). Estado Novo, Democracia e Integração Europeia”, uma obra de João Paulo Avelãs Nunes e Marcos Branco com coordenação de António Tavares. A sessão terá início às 11 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde.

 A obra é uma monografia historiográfica que pretende contribuir para um melhor conhecimento e para uma compreensão acrescida da evolução de Mangualde – localidade, concelho e região – nas últimas décadas do século XX até aos nossos dias. Trata-se de uma proposta que visa reconstituir e interpretar a história recente de Mangualde que interesse a diversos públicos, mas sem ignorar as exigências da historiografia que predomina na atualidade nos países com regimes democráticos ou demoliberais abertos.

A obra é, por isso, um ensaio historiográfico acerca do tempo presente e é, também, uma forma de comemorar e celebrar Mangualde. É editada pela Câmara Municipal de Mangualde e pela ArqueoHoje.

Por:MM

Trail Requeijão /Terras de Algodres a 24 de março

Cada vez mais o trail é uma atividade que se vai praticando em grande escala, assim em Fornos de Algodres, vai decorrer a 24 de março, sábado, o Trail Requeijão/ Terras de Algodres, com três vertentes possíveis: Caminhada de 8km, Trail curto de 10 km e Trail longo de 28 km.

Desta forma, as inscrições estão abertas até 19 de março, terá como padrinhos Pedro Gomes e Clara Oliveira, dois atletas com provas dadas.

Esta é uma prova organizada pelo Município de Fornos de Algodres, com a co-organização da AD Fornos de Algodres.

Por:AP

Comandante Distrital da GNR visitou Misericórdia de Mangualde

A Misericórdia de Mangualde recebeu nesta quarta-feira, a visita do Comandante Distrital da Guarda Nacional Republica, Coronel Vitor Manuel Guerra Rodrigues e do comandante do Destacamento de Mangualde, Capitão Hugo de Albuquerque Neves Campos.
A visita teve início com a receção do Coronel Vitor Rodrigues pelo provedor, José Tomás, a que seguiu uma reunião de trabalho com a Diretora Geral e as diretoras técnicas das valências da Misericórdia.
Após a reunião, o provedor conduziu as entidades numa visita guiada às instalações, onde assinou o livro de visitas e que culminou com o almoço no refeitório de utentes do Lar Nossa Senhora do Amparo.

Por:SCMM

João Azevedo reeleito Presidente do Conselho da Região

João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, foi reeleito Presidente do Conselho da Região, nesta quarta-feira. A reunião aconteceu no período da  manhã, no auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), e contou com a presença do Ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, bem como do Secretário de Estado para o Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza.

O autarca mangualdense agradeceu a confiança novamente depositada em si pelos seus pares e demais conselheiros, enaltecendo também “a amizade e lealdade institucional” de Ana Abrunhosa, Presidente da CCDRC. Fez, ainda, um “balanço muito positivo” do passado, frisando “com agrado que a CCDRC utiliza este órgão político de Governação Regional para apresentar projetos estruturantes para a região”, dando os exemplos do projeto regional do Vinho, do Queijo DOP, da Floresta, entre outros. “Nesse contexto agiu com transparência, ouviu elogios, críticas, mas envolveu os atores da Região”, acrescentou.

Além da eleição dos membros do Conselho Regional e do Conselho Económico-Social (CES), nesta primeira reunião pós-autárquicas foi ainda apresentada a Estratégia Nacional Portugal 2030.

JOÃO AZEVEDO LANÇA DESAFIOS AO CONSELHO REGIONAL

Em relação ao futuro, João Azevedo lançou cinco desafios ao Conselho Regional, salientando o “papel relevante” do Ministro do Planeamento e Infraestruturas e do Secretário de Estado presentes. Desde logo a aposta nas empresas, apontando o desequilíbrio da dinâmica empresarial que afeta a região. Os fundos europeus devem, segundo o Presidente reeleito, ser utilizados “de forma mais adequada à situação específica dos territórios, das suas pessoas e dos seus recursos”.

Um segundo desafio prende-se com as verbas disponíveis para a Educação no Programa Operacional Regional, “escassas face às necessidades da região”.  Em terceiro lugar, defende a necessidade de aumentar as verbas destinadas aos centros urbanos de menor dimensão e sua regeneração urbana.

Um outro apelo de João Azevedo relaciona-se com a necessidade de “participação com autonomia” de autarquias, universidades, empresas e demais parceiros, numa recusa a “Programas Operacionais Regionais feitos à mesma medida”.

Por fim, salientou “os investimentos estruturantes que são prioridade para a região Centro e em relação aos quais há unanimidade”. É o caso do IP 3, do IC 12, do IC 6 e da Linha da Beira Alta, que já está em fase de obra.

Em suma, João Azevedo apela à descentralização, à aproximação das políticas e das soluções às pessoas e aos seus problemas. Reivindica, também, autonomia para que os municípios da região Centro possam resolver os problemas de forma integrada, não negando responsabilidades acrescidas, mas defendendo que tal permitiria trabalhar em prol da melhoria das condições de vida das populações.

CONSELHO DA REGIÃO E CONSELHO ECONÓMICO-SOCIAL:
MEMBROS ELEITOS

Na lista apresentada por João Azevedo, constam os nomes de Fernando Caçoilo (Presidente da Câmara Municipal de Ílhavo) e Nuno Moita (Presidente da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova) para as Vice-Presidências. Os lugares de vogal serão ocupados pelos autarcas Raul Castro (Leiria), Diogo Mateus (Pombal), Paulo Langrouva (Figueira de Castelo Rodrigo) e Rui Ladeira (Vouzela).

Quanto aos representantes no Conselho Económico-Social (CES), também eleitos nesta primeira reunião pós-autárquicas, os eleitos foram Luís Correia (Castelo Branco), Luís Matias (Penela), Rui Marqueiro (Mealhada) e Fernando Jorge (Vouzela).

Para João Azevedo, esta lista resulta de um consenso regional. O seu principal objetivo para o futuro passa por “exigir a afirmação necessária da região, uma região com todas as condições para ser a melhor em todos os índices de atratividade económica e de qualidade de vida”.

Por:MM

 

Associação de Pais Fornos de Algodres lançou comunicado sobre a Gripe

Comunicação aos Pais / EE – GRIPE

Como é do conhecimento geral, foi diagnosticada uma situação de Gripe A na Creche.
Após contactos com a Direção do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, somos a comunicar que as indicações que temos é para os pais / EE estarem atentos a quaisquer sinais de Gripe dos seus educandos.
Segundo informações do Agrupamento existem dispositivos de desinfeção de mãos e máscaras. Relativamente à existência de um local específico de isolamento de alunos, está definido o procedimento de que “sempre que é detetado um pico de febre ou sintoma gripal, o aluno é isolado em sala livre disponível ou até nas salas de professores enquanto não chega o encarregado de educação para levar o aluno”.
Estamos todos a acompanhar a situação.
Se precisarem de alguma coisa ou tenham informação adicional, contactem a APEE.

Por:Ass.Pais FA

foto:Dreamstime.com

PSA Mangualde abre terceiro turno em abril

Criação de 225 novos postos de trabalho

A PSA Mangualde produziu 53.600 veículos em 2017, um aumento de 7,8% em relação a 2016. É o melhor desempenho desta unidade de produção do Groupe PSA dos últimos 4 anos.

Este aumento de produção leva a que, a partir de abril, a PSA Mangualde avance para uma terceira equipa e crie 225 novos postos de trabalho.

A abertura de mais uma equipa estava prevista somente para final deste ano com o lançamento do novo modelo, mas o sucesso do Groupe PSA no segmento dos veículos comerciais ligeiros, faz com que a terceira equipa se antecipe já com as atuais gerações do Peugeot Partner e do Citroën Berlingo, para os quais Mangualde assegura o fim de série desta geração.

Isto demonstra que a direção do Groupe PSA continua a apostar na unidade de produção de Mangualde, cumprindo com os seus compromissos e objetivos de competitividade, flexibilidade e qualidade.

O processo de recrutamento já está a ser realizado e está aberto a todos os candidatos que apreciem a indústria automóvel e queiram fazer parte deste projeto.

Sobre este anúncio, José Maria Castro Covelo, diretor da PSA Mangualde, afirma: “Este é mais um passo importante do Mangualde 2020, projeto com o qual a empresa está a consolidar o seu futuro. Este novo projeto baseia-se na transformação da fábrica, mais renovada e com um novo produto, com um processo mais moderno, eficiente e ergonómico, a pensar no bem-estar dos colaboradores e adaptado às exigências e oportunidades da Indústria 4.0.”

A laboração em três turnos está garantida até ao final de produção da geração atual dos veículos, prevista para outubro. A sua continuação dependerá essencialmente da resposta dos mercados ao novo modelo.

Este anúncio de crescimento da unidade de produção PSA Mangualde é um impulso para o emprego e para o tecido económico da região e representa também um incremento importante da produção automóvel nacional.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar