Templates by BIGtheme NET
Home » Distrito de Viseu (page 5)

Distrito de Viseu

Tertúlia Espiritual em Mangualde

Uma sala cheia.

Decorreu na noite desta quarta-feira, em Mangualde, mais concretamente numa iniciativa da Papelaria Adrião, uma Tertúlia Espiritual, com uma grande adesão, isto é uma  sala cheia.

Assim foram oradores Arnaldo Costeira e Paulo Costeira, onde pelo meio houve animação musical de Nuno Costeira.

Uma noite interessante para todos os presentes, num local que habitualmente vai havendo eventos de diversas índoles.

Por:AP foto:PA

Avisos e Liturgia do 14ºdomingo tempo comum

De certeza que em muitos momentos da nossa vida já experimentámos o fracasso e a humilhação. É uma experiência que não gostamos, porque desejamos ter sempre êxito e que tudo corra bem. Mas nem sempre é assim. Porém, é no fracasso e na humilhação que somos postos à prova. O texto do evangelho deste domingo narra-nos a visita de Jesus à sua terra, a Nazaré, para pregar. Mas Ele e a sua mensagem não são bem recebidos na sua terra. Todos conheciam Jesus desde pequenino e conheciam a sua família: “Não é Ele o carpinteiro, o Filho de Maria? De onde Lhe vem tudo isto? Que sabedoria é esta que Lhe foi dada e os prodigiosos milagres feitos pelas suas mãos?”. E ficaram perplexos a seu respeito. Jesus ficou admirado com a falta de fé daquela gente. Que humilhação! Jesus foi apanhado de surpresa, porque não esperava isto e nem merecia. Os habitantes de Nazaré deviam estar felizes e orgulhosos por um grande profeta ter saído da sua terra. Mas não foi assim. Não viram nada da grandeza de Jesus, porque estavam cegos com o seu orgulho, inveja e preocupações diárias. É um momento de grande sofrimento na vida de Jesus, a tal ponto de afirmar: “Um profeta só é desprezado na sua terra, entre os seus parentes e em sua casa”. Apesar disto, Jesus não desanimou e continuou a percorrer as aldeias dos arredores, pregando a Boa Nova do Reino de Deus. Se alguém pensa que na vida tudo são aplausos e saúde, será melhor ler de novo o evangelho deste domingo, para não se enganar.

08-07-2018

No episódio da vida de Jesus, narrado no evangelho, cumprem-se as palavras de S. João: “Veio para os seus e os seus não O receberam”. Uma situação idêntica aconteceu ao profeta Ezequiel, como nos narra a primeira leitura. O povo de Israel não dá importância a Ezequiel e é indiferente às suas palavras que transmitem a mensagem de Deus. Mas Deus pede-lhe que continue a profetizar em seu nome, afirmando: “eles e os seus pais ofenderam-me…é a esses filhos de cabeça dura que te envio. Podem escutar-te ou não, porque são uma casa de rebeldes, mas saberão que há um profeta no meio deles”.

Hoje, como enfrentamos situações idênticas à de Ezequiel e de Jesus? A mensagem de Deus que anunciamos, tantas vezes, não é escutada. Em nenhum momento deveremos atirar a toalha ao chão, mas continuar a trabalhar na construção do Reino de Deus não só com as nossas palavras, mas sobretudo com as nossas acções, não pregando as nossas ideias, mas Deus e a sua mensagem de amor.

Na vida, experimentamos momentos de alegria e de felicidade, mas também provas duras, e fracassos. São Paulo também experimentou açoites, prisão, ameaças e perseguições. Hoje, tantas pessoas são humilhadas! Pais são humilhados por filhos ingratos! Trabalhadores humilhados pelos seus patrões! E nas paróquias, tantas humilhações, teimosia e pretensões de superioridade e de protagonismo em pessoas que exercem ministérios e pertencem a movimentos! Mais do que nunca, é nos momentos difíceis que nos devemos abandonar totalmente nas mãos de Deus e continuar a trabalhar para o seu Reino, sem desanimar, confiantes da força e da graça que Ele nos dá. Ezequiel teve a coragem para continuar a sua missão; S. Paulo, perante a sua doença, que nos fala na segunda leitura, continuou a anunciar a Boa Nova da Salvação e Jesus continuou a anunciar o Reino de Deus até ao ponto de dar a sua vida na cruz.

Que o Senhor nos conceda sempre a força para anunciar a Boa Nova de Jesus Cristo aos nossos irmãos, sobretudo àqueles que não conhecem Deus. Se não nos derem atenção, a responsabilidade é deles. Nunca deixemos de ajudar os outros, sem esperar frutos a curto prazo. Perante as dificuldades e os fracassos, saibamos, como canta o salmista, ter os olhos levantados para o Senhor, até que se compadeça de nós.

GNR em trabalho no fim de semana

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções: 46 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 33 por condução sob o efeito do álcool;
  • Quatro por condução sem habilitação legal;
  • Três por tráfico de estupefacientes;
  • Um por posse de arma proibida.

 

  1. Apreensões:
  • 63 doses de haxixe;
  • 12 doses de heroína;
  • 3 doses de cocaína;
  • 4,9 gramas de liamba;
  • Uma arma branca;
  • Um bastão.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 468 infrações detetadas, destacando-se:

  • 112 por excesso de velocidade;
  • 63 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
  • 28 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 21 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 21 por infrações relacionadas com tacógrafos;
  • 19 por fata ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 10 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

 

Sinistralidade: 89 acidentes registados, destacando-se:

  • Um morto;
  • 32 feridos leves.

 

Mangualde celebra Dia dos Avós na Sra do Castelo

Celebra-se, a 26 de julho, o Dia dos Avós. Para assinalar a efeméride, o Município de Mangualde convida todos os seniores e avós do concelho, juntamente com os seus netos, a fazerem parte deste dia de grande animação! O Arraial decorrerá no Monte Nossa Senhora do Castelo, a partir das 11h00.

Este Dia dos Avós terá início com a celebração de eucaristia, pelas 11h00, seguida de uma bela tarde de convívio com troca de merendas e almoço, pelas 12h30. Segue-se animação popular, a partir das 14h00, e o momento do bolo dos avós acontecerá pelas 15h30. As crianças poderão ainda divertir-se nos insufláveis disponíveis neste espaço.

A participação nesta iniciativa é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia até 20 de julho, no Serviço de Ação Social da Câmara Municipal de Mangualde ou através dos contactos: 232 619 880, redesocial@cmmangualde.pt ou ssocial@cmmangualde.pt.

Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida, reconhecer o valor da sabedoria adquirida, não apenas nos livros, nem nas escolas, mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza. O Dia dos Avós comemora-se a 26 de julho, por ser o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

Pedro Machado reeleito Presidente do Turismo Centro de Portugal

Teve lugar nesta sexta-feira, a Assembleia Geral Eleitoral da Entidade Regional do Turismo do Centro de Portugal (TCP) onde foi reeleita a Comissão Executiva liderada por Pedro Machado para mais um mandato, que corresponde ao período 2018-23.

O ato eleitoral, que determinou a composição da Mesa da Assembleia Geral, da Comissão Executiva e do Conselho de Marketing, realizou-se em três mesas de voto, situadas em Aveiro, Guarda e Leiria.
A lista liderada por Pedro Machado foi a única a apresentar-se a sufrágio.
Votou 57% do universo do colégio eleitoral. Dos votos expressos em urna, 99% votou a favor.

“Agradeço a confiança reforçada que os autarcas, associações e empresários da região Centro de Portugal manifestaram na lista por mim apresentada, a qual traduz a representação dos 100 municípios, de todas as oito comunidades intermunicipais e dos principais movimentos associativos regionais e nacionais. Estão presentes todos os territórios que compõem a marca Centro de Portugal, ao mesmo tempo que há um aumento da representatividade das várias associações nos órgãos da Turismo Centro de Portugal”, sublinhou Pedro Machado.

“Tive a oportunidade de evidenciar as prioridades que identifiquei para este mandato, e que foram assim validadas Estas passam por consolidar o processo de crescimento turístico da região Centro de Portugal, prosseguindo a estratégia de promoção da marca Centro de Portugal a nível nacional e internacional; reforçar a aposta no turismo religioso, não só o católico, com Fátima, mas também o judaico, muito expressivo em territórios de baixa densidade e de fronteira; apostar noutros nichos de mercado que aproveitem as potencialidades do Centro de Portugal, como são o turismo ativo e desportivo, o turismo cultural e patrimonial ou o turismo de natureza; colocar a sustentabilidade como um desígnio do turismo no Centro de Portugal; e apostar decisivamente na qualificação dos agentes, serviços e produtos da área do turismo, de forma a reforçar a qualidade e diversidade da oferta e, através disso, combater a sazonalidade e aumentar a permanência média na região”, acrescentou.

Assim esta Comissão Executiva fica organizada da seguinte forma:

Comissão Executiva:
Pedro Manuel Monteiro Machado (Presidente)
João Nuno Ferreira Gonçalves Azevedo (Presidente da Câmara Municipal de Mangualde)
José Agostinho Ribau Esteves (Presidente da Câmara Municipal de Aveiro e da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro)
Maria do Céu de Oliveira Antunes Albuquerque (Presidente da Câmara Municipal de Abrantes e da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo)
Jorge Manuel da Silva Almeida (Vice-Presidente da AHRESP)

Mesa da Assembleia Geral: 
Presidente da Mesa: Luís Manuel dos Santos Correia (Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco)
Secretário da Mesa: Manuel Augusto Soares Machado (Presidente da Câmara Municipal de Coimbra e da Associação Nacional de Municípios Portugueses)

Conselho de Marketing:
Gonçalo Nuno Bértolo Gordalina Lopes (Vice-Presidente da Câmara Municipal de Leiria)
Pedro Miguel Ferreira Folgado (Presidente da Câmara Municipal de Alenquer e Presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste)
José Eduardo Arimateia Antunes (Grupo Visabeira)
António Luís Vaz da Veiga Camões (Associação da Hotelaria de Portugal)
Victor Jorge Paiva Leal (Presidente da Associação Termas de Portugal)
Paulo Alexandre Bernardo Fernandes (Presidente da ADXTUR – Associação das Aldeias do Xisto)
António dos Santos Robalo (Presidente da Aldeias Históricas de Portugal – Associação de Desenvolvimento Turístico)

Já a tomada de posse dos órgãos sociais vai decorrer às 15h00 da próxima sexta-feira, dia 13 de julho, no Hotel Casa da Ínsua, em Penalva do Castelo.

Período crítico de incêndios de 1 de julho a 30 de setembro

O Sistema Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios define um período crítico de incêndios, que vigora de 1 de julho a 30 de setembro.

Durante esse período é proibido:

Em espaços rurais
– Realizar fogueiras para recreio, lazer ou confeção de alimentos;
– Utilizar equipamentos de queima e de combustão para a iluminação ou confeção de alimentos;
– Queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração;
– Circular com máquinas de combustão interna e externa, sem estarem equipadas com dispositivos de retenção de faíscas e de tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés;
– Circular com máquinas de combustão interna e externa sem estarem equipadas com um ou dois extintores de 6 kg, consoante a sua massa;

 Em quaisquer espaços
– Efetuar queimadas para renovação de pastagens, eliminação de restolho e sobrantes de exploração cortados, mas não amontoados;
– Lançar balões de mecha acesa ou quaisquer tipos de foguetes;
– Realizar ações de fumigação ou desinfestação em apiários sem a utilização de dispositivos de retenção de faúlhas;

No interior dos espaços florestais ou nas vias que os delimitam ou os atravessam
– Fumar ou fazer lume de qualquer tipo.

Para mais esclarecimentos contate:
Telefone: 238 490 210
Telemóvel: 962 032 999 / 968 578 987
Email: geral@cm-gouveia.pt / gtf@cm-gouveia.pt / protecaocivi@cm-gouveia.pt

Órgãos concelhios tomaram posse no PSD de Mangualde

Decorreu no passado domingo, ao final da tarde, a tomada de posse da Comissão Política do PSD de Mangualde, com Luis Amaral o líder concelhio.

Estiveram presentes , o Secretário Geral do PSD,  José Silvano e do Presidente Distrital do PSD, Pedro Alves.

Rui Miguel continua no Ac.Viseu

Rui Miguel, um dos padrinhos do Fornos Youth Cup 2018, formado na AD Fornos de Algodres, depois de ter defendido as cores do Ac.Viseu na temporada passada, vai manter.se no Fontelo e renovou e já iniciou os trabalhos com o plantel visiense na II Liga.

Por:AP Foto:RM

Passeio de carros antigos em Fornos de Algodres

Acontece em Fornos de Algodres, domingo, 29 de julho, mais uma edição do Passeio de Carros Antigos, isto é , viaturas com mais de 20 anos.

Assim a concentração terá lugar na sede da Casa do Benfica, na central camionagem de Fornos de Algodres, segue-se o passeio por locais históricos do concelho, terminando com um almoço convivio.

As inscrições estão abertas .

IP3 vai ser reabilitada em breve

O primeiro-ministro, António Costa, presidiu na manhã, de segunda-feira,dia 2 de julho, à cerimónia de lançamento dos concursos de empreitada para a reabilitação do Itinerário Principal 3 (IP3) entre Coimbra e Viseu. A primeira intervenção, que já conta com projeto e avaliação de impacto ambiental, deverá arrancar em 2019, entre o nó de Penacova e o nó da Lagoa Azul, que abrange a zona mais crítica do IP3, na zona da Livraria do Mondego.

Por sua vez, João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde e Presidente do Conselho Regional, congratula-se com esta notícia, é para nós uma alegria e uma mais-valia para o nosso território receber esta confirmação. É uma intervenção há muito esperada, desejada e merecida. O Primeiro-ministro prometeu e cumpriu”. João Azevedo destaca ainda “O nosso Interior merece ter melhores condições para crescer e se desenvolver ainda mais. O nosso tecido económico, empresarial e industrial, bem como as populações, há muito que esperavam por esta intervenção”.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar