Templates by BIGtheme NET
Home » Distrito de Viseu (page 5)

Distrito de Viseu

GNR- Operação “Via Livre” Circulação rodoviária pela via mais à direita

Entre os dias 12 e 14 de abril, a Guarda Nacional Republicana (GNR), através de militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, irá realizar uma operação de fiscalização rodoviária em todo o Continente, no sentido de evitar a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda, sem que exista tráfego na via mais à direita das autoestradas e vias reservadas a automóveis e motociclos.

Tal conduta, provoca constrangimentos à segurança rodoviária e à fluidez do tráfego, o que muitas vezes motiva a ocorrência de comportamentos desviantes e o cometimento de outras infrações por parte dos restantes condutores, potenciando as ultrapassagens pela direita ou a redução brusca da velocidade, aumentando assim as possibilidades de ocorrência de acidentes.

No ambiente rodoviário, a GNR tem dedicado o seu esforço na consciencialização dos demais utentes da via para a não adoção de comportamentos de risco, que constituam uma ameaça para a segurança dos condutores, passageiros e peões, procurando assim reduzir os índices de sinistralidade.

IPSS de Mangualde foram ao Baile da Primavera na Misericórdia

Nesta quarta-feira, reuniram-se na Misericórdia de Mangualde os utentes do Centro Social e Paroquial de Chãs de Tavares, do Centro Paroquial de Cunha Baixa e do Complexo Paroquial de Mangualde, para celebrar a vinda da primavera, em formato de baile.

A festa teve início por volta 14h00 horas com a receção das IPSS convidadas; após a receção, os utentes apresentaram as animações preparadas para este dia, a que se seguiu o baile com todos os utentes, colaboradores e voluntários, sendo que a animação musical foi garantida pelo professor Vitor. Para terminar a bela tarde de convívio, no final realizou-se um lanche partilhado.

Por:SCMM

Mangualde recebeu Comandos do 88º Curso

No passado sábado, a cidade de Mangualde recebeu o 88º Curso de Comandos, que deu origem ao Batalhão 11, o último formando em Santa Margarida, passaram o dia por terras mangualdenses.
Após a receção no Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde pelo  Presidente João Azevedo ,aos cerca de 80 Comandos, seguiu-se um convívio numa unidade hoteleira da cidade.

Por:MM

A CCDR Centro assinou um protocolo com 14 entidades regionais

Foi assinado pela CCDR Centro , um protocolo com 14 entidades regionais para um projeto piloto que visa incrementar a circularidade nas compras públicas. As compras públicas circulares apresentam-se como um processo que permite às entidades públicas adquirir produtos, bens e serviços que tenham um impacto ambiental reduzido, procurando a diminuição de consumos de energia e materiais, evitando os impactos negativos e a produção de resíduos ao longo de todo o ciclo de vida.

Trata-se de um projeto inspirado nos Green Deals desenvolvidos na Holanda e que se inscreve na Agenda Regional de Economia Circular do Centro. O projeto conta com o apoio de uma equipa de peritos em compras públicas circulares pertencentes ao Ministério das Infraestruturas e Gestão da Água do Governo Holandês e será objeto de atenção por parte de consultores da OCDE, no contexto de uma ação piloto de Compras Públicas Estratégicas promovido pela Comissão Europeia.

Turismo do Centro satisfeito com distinções para a região nos prémios Guia Boa Cama Boa Mesa

A região Centro de Portugal aumentou o número de galardões atribuídos pelo “Guia Boa Cama Boa Mesa”. Este ano, foram distinguidos oito hotéis e três restaurantes situados no território do Centro de Portugal – mais dois hotéis do que em 2018.

Os prémios, atribuídos ontem à noite, confirmam assim a qualidade crescente da oferta do Centro de Portugal nas áreas da hotelaria e restauração.

Para a equipa do guia do jornal “Expresso”, oito dos 30 melhores alojamentos do país (mais de um quarto do total) estão localizados na região Centro de Portugal. Destes, destacou-se a Casas do Côro (Marialva, Mêda), que recebeu a Chave de Platina, troféu máximo que apenas distinguiu quatro unidades em todo o país.

Também na região, o H2otel Congress & Medical Spa (Unhais da Serra, Covilhã) e o Rio do Prado (Arelho, Óbidos) foram premiados com a Chave de Ouro. A Chave de Prata distinguiu o Areias do Seixo Charm Hotel (Mexilhoeira, Torres Vedras), o Luz Charming Houses (Fátima, Ourém), o Sapientia Boutique Hotel (Coimbra) – que repetem os prémios de 2018 – e as novidades Casa de São Lourenço – Burel Panorama Hotel (Manteigas) e Cooking & Nature – Emotional Hotel (Alvados, Porto de Mós).

A nível da restauração, foram premiados três projetos do Centro de Portugal. Com Garfo de Ouro, o “Boa Cama Boa Mesa” premiou o Mesa de Lemos (Silgueiros, Viseu) e o Rei dos Leitões (Mealhada). O Vallécula, em Valhelhas, Guarda, foi distinguido com um Garfo de Prata.

“O Turismo Centro de Portugal enaltece o dinamismo dos empresários da região, que ano após ano procuram diversificar e melhorar a qualidade das experiências que proporcionam a quem nos visita. Os resultados, de que estes prémios são apenas um exemplo, estão à vista. Mas esse esforço é visível todos os dias nas unidades de alojamento e nos restaurantes do Centro de Portugal, que estão ao nível das melhores práticas internacionais”, considera Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

Os prémios “Boa Cama Boa Mesa” são dos mais prestigiados no setor da restauração e hotelaria em Portugal, reconhecendo, desde 2013, unidades que se destacam no nosso país.

Sub-13 de Penalva e Sub-15 do Viso vão ao Jamor

Recentemente, o  Parque do Fontelo, em Viseu, recebeu  a fase regional da Festa do Futebol Feminino, organizada pela AF Viseu e a FPF. Assim foram muitas as atletas que representaram neste dia o distrito de Viseu.

Para a fase nacional, que decorre no Estádio do Jamor, qualificaram-se a equipa de sub-13 do Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo e a equipa de sub-15 da Escola Básica do Viso.

fotos:AFV

AFViseu- CA Molelos subiu e Mangualde está a um passo

Ronda 21- 1ªdivisão- sul

Jogou-se mais uma ronda da 1ªdistrital da AF Viseu, com o CA Molelos, orientado por João Lage, vencer o Nelas e carimbar o passaporte para a Divisão de honra, já o Mangualde ficou a um passo do play off da subida, dado que vai receber o Nelas na derradeira ronda e nesta ronda venceu pela margem mínima em Vila Chã de Sá.

Resultados:

Sl Nelas 0 – 1  Ca Molelos
Sc Nandufe 2 – 3 Moimenta Dão Fc
Besteiro Fc 1 – 1 Sc Santar
Os Ciências –Vale Madeiros Benfica
Sport Cabanas Viriato Benfica 1 – 3  Gd Santacombadense
Vila Chã Sá  0 – 1  Gd Mangualde
Lidera:CA Molelos e Mangualde 55pts

Mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância em Mangualde

Serei o que me deres…que seja amor”, é o mote da campanha que assinala o Mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância. O Município de Mangualde e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco de Mangualde associam-se à iniciativa e, à semelhança de anos anteriores, promovem diversas ações durante este mês de abril: workshops, uma caminhada, construção de laços azuis e uma exposição. O Agrupamento de Escolas de Mangualde, o 5 Sentidos (Espaço de Reabilitação e Intervenção Psicoeducacional), bem como empresas e IPSS’s do concelho, também apoiam a campanha.

 No dia 15 de abril, pelas 18h30, educadores de infância, pais de crianças até ao 1º ciclo e população em geral, são convidados a participar no workshop “Como motivar o seu filho para a aprendizagem!”. Nesta sessão, a acontecer no Auditório da Câmara Municipal de Mangualde, pretende-se abordar algumas dicas práticas com o intuito de ajudar as crianças/jovens a conseguirem utilizar um método de estudo mais eficiente; a gerirem melhor o seu tempo; a melhorarem as competências leitoras e matemáticas com estratégias lúdicas; e motivá-las para a aprendizagem.

Já no dia 29 de abril, pelas 18h00, será abordado o tema “Sinais de alerta no desenvolvimento infantil em contexto pré-escolar!”. O workshop é dirigido a pais, educadores de infância e à população em geral e decorrerá no Auditório da Câmara Municipal de Mangualde. Compreender o processo de desenvolvimento normativo da criança; identificar etapas de desenvolvimento fundamentais à aquisição de competências; identificar sinais de alerta no domínio comportamental, psicomotor, linguístico e emocional; compreender o  impacto destes sinais de alerta na adaptação e aprendizagens aquando da entrada no 1º ciclo e ao longo do desenvolvimento; identificar as principais perturbações do neurodesenvolvimento na idade pré-escolar; pensar em estratégias práticas para pais e educadores; e abordar a importância da intervenção precoce e especializada, serão os objetivos desta sessão.

Uma caminhada, pelas 14h00 (concentração Arruamento Estádio Municipal), e a construção Laço Azul Humano, pelas 15h00 (Largo Dr. Couto), findam a campanha, no dia 30 de abril.

Durante este mês de abril, as empresas aderentes são também convidadas a exporem laços azuis. Esta campanha do Laço Azul começou precisamente como uma homenagem de uma avó ao seu neto vítima de maus-tratos e expandiu-se a muitos países, que usam as fitas azuis em memória daqueles que morreram como resultado de abuso infantil e como forma de apoiar as famílias e de fortalecer as comunidades nos esforços necessários para prevenir o abuso infantil e a negligência.

PROGRAMA

Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância

15 de abril

18h30 | Workshop “Como motivar o seu filho para a aprendizagem!”

Público Alvo: educadores de infância, pais de crianças até ao 1º ciclo e população em geral

Auditório da Câmara Municipal de Mangualde

29 de abril

18h00 | Workshop “Sinais de alerta no desenvolvimento infantil em contexto pré-escolar!”

Público Alvo: pais, educadores de infância e população em geral

Auditório da Câmara Municipal de Mangualde

30 de abril

14h00 | Caminhada (concentração Arruamento Estádio Municipal)

15h00 | Construção Laço Azul Humano (Largo Dr. Couto)

Durante o mês de abril

Exposição de laços azuis nas empresas do concelho

Atividade operacional semanal da GNR

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 29 de março e 4 de abril, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

1.    Detenções: 343 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·         144 por condução sob o efeito do álcool;

·         91 por condução sem habilitação legal;

·         24 por tráfico de estupefacientes;

·         13 por violência doméstica;

·         10 por furtos e roubos;

·         10 por posse de arma proibida;

·         Cinco por invasão de recinto;

·         Dois por falsificação;

·         Um por incêndio florestal.

 

2.    Apreensões:

·         2 milhões e 208 mil cigarros;

·         90 811 doses de haxixe;

·         63 doses de heroína;

·         36 doses de cocaína;

·         20 doses de liamba;

·         1193 munições de diversos calibres;

·         17 veículos;

·         30 armas de fogo;

·         23 armas brancas;

·         12 930 quilos de bivalves;

·         4 339 quilos pescado;

·         6 200 euros em numerário.

 

3.    Trânsito:

Fiscalização: 10 772 infrações detetadas, destacando-se:

·         2 539 excessos de velocidade;

·         735 por falta de inspeção periódica obrigatória;

·         529 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

·         534 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

·         402 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·         368 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·         399 relacionadas com tacógrafos;

·         290 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Mangualde faz um investimento superior a 1,1 milhões de euros, na rede viária, ambiente e património religioso

Na tarde , desta quinta-feira,  Carlos Miguel, Secretário de Estado da Administração Local, esteve  em Mangualde, acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, assinaram, com a Paróquia de Santiago de Cassurrães, um contrato programa para a requalificação de património religioso do concelho, inauguraram a obra de reabilitação da EN329-2 e lançaram a primeira pedra da ETAR de Abrunhosa-a-Velha. Intervenções, que na sua globalidade, representam um investimento superior a 1,1 milhões de euros.

REQUALIFICAÇÃO DA CAPELA DO CALVÁRIO

Começaram a visita ao concelho de Mangualde com a assinatura de um contrato Programa de Equipamentos – Subprograma SP2 relativo à Ermida Nossa Senhora de Cervães. Ao abrigo deste programa será efetuada a requalificação da Capela do Calvário, na União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, e toda a área envolvente. Esta intervenção representa um investimento de 100 mil euros, sendo 50% da responsabilidade da Administração Central. João Azevedo sublinha que esta é “uma decisão que vem beneficiar o património religioso do nosso concelho”. Realça ainda que se tratar de “uma ação conjunta da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, da Paróquia de Santiago de Cassurrães, da Irmandade da Capela do Calvário, do Governo e da Câmara Municipal de Mangualde, para reabilitar, valorizar e preservar o património construído pelos nossos antepassados.”

 

REABILITAÇÃO DA EN329-2, TROÇO ENTRE PÓVOA DE CERVÃES E ABRUNHOSA-A-VELHA

De seguida foi inaugurada a obra de reabilitação da EN329-2, no troço entre Póvoa de Cervães e Abrunhosa-a-Velha. A requalificação da Estrada Nacional 329-2 contou com um orçamento de 762 mil euros, sendo que a Administração Central comparticipou com 60% do valor total. Os restantes 40% foram financiados pela autarquia mangualdense, que também foi responsável por realizar a intervenção. Para o presidente da Câmara Municipal de Mangualde este é “um dia feliz e histórico para as duas Freguesias (Freguesia de Abrunhosa-a-Velha e União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães), este é um sonho antigo destas populações que agora é concretizado, é uma obra que muitos diziam que nunca iria ser feita. É mais um compromisso do Governo para com Mangualde, que se concretizou.

 

LANÇAMENTO DA PRIMEIRA PEDRA DA ETAR DE ABRUNHOSA-A-VELHA

A tarde terminou com o lançamento da primeira pedra da ETAR de Abrunhosa-a-Velha. Esta obra representa um investimento de 273 mil euros e faz parte de um investimento global de mais de 7 milhões de euros em Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que Mangualde está a efetuar no concelho. Um investimento que vem solucionar problemas de décadas no que respeita ao ambiente. Em causa estão mais de uma dezena de ETAR, no total, dotadas das mais avançadas tecnologias para o tratamento de efluentes. Para João Azevedo, este é o virar de mais uma página do livro que está a perpetuar a revolução ambiental no concelho de Mangualde. Mais uma ETAR que está a ser construída para dar mais qualidade de vida às populações”

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar