Templates by BIGtheme NET
Home » Distrito de Viseu (page 85)

Distrito de Viseu

AF Guarda com grande prestação no Interassociações sub-15

17522650_1010553029081651_724111293069594471_n AF Viseu na 14ªa posição

Depois de três dias de glória, a AF Guarda saiu derrotada na reta final da prova pela AF Viseu  por 5-4. André Mendes rubricou um  “hat-trick”, Guilherme Faria e Gonçalo Almeida também marcado pelos viseenses.

Pela AF Guarda, reduziram Miguel Gomes, que celebrou com hat-trick, e Francisco Lageo, mas foi insuficiente para vencer.

Ainda assim grande participação dos egitanienses neste torneio onde demonstrou que a formação vai sendo trabalhada já com qualidade acima da média.

Nas contas finais do torneio, total supremacia da seleção de Lisboa, a única a vencer todos os jogos que disputou, registo ao qual junta o de melhor ataque e defesa do torneio. O prémio de melhor marcador foi dividido entre os lisboetas Diogo Furtado e André Cruz, que apontaram 12 golos cada. O pódio ficou fechado pelo portuense Renato Silva, autor de 11 remates certeiros.

1ºAF Lisboa- 12 pts

2ºs AF Porto, AF Leiria, AF Guarda -9ts

…… 14º AF Viseu-4pts

Por: AFATV, AFG, AP

 

Avisos e Boletim da Unidade Pastoral Fornos de Algodres

t-igrejaDomingo de Ramos

A liturgia deste Domingo de Ramos convida-nos a contemplar esse Deus que, por amor, desceu ao nosso encontro, partilhou a nossa humanidade, fez-se servo dos homens, deixou-se matar para que o egoísmo e o pecado fossem vencidos. A cruz, que a liturgia deste domingo coloca no horizonte próximo de Jesus, apresenta-nos a lição suprema, o último passo desse caminho de vida nova que, em Jesus, Deus nos propõe: a doação da vida por amor.

Ano A - Tempo da Quaresma - Domingo de Ramos - Folheto Dominical

A primeira leitura apresenta-nos um profeta chamado por Deus a testemunhar no meio das nações a Palavra da salvação. Apesar do sofrimento e da perseguição, o profeta confiou em Deus e concretizou, com teimosa fidelidade, os projetos de Deus. O profeta não se demite: a paixão pela Palavra sobrepõe-se ao sofrimento e mostra toda a sua confiança no Senhor, que não abandona aqueles a quem chama. A certeza de que não está só, mas de que tem a força de Deus, torna o profeta mais forte do que a dor, o sofrimento, a perseguição. Por isso, o profeta “não será confundido”. Os primeiros cristãos viram neste “servo” a figura de Jesus.

A segunda leitura apresenta-nos o exemplo de Cristo. Ele prescindiu do orgulho e da arrogância, para escolher a obediência ao Pai e o serviço aos homens, até ao dom da vida. É esse mesmo caminho de vida que a Palavra de Deus nos propõe. Jesus não deixou de ser Deus; mas aceitou descer até aos homens, fazer-Se servidor dos homens, para garantir vida nova para os homens. Esse “abaixamento” assumiu mesmo foros de escândalo: Jesus aceitou uma morte infamante, a morte de cruz, para nos ensinar a suprema lição do serviço, do amor radical, da entrega total da vida. No entanto, essa entrega completa ao plano do Pai não foi uma perda nem um fracasso: a obediência e entrega de Cristo aos projetos do Pai resultaram em ressurreição e glória. Em consequência da sua obediência, do seu amor, da sua entrega, Deus fez d’Ele o “Kyrios” (“Senhor”).

O Evangelho convida-nos a contemplar a paixão e morte de Jesus: é o momento supremo de uma vida feita dom e serviço, a fim de libertar os homens de tudo aquilo que gera egoísmo e escravidão. Na cruz, revela-se o amor de Deus – esse amor que não guarda nada para si, mas que se faz dom total.

A morte de Jesus tem de ser entendida no contexto daquilo que foi a sua vida. Desde cedo, Jesus apercebeu-se de que o Pai O chamava a uma missão: anunciar esse mundo novo, de justiça, de paz e de amor para todos os homens. Para concretizar este projecto, Jesus passou pelos caminhos da Palestina “fazendo o bem” e anunciando a proximidade de um mundo novo, de vida, de liberdade, de paz e de amor para todos. Ensinou que Deus era amor e que não excluía ninguém, nem mesmo os pecadores; ensinou que os leprosos, os paralíticos, os cegos, não deviam ser marginalizados, pois não eram amaldiçoados por Deus; ensinou que eram os pobres e os excluídos os preferidos de Deus e aqueles que tinham um coração mais disponível para acolher o “Reino”; e avisou os “ricos” (os poderosos, os instalados), de que o egoísmo, o orgulho, a auto-suficiência, o fechamento só podiam conduzir à morte. O projeto libertador de Jesus entrou em choque, como era inevitável, com a atmosfera de egoísmo, de má vontade, de opressão que dominava o mundo. A morte de Jesus é a consequência lógica do anúncio do “Reino”: resultou das tensões e resistências que a proposta do “Reino” provocou entre os que dominavam.

Temos a coragem de fazer da nossa vida uma entrega radical ao projecto de Deus e à libertação dos nossos irmãos? O que é que ainda entrava a nossa aceitação de uma opção deste tipo?

Por:Párocos da UPFA

Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e Juventude em Penalva

 e9c9e1e607c018716b5affd1720bbf27_XLA Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Penalva do Castelo (CPCJ), em articulação com a Câmara Municipal e o Agrupamento de Escolas vai associar-se, pelo quinto ano consecutivo, às campanhas nacionais levadas a cabo no âmbito do mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e Juventude, assinalado em abril de cada ano.

O conjunto de atividades a desenvolver tem como enquadramento a História do Laço Azul de Bonnie W. Finney, uma avó que no ano de 1989, na Virgínia, colocou uma fita azul na antena do seu carro para que as pessoas se questionassem sobre o seu significado. Para esta avó, o azul simbolizava os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos, em que um deles inclusivamente morreu, na sequência dos maus-tratos físicos perpetrados pela sua mãe e namorado.

A campanha “Só o coração pode bater” será lançada no dia 03 de abril, com ações de sensibilização e distribuição de material a realizar nas escolas, instituições públicas e privadas do concelho.

Para os alunos desde o ensino Pré-Escolar ao 3º ciclo do ensino básico será lançado o repto para participarem na atividade “Fotografia de Família”, que consiste no envio de uma selfie familiar para o e-mail da CPCJ e em que as melhores fotografias darão corpo a uma exposição a realizar no Dia Internacional da Família, celebrado a 15 de maio. Esta atividade tem como principal propósito promover a parentalidade positiva, reforçar os laços familiares, propiciar momentos felizes em família e valorizar a família enquanto célula fundamental do desenvolvimento da criança e do jovem.

De 19 e 28 de abril, a equipa da Biblioteca Municipal levará aos estabelecimentos de ensino do Pré-Escolar e 1º CEB a dramatização da história infantil “Dá-me um abraço”, de John A. Rowe, de forma a abordar-se o tema dos afetos e da inclusão social junto deste público.

No dia 22 de abril, em colaboração com o Gabinete de Desporto, Juventude e Tempos Livres da Câmara Municipal irá realizar-se a III Caminhada Azul, em que em diferentes pontos da mesma será proposta uma pequena atividade para que os participantes possam realizar em família, alusiva aos direitos da criança.

De 24 a 28 de abril será realizada por algumas turmas do 3º CEB uma dramatização que versará sobre a problemática da “Violência no Namoro”, com o objetivo de que os alunos possam construir finais sem violência para relações patenteadas por episódios de violência.

Como forma de assinalar o Dia Municipal para a Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e Juventude, celebrado a 24 de abril, irá realiza-se uma exposição de laços azuis trabalhados pelos estabelecimentos de ensino, na Fonte dos Namorados, em Penalva do Castelo.

Por:Mun.PC

2.ª Festa Literária “Elos de Leitura” em Nelas

elosA 2.ª Festa Literária “Elos de Leitura” vai realizar-se de 20 a 27 de Abril 2017, no Concelho de Nelas, numa organização conjunta da Rede de Bibliotecas de Nelas, com o apoio da Câmara Municipal de Nelas, Agrupamentos de Escolas de Nelas e Canas de Senhorim e Fundação Lapa do Lobo. Esta iniciativa pretende difundir a ideia de que a leitura é essencial, que suporta e ilustra a diferença, o pluralismo e a multiculturalidade, criando elos de informação e de compreensão que nos ajudam a lidar com a heterogeneidade do ser humano, aceitando os valores universais, na construção de sociedades inclusivas. Visa ainda desmistificar a ideia de que ler é só para alguns e de que é possível ler em todo o lado e de diferentes maneiras.

Programa_Elos_Leitura_2017

Este ano o tema escolhido é a “liberdade”, destacando-se a Banda desenhada nas diversas exposições que vão decorrer nas diferentes bibliotecas da Rede, iniciativa que conta com o apoio do GICAV de Viseu, bem como uma feira do livro de Banda Desenhada e livros sobre a liberdade a realizar na Biblioteca Municipal.

O mercado de troca de livros “Livra-te” é mais uma novidade para esta edição e vai decorrer na Fundação Lapa do Lobo, no dia 22 de abril. Pelas ruas de Nelas e de Canas de Senhorim todos serão surpreendidos com frases que farão parte das montras dos estabelecimentos comerciais, e com momentos poéticos em espaços públicos. Este ano, comboio literário, sentido Nelas-Coimbra e Coimbra-Nelas, vai contar com momentos de música e poesia pelos Leitores do Fraque que mais uma vez irão “cobrar” leituras aos mais distraídos e que presentear os passageiros com momentos bastante agradáveis.

Crianças e adultos irão partir para as ruas, recolhendo palavras esquecidas, na Oficina “Recoletores de palavras” e o autor Miguel Horta apresentará poemas com uma leve pitada de sal, no seu livro “Rimas Salgadas”.

No dia 22, para os mais pequeninos, bebés, será reservada uma Oficina de livros na Biblioteca Municipal António Lobo Antunes que promete muita criatividade e dinâmica. No dia 23, as famílias poderão também assistir ao espetáculo “O TPC do Gaspar: Heróis de Portugal”, uma viagem pelos episódios mais divertidos na nossa história.

A literatura estará também presente no teatro, com a peça “Amá-la com Histórias da Beira”, sobre as obras de Aquilino Ribeiro e “Auto da Barca do Inferno” de Gil Vicente, e na Música, no dia 24, com o espectáculo “Ailé!Ailé!”de poesia e canções que nos farão recordar Zeca Afonso e o 25 de abril.

Para os séniores está preparado o espetáculo de música e poesia “Acorde da Liberdade” e o cinema marcará presença com a exibição das “curtas de liberdade”.

Porque falar de livros e de literatura é também falar de escritores e ilustradores, o encontro está marcado com Miguel Horta, para apresentação do seu livro “Rimas Salgadas”,  com João Ricardo Pedro, autor prémio Leya 2011 e com o ilustrador de Banda Desenhada, Luís Belo. Paralelamente, decorre até 13 de abril, um concurso de Banda Desenhada destinado a crianças e adultos intitulado “Desenha a liberdade”.

Por:Mun.Nelas

Mangualde acolheu o Concerto Musical – Introitus Ensemble Vocal

0con1No passado sábado, a Igreja Paroquial de Mangualde acolheu o Concerto Musical – Introitus Ensemble Vocal e narração de Ricardo Carriço. O espetáculo, integrado na programação da Páscoa em Mangualde 2017, contou com a presença do Vereador da Cultura da autarquia mangualdense, João Lopes. No domingo, realizou-se uma Via Sacra no Monte Senhora do Castelo, à qual se seguiu a celebração eucarística na Igreja da Nª Sr.ª do Castelo.

A Páscoa em0con Mangualde é uma organização da Câmara Municipal de Mangualde e da Paróquia de Mangualde, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Mangualde e do Centro Cultural e Recreativo de Santo Amaro de Azurara e decorre até 16 de abril com um programa dedicado ao efeito.

CONCERTOS, VIA SACRA, CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICAS, BÊNÇÃO DE RAMOS, AMENTAR DAS ALMAS E VIGÍLIA PASCAL FAZEM PARTE DA PROGRAMAÇÃO

Neste sábado, dia 8, o Largo da Igreja da Misericórdia acolhe o Amentar das Almas pelo Grupo de Cantares de Santo Amaro de Azurara, Grupo de Cantares de Alcofra, Vouzela, Grupo de Cantares Amigos de Macieira, Águeda, Grupo de Cantares de Proença-a-Velha, Banda Filarmónica de Abrunhosa-a-Velha, Banda Filarmónica de Lobelhe, Banda Filarmónica de Vila Cova e Banda Filarmónica de Tibaldinho. O Domingo de Ramos terá dois momentos especiais. Às 11h00 decorrerá a bênção dos Ramos, seguida de Procissão e Missa Solene, na Igreja de Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo) e às 16h30, o Concerto Musical pela Orquestra de Câmara da Banda de Música da GNR, na Igreja Paroquial de Mangualde.

Na 5ª feira santa, dia 13, a Igreja Paroquial de Mangualde acolhe, às 21h00, a M0.1conissa da Ceia do Senhor, e na 6ª feira, realizar-se-á uma Via Sacra na cidade de Mangualde, pelos Escuteiros de Mangualde e pelos Escuteiros de Ranhados, Viseu. A via sacra sai da Igreja Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo), às 21h30, e irá até à Igreja Paroquial de Mangualde. A Vigília Pascal realiza-se no sábado, dia 15, às 21h30, terminando as celebrações com a missa solene do domingo de páscoa, às 11h00, na Igreja Paroquial de Mangualde.

 PROGRAMA | PÁSCOA EM MANGUALDE’17

8 de abril

21h30 | Amentar das Almas

Grupo de Cantares de Santo Amaro de Azurara; Grupo de Cantares de Alcofra, Vouzela; Grupo de Cantares Amigos de Macieira, Águeda; Grupo de Cantares de Proença-a-Velha; Banda Filarmónica de Abrunhosa-a-Velha; Banda Filarmónica de Lobelhe; Banda Filarmónica de Vila Cova; Banda Filarmónica de Tibaldinho.

Largo da Igreja da Misericórdia

 

9 de abril

Domingo de Ramos

11h00 | Bênção dos Ramos, seguida de Procissão e Missa Solene.

Igreja de Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo)

16h30 | Concerto musical – Orquestra de Câmara da Banda de Música da GNR

Igreja Paroquial de Mangualde

 

13 de abril

21h00 | Missa da Ceia do Senhor

Igreja Paroquial de Mangualde

 

14 de abril

21h30 | Via Sacra

Na cidade de Mangualde, pelos Escuteiros de Mangualde e pelos Escuteiros de Ranhados, Viseu.

Percurso: Igreja Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo) até À Igreja Paroquial de Mangualde

 

15 de abril

21h30 | Vigília Pascal

 

16 de abril

Domingo de Páscoa

11h00 | Missa solene

Igreja Paroquial de Mangualde

Por:Mun.Mangualde

V Jornadas da Misericórdia em Mangualde

Vai ter lujorn misericogar, no mês de maio, a quinta edição das jornadas da Misericórdia, na Biblioteca Municipal de Mangualde, a 19 de maio.

Sob o tema: Portugal Interior, UMA GERAÇÃO DEPOIS”
Setor social, factos, desafios e escolhas…

Dentro de um quarto de século, uma nova geração habitará e trabalhará em Portugal. A demografia, em particular no interior de Portugal, levará a mudanças substanciais nas nossas vidas. Provavelmente, se nada for feito, o interior de Portugal continuará a esvaziar-se de pessoas e o setor da economia social passará por um enorme processo de transformação, que o adeque às necessidades de uma época necessariamente diferente das de hoje.
Fruto de uma época de grande velocidade e volatilidade, antevemos um futuro desconhecido e incerto, onde os desafios na área social serão enormes e as escolhas inevitáveis.
Cientes das exigências que o futuro nos reserva, pretendemos que estas jornadas sejam consequentes, ajudando-nos a perspetivar o futuro e a fazer as escolhas que melhor se adequem às necessidades dos nossos territórios.

Por:Santa Casa da Misericórdia de Mangualde

Nelas acolhe Rali Vinho do Dão

Rali Vinh17021722_1862489410690056_9042852272457700829_no do Dão é a primeira prova do Campeonato Regional Centro Jorge Amorim

É já neste fim-de-semana de 7 e 8 de Abril que o Clube Automóvel do Centro coloca na estrada a primeira prova do Campeonato Regional Centro Jorge Amorim: o Rali Vinho do Dão. A prova será composta por oito especiais de classificação que totalizam 80,48 quilómetros contra o cronómetro sendo a que terá 135,81 quilómetros de extensão. O Rali será ainda pontuável para a Taça Nacional de Ralis Terra. A prova arranca na sexta-feira, dia 7 de Abril com a realização da Super Especial pelas 21h.

Por:Mun.Nelas

Caminhada Solidária e a Construção do Laço Azul Humano em Mangualde

laço 2017.. Teve lugar, a Caminhada Solidária e a Construção do Laço Azul Humano, símbolo da campanha contra os maus-tratos infantis, no âmbito da Comemoração do Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância que decorre este mês de abril.

A ação, que decorreu no Largo Dr. Couto, foi organizada pela CPCJ de Mangualde em parceria com a Câmara Municipal de Mangualde e com o Agrupamento de Escolas de Mangualde

 CAMINHADA CONTOU COM A PARTICIPAÇÃO DE DOIS MIL ALUNOS

Esta caminhada, que contou com a participação de dois mil alunos, realizou-se com o intuito de alertar e sensibilizar os participantes e a comunidade em geral para as questões da violência e maus-tratos na infância e para a importância da prevenção destas situações. Para além dos alulaço 2017nos, participaram ainda professores e assistentes operacionais do Agrupamento de Escolas de Mangualde, bem como os alunos da Universidade Sénior, as Equipas da RLIS e do CLDS3G de Mangualde. Associaram-se ainda às comemorações do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, os Senhores Padres do Arciprestado de Mangualde, o Comércio e a Indústria Local e a Comunicação Social Local. A caminhada e o laço azul humano contaram ainda com o apoio da GNR e dos Bombeiros Voluntários de Mangualde.

 ENVOLVIMENTO INTERGERACIONAL

Promovendo um envolvimento intergeracional, também os seniores do Concelho de Mangualde, com a supervisão das IPSS da Associação de Solidariedade Social de Contenças de Baixo, Centro Paroquial de Alcafache, Centro Paroquial de Chãs de Tavares, Centro Paroquial da Cunha-Baixa, Centro Social e Paroquial de Abrunhosa-a-Velha e Centro Social e Paroquial de Fornos Maceira Dão, os alunos da Universidade Sénior, os alunos do 11º K e 11º H e o Projeto “Bons Velhos Tempos”, uniram esforços para em conjunto preparar centenas de laços para a campanha do Laço Azul. Estes laços azuis, feitos com carinho pelos seniores, distribuídos pela comunidade como um lembrete constante da luta na proteção das crianças contra os maus-tratos, numa iniciativa de sensibilização e oportunidade para nos lembrarmos da nossa responsabilidade coletiva e comunitária para a prevenção dos maus tratos.

 CAMPANHA DO LAÇO AZUL

A campanha do Laço Azul começou precisamente como uma homenagem de uma avó ao seu neto vítima de maus-tratos e expandiu-se a muitos países que usam as fitas azuis em memória daqueles que morreram como resultado de abuso infantil e como forma de apoiar as famílias e fortalecer as comunidades nos esforços necessários para prevenir o abuso infantil e a negligência.

ALUNOS CONVIDADOS A REFLETIR

Também os alunos do Agrupamento de Escolas de Mangualde foram convidados a refletir sobre a problemática, e num trabalho conjunto com os seus professores, elaboraram frases, que pretendem despertar as consciências de cada cidadão e da comunidade relativamente aos maus-tratos contra as crianças e sua prevenção. Estas frases foram lidas no final da Caminhada e irão estar afixadas durante todo o mês de abril, no átrio da Câmara Municipal de Mangualde:

 –  “Que as nódoas negras sejam apenas sinal de brincadeira e não de maus-tratos.  Amar e não maltratar.” – 2º F

  • “Não gosto quando as crianças ficam presas nos quartos e amarradas às camas. Mas gosto quando as crianças ficam presas num abraço cheio de amor e carinho.” – 3º E
  • “A alma, a mente e o corpo das crianças não devem ter nódoas negras de maus tratos porque se as tiverem são infelizes e vão ser adultos frágeis, tristes e com medos. As cicatrizes ficam lá dentro.” – 4.ºA       
  • “A violência não deve ser praticada por nenhum cidadão do Mundo.” –  5ºF
  • “Se sofreres de maus tratos, não tenhas vergonha de pedir ajuda.” – 7ºE
  • “Criança não é brinquedo sente frio, fome e medo.” – 8ºG
  • “A violência é a arma dos fracos e cobardes. Sê forte: diz não à violência!” – 8º CEFA
  • “Digo NÃO a qualquer forma de VIOLÊNCIA! Digo SIM à DIGNIDADE física, psicológica e moral!”– 8º PIEF
  • “Uma criança é uma luz que os maus tratos podem apagar!”- 9ºE
  • “Ris-te de uma criança, gozas com ela e ela ri-se contigo, porque a INOCÊNCIA dela é maior do que a tua IGNORÂNCIA.” – 9ºG
  • “As crianças são frágeis e têm coração; elas querem amor e não solidão.” – 10ºA
  • “Dá cor ao mundo de uma criança, não lhe tires a infância!” – 10ºC
  • “Não nasci para ser aliado, cúmplice do silêncio, esse que engana, esconde, ilude, (…). Nasci para brincar, ser feliz e aproveitar a vida” – 11ºA
  • “Educa com carinho, não mostres outro caminho.” – 11ºB
  • “A violência é o último refúgio do incompetente” – Isaac Asimov – 12ºH
  • “A violência infantil deixa marcas irreparáveis: destrói a dignidade e a liberdade do ser humano.” – 12ºI

Por:Mun.Mangualde

Jovem Eros Quiaios eleito Vice-Presidente da Direção da ANJAS

erosRealizou-se na cidade de Peniche, no âmbito do Fórum das Organizações Autónomas da Juventude Socialista (JS), a Assembleia Geral que elegeu os Órgãos Sociais da Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas (ANJAS) para o biénio 2017/2018.

Eros Quiaios, natural do concelho de Trancoso, foi eleito Vice-Presidente da Direção da ANJAS, tornando-se assim, o primeiro representante na história do distrito da Guarda a integrar o órgão executivo máximo desta organização. O jovem trancosense, antigo Presidente da JS Trancoso, atual Comissario Nacional da JS e Representante da JS na Comissão Política Distrital do PS Guarda, desempenhará um papel fulcral na preparação do projeto autárquico nacional da JS. Do distrito da Guarda, foram ainda eleitos para o Conselho Geral desta organização, a Sara Videira (Pinhel) e o Luís Condesso (Figueira de Castelo Rodrigo).

Numa primeira reação após a eleição, Eros Quiaios afirma:

“Chegou o momento dos jovens portugueses participarem ativamente na definição e construção das suas freguesias e municípios. Desta forma, as nossas prioridades vão ser: a efetiva implementação da ANJAS em todo o território nacional, a consolidação do papel dos jovens na política local e a promoção do seu âmbito de atuação transversal e multidisciplinar. Pretendo fazer tudo para corresponder às expectativas e à confiança em mim depositadas, nunca esquecendo as minhas origens, Trancoso e o meu querido distrito da Guarda, dos quais muito me orgulho e para os que como até agora, sempre estarei disponível.”

Destaca-se ainda desta eleição o facto dos 55 dirigentes que foram ontem a votos terem sido eleitos na mesma proporção, mulheres e homens – feito inédito na história dos Órgãos Nacionais da JS – facto que pretende servir como exemplo para os vários quadrantes da sociedade.

 

Luis Soares, novo Presidente da ANJAS, diz mais :

“Quando assumi este projeto de dimensão nacional encarei, como prioridade pessoal na constituição da equipa a acompanhar-me durante os próximos dois anos, que mulheres e homens estivessem no mesmo número. A igualdade de género é uma questão de princípio e tem sido uma causa que vem ao longo dos tempos a ser travada pelas mulheres, mas que é, e deve ser, uma causa de todos nós. Mulheres e homens têm de estar unidos na transformação da nossa sociedade, tornando-a tão justa e igualitária quanto ambicionamos.”

A Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas, organização autónoma integrada na Juventude Socialista, responsável pelo projeto autárquico desta estrutura, para além de ter feito história com a eleição paritária dos Órgãos Sociais, foi mais longe e conseguiu fazer representar todo o território continental e respetivas regiões autónomas nos seus órgãos, constituindo assim uma equipa verdadeiramente abrangente e representativa das preocupações e anseios de todos os portugueses.

O líder dos jovens autarcas socialistas, no seguimento do feito inédito conseguido, refere:

“Sendo nós uma organização que tem como objetivo corresponder aos anseios e preocupações das populações, quer nas suas freguesias ou municípios, não há outra forma de o fazer senão conhecendo de perto as suas realidades e necessidades. Por isso e para isso, tivemos a preocupação de garantir a plena representatividade do território nacional, dando assim mais um passo através dos ideais que nos movem.”

 

Luis Soares, foi eleito Presidente da Direção da ANJAS, acumulando esse cargo com o de Presidente da Federação Distrital de Viseu da JS, Representante da JS na Comissão Política Nacional do PS e membro do Secretariado Nacional da JS. Marcelo Guerreiro, o único jovem autarca socialista que exerce funções como Presidente de Câmara Municipal, neste caso de Ourique, é o novo Presidente da Mesa da Assembleia Geral. Joana Bento, jovem candidata à Presidência da Câmara Municipal do Fundão, foi eleita Presidente do Conselho Fiscal. Para além destes órgãos, existe ainda o Conselho Geral da ANJAS, composto por quarenta membros.

No que concerne aos novos dirigentes da organização, Luis Soares garante:

“Termos jovens como o Marcelo Guerreiro e a Joana Bento, que desempenham ou pretendem desempenhar funções de liderança num município, engrandece e valoriza a nossa estrutura. É uma verdadeira honra contar com eles, um enquanto Presidente da Mesa da Assembleia Geral e outro como Presidente do Conselho Fiscal da ANJAS. São uns dos melhores exemplos de jovens autarcas que temos, onde nas dificuldades, encontram oportunidades para transformar as suas regiões e a melhoria das condições de vida das suas populações.”

Em conjunto com a eleição dos seus novos órgãos sociais foi apresentado, discutido e aprovado o plano estratégico da organização que pretende capacitar, formar, valorizar e apoiar os jovens socialistas que integram ou pretendem integrar listas nas próximas eleições autárquicas. Importa referir que para estas eleições o PS recomendou uma quota de, no mínimo, 20% dos membros das listas serem jovens com menos de 35 anos.

A propósito desta recomendação, o Presidente da ANJAS, comenta:

“Não nos contentemos com esta recomendação, sejamos mais ambiciosos, porque a mesma, não reflete em nada a geração a que pertencemos, visto ser a mais qualificada de sempre do nosso país. A realização de grandes projetos, por vezes, só está à distância de uma oportunidade. Logo é essa a oportunidade e confiança que queremos que nos seja dada, envolvendo-nos no projeto autárquico como sinal de reconhecimento do trabalho diário que, enquanto a maior juventude partidária do nosso país, desenvolvemos em prol das nossas populações.”

Em jeito de conclusão, o líder nacional dos jovens autarcas socialistas afirma:

“Conto com as ideias e a participação de todos para que, no próximo dia 1 de outubro de 2017, celebremos não só uma grande vitória autárquica do Partido Socialista, mas sobretudo, uma grande vitória de todos os jovens portugueses.”

Mangualde requalifica algumas artérias

mmlogoComeçaram as obras para pavimentação da estrada entre o cruzamento de Cubos e Bogalhais, na União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta. Esta empreitada está inserida no conjunto de investimentos que se estão a suceder que fazem parte do Plano de Investimentos do Município. No valor de 7 milhões de euros, estas intervenções assegurarão, na sua maioria, uma melhoria/requalificação da rede viária municipal em várias estradas municipais do concelho e na rede de infraestruturas.

 

PAVIMENTAÇÃO DA ESTRADA ENTRE O CRUZAMENTO DE CUBOS E BOGALHAIS

Para João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde «as obras de beneficiação do pavimento da estrada em quase 2km, vão permitir a melhoria na mobilidade e um aumento significativo de conforto e segurança para as pessoas que diariamente transitam nesta estrada, melhorando também a rede viária da zona urbana da cidade.»

O autarca sublinha ainda que «o Plano de Investimentos segue em linha com a estratégia que tinha sido definida. Saímos do ajustamento financeiro no final de 2016 e conseguimos dar o salto qualitativo e de excelência para o investimento público. Um investimento sem paralelo na história do município e que durante 2017 não ficará por aqui. Há já um conjunto de intervenções na fase final de contratação pública e que passarão rapidamente para o terreno.»

UMA DEZENA DE GRANDES INTERVENÇÕES EM MARCHA NO CONCELHO DE MANGUALDE

São já uma dezena de grandes intervenções em marcha no concelho de Mangualde. As intervenções a decorrer na sua maioria visam a melhoria da rede viária do concelho, mas há também intervenções para melhorar infraestruturas, zonas industriais e regeneração urbana.

Por:Mun.Mangualde

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar