Templates by BIGtheme NET
Home » Culinária

Culinária

420 doces candidatos às 7 Maravilhas já são conhecidos

Das 907 candidaturas às 7 Maravilhas Doces de Portugal® já foram apurados 420 candidatos. Da segunda fase de votação do Painel de Especialistas vão resultar 140 doces, que os portugueses vão votar nas eliminatórias distritais. Estes 140 doces são revelados a 7 de maio, num programa de televisão a emitir em direto pela RTP1.
O Painel de Especialistas votou e ficaram identificados os 420 doces que avançam na eleição das 7 Maravilhas Doces de Portugal®. Agora esta lista será reduzida a 7 doces por distrito ou região autónoma, chegando à lista final de 140 doces que avançam para votação do público. Este Painel de Especialistas é constituído por 140 personalidades, 7 de cada distrito e regiões autónomas. Recorde-se que a organização recebeu 907 candidaturas, num envolvimento sem precedentes de todo o país.
“Os portugueses estão gulosos por este projeto e vemos isso enquanto o processo de votação avança. Para nós, organização, que acompanhamos o processo desde o primeiro momento é fascinante ver como a eleição vai crescendo, vai ganhando forma e se torna numa oportunidade de projeção e divulgação dos doces e das suas regiões. São centenas os doces que já se comunicaram como candidatos às 7 Maravilhas e que vêm só na candidatura uma oportunidade de serem colocados no mapa”, explica Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas.“ A nossa doçaria é riquíssima e esta eleição comprova-o, com os dois pilares do projeto bem representados, tanto na tradição como na inovação. O papel dos especialistas é garantir a idoneidade do processo, fazendo uma pré-seleção daquilo que os portugueses vão votar. A lista de 140 doces que revelamos a 7 de maio vai ser a cereja no topo do bolo desde processo”, acrescenta Luis Segadães.
https://7maravilhas.pt/doces-nomeados-1a-fase-eliminatoria/

Município de Fornos distribui sacos stop não ao plástico

Começaram a ser distribuídos os 2000 novos sacos stop não ao plástico em Fornos de Algodres, pelo Município para a comunidade comerciante.
Mais uma forma de minimizar o uso dos plásticos no concelho.
O ambiente precisa do cuidado de todos em geral.

Segundo o Município, para além de estar ajudar a economia local dos profissionais, está, claramente, a caminhar para uma Economia mais Circular, contribuindo para a reutilização e a valorização dos materiais.

Pinhel associa-se a Campanha de Recolha de Bens de primeira necessidade

O Município de Pinhel associou-se à Resiestrela no sentido de levar a efeito uma Campanha de Recolha de Bens de primeira necessidade a favor de Moçambique.
Os bens recolhidos serão encaminhados para a HELPO, uma ONG que está há muito tempo em Moçambique, país onde desenvolve projetos relacionados com a infância e a saúde materno-infantil.

Na sequência do rasto de destruição deixado pela passagem do Ciclone Idai, Moçambique enfrenta neste momento uma grave situação de carência de bens de primeira necessidade.
Face à urgência da situação, o prazo da campanha promovida pelo Município de Pinhel e pela Resiestrela é necessariamente muito curto.

Até dia 3 de abril (próxima quarta-feira), aceitam-se donativos, de preferência os indicados na listagem abaixo.

BENS MAIS URGENTES:
– Roupa de bebé e criança (até aos 5 anos)
– Fraldas de pano
– Mantas do tipo polar
– Farinhas lácteas e não lácteas
– Leite em pó etapas 1 e 2
– Sabão e lixívia
– Enlatados e alimentos não perecíveis (feijão, grão, arroz, massa, óleo, açúcar e frutos secos)

PONTOS de RECOLHA:
– Câmara Municipal de Pinhel (receção)
– Gabinete de Ação Social do Município de Pinhel (edifício frente ao Tribunal)
– Agrupamento de Escolas de Pinhel (Jardim de Infância, Escolas do 1º Ciclo, 2º Ciclo e Secundária)
– Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Pinhel
– Centro de Saúde de Pinhel

“Saber Comer na Escola” pela ULS Guarda

No âmbito do Programa de Educação Alimentar para a Comunidade Escolar da Unidade de Saúde Publica da ULS Guarda, estão a decorrer no Estádio Municipal as atividades organizadas em parceria com o Serviço de Alimentação e Nutrição do Município da Guarda. O tema deste ano é “Saber Comer na Escola” e tem como objetivo estimular as crianças dos Jardins de Infancia e 1º ciclo a tomar pequenos almoços e merendas saudáveis e alternativas ao tradicional e promover a atividade física.
Por estes dias vão passar pelas instalações do Estádio Municipal 592 alunos das escolas do concelho da Guarda para apreenderem a preparar pequenos almoços e merendas com alimentos saudáveis. Mais uma vez estão envolvidas neste projecto Nutricionistas, equipa de saúde escolar, cozinheiro e colaboradoras do serviço de Educação e Desporto do Município da Guarda.

Bom Sabor da Serra é a plataforma digital de Fornos de Algodres

Um novo método de comercialização de produtos desde de Fornos de Algodres para o mundo, é a promessa do Município de Fornos de Algodres, , com o apoio do Fundo Ambiental e inserido na Estratégia Nacional , foi apresentado no passado dia 16 de março de 2019 uma loja online de produtos locais de Fornos de Algodres.

Entre as motivações que levaram esta ideia a ganhar forma está o desejo de tornar os produtos característicos da região mais acessíveis a todos os que guardam na memória os seus sabores e aromas. Entre eles, os que tiveram de partir para longe das encostas da serra, mas que não esquecem as suas origens, ou os que por lá passaram e tiveram a sorte de provar o queijo, os enchidos ou o mel.

Entre os diversos produtos e marcas disponíveis na plataforma, é possível encomendar queijo Serra da Estrela, enchidos e fumeiros, vinho, azeite, mel e queijadas. Todos os produtos são exclusivamente produzidos por produtores locais, com recurso a ingredientes também eles 100% locais.

A qualidade dos produtos de Fornos de Algodres é inquestionável e incomparável, uma vez que a região reúne condições únicas, quer ao nível do clima, quer do relevo. Tudo isso, aliado ao conhecimento dos produtores, faz de cada artigo um exemplo de que vale a pena apostar na tradição.

A loja pode ser visitada em www.obomsabordaserra.pt e a gestão das encomendas na plataforma é da responsabilidade de cada produtor, pelo que, todos os valores transacionados revertem nesse sentido.

Ao entrar na loja é possível ter acesso direto a promoções e produtos destacados, e os pagamentos são efetuados de acordo com os métodos normais em plataformas online. Depois de processada, a encomenda é expedida, cumprindo todas as normas de segurança.

Uma loja online intuitiva, que pretende impulsionar os melhores sabores de Fornos de Algodres –www.obomsabordaserra.pt

II edição da ExpoPesca em Aldeia Viçosa

Aldeia Viçosa volta a estar em movimento, depois da brilhante  1ª edição, a Junta Freguesia  vai organizar com a sua Equipa de Pesca a II edição da ExpoPesca no próximo fim de semana, dias 16 e 17 de fevereiro.
Trata-se de um evento que vai trazer as últimas novidades para a pesca até ao interior. Na edição anterior houve um expositor e este ano a atividade conta com três grandes empresas expositoras nacionais. Para além da exposição de artigos de pesca, haverá diversas atividades: animação musical, workshops, venda de produtos regionais, exposição de fotografias, etc.
O momento alto do evento será no domingo dia 17 de fevereiro, com a apresentação da Equipa de Pesca de Aldeia Viçosa que vai representar o concelho da Guarda nos campeonatos nacionais.
A ExpoPesca abre portas no sábado às 15 horas e encerra no domingo às 18H00.
Trata-se da maior exposição (exclusivamente) de Pesca da região centro.

Alunos de Mangualde premiados na Taça da Fruta de Portugal

A Turma 3ºB da Escola Básica Ana de Castro Osório, de Mangualde, foi distinguida com a Taça da Fruta de Portugal. Várias escolas do 1º Ciclo aventuraram-se na “Volta a Portugal em Fruta” com o Centro de Frutologia Compal. Após votação, a Escola Básica de 1ºCiclo de Moncarapacho (1º classificada), a Escola Básica de Bonfim (2º classificada) e a Escola Básica Ana de Castro Osório (3ª classificada) foram as vencedoras desta volta que foi uma verdadeira aventura na sala de aula. A votação foi renhida na página de Facebook da Compal.

 ALUNOS TRABALHARAM SOBRE A MAÇÃ DE BRAVO ESMOLFE DOP

Os alunos e a professora da turma do 3ºB da Escola Básica Ana de Castro Osório decidiram estudar e provar uma das frutas mais saborosas da sua região: A Maçã de Bravo Esmolfe DOP. Inspirados na sua história, localização e sabor, a Volta a Portugal em Fruta valeu a pena para melhor conhecerem esta maçã vizinha da aldeia de Esmolfe.

                 “VOLTA A PORTUGAL EM FRUTA”

O Centro de Frutologia Compal lançou a iniciativa “Volta a Portugal em Fruta” com o objetivo de valorizar as frutas DOP (Denominação de Origem Protegida) e IGP (Indicação Geográfica Protegida) de Portugal e reforçar a importância da inclusão da fruta no âmbito de uma alimentação saudável. Com esta iniciativa, 68 escolas do 1º Ciclo e mais de três mil crianças receberam o Mapas das Frutas de Portugal, onde estão representadas estas frutas e as suas regiões. As turmas aceitaram o desafio de participar no concurso Volta a Portugal em Fruta com trabalhos criativos inspirados nas frutas DOP e IGP de Portugal.

“Volta a Portugal” em Fruta é uma iniciativa do Centro de Frutologia Compal que distribuiu o Mapa das Frutas de Portugal acompanhado por materiais multimédia lúdico-didáticos às escolas do ensino básico de 23 concelhos das regiões demarcadas com fruta DOP e IGP em Portugal. Este mapa foi desenvolvido em parceria com o Centro de Informação Geoespacial do Exército e com o apoio da Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Regional e da Associação Portuguesa de Nutrição.

 

Workshop de cozinha na Muxagata

Teve lugar um  workshop de cozinha na Muxagata, com os participantes a ter a oportunidade de confecionaram Brochetas com Queijo de Serra da Estrela e Creme burlê com polpa de Maracuja.

Esta iniciativa resultou de uma parceria entre a Freguesia de Muxagata e a Universidade Sénior de Fornos de Algodres.

foto:FM

 

Quatro centenas de pessoas participam no trail do míscaro

Realce ainda para a vertente solidária do evento que contribuirá para a reflorestação de um terreno baldio desertificado com a plantação de 400 árvores autóctones.

As modalidades de Trail Longo (30 km) e Trail Curto (15 km) vão reunir cerca de 200 atletas. Igual número de pessoas vai juntar a Caminhada, com o objetivo de cada uma plantar a sua árvore e contribuir para uma melhor natureza.

Evento coloca em destaque as condições naturais micológicas, a natureza, o património e as tradições rurais, contribuindo ainda para reflorestação com uma árvore por participante

“Será uma experiência fantástica, solidária, desportiva e recreativa, inserida numa iniciativa que gira à volta de um produto natural com elevado valor gastronómico – o “míscaro amarelo”, habitualmente abundante e com uma procura “desenfreada” no concelho”, refere a organização, que revela que “os participantes irão ter oportunidade de passar por terrenos onde rebenta este e outros cogumelos selvagens e degustar diversas iguarias da época durante o percurso, para além de poderem desfrutar de belas paisagens, tradições rurais e ainda das diversas atividades a acontecer no Certame Gastronómico do Míscaro”.

O Trail do Míscaro tem como principais objetivos promover o trail running nos trilhos do Município de Aguiar da Beira, assim como a divulgação das condições favoráveis do concelho para a micologia, para a prática de desporto e turismo na natureza e para estilos de vida rurais, saudáveis e de bem-estar.

No ano anterior participaram no Trail do Míscaro 300 pessoas, que geraram um igual número de árvores autóctones – carvalhos americanos – plantadas pelos participantes num terreno baldio e desertificado no concelho.

O evento desportivo é uma organização do jornal +Aguiar da Beira, em parceria com a Câmara Municipal e com o apoio de agentes económicos locais e nacionais. Integra-se no VI Certame Gastronómico do Míscaro, que se realiza a 24 a 25 de novembro, com mercadinho local, tasquinhas gastronómicas, workshops e passeios micológicos, sessões de live cooking e muita animação com grupos locais e o grupo popular de renome “Sons do Minho”.

Beira Interior – Vinhos & Sabores inicia hoje em Pinhel

Pinhel volta acolher mais uma edição do Beira Interior – Vinhos & Sabores, um certame que pretende dar a conhecer o melhor que por cá se faz, mas também ser um espaço de debate e de reflexão, um lugar de experiências e de descobertas, uma oportunidade de negócio, em suma, um evento que vale a pena visitar e, sobretudo, sentir e saborear.

Esta é uma iniciativa do Município de Pinhel e da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior acontece assim nos dias 16, 17 e 18 de novembro no Centro Logístico de Pinhel.

Destaca-se nessa edição a realização de mais uma Gala Vinduero, onde são distinguidos os vinhos de Portugal e Espanha, mas também vai haver workshops, seminário, degustações e provas de vinhos comentadas, show cooking, animação musical entre outras novidades.

A Beira Interior é hoje uma região de excelência e qualidade, tendo os seus Vinhos cada vez maior notoriedade.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar