Templates by BIGtheme NET
Home » Culinária

Culinária

Plataforma sobre restaurantes e outro comércio local em Mangualde

Está disponível uma plataforma com informação georreferenciada sobre os estabelecimentos comerciais e outros serviços que estão abertos no concelho durante o período em que vigora o Estado de Emergência. Esta plataforma, permite a consulta por tipo de estabelecimento, por freguesia, morada ou nome do estabelecimento, numa iniciativa da Câmara Municipal de Mangualde, em parceria com as Juntas de Freguesia e a Associação Empresarial de Mangualde.

Mapa aqui:https://www.cmmangualde.pt/servicos-e-estabelecimentos-abertos/

Com a capacidade de funcionamento em dispositivos fixos ou móveis, a plataforma estará em permanente atualização. Para o efeito, está disponível na página do município, um formulário de adesão dirigido aos comerciantes que pretendam registar o seu negócio. No caso de ser detetada alguma informação incorreta, os contributos deverão ser enviados para o endereço eletrónico do gabinete de sistemas de informação geográfica sig@cmmangualde.pt.

Recorda-se que só estão disponíveis os estabelecimentos e os serviços que estejam a operar no cumprimento estrito da legislação aplicável, nomeadamente o Decreto n.º 2-A/2020 de 20 de março, nomeadamente, os serviços de primeira necessidade ou considerados essenciais.

Covid-19-AHRESP realizou inquérito às empresas

Foi realizado um inquérito no âmbito do COVID-19 às empresas:

do alojamento turístico e da restauração e bebidas. Principais conclusões:
• Cerca de 75% das empresas refere que estão encerradas;
• 1/3 das empresas não conseguiu pagar salários em março;
• Cerca de 50% das empresas vão avançar para o lay-off;
• Das empresas que vão avançar para lay-off, 70% refere que não conseguem pagar salários em abril se a Segurança Social não entregar o apoio a tempo;
• Cerca de 77% das empresas não recorreram a apoios financeiros;
• Das 23% empresas que o fizeram, a linha de apoio do Turismo de Portugal foi a mais referenciada (56%);
• Cerca de 58% das empresas refere que as linhas de apoio financeiro não são adequadas às necessidades das empresas, e indicam apoios a fundo perdido e isenção de impostos como as principais soluções para apoiar o tecido empresarial;
• 80% das empresas estima zero vendas em abril e maio;
Para ver inquérito na íntegra consulte o Site AHRESP: https://ahresp.com/2020/04/conclusoes-do-inquerito/

Deslocações de trabalhadores na Páscoa – Para que seja possível circular fora do concelho de residência permanente entre 9 a 13 de abril, é necessária uma declaração. AHRESP disponibiliza minutas.

Mapas de Férias –Conselho de Ministros aprovou medidas excecionais, entre as quais a possibilidade do mapa de férias dos trabalhadores ser aprovado e afixado até 10 dias após o termo do estado de emergência.

Suspensão de admissão de hóspedes na Madeira

Sobre as medidas apresentadas pela AHRESP:

Apoio a Fundo Perdido às Empresas – Urgência reforçada pelos exemplos que têm sido reportados de operações bloqueadas ou recusadas pelo Sistema Bancário/Sociedades de Garantia Mútua.

Lay-off – Apoio efetuado através da Segurança Social nos 2/3 da remuneração ilíquida do trabalhador deve ser de 90%.

Bom Sabor da Serra:Câmara de Fornos de Algodres oferece um queijo nas primeiras encomendas

obomsabordaserra.pt, faça a sua encomenda sem sair de casa

Em virtude do cancelamento da Feira do Queijo Serra da Estrela de Fornos de Algodres, no distrito da Guarda, devido à pandemia da Covid-19, o Municipio fornense decidiu apoiar os produtores de queijo do concelho.

Como forma de “ajudar os produtores locais e valorizar,  os seus produtos”, através da plataforma ´online’ “O Bom Sabor da Serra”, lançou “um pacote de medidas promocionais” para incentivar a comercialização junto dos consumidores.

Nas  primeiras 20 encomendas com valor entre 15 e 25 euros (valores não incluem portes), a autarquia oferece um queijo de cabra e para os primeiros 40 pedidos com valores entre 26 e 50 euros um queijo de ovelha Serra da Estrela DOP [Denominação de Origem Protegida].

Ainda oferece dois queijos de ovelha Serra da Estrela DOP às primeiras 40 encomendas com valor entre 51 e 100 euros e os primeiros 20 pedidos com valores acima de 101 euros são brindados com três queijos Serra da Estrela DOP.

Segundo a autarquia referiu em comunicado:”Ainda não sabemos se haverá alterações ao fluxo de distribuição pelo nosso prestador de serviços. No entanto, garantimos que, após o pagamento, a encomenda será registada e, quando for possível, será entregue com toda a segurança”.

Nesta plataforma digital, que tem um ano de existência, para além do Queijo Serra da Estrela pode encontrar enchidos e fumeiros, vinho, azeite, mel e queijadas [de urtiga]”, sendo que “todos os produtos são exclusivamente produzidos por produtores locais, com recurso a ingredientes também eles 100% locais”.

A loja ‘online’ foi uma iniciativa do município de Fornos de Algodres, com o apoio do Fundo Ambiental, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020.

 

COVID-19- Ministério do Mar anuncia medidas de apoio às empresas e entidades

   Em comunicado, o COVID-19, o Ministério do Mar anunciou que tendo, em vista minimizar os impactos económico-financeiros da situação epidemiológica do novo coronavírus – COVID-19, adotou um conjunto de medidas excecionais de apoio às empresas e outras entidades beneficiárias do Programa Operacional Mar 2020.
1. De modo a agilizar a realização de pagamentos, foram adotadas as seguintes medidas excecionais:
a) Sempre que, por motivos não imputáveis às empresas e demais entidades privadas beneficiárias do programa, não seja possível a validação do pedido de pagamento, no prazo de 20 dias úteis contados da data da respetiva submissão pelo beneficiário, o pedido é liquidado a título de adiantamento;
b) Os pedidos de pagamento validados nos termos da alínea anterior são pagos até ao valor máximo de 70% do apoio público que lhe corresponda, com periodicidade semanal;
c) Passa a ser possível aos beneficiários do programa submeter pedidos de pagamento com base em despesa faturada, mas ainda não paga pelo beneficiário, sendo esta considerada para pagamento a título de adiantamento, desde que a soma dos adiantamentos já realizados e não justificados com despesa submetida e validada não ultrapasse os 50% da despesa pública aprovada para cada projeto;
2. São elegíveis para reembolso as despesas comprovadamente suportadas pelos beneficiários em iniciativas ou ações canceladas ou adiadas por razões relacionadas com o COVID-19, previstas em projetos aprovados.
3. Em complemento ao previsto no número anterior, não são penalizados os projetos que, devido aos impactos negativos decorrentes do COVID-19, não atinjam o orçamento aprovado e a plena execução financeira prevista na concretização de ações ou metas, podendo ser encerrados como concluídos desde que não ponham em causa o alcance dos objetivos para os quais a operação foi aprovada.
4. Sempre que necessário, quando o prazo contratualmente definido para a conclusão do projeto tiver por referência o ano de 2020, esta data é objeto de alargamento, para 2021 e em prazo compatível com a finalização da sua execução físicofinanceira.
5. É autorizada a apresentação de um maior número de pedidos de pagamento, para além do limite estabelecido na medida de flexibilização já adotada em finais de 2019, que permite a submissão de até 10 pedidos de pagamento em cada projeto.

Milhares de visitantes homenagearam queijo da serra

Celorico da Beira acolheu mais de dezena e meia de milhares de visitantes, de 28 de fevereiro e 1 de março como queijo a ser rei na 41ª edição da Feira do Queijo de Celorico da Beira, prestigiada com as presenças da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, da Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Isabel Damasceno e do Administrador Delegado da EDP Renováveis Portugal, António Lobo Gonçalves.
Nem o mau tempo fez arredar pé aos apreciadores de queijo e de tantas outras iguarias celoricenses de sabores inigualáveis, para se deliciarem e visitarem a maior feira do afamado Queijo, na Capital do Queijo Serra da Estrela.
Tradição, criatividade e inovação foi a aliança perfeita que cunhou a 41.ª edição da Feira do Queijo de Celorico da Beira, bem patente, entre outros, nos momentos de cozinha ao vivo protagonizados pelas Escolas Profissional de Hotelaria de Manteigas, Superior de Turismo e Hotelaria de Seia e EB 2,3 Sacadura Cabral (showcooking), na decoração do recinto da feira ou nos prémios atribuídos aos produtores de queijo e aos patrocinadores/parceiros do certame.

Espaço mais amplo, clean, confortável e acolhedor, a par de uma maior variedade de produtos expostos e de um cartaz, bem ao gosto popular, foi a chave para o sucesso e a aposta ganha para atrair milhares de visitantes ao Município de Celorico da Beira e, em especial, à feira, para fomentar as relações comerciais, divulgar o território, o seu património e tradições, bem como, valorizar e comercializar o que de melhor aqui se produz, com impactos muito significativos na economia local.

“Fim de semana do Cabrito” e “Sabores de Penalva” decorreu em Penalva

Teve lugar mais uma edição do “Fim de semana do Cabrito” e “Sabores de Penalva”,recentemente numa organização do Município local.

Além de todas as iguarias gastronómicas a que os comensais tiveram direito, o Cabrito foi confecionado e apresentado com apetitosos ingredientes que atestam a qualidade deste prato.

Os estabelecimentos de restauração aderentes do concelho foram: O Templo, Familiar, O Carneiro, Pizzaria da Lameira, Snack-Bar 259, Parador Casa da Ínsua, O Telheiro e a Casa de Petiscos Recordo.

Os estabelecimentos de restauração aderentes, exceto o Familiar, disponibilizaram uma prova de Queijo Serra da Estrela e uma Maçã Bravo de Esmolfe, numa iniciativa intitulada “Sabores de Penalva”, que resulta como complemento do certame “Feira do Pastor e do Queijo” realizada nos dias 8 e 9 de fevereiro.

A referida prova de queijo e maçã foi uma oferta do Município de Penalva do Castelo e tem como objetivo principal a promoção dos produtos endógenos.

A par de todas as delícias gastronómicas, quem almoçou nos restaurantes aderentes, habilitou-se ao sorteio de um almoço/jantar para duas pessoas. A premiada este ano foi Isabel Maria Gomes dos Santos Ferreira, Roriz – Pindo, Penalva do Castelo.

Esta iniciativa inseriu-se na estratégia do Município Penalvense na promoção do território e dos produtos endógenos e contou com o apoio dos estabelecimentos de restauração e bebidas aderentes do concelho e do Turismo Centro de Portugal. Além dos sabores tradicionais os participantes puderam apreciar a beleza do território e partilhar momentos de salutar convívio.

 

Foto:Mun.Penalva

Beira Interior Gourmet 2020 com 33 restaurantes da região

 Excedendo todas as expectativas, a primeira edição do Concurso Beira Interior Gourmet terá 33 restaurantes aderentes. O evento decorre entre os dias 14 março e 16 de Abril.

A participação maciça da restauração é de extrema importância para em conjunto com os produtores de vinhos da Beira Interior potenciar o que de melhor a Beira Interior tem e que é a sua gastronomia e os seus vinhos.

Para o sucesso da iniciativa é fundamental a aderência do público que poderá durante este período provar os diferentes pratos a concurso harmonizados com vinhos da beira interior. Estarão em competição as seguintes categoria:

  • Restaurante “Cozinha Tradicional/ Regional” – restauração com menus de cozinha regional, que utiliza produtos da Beira Interior ou da região onde está inserido, com ambiente típico ou contemporâneo.
  • Restaurante Cozinha criativa/Evolutiva – restauração com cozinha elaborada e serviço especializado, com Chef de Cozinha e com ambiente de algum requinte.
  • Restaurante Cozinha Europeia e do mundo – restauração com uma cozinha tradicional de outros países ou “fusão” com ambiente contemporâneo ou clá

O menu a concurso é composto por Entrada, Prato Principal e Sobremesa que deverão ser acompanhados por Vinhos da Beira Interior certificados (Regional e/ou DOC) inseridos na carta de vinhos do restaurante.

Pretende-se com esta iniciativa valorizar (sobretudo) os vinhos DO Beira Interior e IG Terras da Beira, os seus produtores, promovendo a excelência na restauração da região

Esta iniciativa insere-se na estratégia de promoção do enoturismo da região, onde a recentemente criada Rota dos Vinhos da Beira Interior, faz deste evento uma aposta no desenvolvimento da região.

A presidência do júri está a cargo de Fernando Melo, conceituado crítico de vinhos e comida. Foi reunido um júri das áreas da cozinha; turismo e cultura; ensino; e enologia. Este júri irá visitar os restaurantes inscritos no Beira Interior Gourmet.

Queijo Serra da Estrela promovido em Fornos de Algodres

Depois do sucesso das últimas edições da Feira/ Festa do Queijo Serra da Estrela em Fornos de Algodres, em 2020, vai acontecer de 20 a 22 de março ,no Mercado Municipal.

Deste modo, muitos quilos de Queijo Serra da Estrela vão ser comercializados no Mercado Municipal, assim como outros produtos endógenos. Vão ter lugar Jornadas Técnicas, os artesãos, recreações etnográficas, música , folclore, Cão Serra da Estrela e a ovelha Serra da Estrela.

A nível de animação, diversos grupos culturais do concelho vão animar os visitantes e depois o cozinheiro Chakall vai realizar um showcooking e Jorge Serafim vai animar a noite do dia 20.

No sábado, 21, terá lugar a prova do queijo, visita a queijarias, segue-se a grande animação pelas 14h00 “Somos Portugal” da TVI em direto de Fornos de Algodres e pelas 21h30 sobe ao palco Tiago Maroto.

Já,no domingo, voltam as provas do queijo e a tarde animada por Cláudia Martins e os Minhotos Marotos. Face a isso e como forma de divulgação, a plataforma do Município de Fornos de Algodres – www.obomsabordaserra.pt ,ofereceu algumas promoções .

Decerto vai ser mais uma grande feira com muitos visitantes que vão passar nestes dias em Fornos de Algodres para saborear o bom queijo e degustar os produtos endógenos desta região.

 

7ª Festa do Pastor e do Queijo da Serra em Mosteiro-Penaverde

A localidade de Mosteiro-Penaverde acolhe mais uma vez a Festa do Pastor e do Queijo da Serra do concelho de Aguiar da Beira, este domingo, dia 1 de março.

Estão sempre presentes os criadores de gado, os pastores, queijeiras, diversos vendedores.

O queijo da serra é o rei deste dia, onde a meio da manhã tem sempre lugar a prova desta iguaria que é uma das imagens de marca desta região.

Um dia de festa com a visita de um largo número de visitantes para poder saborear este e outros produtos endógenos desta região.

Aldeia Viçosa em festa com a Feira do Enchido e do Vinho

A comemoração do 81º aniversário de “Porco a Aldeia Viçosa” vai ser de grande animação , para tal se realiza a Feira do Enchido e do Vinho organizado pela Associação de Pesca e Caça do Mondego – Aldeia Viçosa, nos dias 25 e 26 de janeiro.Um certame festivo, com a tradicional matança do porco, provas de enchidos, vinhos queijo da serra e tem lugar  workshops de vinhos da Beira Interior.

Muitas razões para esta aldeia receber uma visita nesse fim de semana.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar