Templates by BIGtheme NET
Home » Culinária

Culinária

Plataforma digital ”O Bom Sabor da Serra” é um sucesso a nível nacional

Teve lugar na tarde desta sexta-feira, a Apresentação da Plataforma digital ”O Bom Sabor da Serra” criada pela Câmara de Fornos de Algodres, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Fornos de Algodres, projeto apoiado pelo Fundo Ambiental em 90%.

Nesta cerimónia estiveram presentes, José Gomes Mendes, Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, Manuel Fonseca, Presidente do Município, Alexandre Lote, Vice-Presidente, Bruno Costa, Vereador, Santinho Pacheco, Deputado e os Produtores.

Esta foi uma sessão importante para Fornos de Algodres e para o Mundo, isto porque, aqui no Interior do País, nasceu esta plataforma de produtos endógenos deste concelho que aos poucos e poucos vai-se afirmando no panorama comercial, isto porque, através deste instrumento, os produtores que aceitaram colocar aqui os seus produtos, ganharam uma nova dinâmica.

Os produtos são agora muito mais conhecidos, os produtores têm agora uma forma de escoamento e que iniciou o processo devagar mais pela estatística, já obtiveram compras de quase todo o País e num futuro próximo, as comunidades portuguesas no Mundo vão apostar nesta forma de poder consumir estes produtos. Através desta Plataforma, o turismo nesta região pode aumentar , uma vez que o consumidor vai aproveitar para também conhecer as origens do produto sob a forma de vir a conhecer esta região.

Assim sendo, para o Secretário de Estado, José Gomes Mendes, este é um programa de sucesso, sendo um instrumento de valorização dos produtos do Interior.

Vê esta Plataforma como uma rampa de lançamento para outras localidades adotarem processos idênticos nas suas regiões.

Manuel Fonseca, Presidente do Município de Fornos de Algodres, enalteceu o trabalho efetuado pelos produtores e de todas as pessoas que continuam a apostar neste concelho para viver. Mostrou-se muito orgulhoso por esta Plataforma estar a ter sucesso, dado que o queijo e todos os outros produtos representados dão uma relevância ao concelho.

Por sua vez , Bruno Costa, Vereador do Município, apresentou a plataforma em dados estatísticos até agora, enaltecendo a valorização dos produtos endógenos.

Salamaq 19-Rui Ventura(Pinhel) presente no Dia dedicado a Portugal

Em Salamanca decorrer a Feira Salamaq, até dia 9 de setembro, é muito importante para a Península Ibérica, onde Portugal neste sábado tem o seu dia.

Deste modo, diversos autarcas e instituições desta Região do Interior marcaram presença neste certame, casos de Pinhel , Almeida entre outras localidades.

Rui Ventura , Presidente do Município de Pinhel marcou presença com intuito de reforçar a cooperação transfronteiriça e as sólidas relações existentes, com Salamanca e Castilla y León. Um stand no Pavilhão central ,com destaque para o vinho e diversos produtos endógenos desta localidade e está patente um pouco daquilo que se pode encontrar em Pinhel ao longo do ano.

Presente esteve o Secretário Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, a representar o governo Português, por sua vez , Javier Iglesias, Presidente da Diputación de Salamanca referiu que são importantes todas as relações comerciais, económicas e pessoais, existentes entre os dois países irmãos.

foto:MP

 

Cavacas de Pinhel podem entrar novamente nas 7 Maravilhas

Depois de na fase distrital ter ficado muito perto de passar à fase seguinte, veio agora a noticia que as deliciosas Cavacas de Pinhel podem entrar na corrida, dado que está a decorrer a fase de repescagem.

Assim as votações estão abertas, dado que a luta , entre as Cavacas de Pinhel e todos os outros segundos lugares e passam cinco a oito doces.

O Resultado da Votação será anunciado pela RTP 1.

 

Festividades de Nossa Senhora da Graça animam Fornos de Algodres

João Pedro Pais e Fernando Daniel são as figuras do cartaz
Como anualmente acontece, vai ter lugar um certame que vai acolher diversos espetáculos musicais para todas as idades. Este ano a iniciarem na sexta-feira, com um programa vasto de grande animação, neste fim de semana a tradição mantém-se e todos os caminhos vêm dar a Fornos de Algodres.
Assim no dia inicial, o Europeu de Slackline volta a acontecer nesta localidade e terá aqui o arranque, no Mercado Municipal, sobe ao palco o espetáculo de dança regional “Volta”, numa iniciativa do Alto Mondego, onde as gentes de diversas localidades mostram o seu valor.

A finalizar a noite a Banda Prós e Contras anima as festividades.

O dia de sábado inicia com a procissão de N. Sra da Graça desde a capela para a igreja da Misericórdia, abrilhantada pela Batuta D´Alegria, seguindo-se a Eucaristia.

Europeu de Slackline traz muito brilho

Mais à noite, a Banda Tradição abre as festividades, seguindo-se Fernando Daniel para cantar e encantar, a finalizar o baile continua.

Para domingo, a arruada da Batuta D´Alegria, seguindo –se a Eucaristia e procissão pelas artérias da vila.

Para a tarde, o Slackline continua a animar os visitantes, a tarde de Folclore traz ao palco diversos ranchos folclóricos.

A noite é animada pela Banda Reflexos, seguindo-se João Pedro Pais, pela noite dentro o baile continua. A finalizar os festejos, na segunda-feira, a procissão de regresso à sua capela, seguindo –se a eucaristia. Na noite, a festa continua com a Banda K5.

Ainda existirá a quermesse sempre uma imagem de marca das festas assim como as diversas exposições.

Serão quatro dias de convívio, onde as pessoas se animam e reveem amigos que andam fora muito tempo também, e este é um local de ponto de encontro.

Encontro Gastronómico Amador em Abrunhosa-a-Velha com centenas de visitantes

Teve lugar a sexta edição do Encontro Gastronómico Amador de Abrunhosa-a-Velha, no centro da aldeia, com a presença de largas centenas de visitantes.

Teve a participação de cozinheiros amadores que deram destaque à gastronomia tradicional do concelho de Mangualde, desde a sopa de barbo do cozinheiro João Tomé, ao arroz de carne à moda antiga de Alfredo Albuquerque, passando pela feijoada à moda de Abrunhosa do cozinheiro Neca, sem esquecer as migas com sardinha em molho de escabeche de Ivone e o pão de centeio e bolos de chouriço de António Morais.

Os visitantes  provaram pratos deliciosos e no final o balanço foi positivo. Marcou presença João Azevedo, Presidente do Município de Mangualde, João Lopes, Vereador, Marco Almeida ,Alexandre Constantino, presidentes de Freguesias vizinhas e demais convidados. já Eduardo Albuquerque, presidente da Junta local , estava satisfeito, porque este evento de ano para ano tem atraído mais gente e a qualidade dos cozinheiros também tem aumentado. Esta é uma boa promoção da localidade nesta fase do ano com a presença de muito emigrantes.

O Encontro foi uma  organização da Junta de Freguesia de Abrunhosa-a-Velha e da Câmara Municipal de Mangualde e contou com o apoio do Grupo Desportivo e Recreativo de Vila Mendo de Tavares, da Associação Humanitária e Cultural de Abrunhosa-a-Velha, da Estrela do Mondego Futebol Clube, do Centro Paroquial de Abrunhosa-a-Velha, do Rancho de Carnaval da Freguesia de Abrunhosa-a-Velha, das Marchas dos Santos Populares de Abrunhosa-a-Velha, com o patrocínio da COAPE (Cooperativa Agro-Pecuária dos Agricultores de Mangualde, C.R.L.), do Hotel Rural Mira Serra e da Quimirep (Produtos Químicos).

Novo restaurante Pizzaria “Mi Piace” abriu em Mangualde

Recentemente abriu um novo espaço em Mangualde , desde o passado dia 24 de julho, junto às bombas da Repsol,  trata-se de um restaurante Pizzaria “Mi Piace”, um  espaço com grande requinte, bem decorado e bom atendimento, parque privativo.

Aqui pode encontrar Pizzas, diversos pratos gastronómicos, gelados, caipirinha e outras bebidas.

Aqui encontra uma ótima solução para o seu almoço, lanche ou jantar. Um local que ao visitar vai gostar.

Feira Franca anima Emigrantes em Vila Franca

Sabores da nossa terra em destaque

Nova edição da Feira Franca e mostra gastronómica anima as gentes de Vila Franca da Serra no sábado dia 3 de agosto, nesta edição, na oficina do forno comunitário vai-se aprender a fazer pão centeio, e depois saborear os peixinhos do rio fritos ou molho de escabeche, bifanas, caldo verde e melão. Animação musical durante a tarde, onde a classe emigrante vai certamente gostar deste convívio.

Estas feiras já são uma marca gastronómica na região onde diversas pessoas dos concelhos limítrofes ali passam para degustar estas iguarias.

Videmonte acolhe o Festival Pão Nosso de 26 a 28 de julho

Vai decorrer na aldeia de Videmonte a VI edição do “Festival Pão Nosso”,  no âmbito do Ciclo de  Festivais de Cultura Popular da Guarda, nos próximos dias 26, 27 e 28 de julho.A cultura do centeio e o fazer do pão, em perfeita harmonia com a cultura local e as artes, são o mote deste certame, para além do pão e das oficinas orientadas pelos habitantes da aldeia que ensinam a fazê-lo, a aldeia transforma-se numa verdadeira instalação artística. O artista plástico, Vitor Freitas, apoiado pela criativa Sílvia Amaral, tem trabalhado em estreita ligação com os habitantes da aldeia. Desenvolvendo um conjunto de oficinas artísticas que aportam à comunidade competências a nível da expressão plástica, potenciando-os como criadores e criativos das suas próprias ideias. O resultado deste trabalho tomará forma em propostas de exposições e arte de rua a apresentar durante os dias do Festival.

Mas o programa do Pão Nosso oferece muito mais aos visitantes, para além da animação de rua, rota dos fornos, música, teatro, mostra etnográfica, artesanato, feira do pão, percursos, oficinas e gastronomia, destaca-se o espetáculo do dia 27, às 21h30, “Ti Maria – Cancioneiro de Videmonte”, sob a direção artística de César Prata, que envolve vários músicos portugueses (Catarina Moura, Omiri, Gilberto Costa, Miguel Calhaz, Miguel Cordeiro, Tiago Pereira, Rogério Pires, Marcos Cavaleiro, Quiné e César Prata) que, numa residência artística musical com os habitantes locais, verdadeiros Guardiões da cultura rural serrana, apresentam novas narrativas sonoras para os temas populares da Aldeia, inspirados nos saberes e tradições da cultura do pão e do centeio.

Para além de integrar os Festivais de Cultura Popular do Concelho da Guarda, o “Festival Pão Nosso” integra o Plano de Animação da Rede de Aldeias de Montanha. Um plano que promove o conhecimento e a autenticidade das Aldeias de Montanha, envolvendo as comunidades locais em processos criativos e comunitários.

Esta é também mais uma iniciativa que reforça o posicionamento da candidatura Guarda Capital da Cultura, na utilização da cultura como um recurso económico dinâmico que importa mobilizar, quer no campo das indústrias culturais e criativas, quer na educação patrimonial, na economia local e do turismo.

O Festival do Pão é cofinanciado pelo Centro 2020 no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE iNATURE.

 

 

Programa

 

Sexta feira – 26 de julho

20H30 | Abertura do Festival Pão Nosso |Atuação de César Prata e Catarina Moura com a comunidade de Videmonte

22H00 | Cantares com Tradição| Centro Cultural da Guarda

 

Sábado – 27 de julho

09H00 | Rota dos Fornos

14H30 | Abertura do Festival Pão Nosso| Grupo de Bombos Trocadalho do Carilho

15H00 | Histórias de Papel: O Ciclo do Pão |Super Pipoca

15H30 | Cenas do quotidiano dos anos 30/40 |Grupo de Cantares de Arrifana

16H00 | Da terra à mesa: Manifestações etnográficas | Rancho Folclórico de Videmonte

17H30 | Desfile dos Tabuleiros

18H00 | Degustação da Bola de Videmonte e de produtos regionais

21h30 |  Ti Maria – Cancioneiro de Videmonte| Coletivo de artistas e comunidade de Videmonte, sob a direção artística de César Prata

 

Domingo – 28 de julho

08H30 | Percurso Interpretativo pela paisagem geológica e cultural de Videmonte |Geopark Estrela

10H00 | Abertura do Festival Pão Nosso| Grupo A Mensagem

11H30 | Grupo de Cavaquinhos do Centro Social da Póvoa do Mileu

12H30 | Receção aos caminheiros

16H00 | Pedro Mestre e Cantadeiras de Videmonte

19H00 | Pedro Mestre & Campaniça Trio

Município da Guarda inaugurou Piscina Natural do Caldeirão

Nova zona balnear na Guarda:

A Guarda tem nova zona balnear junto à albufeira do Caldeirão. O Município da Guarda inaugurou  segunda-feira, dia 15 de julho, a Piscina Natural do Caldeirão. A estrutura situa-se numa zona de características paisagísticas e ambientais únicas, muito próxima da cidade mais alta.

Correspondendo a um investimento de cerca de 293 mil euros, a intervenção inclui Piscina flutuante, Edifícios de apoio com instalações sanitárias e bar com esplanada e zona de relvado para os utilizadores. Trata-se de uma obra do Município da Guarda, comparticipada a 90% pelo Turismo de Portugal, levada a efeito no âmbito do programa, Valorizar [Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior].

Apesar de no concelho existirem praias fluviais, na proximidade da cidade não existia, até à data, qualquer local onde pudessem ser desenvolvidas atividades de lazer associadas a um plano de água, verificando-se uma procura intensa deste tipo de atividades durante o Verão.

O empreendimento surge assim integrado na paisagem rural envolvente, pois a intervenção levada a cabo não alterou as características essenciais do local. O projeto teve a autoria do arquiteto da Câmara da Guarda, Vítor Gama.

Pinhel tem disponível 12 oleões para a reciclagem de óleos alimentares usados

Decorre o Concurso Regional Escola Prio Top Level que premiou as escolas no âmbito da recolha de óleos alimentares usados, entre as quais a EB1 de Pinhel, a parceria ENERAREA – PRIO – HARDLEVEL deu continuidade à instalação de oleões de rua, na cidade de Pinhel.
Ao todo foram instalados 12 oleões, para a cidade de Pinhel , são equipamentos de elevada resistência e de aspeto cuidado, capazes de acolher os óleos alimentares usados provenientes do setor doméstico.
A recolha e reciclagem de óleos alimentares usados serve para a produção de biodiesel, ao mesmo tempo que diminui os impactos no ambiente, já que uma só gota de óleo pode contaminar cerca de 1000 litros de água.
Face ao exposto, o Município de Pinhel apela à consciência cívica e ambiental de todos, no sentido de guardarem os óleos alimentares usados em garrafas ou garrafões de plástico que podem e devem ser colocados nos vários oleões da cidade.

Localização dos oleões:

1 – Rua D. Dinis (por trás do Posto de Turismo)
2 – Rua Alexandre Herculano (em frente ao restaurante A Tasca)
3 – Avenida Carneiro de Gusmão (em frente à Escola Secundária)
4 – Rua Padre Pedro Maria de Aguiar (em frente à EB1 de Pinhel)
5 – Rua Eng. Carvalho Mourão (Bairro das Capelas)
6 – Rua Nuno Álvares Pereira (Bairro do Outeiro)
7 – Largo dos Combatentes (em frente ao café Meeting)
8 – Intermarché
9 – Rua Dr. António Seixas (em frente ao hostel Alecrim & Rosmaninho)
10 – Rua da GNR (Bairro da GNR)
11 – Rua de Macau / Rua de Moçambique
12 – Rua do Repouso (por trás do restaurante Skylab)

Por:MP

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar