Templates by BIGtheme NET
Home » Ambiente (page 12)

Ambiente

Termalismo, Turismo de Saúde e Bem-Estar em debate pelo Instituto Piaget

O Instituto Piaget promove na próxima sexta-feira,  dia 5 de junho, sexta-feira, a partir das 15 horas, um webinar (seminário online) sobre Termalismo, Turismo de Saúde e Bem-Estar. De acesso gratuito a todos os interessados, mediante inscrição prévia, o evento conta com um painel de especialistas na área, moderado pelo professor Gustavo Desouzart, docente no Instituto Piaget de Viseu, entidade que organiza o webinar.

O termalismo tem sido um fator acrescido de atração turística para o País pela à diversidade oferecida nos seus produtos associados aos recursos de água mineral natural. O setor é hoje uma área em franco crescimento, especialmente nas zonas do interior, tanto na vertente do bem-estar como na área terapêutica.

Este crescimento, conforme é reconhecido pelos especialistas, contribuirá, por certo, para o aumento da qualidade dos serviços prestados e, consequentemente, para o reforço da procura de atividades termais, permitindo a consolidação de projetos turísticos estruturantes, atrativos e sustentáveis.

O Instituto Piaget tem vindo a apostar fortemente nesta área, com a oferta de cursos como a pós-graduação em Termalismo e, mais recentemente, com o novo Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) de Termalismo e Bem-Estar.

 A mesa redonda virtual de sexta-feira contará com a participação de Jorge Mangorrinha, professor associado na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e quadro superior da Câmara Municipal de Lisboa; Tânia Malaquias, fisioterapeuta no Centro Médico de Viseu e nas Termas Sulfurosas de Alcafache (Viseu); e Nelson Ferreira Albuquerque, médico de Medicina Física e de Reabilitação, no Centro Hospitalar Tondela-Viseu, e responsável pelo Programa de Reabilitação de Parkinson, nas Termas de São Pedro do Sul.

 O evento pretende assumir-se como a tão necessária reflexão sobre a situação atual do termalismo em Portugal, dos seus desafios e perspetivas de crescimento.

Candidaturas até 30 de junho à Escola Amiga da Criança

Escolas e famílias têm até ao dia 30 de junho para submeter os seus projetos à 3.ª edição da iniciativa “Escola Amiga da Criança” e mostrarem o que de melhor se faz pelos alunos e educandos, mesmo que nos dias de hoje, a escola esteja num momento de reinvenção.

No dia 5 de outubro, Dia do Professor, serão conhecidos os vencedores da iniciativa que tem como mentores a CONFAP, a LeYa e o psicólogo Eduardo Sá, e que até ao momento recebeu já recebeu mais de 2000 candidaturas.

Nesta 3.ª edição, e porque as circunstâncias assim o exigiram, surgiu uma nova categoria “Escola Amiga em Casa”, que destaca as propostas criativas das escolas em relação às pontes que conseguiram estabelecer durante a quarentena, entre os seus alunos e as famílias e que conta já com 300 candidaturas submetidas.

Para submeter uma candidatura basta ir a https://escolaamiga.pt/concorrer e escolher entre as categorias:

  • Alimentação |Estilos de Vida Saudável
  • Saúde
  • Ambiente e Sustentabilidade
  • Escola Amiga em Casa
  • Espaço Escolar
  • Digital
  • Envolvimento da Família
  • Cidadania | Inclusão | Flexibilidade | Atividades

O projeto vencedor ganha 5.000€ (cinco mil euros) em livros LeYa e 6.000€ (seis mil euros) em equipamento para a escola (oferta da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa). A Escola Amiga da Criança premeia adicionalmente o projeto vencedor de cada categoria com 500€ em livros LeYa para as bibliotecas das escolas e um cheque-oferta note! no valor de 1000€.

A 3ª edição do projeto conta também com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Fundação Altice, REN, note!, Católica do Porto Business School, Sociedade Ponto Verde, Associação Mutualista Montepio, The Inventors, Fábrica Centro Ciência Viva, EKUI, Associação ACEGIS, Solfut, Maped e ANEBE com o projeto ‘Menores nem uma Gota’ em parceria com Secretaria Regional da Saúde da Região Autónoma da Madeira.

 

Beira Interior Gourmet decorre de 10 de julho a 10 de agosto

Depois da reabertura dos restaurantes a CVR da Beira Interior vai deste modo levar a efeito a primeira edição do Beira Interior Gourmet.

Acontece de 10 de julho a 10 de agosto, mais de três dezenas de restaurantes terão os menus disponíveis ao grande público.

“Superada esta difícil fase de confinamento, particularmente dolorosa para os empresários de restauração da região, ganhou um duplo sentido o nosso concurso. Por um lado, o que era já o seu pressuposto, valorizar e dar a conhecer a qualidade e criatividade dos restaurantes e vinhos da Beira Interior; por outro lado, ajudar a  reavivar a grande dinâmica gerada com uma retoma económica, turística e anímica, no “pós-Covid-19”.

O tempo decorrido justifica que os restaurantes reconsiderem e reformulem os menus a concurso, sendo que o júri, presidido pelo conceituado crítico de vinhos e comida Fernando Melo, fará as visitas entre 10 de julho e 10 de agosto.

Esperamos e queremos que a expectativa se mantenha elevada, estamos certos de que será um grande concurso, com resultados positivos para todos”, refere a organização.

Vai realizar-se em diversas categorias:

Cozinha regional/tradicional

Cozinha criativa/evolutiva

Cozinha europeia e do mundo

  • Restaurante “Cozinha Tradicional/ Regional – restauração com menus de cozinha regional, que utiliza produtos da Beira Interior ou da região onde está inserido, com ambiente típico ou contemporâneo.
  • Restaurante “Cozinha criativa/Evolutiva” – restauração com cozinha elaborada e serviço especializado, com Chef de Cozinha e com ambiente de algum requinte.
  • Restaurante “Cozinha Europeia e do mundo” – restauração com uma cozinha tradicional de outros países ou “fusão” com ambiente contemporâneo ou clássico.
  • O menu a concurso é composto por Entrada, Prato Principal e Sobremesa que deverão ser acompanhados por Vinhos da Beira Interior certificados (Regionais e/ou DOCs) inseridos na carta de vinhos do restaurante.

Segundo a organização, pretende com esta iniciativa valorizar (sobretudo) os vinhos DO Beira Interior e IG Terras da Beira, os seus produtores, promovendo a excelência na restauração da região

Este projeto, insere-se na estratégia de promoção do enoturismo da região, onde a recentemente criada Rota dos Vinhos da Beira Interior, faz deste evento uma aposta no desenvolvimento da Beira Interior.

Alfazema um novo espaço para o conforto do seu lar

Teve lugar a abertura da Loja Alfazema , na vila de Fornos de Algodres, mais concretamente na Urbanização Zona Sul, um espaço comercial com peças de artesanato , artigos de decoração e utilitários para a casa.

Tem como proprietária Tânia Ribeiro, estando aberto este espaço de segunda -feira a sexta-feira das 9h30 – 12h30 e das 14h – 19h, sábado das 9h00 às 13h.

Um novo espaço onde pode encontrar um pouco de tudo para o seu lar.

 

 

Pinhel recebe Fim de Semana Medieval

Por esta altura, na cidade falcão, seria realizada a sexta edição da Feira Medieval, mas face a isso, o Município de Pinhel vai, ainda assim, assinalar este primeiro fim de semana de junho, com especial, com a presença de Ezequiel e Zacarias.

Não podendo realizar eventos propiciadores de aglomerados populacionais e não sendo possível garantir os distanciamentos preconizados na fase de desconfinamento em curso, o Município de Pinhel convidou os amigos “Ezequiel Cabeçadas e Zacarias Boaventura” a regressarem à Cidade Falcão para partilharem a boa disposição a que já nos habituaram ao longo dos últimos anos.

Com as devidas distâncias, Ezequiel e Zacarias irão deambular pelo Centro Histórico, palco daquela que foi e há de voltar a ser a melhor animação medieval do primeiro fim de semana de junho por terras do Falcão, Guarda-Mor do Reino e Senhorios de Portugal.

Mas este ano eles não vão ficar só pelo Centro Histórico… vão antes partir à conquista da cidade e, sobretudo, à conquista de sorrisos e gargalhadas junto das famílias pinhelenses.

AHRESP faz inquérito às empresas do alojamento turístico e da restauração e bebidas

A AHRESP realizou mais um Inquérito às empresas do alojamento turístico e da restauração e bebidas. O Inquérito decorreu entre 31 de maio e 3 de junho de 2020, tendo obtido 1.510 respostas válidas.

Aqui ficam as principais conclusões  no setor de Restauração e Bebidas:

-Reabertura- 36% das empresas de Restauração não reabriram a 18 de maio

-Faturação

  • 45% das empresas que reabriram têm registado uma faturação média abaixo dos 10%;
  • Quase 60% das empresas perspetivam faturar até 10.000€ em junho;
  • 36% das empresas ponderam avançar para insolvência
  • Lay-off
  • 21% das empresas ainda não tinham recebido o apoio da Segurança Social referente ao primeiro pedido de lay-off;
  • 62% das empresas não vão conseguir pagar salários em junho, se não tiverem apoio do lay-off no mês corrente.
  • -Salários e Emprego
  • 16% das empresas não conseguiram pagar salários em maio;
  • 18% do setor da restauração não vão conseguir manter os postos de trabalho até ao final do ano.
  • Apoios Financeiros
  • 33% das empresas que recorreram a financiamento e têm o processo aprovado, referiram ainda não ter o dinheiro disponível;
  • 28% das empresas não conseguiram aceder ao Programa ADAPTAR porque as candidaturas já estavam encerradas.

Principais conclusões – Alojamento Turístico:

  1. Reabertura
  • 70% do setor do alojamento encerrou por culpa da COVID-19.

 

  1. Faturação
  • Mais de 43% das empresas não conseguem perspetivar qualquer volume de faturação nos meses de junho a setembro;
  • 30% das empresas esperam uma taxa de ocupação máxima de 25% para os meses da época alta (julho a setembro);
  • 18% das empresas ponderam avançar para insolvência.
  1. Lay-off
  • 30% das empresas não tinham recebido o apoio da Segurança Social referente ao primeiro pedido de lay-off;
  • 50% das empresas do alojamento turístico que vão prorrogar o lay-off até junho não vão conseguir pagar salários neste mês se não tiverem apoio do lay-off.
  1. Salários e Emprego
  • 32% das empresas não conseguiram pagar salários em maio;
  • 14% do alojamento turístico não vão conseguir manter os postos de trabalho até ao final do ano.
  1. Apoios Financeiros
  • 35% das empresas que recorreram a financiamento e têm o processo aprovado ainda não têm o dinheiro disponível;
  • 18% do alojamento turístico não conseguiram aceder ao Programa ADAPTAR porque as candidaturas já estavam encerradas. Consulte o Site

Clean & Safe Restauração – O Turismo de Portugal, em parceria com a AHRESP, organizou um Programa de formação on-line do Selo “Clean & Safe” que tem neste momento três horários disponíveis entre os dias 4 e 5 e junho. O objetivo é contribuir para a implementação dos procedimentos que as empresas deverão assegurar para garantir que a sua atividade é realizada nas melhores condições de limpeza e higiene, gerando confiança nos colaboradores e nos clientes. Consulte o Site AHRESP.

 Clean & Safe Açores – A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, através da Direção Regional do Turismo, anunciou a abertura das inscrições para adesão ao selo “Clean & Safe Açores”, cuja atribuição tem por base o Manual de Boas Práticas COVID-19, disponibilizado por módulos temáticos, e que incorpora contributos dados pela AHRESP. Consulte o Site AHRESP.

 Portugal distinguido pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) – Portugal foi um dos primeiros cinco destinos turísticos a receber o “Selo de Segurança Global” do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), que reconhece destinos e empresas pelas medidas implementadas para proteger a saúde dos viajantes e colaboradores. Os restantes destinos turísticos com este selo atribuído foram a Arábia Saudita, Barcelona, Cancún, e Sevilha. Consulte o Site AHRESP.

 Turismo Centro de Portugal – O filme “A Vida é Agora”, inserido na campanha de promoção que a Turismo Centro de Portugal tem em curso, foi reconhecido como um dos melhores filmes a concurso no 13.º Festival Internacional de Filmes de Turismo “TourFilm Riga”, que decorreu em Riga, capital da Letónia. O filme, produzido pela Slideshow para a Turismo Centro de Portugal, foi o grande vencedor na categoria ‘Destinos Turísticos – Região’. Consulte o Site AHRESP.

 

Livro de Reclamações físico – Os estabelecimentos voltam a ter de facultar ao cliente o livro de reclamações em formato físico e cumprir os prazos de envio do original da folha de reclamação, terminada que foi a suspensão destas obrigações. Consulte o Site AHRESP.

 

 

Medidas AHRESP

 Programa de Capitalização para Empresas do Canal HORECA – Face aos resultados obtidos pela AHRESP no inquérito lançado no dia 31 de maio para a Restauração, Bebidas e Alojamento Turístico, é urgente que sejam atendidas as medidas que foram apresentadas ao Governo no passado dia 18 de maio, intitulado Programa de Capitalização para Empresas do Canal HORECA. Com esse programa, procura-se obter a viabilidade das empresas e salvaguardar a manutenção dos postos de trabalho.

Salientam-se algumas das propostas:

  • Um novo regime de lay-off simplificado para a manutenção do emprego;
  • Aplicação da taxa reduzida de IVA para os Serviços de Alimentação e Bebidas (6% no Continente, 5% na Madeira, 4% nos Açores);
  • Isenção da TSU devida pelo empregador;
  • Redução das rendas não habitacionais.

Várias outras propostas podem ser consultadas no Site AHRESP.

 Reforço Urgente do “Programa ADAPTAR”- A AHRESP defende um reforço urgente do Programa ADAPTAR, que só está disponível para as regiões Centro, Alentejo e Algarve. Com a suspensão a 25 de maio das candidaturas ao ADAPTAR MICROEMPRESAS (a nível nacional) e ao ADAPTAR PME nas Regiões de Lisboa e Norte. Este apoio é da maior relevância para as nossas micro e PME, de modo a garantir a aquisição implementação das medidas adequadas para um funcionamento em segurança, como se exige. Consulte o Site AHRESP.

 

 

Dia Mundial do Ambiente assinalado em 5 de junho

Em Fornos de Algodres vai ser  assinalado o Dia Mundial do Ambiente, na sexta-feira, dia 5 de junho, numa iniciativa  do CLDS 4G e o Município de Fornos de Algodres  com a colaboração do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres .

Deste modo, fazem um desafio a criar uma história ilustrada ou apenas um desenho em que o tema principal seja “Um pássaro na floresta!” uma forma de testar a criatividade de todos. Os trabalhos realizados serão expostos numa exposição em data a designar.

Associações locais de Mangualde receberam EPI´s

Cerca de mil máscaras comunitárias certificadas e gel desinfetante produzidas no concelho

Chegou a terceira fase de desconfinamento, deste modo, o movimento associativo foi comtemplado para receber da Câmara Municipal de Mangualde a oferta de cerca de mil Equipamentos de Proteção Individual (EPI), composto por máscaras comunitárias certificadas (laváveis e reutilizáveis) fabricadas em Mangualde, para cerca de 60 Associações de Mangualde. Para além das máscaras, foi ainda oferecido gel desinfetante. O objetivo é ajudar estas importantes instituições na retoma da sua normal atividade e reforçar, simultaneamente a importância que o movimento associativo tem junto das populações, quer em termos culturais quer em termos desportivos e recreativos.

De recordar que, no mês de abril, a Câmara Municipal de Mangualde efetuou a doação de EPI às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho. Na altura, foram doadas três mil máscaras, três mil luvas, seis mil aventais descartáveis e 14 termómetros eletrónicos sem contacto.

Para Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, “estas ações ajudam as associações a regressarem à sua atividade normal, respeitando todas as regras de combate à propagação do vírus, mas valorizando o papel que estas têm na nossa sociedade. Ao adquirir estes equipamentos na industrial local estamos ainda a apoiar a nossa atividade económica, a qual sempre incentivamos a redirecionar a sua produção para estas novas necessidades do país e do mundo”. O presidente sublinha ainda que “a sociedade deseja retomar a sua atividade cultural, social, desportiva e recreativa e é fundamental que o regresso aconteça, mas sempre com os devidos cuidados.”

Foto: Mun.Mangualde

TMG regressa em julho com programação regular

A programação cultural do Teatro Municipal da Guarda (TMG) vai regressar em breve com a realização do Festival de Jazz e Blues entre os dias 1 e 11 de julho, a decorrer ao ar livre, na esplanada do Café Concerto. O cartaz propõe concertos ao fim de tarde na esplanada e no local serão asseguradas todas as normas sanitárias indicadas pela Direção Geral de Saúde (DGS) para que público, artistas e equipas técnicas estejam em segurança. Brevemente anunciaremos o programa artístico do festival.

Recorde-se que o TMG teve que cancelar toda a sua atividade no dia 16 de março, devido à Pandemia por COVID-19 e à posterior declaração dos Estado de Emergência. Durante este período de paragem, a equipa criou a plataforma digital TMG360.pt, um projeto original de visita virtual em 360º ao TMG, e planificou um programa de divulgação de conteúdos artísticos online.

A reabertura do TMG é anunciada agora, no seguimento de um longo período de indefinição. Lembramos que apenas na passada semana a DGS e o Ministério da Cultura divulgaram as regras sanitárias e de segurança para a reabertura das salas de espetáculos. Após análise minuciosa sobre a implementação e exequibilidade das novas regras impostas, na prática, por razões de prevenção sanitária e de necessidade de redefinir uma programação cultural adaptada à nova realidade (como a limitação de lotação de espetadores nas salas), o Município da Guarda decidiu manter encerrado ao público os auditórios do TMG (atividade indoor) durante o Verão. Assim, a reabertura dos espaços Indoor fica agendada para setembro, com uma programação especial a anunciar oportunamente.

Rede Solidária do Medicamento teve a adesão do Municipio de Fornos de Algodres

Fornos de Algodres associou-se à Associação Dignitude, promotora do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, que recentemente lançou a Emergência abem: COVID-19, para levar saúde a todos aqueles que precisam.

Através da Emergência abem: COVID-19, será possível apoiar no acesso à saúde novos beneficiários referenciados por entidades parceiras locais como Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, IPSSs, Cáritas e Misericórdias. Cidadãos que devido ao panorama atual apresentam necessidades específicas, decorrentes deste período tão difícil.

Na Emergência abem: COVID-19 iremos ainda ajudar os doentes que carecem de terapêutica de dispensa hospitalar a receber essa medicação através da sua farmácia. Nesta fase de emergência as despesas de distribuição destes medicamentos pelo país, que os hospitais não têm capacidade financeira para assumir, uma vez que já pagam a totalidade do seu custo, custo esse que não constitui, assim, qualquer encargo para o abem:, serão financiadas solidariamente através do Fundo Emergência abem: COVID-19.

Para responder a este desafio foi criado o Fundo Emergência abem: COVID-19, para o qual todos os portugueses são convidados a contribuir, na certeza de que todos os donativos efetuados são exclusivamente utilizados na aquisição de medicamentos, produtos e serviços de saúde para quem mais precisa.

Todos podemos ajudar sem sair de casa. Junte-se a este movimento solidário e faça a diferença! Pode contribuir para este Fundo:

– Com um donativo no Website www.abem.pt

Via MB WAY, para o número 932 440 068 *

Por transferência bancária, para o IBAN: PT50.0036.0000.99105930085.59 *

* Os doadores podem enviar comprovativo de transferência, nome e NIF para geral@dignitude.org para que lhe seja emitido o recibo de donativo.

O Fundo arrancou com um primeiro donativo da Associação Dignitude e da Fundação AGEAS, ao qual já se juntaram dezenas de cidadãos solidários, a Abbvie, a Alliance Healthcare, a Associação Nacional das Farmácias, a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica, a Bene farmacêutica, a BIAL, a Fidelidade, a Fundação Millennium BCP, o Grupo Cooprofar-Medlog, a GSK Farma, a Janssen, a REN, a ViiV Healthcare, a VALORMED e a VICTORIA Seguros. Também o Prémio João Cordeiro reverteu a favor desta causa. Juntos, angariámos já 180.026,49€ em donativos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar