Templates by BIGtheme NET
Home » Ambiente (page 4)

Ambiente

“Dias Abertos”no Piaget em Viseu

“Dias Abertos” é o nome da iniciativa que o Instituto Piaget promove ao longo da primeira quinzena de julho dirigida aos estudantes interessados em candidatar-se às suas licenciaturas no próximo ano letivo.

A ação envolve todos os polos de ensino superior da instituição, de norte a sul do país, através de sessões online interativas gratuitas, em que os estudantes poderão obter todas as informações e esclarecer as suas dúvidas diretamente com os coordenadores e docentes dos cursos. A iniciativa arranca já no dia 1 e prolonga-se até 13 de julho, com dias específicos para cada curso.

Para participar os interessados só terão de se inscrever no dia aberto a que pretendem aceder, o que podem fazer através do site do Instituto Piaget, onde está igualmente disponível informação sobre o horário de cada uma das sessões.

No polo académico de Viseu há dois dias abertos programados: o dia 1 de julho, que marca o arranque da iniciativa, para a licenciatura de Psicologia, e o dia 3, para as licenciaturas de Enfermagem e Fisioterapia.

No campus de Silves, as licenciaturas de Fisioterapia, Osteopatia e Enfermagem têm a sua sessão marcada para o dia 2 de julho, as duas primeiras num evento que decorre de manhã e a terceira de tarde.

No polo de Vila Nova de Gaia, a data escolhida é o dia 3 de julho, para os interessados nas licenciaturas de Acupunctura, Enfermagem, Fisioterapia e Osteopatia.

Finalmente, o campus de Almada promove os seus dias abertos no dia 7, para as licenciaturas de Educação Básica, Educação Social e Informática, e no dia 13 para os cursos de Educação Física e Desporto, Gestão e Psicologia.

 

Assinatura do Protocolo de Investimento em Fibra de Nova Geração Ótica da Altice Portugal no Concelho de Celorico da Beira

Vai ter lugar a sessão de assinatura do Protocolo de Investimento em Fibra de Nova Geração Ótica da Altice Portugal no Concelho de Celorico da Beira .A sessão terá lugar na no Inatel de Linhares da Beira , nesta quinta-feira, dia 2 de julho, pelas 14h30. Na sessão estarão presentes o presidente da Câmara de Celorico da Beira, Carlos Ascensão e o  Chief Technology Officer da Altice, Luís Alveirinho.

GNR vigia as florestas com videovigilância e drones

A Guarda Nacional Republicana, no âmbito das operações de vigilância das florestas, utiliza sistema de videovigilância e aeronaves não tripuladas (drones), para melhorar as condições de prevenção e deteção de incêndios rurais, nas freguesias identificadas como prioritárias.

No âmbito da coordenação das ações de prevenção relativas à vertente da vigilância e deteção, que compete à GNR, está a ser utilizado um sistema de videovigilância em cerca de 25% do território nacional, cobrindo áreas-sombra dos postos de vigia, bem como um conjunto de drones, como forma de potenciar as atividades de vigilância e deteção de incêndios rurais, em particular nas 1.114 freguesias prioritárias. Este meio constitui-se como complemento ao patrulhamento móvel e à Rede Nacional de Postos de Vigia (RNPV), a qual viu ativada a Rede Secundária ontem, dia 29 de junho, acrescentando 153 postos aos 77 postos da Rede Primária, ativos desde 7 de maio. Até ao dia 28 de junho foram contabilizados 282 alertas de incêndio pelos Postos de Vigia e 23 pelo sistema de videovigilância.

Estes meios de vigilância e deteção de incêndios rurais nascentes permitem uma intervenção dos meios de combate de forma mais célere e precisa. Para além do alerta às entidades responsáveis pelo combate, a RNPV contribui ainda para a georreferenciação da ocorrência, através do processo de triangulação e da produção de informação complementar útil de apoio à decisão operacional.

A GNR tem em implementação uma plataforma que estabelece mecanismos de coordenação entre as entidades do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR) e outros organismos e instituições envolvidas ou a envolver nas operações da vigilância e deteção, designado por Dispositivo Integrado de Vigilância e Deteção de Incêndios Rurais (DIVDIR) para concretizar a articulação e a otimização do emprego operacional dos meios disponibilizados pelos diversos atores.

Desta forma, a GNR, enquanto pilar da coordenação das ações de prevenção operacional, vigilância, deteção e fiscalização, disponibiliza informação permanente de apoio à decisão aos Comando Distritais da Proteção Civil, sendo que a coordenação das ações de prevenção operacional é feita através das Equipas de Manutenção e Exploração de Informação Florestal (EMEIF) da GNR, que funcionam junto de cada um dos 18 Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS).

A Guarda disponibiliza ainda um serviço de atendimento telefónico SOS ambiente e território – 808 200 520, disponível 24 horas por dia, durante todo o ano, através do qual poderão ser expostas situações e colocadas dúvidas. Este ano, até ao dia 28 de junho, foram já recebidas 5.568 denúncias através desta linha.

A proteção da floresta e de todo o meio ambiente depende de todos.

Cinema em Pinhel no mês de julho

A programação de cinema agendada para o mês de julho, no Cineteatro São Luís, em Pinhel, nos dias e horários  indicados.

3 e 5 de julho, 21.30h
Mosquito
(Drama / Guerra / Cinema Português)

10 e 12 de julho, 21.30h
The Gentlemen – Senhores do Crime
(Ação / Crime – M16)

17 e 19 de julho, 21.30h
21 Pontes
(Drama / Thriller – M14)

24 e 26 de julho
Bikes – Uma Aventura Sobre Rodas (VP)
sexta-feira, dia 24, 21.30h
domingo, dia 26, 16.00h e 21.30h

31 de julho e 2 de agosto, 21.30h
Alice e o Presidente
(Comédia Dramática – M12)

Live Beach – Praia Artificial de Mangualde abre as portas

O Município de Mangualde e a Proteção Civil Municipal prestaram todo o apoio técnico para a implementação das medidas de segurança necessárias e obrigatórias para que a Live Beach – Praia Artificial de Mangualde abre as portas amanhã, dia 27 de junho.

Todas as regras de higiene necessárias e autorizadas pela Direção Geral de Saúde (DGS) foram colocadas em prática e, assim, o recinto abre com todas as condições segurança. Os visitantes podem dar um mergulho, com vista para a Senhora do Castelo, e sentirem-se seguros e com confiança.

O horário de funcionamento do espaço é das 9h30 às 19h00. Os preços variam entre os 2,50€ para estudantes e os 17,50€ para um passe de 7 dias seguidos (preços por pessoa). Para adultos o valor diário é de 4,90€, dia inteiro, e 2,75€, para meio dia. As crianças até aos 5 anos não pagam e existem preços especiais para famílias e grupos. Para mais informações: geral@livebeach.pt e 962 663 400.

 

GNR Guarda – Prisão Preventiva por violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 23 de junho, deteve um homem, de 33 anos, pela prática do crime violência doméstica, no concelho da Guarda.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica sobre a sua ex-companheira, de 30 anos, tendo sido dado cumprimento a um mandado que culminou na detenção do suspeito.

O detido, reincidente no mesmo tipo de crime, foi presente ao Tribunal Judicial da Guarda,  dia 24 de junho, tendo ficado sujeito à medida de coação de prisão preventiva.

Rodrigo Correia em “campanha” no Rali de Castelo Branco

Apelando por um rally mais sustentável, que passa por reduzir, reutilizar e reciclar, o jovem piloto de 16 anos manifestou que “os melhores adeptos estão nos desportos motorizados”, apelando que viajem até à cidade albicastrense regendo-se pelas regras de distanciamento por causa da Covid-19…

Navegado por Miguel Paião, o jovem Rodrigo Correia “alistou-se” no Rali de Castelo Branco, prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis, e já “acelera” nas redes sociais com a missão de sensibilizar o público nos afazeres a ter em linha de conta antes, durante e após a prova da Escuderia Castelo Branco.

O mais jovem piloto português de ralis de sempre, com apenas 16 anos de idade, está envolvido, de “pedra e cal”, numa campanha de prevenção da Covid-19, fomentando a ajuda às organizações e à Escuderia Castelo Branco em particular, por ser o próximo compromisso, evidenciando o exemplo para que tudo fique bem.

A vida social é indispensável ao desenvolvimento do ser humano, mas é igualmente importante que, face ao panorama em que estamos a viver, sejam protegidas as regras de distanciamento por causa da Covid-19. O indivíduo isolado vê-se melhor, por isso a distância de segurança é fundamental para o bom funcionamento do Rali de Castelo Branco.

As armas de combate ao novo coronavírus passam por cuidados redobrados de higiene, seguindo as indicações da Direcção Geral de Saúde, a fim de não contribuírem para a regressão da pandemia da Covid-19, bastando para isso cumprir as regras impostas.

No Rali de Castelo Branco, o processo de individualização não é contrário ao de socialização, mas é de capital importância que os aficionados dos ralis e público em geral devem estar sensibilizadas para o cumprimento das regras de etiqueta respiratória, da lavagem correcta das mãos, assim como das outras medidas de higienização e controlo ambiental, mantendo uma distância física mínima antes, durante e depois das provas especiais de classificação.

Balanço da operação Lugares Património Mundial do Centro

Operação Lugares Património Mundial do Centro faz balanço positivo e tem o objetivo de continuar

O claustro real do Mosteiro da Batalha recebeu hoje uma conferência de imprensa para apresentação dos principais resultados da operação Lugares Património Mundial do Centro. A operação promove de forma conjunta, desde 2017, os quatro elementos patrimoniais da região Centro de Portugal inscritos na lista do Património Mundial da UNESCO: Mosteiro da Batalha, Mosteiro de Alcobaça, Convento de Cristo em Tomar e Universidade de Coimbra, Alta e Sofia.

Ao mesmo tempo, a conferência de imprensa, intitulada “Lugares Património Mundial do Centro: Chegou o tempo do regresso”, serviu para apelar ao regresso dos visitantes aos monumentos e lugares classificados, após o difícil período que recentemente atravessámos.

A iniciativa contou com intervenções de Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, em representação do consórcio que levou a efeito a operação; Joaquim Ruivo, diretor do Mosteiro da Batalha, em representação da Direção-Geral do Património Cultural; e Paulo Baptista Santos, presidente da Câmara Municipal da Batalha.

Igualmente presentes estiveram representantes das várias autarquias e entidades envolvidas, casos da diretora regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes; da presidente da Câmara Municipal de Tomar, Anabela Freitas; da vereadora da Câmara Municipal de Coimbra, Carina Gomes; da vereadora da Câmara Municipal de Alcobaça, Inês Silva; e de diretores do Turismo Centro de Portugal.

A operação Lugares Património Mundial do Centro desenvolveu-se a partir de 2017 e assentou em quatro eixos fundamentais, cuja execução foi apresentada hoje: um programa de qualificação da hospitalidade turística, um programa educativo em rede, um programa cultural em rede e um programa de comunicação em rede.

Um dos produtos que resultam da operação Lugares Património Mundial do Centro vai estar disponível no próximo sábado – o guia “Lugares Património Mundial – Centro de Portugal”, que será distribuído com um jornal nacional. Com tiragem de 80 mil exemplares, esta publicação conta a História dos quatro lugares classificados e mostra o melhor que há para conhecer nos lugares e nas zonas envolventes, incluindo sugestões de roteiros variados. Também hoje foi apresentado o Guia Digital “Visitante + Seguro Lugares Património Mundial do Centro”. Disponível em www.patrimoniomundialdocentro.pt, este guia reforça a importância de voltar e regressar aos lugares e monumentos patrimoniais, demonstrando ao visitante que o pode fazer de forma segura, apresentando dicas, recomendações e sugestões para uma viagem e visita mais responsável e segura.

Entre os resultados da operação apresentados, destacou-se o aumento do número de visitantes aos quatro lugares, que em conjunto somaram 1,5 milhões de visitas em 2019: 416,7 mil no Mosteiro da Batalha, 365,4 mil no Convento de Cristo, 220 mil no Mosteiro de Alcobaça e 482,9 mil (dados de 2018) na Universidade de Coimbra, Alta e Sofia, a que se somaram 149,6 mil no Museu Nacional Machado de Castro, em Coimbra, que integra a classificação da Universidade de Coimbra, Alta e Sofia desde 2019.

Na apresentação, Joaquim Ruivo sublinhou o facto de a pandemia de covid-19 poder ter como uma das consequências “descentralizar os circuitos turísticos, aliviar os que estão sobrecarregados, levar visitantes aos circuitos menos conhecidos e reforçar o turismo nacional”. “Tudo isto são oportunidades que podem surgir com esta crise. Mantendo as distâncias podemos ser cada vez mais unidos”, reiterou.

Pedro Machado, a quem coube a apresentação dos resultados, destacou a aposta que o Turismo Centro de Portugal e outras regiões do país estão a fazer no reforço dos visitantes nacionais, nesta primeira fase de desconfinamento. “Desafiamos os portugueses a conhecerem melhor Portugal. Visitem Portugal! Tirem partido daquilo que os estrangeiros dizem há três anos: que Portugal é o melhor destino turístico do mundo. Se somos o melhor destino, vamos usufruir dele e tirar partido desta nova realidade. Os portugueses têm ao dispor experiências maravilhosas e inolvidáveis dentro do seu próprio país e, em particular, no Centro de Portugal, incluindo os nossos lugares Património Mundial”, frisou.

A partir de julho, o desafio é extensível aos turistas de fora do país. “Queremos inspirar os visitantes a escolherem o Centro de Portugal assim que poderem viajar, e sobretudo a escolherem um dos produtos premium da região, que é precisamente o Património e Cultura. Queremos que estes 1,5 milhões de visitantes, que escolheram estes lugares em 2019, voltem a colocar o Centro de Portugal nas suas preferências. A região está disponível e apta a recebê-los”, sustentou.

Em relação à operação Lugares Património Mundial do Centro, Pedro Machado realçou que “foi possível realizar um investimento virtuoso, que teve retorno para aqueles que participaram no consórcio”. “Acreditamos que o trabalho destes anos é um extraordinário exercício para o presente e para o futuro e queremos renovar este compromisso com os parceiros para os anos vindouros. O turismo, a cultura e o património constituem um triângulo virtuoso”, disse ainda.

A finalizar a conferência de imprensa, Paulo Baptista Santos, na qualidade de anfitrião, enalteceu o facto de que “esta relação entre a cultura e o turismo, quando bem combinada e feita com qualidade, potencia uma sinergia muito importante para a economia local e para os valores culturais que defendemos”. Recordando que “no país quem faz cultura são os municípios”, o autarca continuou, dizendo que “este projeto em rede demonstra que é possível fazer um trabalho continuado, sistematizado, de qualidade e que acrescenta valor no território e na economia. O incremento da notoriedade dos nossos patrimónios deveu-se muito a esta parceria”. “Há um grande consenso em continuarmos este projeto nos próximos anos”, concluiu.

Pinhel acolhe as “Quartas-feiras no Coreto”

O Jardim 5 de Outubro , em Pinhel ,vai receber nesta quadra de verão as atividades ao ar livre, com o Município de Pinhel a regressar com uma programação cultural que pretende ser eclética e mostrar ao público que é possível regressar aos sítios onde fomos felizes e desfrutar de belíssimos momentos lúdicos.
Assim, em julho, os serões de Quarta-Feira vão trazer a Pinhel um diversificado conjunto de espetáculos que incluem diversos géneros musicais, mas também teatro e magia.
A fim de cumprir as normas recomendadas pelas autoridades de saúde, haverá lugares marcados e limitados, com a recomendação de uso obrigatório de máscara.
Ainda que com estas condicionantes, inerentes à situação de pandemia que vivemos, o Município de Pinhel espera que o público possa desfrutar destes serões de quarta-feira, num local onde é sempre bom voltar.
Programação pelas 21h30m:
1 julho | David Cruz e Cláudia Santos | “Boldie & Cloide” | Música / Teatro
8 julho | Flávia Castro | “Vários dias numa noite” | Acordeão
15 julho | Zé Mágico | “O Quê?!!” | Magia
22 julho | Luís Oliveira | Pop, Blues & Folk | Guitarra
29 julho | Júlio Reis | Musica Erudita | Guitarra Clássica

Candidatura ao Fundo Ambiental Aprovada: Aquisição de Veículo Elétrico para Fornos de Algodres

Foi recentemente aprovada, pelo Fundo Ambiental, a candidatura para a aquisição de uma viatura elétrica para Câmara Municipal de Fornos de Algodres

A candidatura com um apoio de 50% no valor da aquisição do veículo elétrico ligeiro, pretende promover a descarbonização e a melhoria do desempenho ambiental do Parque de Veículos da Câmara Municipal de Fornos de Algodres.

Portugal assumiu o compromisso de atingir a neutralidade carbónica até 2050, tendo estabelecido metas de redução das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) para 2020 e 2030 e identificado, no contexto do Sistema Nacional de Políticas e Medidas (SPeM), políticas e medidas capazes de assegurar o cumprimento das citadas metas, tendo em vista a descarbonização da economia, concretizando o Programa Nacional para as Alterações Climáticas PNAC 2020/2030.

Esta candidatura tem como principal objetivo a continuação das políticas ambientais na área ambiental que estão a ser desenvolvidas pela Câmara Municipal de Fornos de Algodres no Concelho.

A principal finalidade da candidatura aprovada pelo Fundo Ambiental será de apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento dos objetivos nacionais e internacionais, designadamente os relativos às alterações climáticas.

A aquisição desta viatura elétrica – que será submetida brevemente a concurso público – , inserida no Programa de Apoio à Mobilidade Elétrica na Administração Pública, pressupõe a substituição de um veiculo com mais de 10 (dez) anos do Parque de Veículos da Câmara Municipal.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar