Templates by BIGtheme NET
Home » Segurança

Segurança

GNR resgata 60 migrantes na ilha de Samos (Grécia)

A Unidade de Controlo Costeiro, através de militares destacados desde abril na ilha de Samos, no âmbito da missão da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX), hoje, dia 17 de setembro, detetou e resgatou 60 migrantes, dos quais 12 crianças, 13 mulheres e 35 homens, a sul da Ilha de Samos – Grécia.

No decorrer de uma ação de vigilância junto à costa, a equipa de vigilância marítima, designada de Thermal Vision Vehicle (TVV), detetou uma embarcação suspeita no mar Egeu a aproximar-se de terra, na zona este da ilha. Através dos equipamentos de visão térmica, foi possível verificar que se tratava de duas embarcações de borracha, nas quais seguiam migrantes.

A primeira embarcação detetada encontrava-se junto à orla costeira, tendo sido intercetada pela embarcação da GNR, que garantiu o seu acompanhamento e a sua navegabilidade em segurança, até à Marina de Samos. A bordo desta embarcação de borracha, com cerca de 6 metros, seguiam 30 migrantes, dos quais 9 crianças, 6 mulheres e 15 homens.

A segunda embarcação, também avistada pela equipa TVV, foi de imediato intercetada pela embarcação da GNR, que procedeu ao resgate os migrantes. Esta segunda embarcação, com cerca de 10 metros, apresentava dificuldades em navegar e foi rebocada até à Marina de Samos, sendo que a bordo da mesma seguiam 30 migrantes, dos quais 3 crianças, 7 mulheres e 20 homens.

A GNR, nesta missão da FRONTEX, desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas.

Só no presente ano de 2019, e até ao momento, a GNR efetuou 777 patrulhas, o que corresponde a mais de 5 000 horas de empenhamento, percorreu 66 mil quilómetros e efetuou 5 mil milhas náuticas, tendo detetado 217 embarcações e auxiliado 2 088 migrantes.

Por:GNR

GNR- Atividade operacional semanal

O Comando Territorial da Guarda, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, no distrito da Guarda, na semana de 9 a 15 de setembro, que visaram a prevenção e o combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

1.    Detenções: 20 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·         Oito por tráfico de estupefacientes;

·         Quatro por condução sob efeito do álcool.

 

2.    Apreensões:

·         132 doses de haxixe;

·         105 doses de MDMA;

·         26 comprimidos de ecstasy;

·         12 doses de cocaína;

·         Duas doses de liamba.

 

3.    Trânsito:

Fiscalização: 321 infrações detetadas, destacando-se:

·         22 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

·         15 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·         13 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·         12 por falta de inspeção periódica obrigatória.

Sinistralidade: 22 acidentes registados, destacando se:

·         Cinco feridos leves.

 

4.    Fiscalização Geral: 21 autos de contraordenação:

·         18 no âmbito da legislação policial;

·         Três no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente.

GNR resgata 49 crianças na Grécia

Ontem, dia 11 de setembro, e esta madrugada, do dia 12 de setembro, as duas embarcações da Unidade de Controlo Costeiro (UCC), que se encontram destacadas na ilha de Samos e de Chios, resgataram, no mar Egeu, um total de 113 migrantes, dos quais 49 crianças, 25 mulheres e 39 homens.

Na primeira situação, em Samos, durante uma ação de patrulhamento, os militares da GNR detetaram uma embarcação de borracha que transportava migrantes a bordo, a cerca de 2 milhas náuticas de distância do Porto de Pythagorio. A embarcação detetada tinha cerca de 7 metros, na qual seguiam 37 migrantes a bordo, dos quais 13 crianças, 8 mulheres e 16 homens. O resgate foi efetuado, antes do nascer do sol, pelo que os meios auxiliares a bordo da embarcação, como o radar e os meios de visão noturna, foram fulcrais para o sucesso da deteção da pequena embarcação que transportava os migrantes.

Na segunda situação, a sul da ilha da Chios, no decorrer de uma ação de vigilância junto à costa, os militares da GNR foram alertados, pelas autoridades gregas, para a existência de uma embarcação de borracha de pequenas dimensões, onde seguiam 39 migrantes. De imediato, a embarcação da GNR que efetuava patrulhamento marítimo naquela área de operações, deslocou-se para o local indicado realizando o resgate dos migrantes. Esta operação revelou-se de enorme dificuldade devido ao número elevado de crianças, sendo resgatadas 21 crianças, com idades compreendidas entre os 5 meses e os 17 anos, 9 mulheres e 9 homens, com idades compreendidas entre 20 e os 65 anos.

Esta madrugada, a sul da ilha de Samos, equipa terrestre de vigilância marítima da UCC, designada de Thermal Vision Vehicle (TVV), através dos equipamentos de visão térmica e noturna, detetou uma pequena embarcação de borracha, sobrelotada e à deriva, tendo a bordo mais 37 migrantes, dos quais 15 crianças, 8 mulheres e 14 homens. De imediato, esta equipa deu o alerta à embarcação da GNR, que se encontrava a patrulhar aquela área, a qual prontamente se deslocou para o local, permitindo resgatar os migrantes.

Em ambos os casos os militares deram início ao resgate começando pelas crianças, de seguida as mulheres e, por último, os homens.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar