Templates by BIGtheme NET
Home » Gouveia » Álvaro Amaro promete auditoria à Câmara da Guarda

Álvaro Amaro promete auditoria à Câmara da Guarda

 

O
novo presidente da Câmara Municipal da Guarda, o social-democrata
Álvaro Amaro, disse este sábado que vai fazer uma auditoria económica,
financeira e social, com o objetivo de conhecer a situação em que a
autarquia se encontra.

“Como
afirmámos repetidas vezes [durante a campanha eleitoral], queremos
conhecer a radiografia económica, financeira e social” da autarquia,
disse este sábado Álvaro Amaro, eleito pela coligação PSD/CDS-PP, por
ocasião da cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos autárquicos do
concelho. O social-democrata deixou claro que a “auditoria ou
radiografia à questão económica, social e financeira é um instrumento de
gestão e, em caso algum, de suspeição”. “É absolutamente natural que
todos queiramos saber de uma forma ou de outra, o que temos, o que
devemos e o que necessitamos”, justificou. O novo presidente da Câmara
da capital de distrito, que sucede ao socialista Joaquim Valente, também
anunciou que irá reformular a atual estrutura orgânica do município da
Guarda. “Venho para avaliar e ajustar a administração municipal às
prioridades funcionais que definiremos. Em tempo de condicionamento de
recursos, é necessário ponderar onde e como gastar”, alertou. A reforma e
modernização dos serviços terá uma “atenção especial” do novo
executivo, prometeu, sublinhando que o objetivo é a “reaproximação
permanente entre o cidadão e a estrutura do município”. Álvaro Amaro
disse ter “consciência que a racionalização de recursos” exige,
porventura, “um combate sério ao desperdício e exige a articulação das
competências funcionais entre o poder central e o poder local”. Apontou
que a Câmara de Castelo Branco, com 56 mil habitantes, possui 377
funcionários na autarquia, nos serviços municipalizados e na empresa
municipal, quando a Guarda, com 43 mil residentes, tem um total de 681
colaboradores. “Temos de encontrar explicações plausíveis para esta
situação”, observou o autarca, deixando claro que, tal como afirmou na
campanha eleitoral, não irá “despedir ninguém”. Amaro também prometeu um
município “amigo dos seus munícipes, procurem eles uma simples
informação ou apresentem um projeto qualquer de investimento”. No seu
discurso, Álvaro Amaro defendeu ainda a necessidade de a Guarda tirar
proveito da sua posição geoestratégica, por ser uma “importante porta
para a Europa e da Europa”. Também anunciou que a cidade vai ter uma
delegação da Entidade Regional de Turismo do Centro, para “valorizar,
dinamizar e potenciar a marca Serra da Estrela”, e que a autarquia irá
realizar uma Feira Ibérica do Turismo. Álvaro Amaro, que liderou a
autarquia de Gouveia nos últimos três mandatos, candidatou-se à Câmara
da Guarda nas eleições autárquicas de 29 de setembro e obteve maioria
absoluta, derrotando o PS que geria o município desde as primeiras
eleições autárquicas (1976). A coligação PSD/CDS-PP elegeu cinco
vereadores e o PS apenas dois.

fonte:Lusa

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar