Templates by BIGtheme NET
Home » Gouveia » PSD vai recorrer de decisões de impugnação

PSD vai recorrer de decisões de impugnação

 
 O
candidato do PSD à Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, acredita que a sua
candidatura será aceite, apesar de o tribunal da cidade ter decidido
esta segunda-feira pela impugnação pedida pelo Bloco de Esquerda (BE).

«Respeitamos
as decisões [dos tribunais], mas continuamos a trabalhar” na “convicção
de que a nossa candidatura será aceite e vitoriosa», afirmou à agência
Lusa Álvaro Amaro, que cumpre o terceiro mandato consecutivo à frente da
Câmara de Gouveia e concorre à presidência do município da Guarda a 29
de setembro. O Tribunal da Guarda decidiu pela impugnação da candidatura
social-democrata à presidência deste município, disse à Lusa o
coordenador autárquico do BE, Pedro Soares, adiantando que idênticas
foram as decisões judiciais em relação às candidaturas do PSD em Tavira e
Castro Marim, pelo facto de os candidatos também terem atingido o
limite de mandatos noutros municípios. Compete aos tribunais «analisar e
julgar», mas, «obviamente, a nossa candidatura, em consonância com a
estratégia nacional do partido, preparará a reclamação e eventual
recurso para o Tribunal Constitucional», disse Álvaro Amaro, sublinhando
que continuará a trabalhar na convicção de que será candidato à Câmara
da Guarda. Álvaro Amaro assegurou que aguarda «serenamente» o
desenvolvimento do processo, em instâncias superiores, «mantendo sempre a
mesma intensidade de trabalho» que uma campanha exige. O BE apresentou
pedidos de impugnação de 11 candidaturas autárquicas, nos concelhos de
Alcácer do Sal (CDU), Aveiro (PSD), Beja (CDU e PS), Castro Marim (PSD),
Évora (CDU), Guarda (PSD), Lisboa (PSD), Loures (PSD), Porto (PSD) e
Tavira (PSD). Daqueles pedidos de impugnação, hoje foram conhecidas as
decisões dos tribunais da Guarda, de Tavira e de Vila Real de Santo
António (em relação ao caso de Castro Marim), que aceitaram a
impugnação, e do Tribunal de Évora, que decidiu no sentido contrário. O
Tribunal de Évora rejeitou o pedido de impugnação do BE à candidatura de
Carlos Pinto de Sá (CDU) à câmara municipal deste concelho, mas os
bloquistas pretendem recorrer para o Tribunal Constitucional, segundo
Bento Anastácio, do secretariado da coordenadora distrital de Évora do
BE.
fonte:Guarda pt
 

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar