Templates by BIGtheme NET
Home » Gouveia » Autarquias 13-Revolução Branca tenta impedir candidatura do PSD à Guarda

Autarquias 13-Revolução Branca tenta impedir candidatura do PSD à Guarda

 
 
O
Movimento Revolução Branca já garantiu que vai avançar com uma
providência cautelar para impedir o atual presidente da autarquia de
Gouveia de se candidatar, pelo PSD, à Câmara da Guarda nas próximas
autárquicas.

O
PSD/Guarda anunciou segunda-feira à noite que vai apresentar Álvaro
Amaro – atual autarca de Gouveia e que devido à lei limitação de
mandatos não pode se pode recandidatar – à Câmara Municipal da Guarda
nas eleições autárquicas deste ano. Em declarações à agência Lusa, o
presidente do Movimento Revolução Branca (MRB), Paulo Romeira, foi
perentório: «Temos que ser coerentes connosco próprios e não nos resta
outra alternativa senão, em tempo oportuno, avançar com uma providência
cautelar para impedir esse autarca de se candidatar». Segundo Paulo
Romeira não há ainda «timing certo» para esta providência cautelar já
que o movimento não é composto por «profissionais da política» e por
isso demora «sempre um bocadinho mais do que um profissional demora a
apresentar as candidaturas». «Aquilo que garantimos é que, em tempo
útil, nem que se trabalhe de noite e de dia, vamos apresentar a
providência cautelar», sublinhou. Para o presidente do MRB, «o PSD,
neste momento, entrou por um túnel e não sabe como é que há de sair dele
e a única fuga é para a frente». «Nós, como somos teimosos – aliás têm
sido essas as provas que temos dado ao longo destes últimos tempos em
que temos desenvolvido diversas atividades – acompanhamos o PSD até eles
onde eles quiserem ir. Pelos vistos vai ser até ao Tribunal
Constitucional conforme eles já trataram de avisar», referiu. O MRB já
interpôs sete ações populares para impedir candidaturas de autarcas do
PSD, sendo as mais mediáticas a do atual presidente da Câmara de Sintra,
Fernando Seara, à Câmara de Lisboa, e a do autarca de Vila Nova de
Gaia, Luís Filipe Menezes, à vizinha cidade do Porto. O anúncio do
candidato social-democrata à autarquia da capital de distrito foi
segunda-feira à noite feito em conferência de imprensa por Júlio
Sarmento, líder distrital do PSD/Guarda, que considerou que o escolhido,
que não se pode recandidatar à Câmara Municipal de Gouveia devido à lei
de limitação de mandatos, é «um candidato ganhador». Quando questionado
com a possibilidade de os tribunais não aceitarem a candidatura de
Álvaro Amaro, o líder do PSD/Guarda respondeu que esse facto «está
equacionado, mas não se vai colocar». «Risco político era o PSD
apresentar um candidato frágil e sem experiência», declarou, referindo
que não há risco «quando se quer correr para ganhar».

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar