Templates by BIGtheme NET
Home » Serra » Operadoras tentam evitar dividas prolongadas

Operadoras tentam evitar dividas prolongadas

O Governo pretende que as operadoras de telecomunicações cessem o contrato com os clientes que não tenham pago a mensalidade
ao fim de 30 dias.

A
medida tem um efeito duplo: a tolerância zero em relação ao
sobreendividamento, travando a
acumulação de dívidas de
telefone, telemóvel, internet e televisão por parte das famílias e, ao
mesmo tempo, deixar de entupir
os tribunais com processos
desta natureza.

Segundo o «Jornal de Notícias», outros serviços
essenciais como água,
eletricidade, gás natural, gás
de petróleo liquefeito ou correios, por exemplo, não são abrangidos.

O
novo sistema
aplicar-se-á aos serviços
pós-pagos, sendo que, depois da data limite de pagamento da fatura, o
contrato ou serviço ficam
suspensos por 30 dias. Passado
este prazo, se a dívida não for saldada, o contrato fica sem efeito.

Mesmo
os contratos
em que os clientes estão
fidelizados durante, por exemplo, um ano ou dois, entram neste processo.
Isto porque, normalmente,
o serviço é pago ao mês.

A Deco avisa que a medida do Governo «não faz sentido sem prevenção».

Fonte:AF

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar