Templates by BIGtheme NET
Home » Saúde » Alunos do IPG premiados por ideias empreendedoras

Alunos do IPG premiados por ideias empreendedoras

foto

O projeto Explorinova, apresentado por uma equipa de alunos do curso de Engenharia Informática da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Instituto Politécnico da Guarda, obteve o primeiro lugar no VIII Concurso Polieempreende. O júri regional atribuiu ainda o segundo lugar ao projecto “Cut-Ostomy”, idealizado por alunos de Enfermagem da Escola Superior de Saúde da Guarda. Em terceiro lugar classificou-se uma equipa de alunos de Gestão Hoteleira da Escola Superior de Turismo e Hotelaria com o projecto “Easy Soup”. Teresa Paiva, diretora da Unidade de Investigação para o Desenvolvimento do Interior (UDI/IPG), considera que «é com este tipo de trabalho e de exemplos que se formam empreendedores e se introduz criatividade, pro-atividade e mais-valias, pessoais e curriculares, nos nossos alunos». As instituições do ensino superior politécnico e um conjunto de Escolas Politécnicas uniram-se através do programa Poliempreende para conseguir dar resposta a uma necessidade do país que ainda é uma lacuna do ensino superior, a de incutir nos alunos a capacidade de empreender. Fomentar uma cultura empreendedora e contribuir para o desenvolvimento económico do país, ajudando a qualificar a classe empresarial, são os grandes objetivos do Poliempreende. A ideia de negócio do projeto vencedor é a de «desenvolver procedimentos e tecnologia de modo a que as explorações agrícolas de caprinos e ovinos tenham uma gestão mais autónoma e eficaz, fazendo uso da identificação eletrónica dos animais».
Para tal, os estudantes criaram um programa informático e equipamentos que permitem melhorar a tecnologia existente. «Com o Explorinova consegue-se uma melhoria na produtividade da exploração, uma maior eficácia de gestão dos recursos materiais e humanos e uma mais eficiente, e fácil, utilização e aprendizagem desta tecnologia por parte de quem a adquira», adianta Teresa Paiva. A equipa criadora é constituída por dois alunos de Engenharia Informática e um professor da Unidade Técnico Científica de Informática do IPG. O primeiro prémio é de dois mil euros, mais o valor complementar de integração nos Policasulos, a nano incubadora do IPG. Todas as equipas tiveram acesso a formação gratuita num curso de micro-empreendedorismo, além da formação específica do concurso. Os segundo e terceiro prémios dão direito a 1.500 e mil euros, respetivamente. O projeto vencedor passou ainda à fase nacional do concurso Poliempreende.
fonte:o interior

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar