Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura » Jubileu da Catedral (500 anos ) na diocese de Viseu

Jubileu da Catedral (500 anos ) na diocese de Viseu

churchUm programa comemorativo que se prolongará para a parte da tarde, após o almoço. Realce para a apresentação da História da Diocese, em três volumes, obra de grande fôlego de investigação e única no género. Foi desenvolvida, ao longo dos últimos anos, por uma vasta equipa de investigadores, que buscaram, em arquivos e em escavações arqueológicas muita informação ilustradora de mil e quinhentos anos de história. A obra é esperada com grande expectativa, pela informação inédita que irá trazer sobre a Igreja que nasceu, cresceu e vive neste território visiense, numa história rica de realizações humanas, que o Espírito acompanhou, fazendo-a crescer como fermento do Reino. A efeméride é também aproveitada para apresentar as Constituições Sinodais, fruto do trabalho que, em quatro Assembleias de duplas sessões, mais de uma centena de sinodais (clérigos, religiosos e leigos) produziram, depois de uma profunda reflexão sobre as Constituições do Vaticano II, buscando uma identidade da Igreja visiense configurando-a com as propostas conciliares. A Catedral sofreu, nos últimos tempos, obras de beneficiação e restauro, no âmbito do programa Rota das Catedrais. Por força dessas obras, o Tesouro-Museu da Sé esteve encerrado, aproveitando o Cabido para levar a cabo obras de beneficiação e reinterpretação do espaço museológico da Catedral. O Vigário-Geral, Pe. Armando Esteves, informou que o Museu-Tesouro da Sé, criado em 1932, vai ser reaberto com um espaço de acolhimento dos visitantes, à entrada da Catedral, no antigo baptistério, espaço que, pelos seus azulejos, merece a visita. Além de lugar de acolhimento dos visitantes, servirá também para dar informações sobre as actividades e horários das celebrações na Sé, bem como para exposição e venda de alguns artigos de valor cultural relativos ao edifício e à história da diocese. Também o Passeio dos Cónegos e a Torre-Residência serão integrados no circuito de visita à Catedral, monumento visiense mais visitado, proporcionado aos visitantes uma visão privilegiada sobre o centro histórico de Viseu. Os trabalhos de revalorização e melhoria do circuito expositivo teve orientação do Departamento dos Bens Culturais da Diocese, buscando uma maior proximidade do património ao público, através de uma “leitura” que facilite a compreensão da função de cada objeto exposto, para além da sua valia artística e patrimonial. No próximo sábado estarão em Viseu, associando-se à festa, numerosos Bispos, incluindo o próprio Núncio Apostólico, que já esteve na abertura deste Ano Jubilar que agora termina. O próprio Papa Francisco concedeu indulgência jubilar aos visitantes da Catedral que ali deslocassem e rezassem pelas intenções do Papa, associando-se a qualquer celebração eucarística que ali se realizasse e se dispusesse a celebrar também o sacramento da Reconciliação. Todos os Arciprestados da Diocese (seis) fizeram a sua Peregrinação Jubilar à Catedral, ao longo deste ano. G.I.

Por:Diocese de Viseu

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar