Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura » Penalva do Castelo adere à rede de Cidades Educadoras

Penalva do Castelo adere à rede de Cidades Educadoras

O concelho de Penalva do Castel6b88c34cd64b83eac2709d6c8c29fd54_XLo integrou, este mês (julho), a “Rede de Cidades Educadoras”, sendo a mais recente cidade educadora do país e a primeira Vila, da região Centro de Portugal, a aderir.

Com esta integração, o Município compromete-se a desenvolver as suas potencialidades educativas e respeitar os princípios da Carta das Cidades Educadoras.

Uma cidade educadora é aquela que simultaneamente ao exercício e desenvolvimento das suas funções tradicionais (económicas, politicas, sociais e de prestação de serviços) assume coerentemente o potencial do seu património histórico, cultural e recursos, num sistema de relações em rede, cujos objetivos são: proporcionar oportunidades de aprendizagem; troca de experiências; construção de uma identidade social; estimulação da promoção e realização pessoal dos seus habitantes.

Fundadas desde 1990, à luz do que foi embrionário da Carta que rege os seus princípios, tem vindo a crescer e atualmente já conta com mais de 400 cidades espalhadas por 36 países dos 5 continentes.

A adesão de Penalva do Castelo a este projeto de desenvolvimento pessoal e coletivo é um reconhecimento público de um Município que satisfaz os 20 princípios que constam na Carta das Cidades Educadoras e diretamente preocupado com a qualidade de vida dos Penalvenses.

A Autarquia Penalvense com este compromisso, entre a Associação Internacional das Cidades Educadoras, Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras e principalmente com os munícipes, empenha-se em congregar responsavelmente os vários agentes educadores que interagem e integram a educação formal, não formal e informal do concelho, bem como trabalhar para o desenvolvimento de oportunidades para um aperfeiçoamento permanente da sua população.

A integração do Município na rede de Cidades Educadoras prevê vantagens de índole educativo, cultural, social e económico para o concelho. Para tal prevê-se a participação e organização de congressos no âmbito desta rede de relações, interação de intercâmbios de experiências, projetos educacionais, promoção e divulgação de programas e investimentos, em prol do nosso território.

Por:Mun.PC

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar