Templates by BIGtheme NET
Home » Celorico da Beira » Celorico da Beira acolhe peça de teatro

Celorico da Beira acolhe peça de teatro

Decorre já no próxiunnamedmo dia 1 de Outubro, pelas 21.30h, sobe ao palco do Centro Cultural de Celorico da Beira , com entrada gratuita, a peça de Teatro:

“MEU MARIDO QUE DEUS HAJA”, de André Brun do  Teatro Olimpo

SINOPSE

Numa sucessão de divertidas peripécias em que a temática da violência doméstica está subjacente, ficamos a conhecer os problemas conjugais de Paulo, marido de Anastácia, um homem que vive na permanente angústia de tentar superar as virtudes do primeiro marido da esposa, já falecido.

ADAPTAÇÃO E ENCENAÇÃO

Casimiro Simões

ELENCO

Ricardo Vinagre (Paulo), Sara Joaquim (Anastácia), Sónia Valente (Judite) e Wilson Subtil (Anacleto)

LUZ E SOM

Carlos Duarte

CENOGRAFIA

Wilson Subtil e Casimiro Simões

ADEREÇOS E FIGURINOS

Daniela Neto e Casimiro Simões

EXECUÇÕES GRÁFICAS

Daniela Neto

COLABORAÇÃO ESPECIAL

Roberto Moreira

Este grupo sedeado no Centro Cultural de Ansião, o Teatro Olimpo é composto por cerca de 25 elementos, entre atores, técnicos e colaboradores. Desde a sua fundação, a 11/01/1997, procurou sempre desenvolver uma intensa atividade de itinerância e participação regular em inúmeros festivais, arrecadando variadíssimos prémios em diferentes pontos do país, sendo já mais de oitenta os municípios onde exibiu os seus trabalhos.

Representando textos bem conhecidos como “Auto da Índia”, do português Gil Vicente, “Harpagão, O Velho Avarento”, do francês Molière, “A Casa de Bernarda Alba” do espanhol Federico Garcia Lorca, “Hamlet Ou Talvez Não”, do americano Paul Rudnick, e “Deus Lhe Pague” do brasileiro Joracy Camargo, a “imagem de marca” do Teatro Olimpo tem assentado também muitas vezes na encenação de textos originais ou de adaptações livres.

Assim, entre as adaptações rubricadas, foram muito aplaudidas as comédias “O Que Há Mais São Homens!”, “Mentiras Que Os Homens Contam”, “Caleidoscópio” e “Curso Básico Para Uma Relação A Dois”, todas construídas a partir de contos de Luís Fernando Veríssimo. Das produções originais, são de destacar “O Triunfo das Personagens”, “O País dos Decretos” e “Jacuzzi”, as três da autoria de Casimiro Simões, o encenador do grupo.

 

Por:Mun.CB

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar