Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura » Trancoso acolheu o “CultivART”,

Trancoso acolheu o “CultivART”,

Terminou este domingo, di14433222_607468969433383_7345561422797445436_na 25 , a primeira edição do “CultivART”, Encontro Cultural e Artístico de Trancoso, promovido pelo Rotary Club e Município de Trancoso.
O “CultivART” conseguiu, ao longo de três dias, conciliar cinema, literatura, música e escultura, indo assim ao encontro de vários públicos como era pretensão da organização.

O 1º dia do encontro, sexta-feira, foi sobretudo de homenagem a Fernando Pessoa. O grupo coral Canto D’Alma, encarregue de abrir o evento, testou competentemente a acústica do anfiteatro do Convento de São Francisco. Seguidamente, os presentes tiveram a possibilidade de assistir ao “Filme do Desassossego”, realizado por João Botelho e apresentado pela estudante e futura cineasta, Rafaela Santos.

Pela manhã de sábado, Pedro Saldanha, advogado com raízes bem profundas “por terras de Bandarra”, teve a oportunidade de apresentar a obra “Trancoso – Uma Monografia” para uma imensa e interessada plateia. Paralelamente à apresentação decorreu um Workshop de Banda Desenhada conduzido por Santos Costa.14485024_607468476100099_7891440558567403790_n
Antes de uma conversa com os autores Manuel Daniel e Sofia Costa Lima foi possível juntar escritores e leitores numa sessão de autógrafos informal que juntou a grande maioria dos autores convidados.
Após o almoço solidário, com boa parte da receita a reverter para as causas humanitárias do Rotary Club, teve lugar no convento de São Francisco a emotiva apresentação e justa homenagem aos escritores dos concelhos de Trancoso e Mêda.
A noite terminou com o projeto musical “Cantos de Cego” da Galiza e Portugal – César Prata e Ariel Ninas, através das tragicomédias de tempos passados, guiaram o público a muitas infâncias, ao tempo em que a literatura de cordel informava a população.

O CultivART encerrou da melhor maneira esta bem sucedida primeira edição com o escultor naif, Odon Nogueira, e a sua “Linguagem do Barro”, com estreita colaboração da Fundação Barony of Fulwood Trust.

Por:Mun.Trancoso

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar