Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura » Tempestade “Leslie” – Atividade operacional da GNR

Tempestade “Leslie” – Atividade operacional da GNR

Considerando as condições meteorológicas adversas causadas pela passagem da tempestade “Leslie”, a Guarda Nacional Republicana, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo, em todo o território nacional, levou a efeito um conjunto de medidas preventivas e de intervenção operacional, através da intensificação do patrulhamento rodoviário, vigilância da orla costeira e de infraestruturas críticas, que visaram garantir a tranquilidade pública e a segurança e proteção das pessoas e dos seus bens.

Nestas ações de prevenção e de intervenção de primeira linha, a GNR registou dezenas de ocorrências, das quais se destacam:

  • 11 cortes e/ou condicionamentos de trânsito de vido à queda de árvores, cabos elétricos, placas de sinalização, entre outros, em autoestradas, itinerários principais e estradas nacionais;
  • A queda da torre de observação do Sistema Integrado de Vigilância, Comando e Controlo (SIVICC), na praia da Leirosa – Figueira da Foz, da qual resultaram danos em habitações circundantes e a evacuação de quatro moradores (sem quaisquer ferimentos), estando o seu realojamento a ser processado junto da Cruz Vermelha Portuguesa;
  • Segurança ao perímetro da Base Aérea de Monte Real, devido à queda da vedação de proteção.

No âmbito das atividades relacionadas com a passagem da tempestade “Leslie”, e no período referido, a GNR empenhou um total de 442 viaturas e 962 militares, dois dos quais sofrerem ferimentos ligeiros, tendo recebido tratamento hospitalar.

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar