Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura » “Monólogos de uma Vida” no 21º Aniversário da Biblioteca Municipal em Mangualde

“Monólogos de uma Vida” no 21º Aniversário da Biblioteca Municipal em Mangualde

Mangualde acolhe, no próximo dia 23 de novembro, pelas 21h30, a peça de teatro “Monólogos de uma Vida”, no âmbito do 21º aniversário da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves. O espetáculo encontra-se inserido no projeto CIM Dão Lafões.

Peça da autoria de Peter Cann, encenação de Eduardo Correia e interpretada pelo grupo “Teatro de Montemuro”, retrata a história de um homem que precisa de tomar uma decisão. É a terceira oportunidade que tem de mudar a sua vida, encontrar o amor e realizar-se. Um triângulo amoroso entre um homem, o amor da sua vida e a sua terra natal, contado por três performers: um ator, um bailarino e um músico.

A PEÇA ENCONTRA-SE DIVIDIDA EM TRÊS PARTES:

Sísifo

Um rapaz de cabeça quente, vinte anos de idade, sente-se frustrado com as limitações da sua vida numa pequena aldeia. Um acontecimento numa feira faz ferver as suas frustrações que viram violência e o ressentimento congela-se no seu estômago como neve.

Ícaro

O rapaz conhece uma jovem de Lisboa e apaixona-se por ela. É uma oportunidade para sair da aldeia, viver em Lisboa e criar uma nova vida. Graças a uma combinação de infelizes coincidências e o seu feitio precipitado, acaba por deixar Lisboa e o amor da sua vida e regressa à aldeia.

Perséfone

De volta para a vida na aldeia, torna-se um agricultor de sucesso, vê a mudança chegar à sua região e através das novas tecnologias ganha acesso a um mundo maior.

A sua antiga amada contacta-o através do Facebook. Encontram-se e o amor reacende, mas quando visita Lisboa apercebe-se de quanto gosta da sua vida na aldeia e da ligação que sente à comunidade.

Volta para a aldeia e confronta-se com a decisão que precisa de tomar.

Texto – Peter Cann

Encenação – Eduardo Correia

Movimento – Julieta Rodrigues (Radar 360º)

Cenografia e Figurinos – Maria João Castelo

Direção Musical – Carlos Adolfo

Interpretação – Abel Duarte, Carlos Adolfo e Filipe Moreira

Desenho de Luz – Paulo Duarte

Construção de Cenários – Carlos Cal e Maria da Conceição Almeida

Costureiras – Capuchinhas crl e Maria do Carmo Félix

Operação técnica – Paulo Duarte

Direção de Produção e Comunicação – Paula Teixeira

Direção de Cena – Abel Duarte

Cartaz – Maria João Castelo

Fotografia e Vídeo – Lionel Balteiro

Mais informações sobre a peça em: http://redecultural.cimvdl.pt

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar