Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura » Casa cheia na palestra sobre o Interior em Mangualde

Casa cheia na palestra sobre o Interior em Mangualde

Palestra “ O Interior existe?Geografias de um País Complexo”

Uma palestra subordinada ao tema “O Interior Existe? Geografias de um País Complexo”, com iniciativa do Rotary Club de Mangualde, com o orador João Ferrão e uma casa cheia no Auditório da Câmara Municipal.

Assim a mesa composta pelo Vereador João Lopes, Presidente do Rotary Club José Tomás e o Professor João Ferrão.

Assim , José Tomás (Rotary Club de Mangualde), começou por dar as boas- vindas e afirmou:  “Existe um esvaziamento de pessoas neste território. Temos um litoral a afundar e um interior mais vazio . Sabemos que um território sem pessoas é mais difícil de sobreviver.

A certificação do interior pode trazer uma esperança, mas também pode trazer ameaças e problemas. Portugal é um país com uma geografia diferente e complexa”.

Seguiu-se o Vereador João Lopes: “As grandes pessoas não precisam de apresentações extensas, porque a sua grandeza vê-se na sua simplicidade.

Felicito a iniciativa do Rotary. O que pudemos esperar esta noite é entender o que nos explica a ciência, que nos diz que este território pode vir a ser um território deserto.

Será que não há uma razão histórica para esta crise de despovoamento?

Estamos a passar pelo desafio da descentralização e em cada ameaça que enfrentamos há uma nova oportunidade?Tudo o que pudemos aprender uns com os outros, enriquece-nos a todos.

A finalizar a noite, o Professor João Ferrão explicou: “É muito interessante como juntos pudemos trocar ideias e encontrar soluções. Mesmo o mais óbvio deve ser sempre questionado. Vamos olhar para o interior de uma forma diferente.

Há uma tendência de olhar para o país como um ponto, como se fosse homogéneo. Temos de abrir uma caixa chamada Portugal e olhar para as ferramentas que há lá dentro. Porque só abrindo essa caixa vamos entender Portugal.

Foi preciso acontecer os incêndios de 2017 para se lembrar que o interior existe, com uma série de problemas. O conceito de interior que nós ainda utilizamos, será que é aquele que temos de usar no dia de hoje?

A imigração foi o pior custo para o interior, onde se deu a desertificação.

Há uma diferença em ser interior e sentir-se interior, que é o interior como realidade objetiva ou o interior como realidade subjetiva.

Há vários interiores, e completamente diferentes uns dos outros.

Hoje temos territórios completamente desvitalizados.

Hoje existe o interior no litoral e o litoral no interior.

Espero nesta palestra, ter despertado em todos vós,sensibilidades mas principalmente esperanças”.

A fechar o Presidente da Câmara , João Azevedo, falou sobre o seu concelho, e entregou um produto endógeno, ao orador.

 

    

 

 

 

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar