Templates by BIGtheme NET
Home » Celorico da Beira » Celorico da Beira acolhe os 40 anos do Serviço Nacional de Saúde

Celorico da Beira acolhe os 40 anos do Serviço Nacional de Saúde

Vai decorrer no próximo dia 15 de setembro , pelas 10h00, no Jardim Parque Carlos Amaral, em Celorico da Beira a plantação da “Oliveira SNS” para assinalar o 40º aniversário do Serviço Nacional de Saúde e, homenagear o seu mentor e fundador, Dr. António Arnaut.

A iniciativa que vai ter lugar em Celorico da Beira (Dia Nacional do SNS e véspera da Festa e Feira anual de Sta Eufémia), é constituída por dois momentos distintos: a plantação da árvore no Jardim Parque Carlos Amaral e, uma conferência no Centro Cultural, que conta com a participação de entidades e profissionais da área da saúde.

A Plantação de uma “Oliveira SNS” é um ato de grande simbolismo, uma vez que, a oliveira, para além das conotações bíblicas e religiosas que lhe estão associadas, é o símbolo da durabilidade, resistência, perseverança, vitória e da paz, à semelhança do que era esperado do Serviço Nacional de Saúde, considerado pelo Dr. António Arnaut, como uma das mais importantes “traves mestras da democracia”, pelo que, o mesmo deve ser resistente, sustentável e acessível a todos os cidadãos.

Plantar uma “Oliveira SNS”, é um movimento nacional lançado pela LAHUC – Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra – para defender os princípios e a filosofia que estiveram subjacentes à criação do SNS, bem como, para preservar a memória do seu mentor e criador, Dr. António Arnaut. A primeira oliveira foi plantada no Parque Verde do Mondego, em Coimbra, no ano de 2009, aquando das comemorações dos 30 anos do SNS e, contou com a participação do próprio Dr. António Arnaut. A partir deste ano, todos os 15 de setembro até 2017, participou no ritual da rega desta oliveira.

Passado um ano sobre a sua morte e, no dia em que se comemora os 40 anos do SNS (15 de setembro), a plantação de uma “Oliveira SNS” encerra em si uma forte simbologia ao assinalar, por um lado, a importância deste serviço público para as populações, mormente as mais carenciadas, bem como, para o desenvolvimento do país e o crescimento da própria democracia e, por outro, prestar tributo ao “Pai do SNS”, sublinhando o seu papel preponderante no acesso à saúde igual para todos, fator potenciador do bem-estar dos portugueses, no período pós 25 de abril.

 

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar