Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura » Pinhel recebe Concerto Sinfónico – 9ª Sinfonia de Beethoven

Pinhel recebe Concerto Sinfónico – 9ª Sinfonia de Beethoven

Início das comemorações dos 250 anos da elevação de Pinhel a Cidade.
O ano 2020 vai ser especial para as gentes de Pinhel e restante comunidade, dado que a Cidade Falcão celebra os 250 anos  da elevação de Pinhel à categoria de Cidade  e para isso , vai acolher a 17 de janeiro, um Concerto Sinfónico dedicado à 9ª Sinfonia de Beethoven pelas 21h00 no Centro Logístico de Pinhel, cuja interpretação vai estar a cargo da Orquestra Filarmónica Portuguesa e do Coro de Câmara Filarmónico de Berlim, coincidência de se comemorar  os 250 anos do nascimento de Beethoven, um dos maiores compositores da História da Música. Assim será dado o início das celebrações em grande .
Esta é uma iniciativa que surge também como manifestação de apoio do Município de Pinhel à candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027.

Assim do Programa consta Ludwig Van Beethoven (1770-1827)
Sinfonia no 9 em Ré menor, Op. 125, “Coral”
I. Allegro ma non troppo, un poco maestoso
II. Scherzo. Molto vivace – Presto
III. Adagio molto e cantabile
IV. Presto – Allegro assai
Allegro molto assai (Alla marcia)
Andante maestoso – Adagio ma non troppo, ma devoto
Allegro energico, sempre ben marcato – Allegro ma non tanto – Prestissimo
Osvaldo Ferreira | direção
Sarah Behrendt | soprano
Lisa Wedekind | mezzo-soprano
Raphael Wittmer | tenor
Christian Oldenburg | barítono

A Orquestra Filarmónica Portuguesa foi fundada em maio de 2016 por Osvaldo Ferreira e Augusto Trindade, a Orquestra Filarmónica Portuguesa (OFP) rapidamente captou a atenção do meio musical e artístico português, sendo já amplamente reconhecida, pelo público e pela crítica, como uma
das melhores orquestras sinfónicas nacionais.
O elevado padrão de exigência impresso desde a sua génese, levam-na a integrar um conjunto de músicos de elevado nível técnico e artístico, como sejam instrumentistas premiados em concursos nacionais e internacionais, ex-integrantes da Orquestra  Jovem da União Europeia e músicos estrangeiros residentes em Portugal. Ao juntarem- se a este projeto diferenciador e inovador, estes músicos contribuíram para a criação de uma orquestra que é já, hoje, uma referência e um símbolo de qualidade.
Por sua vez , o Coro de Câmara Filarmónico de Berlim tem-se posicionado, desde a sua fundação, como um dos mais extraordinários coros desta cidade alemã.
Os seus membros são ambiciosos e jovens estudantes de canto, oriundos de todas as regiões da Alemanha, e que combinam o seu amor pela música coral ao mais alto nível numa interpretação inspiradora e significativa.
A experiência dos profissionais, em paralelo com o entusiasmo frenético dos leigos, resulta numa mistura empolgante, na qual todos são estimulados a darem o seu melhor contributo – todos são importantes, ativos e dão forma à música. E assim, as obras dos séculos XVII, XVIII, XIX ou XX soam sempre atuais e vivas. Os programas variados são complementados por obras-primas populares e peças charmosas, quase desconhecidas, apresentando-as numa visão nova e fresca.

Enviar Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar