Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: 2020

Tag Archives: 2020

Governo vai investir cerca de 12,5 milhões de euros no Centro de Saúde de Seia e Parque de Saúde daGuarda

A manhã desta segunda -feira foi especial para o Centro de Saúde de Seia e mais tarde no Hospital Sousa Martins Guarda, teve lugar a visita da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, onde participou numa reunião de trabalho com o Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde (ULS) e o Presidente da Câmara da Guarda, que serviu para perceber “as várias necessidades” locais, para que dois projetos sejam candidatados ao Programa Operacional Regional do Centro, tendo em conta que verbas remanescentes foram alocadas à Saúde.
Deste modo, o  Governo pretende investir um total de 12,3 milhões de euros na melhoria das condições de edifícios do Hospital Sousa Martins e do Centro de Saúde de Seia, o anúncio foi feito  pela Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.
Segundo avançou a Ministra, no Parque da Saúde da Guarda, onde está instalado o Hospital Sousa Martins, estão previstos investimentos no valor global de 11 milhões de euros e, em Seia, na requalificação do Centro de Saúde, 1,3 milhões de euros.
fotos:ULS Guarda

GNR-Balanço da Operação Campo Seguro 2020

A Guarda Nacional Republicana, desde o dia 1 de junho e até ao dia 31 de dezembro de 2020, intensificou o patrulhamento nas explorações agrícolas, em todo o território nacional, com o objetivo de prevenir a criminalidade em geral e os furtos em particular, bem como possíveis situações de tráfico de seres humanos.

Durante a operação, a GNR foram realizadas 2.986 ações de informação e sensibilização a 8.494 pessoas, junto das comunidades rurais, muito especialmente dos agricultores, sobre medidas de prevenção e proteção contra furtos, em particular contra o furto de cortiça, ou outros produtos agrícolas, cobre e outros metais não-preciosos.

Foram ainda realizadas 7.675 ações de patrulhamento e fiscalização, tendo sido registados 80 crimes e 194 contraordenações, culminando na detenção de 50 pessoas e na identificação de outras 184 maioritariamente por crimes de furto nas explorações agrícolas. Destaca-se, também, a apreensão de 27 veículos e diversos utensílios utilizados neste tipo de crimes e a recuperação dos seguintes produtos:

  • 11.040 quilos de cortiça;
  • 9.672 quilos de alfarroba;
  • 6.747 quilos de pinha mansa;
  • 750 quilos de azeitona;
  • 80 quilos de abacate.

Atendendo ao número de acidentes que envolvem veículos agrícolas, foram desencadeadas 4.298 ações de sensibilização dirigidas a 11.484 utilizadores de tratores e máquinas agrícolas, com o objetivo de os aconselhar para o cumprimento das regras de segurança. Neste particular, em 2020 foram registados 644 acidentes envolvendo veículos agrícolas, menos 33 crimes que o ano transato, porém, havendo a lamentar 45 vítimas mortais, menos nove que no ano anterior.

Sendo o capotamento a principal causa a provocar vítimas, a partir de hoje, 8 de janeiro, com as recentes alterações ao código da estrada, passa a ser obrigatório circular com arco de segurança, conhecido por “Arco de Santo António”, erguido e em posição de serviço (esta obrigatoriedade aplica-se aos tratores homologados com esta estrutura), bem como a utilização do cinto e demais dispositivos de segurança com que os veículos estejam equipados. Além disso, os tratores e máquinas agrícolas ou florestais e as máquinas industriais são obrigados a possuir avisadores luminosos especiais (rotativo de cor amarela).

Bombeiros Egitanienses receberam donativo de 6500 euros do Município da Guarda

Teve lugar a entrega do donativo de 6500 euros pelo presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro , à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Egitanienses .
Trata-se de uma verba que irá apoiar a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIS Florestais) para 16 novos bombeiros daquela corporação de soldados da paz.
Foto: Mun.Guarda

“Natal Solidário” apoiou famílias e IPSS em Trancoso

O Município de Trancoso promoveu, nesta época natalícia, uma iniciativa denominada “Natal Solidário”, com o objetivo de apoiar as famílias e as IPSS do concelho, procurando fomentar, através da angariação de produtos oferecidos pela comunidade, o espírito de solidariedade entre as pessoas, ajudando quem mais necessita.
Durante os mercados semanais dos dias 11, 13, 18 e 24 de dezembro foram muitas as pessoas que, generosamente, contribuíram para o sucesso desta iniciativa.
Diversos produtores, locais e de outros concelhos, clientes vários, regulares e ocasionais, do mercado semanal de Trancoso e várias Juntas de Freguesia entregaram produtos hortícolas, frutas, legumes, batatas, azeite, entre outros bens de primeira necessidade, no espaço reservado para o efeito, na Praça Municipal.
A recolha e distribuição dos produtos estiveram a cargo dos técnicos da Ação Social, em colaboração com CLDS Trancoso.
A generosidade de muitas pessoas e o espírito de entreajuda permitiram que várias dezenas de famílias e IPSS´s do concelho tivessem um Natal mais alegre em tempos tão difíceis como os que atravessam, devido à pandemia.
A todos e todas que colaboraram nesta iniciativa, o nosso Bem Haja!

Escola Profissional Jean Piaget vai surgir em Celorico da Beira

Previsão de arranque no próximo ano letivo 2021/22
Depois de muitos anos ter existido em Celorico da Beira, a Escola Profissional Beira Serra, ficou um vazio após o seu encerramento.
Face a isso, teve lugar, no Solar do Queijo da Serra da Estrela, a assinatura de dois protocolos (Da Cooperação Global e Da Cooperação em Termos de Ensino Superior), entre estas duas entidades (Município de Celorico da Beira e Instituto Piaget) que contou com a presença do Presidente do Instituto Piaget, António Oliveira Cruz e do Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, bem como o Gerente do Piaget Formação e Consultoria, Daniel Gomes Tomás.
Com a cooperação entre estas duas entidades vai ser ser criada a Escola Profissional Jean Piaget de Celorico da Beira, que irá funcionar na antiga Escola Profissional Beira Serra, bem como irão ser criados vários cursos de formação profissional a ministrar na escola, entre os quais o Curso Profissional de Técnico/a de Logística, o Curso Profissional de Técnico/a de Design de Moda, o Curso Profissional de Técnico/a de Auxiliar de Saúde e Curso Profissional de Técnico/a de Informação e Animação Turística.
Pretende-se assim, que a Escola Profissional Jean Piaget de Celorico da Beira esteja a funcionar em pleno no próximo ano letivo.
Da Cooperação em Termos do Ensino Superior, irão ser promovidas e desenvolvidas, na vila de Celorico da Beira, via as Escolas Superiores de Educação (ESEs), Escolas Superiores de Saúde (ESS), e Institutos Superiores de Estudos Interculturais e Transdisciplinares (ISEIT) Jean Piaget, cursos de Pós-Graduações, Formações especializadas e formação contínua.
foto:MCB

Carlos Gonçalves reeleito na presidência dos Bombeiros Egitanienses

Mais um ato eleitoral que surgiu no seio dos Bombeiros Voluntários da Guarda , com o atual presidente Carlos Gonçalves a se recandidatar para novo mandato.

Face a isso, foi candidato único, mas ainda assim ainda houve votos brancos , mas deste modo, Carlos Gonçalves foi reconduzido no cargo e vai continuar a liderar os soldados da paz da cidade mais alta.

Segundo, adiantou ^Carlos Gonçalves, agora é hora de reunir esforços para melhorar as condições a todos os níveis destes homens e mulheres que lutam diariamente pelo bem estar da comunidade. serão três anos de trabalho intenso.

Profissionais da ULSG começam a ser vacinados esta terça-feira

Este domingo, foi o primeiro dia de vacinação contra a Covid-19 em Portugal. Profissionais de saúde de Centros Hospitalares do Porto, Lisboa e Coimbra foram os primeiros a ser vacinados.
Na próxima terça-feira, dia 29 de dezembro, começam a ser vacinados os profissionais de saúde da ULS da Guarda. Para já vão ser administradas 605 doses nos profissionais de saúde que se encontram na primeira linha do combate à COVID-19.

Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal” foi online

A edição de 2020 do Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”, que decorreu em formato exclusivamente online, constituiu um enorme sucesso, sendo a mais participada de sempre e a que envolveu um maior número de oradores, entre ministros, autarcas, empresários, consultores e outras individualidades.

O Fórum “Vê Portugal” é uma iniciativa emblemática do Turismo Centro de Portugal, que todos os anos, desde 2014, junta especialistas nacionais e internacionais para uma discussão alargada sobre os desafios colocados pelo turismo interno. A sétima edição do evento deveria ter decorrido nas Caldas da Rainha, em maio, mas a pandemia de covid-19 obrigou a que fosse adiada para 2021, na mesma cidade.

Em alternativa, o Turismo Centro de Portugal desenvolveu durante um ano uma série de videoconferências temáticas – ou webinars – orientadas para um tema específico, a que chamou “Vê Portugal ON”, e para as quais convidou reputados especialistas em várias áreas. Este “Vê Portugal ON” digital, que começou a 14 de abril, procurou esclarecer empresários e cidadãos comuns sobre os efeitos da pandemia no setor do turismo e dos eventos.

No decorrer de cada sessão, os participantes tiveram a oportunidade de colocar as questões mais pertinentes aos oradores. A plataforma utilizada foi o Zoom e os vídeos ficaram disponíveis nas páginas de Facebook e YouTube do Turismo Centro de Portugal.

O resultado da iniciativa superou as expetativas. Esta edição do “Vê Portugal” foi a mais participada de sempre, a que juntou o maior número de oradores e a que durou mais tempo. No total, foram realizadas 15 sessões dos webinars “Vê Portugal ON”, com uma duração total de 24 horas, 30 minutos e 21 segundos. Os oradores e palestrantes convidados ascenderam aos 33. Cerca de 4.000 pessoas seguiram atentamente as videoconferências através do Zoom e 75.706 visualizaram os vídeos no Facebook e YouTube.

“O Vê Portugal ON foi uma forma que encontrámos de ir ao encontro dos empresários do setor do turismo, na primeira fase da pandemia. Foi uma época aflitiva para todos, em que havia muitas perguntas por parte dos agentes do setor. Com este formato, conseguimos chegar a muitos e esclarecemos as dúvidas mais prementes. Considero que foi uma iniciativa vencedora, que pretendemos continuar no próximo ano, mesmo depois de vencida esta crise pandémica. Tal não invalida, antes complementa, a sétima edição presencial do Vê Portugal, que irá decorrer nas Caldas da Rainha”, sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

As 15 sessões do “Vê Portugal ON”, que pode ver ou rever em http://bit.ly/3rfscAJ, foram as seguintes:

– “Medidas de Apoio aos Hotéis e Restaurantes / Covid-19” – Ana Jacinto (AHRESP);
– “Medidas de Apoio a Empresários / Covid-19” – Nuno Alves (Turismo de Portugal);
– “Perspetivas do Programa Operacional Centro 2030” – Jorge Brandão (CCDRC);
– “Festivais e Eventos Culturais: o que vai acontecer?” – Carlos Martins (Opium), Jorge Sobrado (CM Viseu), Manuel Vaz (Expanding Group), José Pina (Teatro Aveirense) e José Bastos (Simbiose);
– “A Importância do Marketing Digital durante a Covid-19″ – Marta Poggi (Consultora de Turismo Digital);
– “Soluções da Google para o Marketing Digital no Turismo” – José Maria Júdice (Google Portugal);
– “As Marcas e o Covid-19” – Carlos Coelho (Ivity);
– “Coesão e Crescimento Territorial” – Ana Abrunhosa (Ministra da Coesão Territorial) e José Ribau Esteves (Presidente da Câmara Municipal de Aveiro);
– “PROVERE Centro de Portugal: Estratégias Pós-Covid-19” – Dalila Dias (Aldeias Históricas de Portugal), Rui Simão (Aldeias do Xisto), Adriano Barreto Ramos (Termas Centro), Miguel Vasco (iNature), Jorge Brandão e Joaquim Felício (CCDRC);
– “Clean & Safe – (In)formação aos Empreendimentos Turísticos” – Cristina Siza Vieira (AHP – Associação da Hotelaria de Portugal), Leonor Picão (Turismo de Portugal), João Diniz (Grande Hotel de Luso), Jorge Costa (Visabeira Turismo) e Pedro Marto Pereira (Fatima Hotels);
– “Clean & Safe – (In) Formação aos Agentes de Animação Turística” – António Marques Vidal (APECATE);
– “Clean & Safe – (In) Formação à Restauração” – Susana Leitão (AHRESP);
– “Covid-19 – Manual Para Uso das Praias em 2020” – Raul Almeida (CM Mira), Alda Correia (CM Castanheira de Pera), Leonor Picão (Turismo de Portugal) e Pedro Velhinho (Associação de Surf de Aveiro);
– “I Programa PRE – Programa de Revitalização de Empresas” – Pedro Neto (Moneris) e Pedro Carvalho (AHRESP);
– “Nómadas Digitais: Este Pode Ser um Novo Público Para o Seu Alojamento” – Diogo Reffóios Cunha (Influenciador Digital).

Antigo edifício da G.N.R em Trancoso está a ser requalificado

Mais de meio milhão de euros para esta obra

As obras interiores de requalificação do antigo Posto da G.N.R., localizado bem no coração do Centro Histórico de Trancoso, vão decorrendo da melhor forma.

Assim esta intervenção vai converter o atual edifício devoluto e degradado numa incubadora de empresas, ficando também ali instalados serviços do Município ligados ao empreendedorismo. A sua localização privilegiada irá atrair turismo ao centro histórico, gerando mais movimento, proporcionando mais investimento no comércio local. O custo total da empreitada é de 518.736,10 €, estando já assegurado um financiamento de 288.473,13 €, prevendo-se a sua conclusão na primavera de 2021.

foto:MT