Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: 2020. magazine serrano

Tag Archives: 2020. magazine serrano

Fundação “Nova Era Jean Pina” ofereceu cabazes para a região

Nesta fase de pandemia da Covid-19, o presidente da Fundação “Nova Era Jean Pina”, João Pina, para atenuar as dificuldades das diversas famílias, ofereceu 60 Cabazes de Natal a famílias necessitadas do concelho de Celorico da Beira.

Cada cabaz contem vários produtos, nomeadamente bacalhau, bolo rei, açúcar, farinha, leite, azeite, compota, enchidos, queijo, enlatados… para que a noite mais longa do ano, este ano indubitavelmente diferente, aqueça a alma de quem os vai receber.

A entrega contou com o apoio logístico da Câmara Municipal de Celorico da Beira e do Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira.

A Fundação “Nova Era Jean Pina” vai distribuir mais de 800 cabazes de Natal, em Portugal e França, junto de famílias carenciadas. No total, a Fundação presidida pelo empresário João Pina, natural do concelho da Guarda mas radicado em França, na zona de Paris, há várias décadas, vai gastar mais de nove mil euros.

Em Portugal serão entregues cerca de 500 cabazes, na região da Guarda, nomeadamente nos concelhos da Guarda, Celorico da Beira, Almeida e Figueira de Castelo Rodrigo, assim como em Mangualde, no Distrito de Viseu.

Intermarché angariou mais de 63 toneladas de alimentos para o Banco Alimentar

Mosqueteiros solidários neste Natal

Neste Natal. o Intermarché, insígnia alimentar do Grupo Os Mosqueteiros, acaba de angariar através de uma campanha nacional e com a solidariedade dos seus clientes mais de 63 toneladas de bens alimentares para o Banco Alimentar Contra a Fome.

O Intermarché assumiu este compromisso solidário, numa altura em que cada vez mais famílias recorrem à ajuda de instituições é fundamental dotar estas entidades do que precisam para levar a cabo o seu trabalho. O apoio ao Banco Alimentar é uma das formas mais diretas de chegar a quem precisa e nesta última campanha foram os colaboradores das lojas os principais embaixadores desta ação, que unida à solidariedade dos clientes conseguiu reunir mais de 63 toneladas de bens alimentares.

Há 29 anos em Portugal o envolvimento do Intermarché no apoio e proteção de todos aqueles que se encontram em situação de fragilidade é cada vez maior. Cada loja está na primeira linha no contacto com as populações, assiste às suas dificuldades e receios e não fica indiferente ao cenário atual em que o país se encontra. Este donativo de apoio ao Banco Alimentar permite ajudar milhares de famílias.

GNR-Sabugal –  Idosa desaparecida já localizada

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Sabugal, localizou uma idosa de 76 anos que tinha sido dado como desaparecida na localidade de Baraçal, no concelho do Sabugal.

Após um familiar ter comunicado o desaparecimento da idosa ontem pelas 18h00, informando que esta não regressou a casa após se ter ausentado para assistir a um funeral numa localidade próxima, os militares da Guarda iniciaram de imediato diligências policiais para a encontrar.

Pelas 05h00 de hoje, a idosa foi localizada com vida pelos militares já com sinais de hipotermia e bastante debilitada, tendo-se desorientado no regresso à sua residência devido ao nevoeiro intenso que se fazia sentir.

Foi ativada a assistência médica para o local, não sendo necessário o seu transporte para uma unidade hospitalar.

Esta ação contou o reforço de 16 militares do Comando Territorial da Guarda, cinco binómios da GNR, dois drones da Unidade de Emergência, de Proteção e Socorro (UEPS) e com o apoio dos bombeiros voluntários do Sabugal.

Balanço da Campanha “Na estrada seja responsável. Deixe as surpresas para os momentos certos”

A campanha de sensibilização Na estrada seja responsável. Deixe as surpresas para os momentos certosda responsabilidade da Bênção dos Capacetes, em parceria com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Guarda Nacional Republicana (GNR), Polícia de Segurança Pública (PSP) e Câmara Municipal de Ourém, decorreu durante todo o mês de novembro, com o objetivo de contribuir para a redução da sinistralidade rodoviária relativa aos motociclistas.

Durante o período da campanha foi divulgado um vídeo de sensibilização que contou com a participação da cantora Rita Guerra e de impactantes testemunhos de familiares de motociclistas que morreram nas estradas portuguesas.

Essa divulgação ocorreu nos canais de televisão RTP, SIC e TVI, através de publicidade institucional, bem como nas diferentes redes sociais dos parceiros da Bênção dos Capacetes.

Ao longo da campanha a Bênção dos Capacetes e as entidades parceiras participaram em vários programas televisivos, nomeadamente, “Você na TV”, “Portugal em Direto”, “Sociedade Civil”, tendo sido, ainda, o tema principal de 4 edições do programa da Rádio 91 FM das Caldas da Rainha, realizados em cada um dos sábados do mês de novembro.

Com a colaboração de todas as entidades envolvidas, esta campanha teve um valor monetário de 0€ (zero euros).

No período da campanha verificaram-se 8.963 acidentes, decorrentes dos quais se registaram 30 vítimas mortais, 177 feridos graves e 3.375 feridos leves. Nestes números, inclui-se o universo dos motociclistas com 764 acidentes, 35 feridos graves, 578 feridos leves e, de lamentar, a morte de 8 motociclistas.

Em novembro de 2019, havia sido registado um total de 43 vítimas mortais, incluindo 13 motociclistas. verifica-se, assim, em novembro de 2020, uma redução de 13 vítimas mortais, tendo falecido menos 5 motociclistas face ao período homologo de 2019.

No entanto, apesar do objetivo desta campanha ter sido a redução da sinistralidade rodoviária relativa aos motociclistas, não podemos ficar satisfeitos enquanto se verificarem vítimas nas estradas portuguesas.

Os acidentes na estrada não têm que ser mortais. A morte é um preço demasiado alto a pagar por um acidente.

Vamos, assim, continuar a sensibilizar toda uma sociedade para o combate à sinistralidade rodoviária.

Tradicional “Mercado de Natal” com cariz solidário em Nelas

No segundo domingo, em que o Mercado Municipal de Nelas acolheu a Mostra de Artesanato, no já habitual Mercadinho de Produtos Agrícolas.
Esta iniciativa surgiu nesta época tão atípica como alternativa ao tradicional “Mercado de Natal”, com o objetivo de apoiar também o setor do artesanato.

Nestes dois fins-de-semana, o Município de Nelas, para além das vendas que cada um dos artesãos realizou no Mercado, adquiriu( no total de 100€ a cada ), um conjunto de peças com o intuito de serem oferecidas nesta época natalícia, a crianças de famílias carenciadas do Concelho.

Fica um especial agradecimento por parte do Município de Nelas a todos os artesãos presentes, que aceitaram o convite para que tivessem criado nos seus ateliers, peças personalizadas para o público infantil.

 

 

 

Sorteado o Campeonato Distrital de Futsal Feminino da AF Guarda

O calendário da competição, que conta com quatro equipas inscritas, ficou definido, na sede da AF Guarda.

O início da prova está agendado para dia 09 de janeiro.

Eis o resultado do sorteio:

1 – ADRC Penaverdense

2 – Clube Futsal Sabugal

3 – ACD Estrela de Almeida

4 – CCDR Vila Cortez do Mondego

 

1.ª Jornada: 1-3; 4-2
2.ª Jornada: 4-3; 2-1
3.ª Jornada: 3-2; 1-4
4.ª Jornada: 3-1; 2-4
5.ª Jornada: 3-4; 1-2

6.ª Jornada: 2-3; 4-1

Alunos da AEFA recolheram alimentos

 

As duas primeiras semanas do mês de dezembro, serviram para os  alunos do 9ºC do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres promoverem uma campanha cujo objetivo foi arrecadar o maior número possível de géneros alimentícios para ajudar as famílias mais carenciadas do concelho.
Foram alcançados alguns desígnios, particularmente os de promover atitudes e valores de entreajuda estimulados por ações que façam a diferença e participação em atividades que adotem comportamentos positivos, responsáveis e solidários.
Desta forma os jovens agradecem  ao Minimercado Paula, Minimercado Pegue & Pague e Supermercado Código Poupança, locais que possibilitaram desenvolver esta atividade.

Trancoso realiza “Natal Solidário”

Nestes tempos de pandemia, a Câmara Municipal de Trancoso deixa o desafio à população a participar na atividade “Natal Solidário”, a realizar na Praça Municipal em Trancoso, durante o mês de dezembro de 2020. Com esta iniciativa, que tem como objetivo apoiar as IPSS do concelho e famílias, o Município pretende, nesta época natalícia, fomentar a solidariedade entre cidadãos e combater o desperdício alimentar.
Pretende-se, essencialmente, que a população entregue os produtos alimentares que não utilize (colheita própria) e/ou outros que pretendam doar, para que possam ser entregues a quem deles mais necessite. Assim, todos os que, de forma generosa, queiram colaborar, deverão entregar produtos alimentares como frutos, legumes, hortaliças, tubérculos, entre outros, no espaço reservado para o efeito, na Praça Municipal, entre as 10h00 e as 12h30 e entre as 14h00 e as 15h30 dos seguintes dias:
DIA 11 DE DEZEMBRO (sexta-feira)
DIA 13 DE DEZEMBRO (domingo – Feira Anual de Santa Luzia)
DIA 18 DE DEZEMBRO (sexta-feira)
DIA 24 DE DEZEMBRO (quinta-feira só 10h00 – 12h30)
A recolha e a distribuição serão da responsabilidade da Câmara Municipal, através dos Técnicos de Ação Social e com a colaboração do CLDS (Contrato Local de Desenvolvimento Social).

Reunião de trabalhos serviu para debater o desenvolvimento do Futebol no país

A Associação de Futebol da Guarda reuniu , em Fornos de Algodres, com uma delegação da Federação Portuguesa de Futebol e com representantes da Associação de Futebol de Viseu e da Associação de Futebol de Vila Real.

Da ordem de trabalhos na reunião, que faz parte de uma série de encontros que a Federação Portuguesa de Futebol está a realizar por todo o país com as várias associações de futebol distritais e regionais, esteve a formação de treinadores, o licenciamento dos clubes para as competições da FPF, o processo de certificação de entidades formadoras e o projeto “Uma Academia/Uma Associação Distrital.

A delegação da FPF presente na reunião foi composta pelos diretores Júlio Vieira, Pedro Dias e José Alberto Ferreira. Da parte da AF Guarda, estiveram presentes o presidente Amadeu Poço, o vice-presidente Paulo Menano e o diretor técnico Artur Lobão. A AF Vila Real fez-se representar por José Fernandes e a AF Viseu por José Carlos Lopes e José Manuel Oliveira.

Foto:AFG

Caça e pesca não estão proibidas em estado de emergência

Esta é uma boa nova para caçadores e pescadores, ainda assim fique a saber, quais as limitações existentes e quando pode caçar em função do estatuto de risco do seu concelho de residência.
No seguimento dos contactos estabelecidos pelas três OSC de 1.º Nível com a Tutela e ICNF foi publicado pelo ICNF e vem no sentido daquilo que havia sido a interpretação dada pelas OSC de 1.º Nível relativamente ao Decreto n.º 9/2020, de 21 de novembro.
A caça e a pesca lúdica não estão proibidas de uma forma geral, pese embora nos concelhos com risco elevado, muito elevado e extremo, exista o dever de recolhimento domiciliário, que é recomendado pelas autoridades.
Deverá assim imperar o bom senso de todos os agentes, sejam eles os caçadores, os gestores cinegéticos ou os responsáveis pela organização de caçadas, para além do estrito cumprimento das regras elaboradas pelas OSC de 1.º Nível e aprovadas pela DGS para o sector da caça, as quais são fundamentais para que esta atividade de ar livre mantenha as suas características de baixo risco de contágio de covid-19.