Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: 20/21

Tag Archives: 20/21

Escolas recebem webcams por parte do Município de Trancoso

Com os números a aumentar de casos ativos, o Município de Trancoso adquiriu um bom leque de webcams para as diversas escolas do Agrupamento de Escolas de Trancoso.Este investimento tem como objetivo, para fazer face à necessidade de aumentar e melhorar as condições de ensino a distância.

Esta uma boa forma de apetrechar os alunos com material no caso de os alunos voltarem para casa para ter aulas à distância e todos aqueles que ficam em isolamento.

Covid-19-Escolas vão testar comunidade escolar esta semana nos concelhos de risco extremamente elevado

Com avançar gradual da pandemia e o aumento dos casos, apesar de a melhor forma fosse o encerramento das escolas, mas enquanto isso não surge, os agrupamentos de escolas das localidades de risco extremamente elevado, como Pinhel, Mêda, Guarda, Fornos de Algodres, Mangualde, Celorico da Beira, Trancoso e Aguiar da Beira na nossa região vão realizar testes rápidos a toda a comunidade escolar (alunos, pessoal docente e não docente).

Esta é uma campanha de testes rápidos antigénio a toda a comunidade escolar dos concelhos de risco extremamente elevado que arranca esta quarta-feira .

Concerto de Ano Novo cancelado em Mangualde

Inicialmente para dia 9 de janeiro de 2021 e depois para dia 30 do mesmo mês, o Concerto de Ano Novo em Mangualde foi agora cancelado, devido à pandemia. Recorde-se que o espetáculo iria acontecer na Igreja do Complexo Paroquial de Mangualde e seria protagonizado pela Orquestra Poema.

A Orquestra POEMa, uma iniciativa da Câmara Municipal de Mangualde em parceria com o Conservatório Regional de Música de Viseu – Dr. José de Azeredo Perdigão, nasceu em 2013 e tem como intervenientes elementos das Bandas Filarmónicas do concelho de Mangualde, alunos e ex-alunos do Conservatório Regional de Viseu. Dirigida pelo Maestro Tiago Correia e com idades compreendidas entre os 12 e os 30 anos de idade, é composta por duas formações: Orquestra de Sopros e Orquestra de Câmara.

 

Novo Lar (ERPI – Estrutura Residencial Para Idosos), Centro de Dia e Apoio Domiciliário nasce no Folhadal.

Foram assinados os protocolos entre o Município de Nelas e a Associação do Folhadal que permitiram a candidatura da construção do novo Lar (ERPI – Estrutura Residencial Para Idosos), Centro de Dia e Apoio Domiciliário da Associação do Folhadal. O Lar, Centro de Dia e Apoio Domiciliário estão previstos para 30 utentes cada.

O investimento total previsto é de 1.515.750€, sendo elegível desse valor pela Segurança Social o montante de 1.073.880€ e assegurando a Associação do Folhadal um autofinanciamento de 441.870€, estando garantido já pela Câmara Municipal um apoio financeiro para o efeito.

A candidatura foi apresentada recentemente, contando com o apoio especializado da empresa de consultadoria “Ruris”, sendo o custo de 5.553€ também apoiado integralmente pela Câmara, que havia já apoiado também através dos Serviços Técnicos os projetos.

O PARES 3.0 é um “Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais da Segurança Social” dotado de um montante total de 110 milhões de euros provenientes das verbas dos jogos sociais, estando a decisão sobre as candidaturas previsto para os próximos meses.

O Presidente da Câmara Borges da Silva e atual executivo municipal, a Direção da Associação do Folhadal desde sempre acarinharam este projeto.

A construção desta infraestrutura social será realizada no Folhadal será realizado num terreno contíguo à Associação, entretanto adquirido pela mesma para este efeito.

Esta infraestrutura social, para além de constituir uma nova resposta do Lar, melhorará muito a oferta de Centro de Dia e Apoio Domiciliário e será incluída na rede pública apoiada pela Segurança Social, garantindo acesso a qualquer utente qualquer que seja a sua condição económica ou social, sendo essencial para melhoria da rede social concelhia no fortalecimento do apoio aos idosos e suas famílias.

 

Obras de Requalificação da Praça Central de Vila Ruiva, em Senhorim já iniciaram

Já iniciaram as obras de requalificação da Praça Central de Vila Ruiva, num investimento não inferior a 110.000€, constituído pela aquisição de imóveis (65.000€), de demolição dos mesmos e limpeza do espaço (15.000€) e requalificação (30.000€), aqui com a colaboração da Junta de Freguesia de Senhorim.
Este é um projeto no âmbito da requalificação urbana e construção das futuras acessibilidades ao Centro de Dia, Apoio Domiciliário e Centro Comunitário da Freguesia de Senhorim.

Trata-se de um investimento importante para esta localidade tão carecida de apoio social, requalificação de espaços e acessibilidades, que foi flagelada pelos incêndios florestais de 2017.
Investimentos que a somar aos realizados na rede viária, aos caminhos agrícolas e florestais, no cemitério da Freguesia, assim têm recuperado a esperança e o orgulho de pertencer à territorialmente maior Freguesia do Concelho de Nelas.

Município de Fornos de Algodres informa novas medidas

Em comunicado,  no seguimento das Medidas de Confinamento decretadas pelo Governo, deixou algumas informações:
  • A Câmara Municipal está a funcionar em horário desfasado, com atendimento presencial por marcação (271 700 060), das 09h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00.
  • Está em funcionamento o serviço “porta-a-porta” do programa “Compre Em Segurança e Nós Entregamos”, para bens alimentares e medicamentos.
Este programa abrange todos os munícipes e resume-se em 4 passos simples:
➡️ 1.º Passo – O munícipe encomenda diretamente aos estabelecimentos aderentes;
➡️ 2.º Passo – Os estabelecimentos aderentes informam os serviços da Câmara até às 15h do dia anterior da entrega;
➡️ 3.º Passo – Os funcionários da Câmara Municipal, no dia seguinte, fazem a recolha das necessidades nos estabelecimentos, entre as 9h00 e as 11h00;
➡️ 4.º Passo – É efetuada a distribuição das 11h00 às 17h00, pelos funcionários da Câmara Municipal ou funcionários do CLDS 4G.
Estabelecimentos aderentes:
Código Poupança Hipermercados – 271 708 083
Minimercado Paula – 922 015 041
Minimercado Pegue e Pague – 271 709 175
Minipreço – 961 678 906
Farmácia Castanheira – 271 709 118
Farmácia Central – 271 709 688
Prevenir e Proteger é um dever de todos.

Livros chegam à comunidade através de “Ligados pela Leitura” em Pinhel

Nesta altura de pandemia, onde as pessoas ficam isoladas, uma vez que hoje em dia, os livros são cultura, face a isso, o Município de Pinhel tem agora um projeto “Ligados pela Leitura”.
Esta é uma iniciativa promovida através da Biblioteca Municipal, com o apoio do Gabinete de Ação Social, que numa fase inicial está a colaborar na identificação de pessoas que possam beneficiar da atividade.
A ideia é simples: depois de um registo inicial (em que a pessoa manifesta a intenção de ser contactada e disponibiliza um contacto para o efeito), passa a ser contactada, por telefone, pela Bibliotecária do Município de Pinhel que depois de conversar um pouco, prossegue com a leitura de uma história, um conto, um poema, em suma, algo que considere adequado ao seu ouvinte / interlocutor e que se traduza num momento de partilha e interação.
O objetivo é chegar às pessoas, com particular atenção para a população idosa, que se encontram sozinhas e privadas de convívio, nesta altura em que o apelo é para ficar em casa. O serviço será assegurado de segunda a sexta-feira, procurando assim manter uma ligação através da leitura.
O contacto inicial pode ser feito pelo próprio ou por alguém que lhe seja próximo (pais, avós, amigos ou vizinhos, por exemplo), através do número de telefone 961 279 106 (nº da Biblioteca) ou do e-mail biblioteca@cm-pinhel.pt.

Pedro Lopes tomou posse liderança da Associação Académica da Guarda

Teve lugar recentemente a tomada de posse dos novos órgãos sociais da Associação Académica da Guarda, assim Pedro Lopes é o Presidente da Direção, Rui Badana, Presidente do Conselho fiscal, João Nunes, Presidente da Assembleia Geral.

Marcou presença nesta cerimónia restrita, o Presidente do Município da Guarda, Carlos Chaves Monteiro.

Celorico da Beira-AASD Galisteu e Vide-Entre-Vinhas recebeu um conjunto de painéis solares

A TrustEnergy, grupo empresarial com forte presença no sector da energia em Portugal, ofereceu à Associação de Apoio Social e Desenvolvimento de Galisteu e Vide-Entre-Vinhas, do concelho de Celorico da Beira – Distrito da Guarda, um conjunto de painéis solares para autoconsumo.

No total foram instalados 18 módulos solares no telhado da Associação. Com este dimensionamento, estima-se um rendimento energético anual de 9MWh, sendo 5MWh utilizados para autoconsumo (o excedente será injetado na rede), o que permitirá uma poupança anual de quase 50% na fatura energética da Associação.

A Associação de Apoio Social e Desenvolvimento de Galisteu e Vide-Entre-Vinhas, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sedeada em Galisteu, no Concelho de Celorico da Beira, que desenvolve atividades de Apoio à População Idosa, contando com um Centro de Dia e com serviços de Apoio Domiciliário.

Esta iniciativa insere-se na política de responsabilidade social da TrustEnergy, no sentido de apoiar as populações das zonas onde se encontra. A instalação dos painéis solares foi realizada e apoiada pela Engie Portugal.

Foi com enorme prazer e orgulho que recebemos o agradecimento da Associação de Apoio Social e Desenvolvimento de Galisteu e Vide-Entre-Vinhas que poderá ver a poupança gerada por estes painéis solares como uma contribuição significativa para o desenvolvimento da Associação e para o apoio à população idosa das freguesias abrangidas pelo meritoso trabalho desta instituição”, comenta José Grácio, CEO da TrustEnergy.

A TrustEnergy é o segundo maior player no sector elétrico nacional e o quarto no segmento eólico. Baseia a sua atividade na produção de eletricidade através da exploração de um portfólio diversificado de fontes de energia e tem como objetivo produzir eletricidade de forma segura e eficiente, com o devido respeito pelo ambiente.

Votação antecipada no estrangeiro regista a maior adesão de sempre

Cerca de 5.400 cidadãos nacionais votaram antecipadamente no estrangeiro para a eleição do Presidente da República, segundo dados preliminares. Este é o número mais elevado de votos antecipados no estrangeiro de que há registo. A votação decorreu entre os dias 12 e 14 de janeiro, em 115 postos da rede consular portuguesa localizados em 73 países. Daquele total, mais de 400 correspondem a votos expressos pelas forças militares e forças de segurança destacadas em vários teatros de operação no Mundo, incluindo no Afeganistão e República Centro-Africana.

Assinala-se um aumento significativo do número de cidadãos que exerceram o voto antecipado no estrangeiro, comparativamente com os dados verificados nos últimos atos eleitorais, designadamente para o Parlamento Europeu (844) e Assembleia da República (4413), ambos em 2019.

O voto antecipado no estrangeiro é dirigido aos cidadãos recenseados em território nacional mas temporariamente deslocados no estrangeiro, desde que se encontrem nas seguintes condições:

a) Quando deslocados no estrangeiro, por inerência do exercício de funções públicas;

b) Quando deslocados no estrangeiro, por inerência do exercício de funções privadas;

c) Quando deslocados no estrangeiro em representação oficial de seleção nacional, organizada por federação desportiva dotada de estatuto de utilidade pública desportiva;

d) Enquanto estudantes, investigadores, docentes e bolseiros de investigação deslocados no estrangeiro em instituições de ensino superior, unidades de investigação ou equiparadas reconhecidas pelo ministério competente;

e) Doentes em tratamento no estrangeiro;

f) Que vivam ou que acompanhem os eleitores mencionados nas alíneas anteriores.

Recorda-se que o direito de voto é exercido presencialmente e diretamente pelos eleitores, nos termos da Lei Eleitoral do Presidente da República e da Constituição da República Portuguesa.

No estrangeiro a eleição decorre nos dias 23 e 24 de janeiro, podendo votar os cidadãos portugueses que residem fora de Portugal e que estão recenseados na Comissão Recenseadora (CR) da sua área de residência (correspondente à morada constante do Cartão de Cidadão).

Esta eleição no estrangeiro terá cerca de 170 mesas de voto em 150 serviços consulares, número que representa um aumento de perto de 30% relativamente ao número de mesas de voto constituídas em 2016 (121). A lista está disponível em:

https://www.sg.mai.gov.pt/AdministracaoEleitoral/EleicoesReferendos/PresidenciaRepublica/Documents/20210111_pr2021_locais_de_voto_no_estrangeiro-corepe-atualizado.pdf