Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: aguiar da beira

Tag Archives: aguiar da beira

Taça Intraescolar de Orientação 2018/2019 em Aguiar da Beira

Vão ser organizadas 3 provas de Orientação para os alunos do Agrupamento de Escolas Padre José Augusto da Fonseca, em Aguiar da Beira.
Estes 3 eventos constituem a “Taça Intraescolar de Orientação” e vão ser realizados em todos os períodos, sendo a primeira etapa já no dia 5 de dezembro.

Esta prova terá início a partir das 15h00 junto à Câmara Municipal.Os alunos devem inscrever-se junto do professor de Educação Física.

ARC Sport é a virtual campeã de equipas no CPR 2018

Independentemente dos resultados alcançados no Rallye Casinos do Algarve, a ARC Sport é a virtual campeã de equipas no CPR 2018. A formação de Aguiar da Beira está orgulhosa na prestação de Ricardo Teodósio e José Teixeira ao longo do campeonato, levando a discussão do título até à derradeira prova do campeonato.

As excelentes participações, em ano de estreia, das duplas Pedro Almeida/Nuno Almeida e também de Miguel Correia/Pedro Alves, são também motivo de satisfação para toda a equipa, que nos troços do Algarve tudo farão para dar continuidade aos bons resultados conquistados.

ESTE É MESMO UM RALI MUITO ESPECIAL PARA RICARDO TEODÓSIO

A equipa algarvia do Skoda Fabia R5 chega ao seu rali com hipóteses de alcançar o título de 2018. Por isso, Ricardo Teodósio e José Teixeira só podem pensar na vitória.

“Vamos fazer o melhor possível, e isso passa por tentar vencer, por diversas razões. Ganhar em casa é muito importante, fazer um bom rali perante o nosso público é essencial e, sendo assim, a vitória é o único resultado possível, independentemente de poder vir, ou não a ser campeão, porque este é sem sombra de dúvidas o nosso rali. Queremos melhorar ainda mais, e estar à altura de responder às expectativas que depositam na nossa equipa”, afirmou Ricardo Teodósio.

PEDRO ALMEIDA QUER ANDAR RÁPIDO E CONTINUAR A EVOLUIR

Não se podia pedir mais a Pedro Almeida em ano de estreia. Acompanhado por Nuno Almeida, o piloto tem mostrado nítidos progressos ao volante do Ford Fiesta R5.

“Foi um ano de aprendizagem e este rali vai servir para avaliar o quanto crescemos. Vamos procurar tirar o máximo partido do carro, num tipo de piso que gosto particularmente. Fizemos um ano de estreia muito positivo, e neste rali vamos andar rápido e, com exigência e ambição, concluir de forma positiva a temporada. O objetivo é somar pontos no nacional e andar rápido ao longo de todo o rali” concluiu Pedro Almeida.

MIGUEL CORREIA QUER TERMINAR A ÉPOCA EM ALTA

Simplesmente surpreendente, tem sido o excelente percurso de Miguel Correia e Pedro Alves ao volante do Renault Clio R3. Também em estreia absoluta no CPR, a equipa quer terminar a temporada com mais um bom resultado.
“Vamos tentar chegar ao título de RC3, categoria que lideramos à chegada ao Algarve. Estamos conscientes da nossa inexperiência, mas queremos acabar a época de uma forma muito positiva, tal como decorreu o campeonato até aqui, em ano de estreia. Independentemente do resultado que conseguir alcançar no Rali do Algarve, sinto-me bastante satisfeito com a época que fizemos, com o apoio imprescindível da ARC Sport”, desabafou Miguel Correia.

ARC SPORT CAMPEÃ DE EQUIPAS POR CULPA DOS PILOTOS
A formação de Aguiar da Beira chega ao Algarve como virtual campeã de equipas, independentemente do resultado que possa alcançar na prova. Um sucesso que só é possível devido à excelente participação dos seus pilotos, como reconhece Augusto Ramiro.
“Parabéns a todos os nossos pilotos, sem qualquer exceção. Sem eles, seria impossível ter chegado a este título. Mas o campeonato ainda não terminou, e queremos realizar um Rallye Casinos do Algarve bastante positivo, onde tudo faremos para chegar à vitória e, se possível, ao título, embora isso não dependa exclusivamente de nós. Tem sido gratificante a prestação do Ricardo, logo no seu primeiro ano ao volante do Skoda, e é compensador chegar ao Algarve ainda com hipóteses de disputar o título. Em relação ao Pedro e ao Miguel, quero agradecer terem feito um campeonato absolutamente fantástico. Os meus parabéns a todos, garantindo-lhes todo o nosso empenho para esta última prova do ano”, afirmou o responsável pela ARC Sport.

Liturgia e avisos do 31ºdomingo tempo comum

Mais de dois mil anos de cristianismo criaram uma pesada
herança de mandamentos, de leis, de preceitos, de proibições, de
exigências, de opiniões, de pecados e de virtudes, que arrastamos
pesadamente pela história. Algures durante o caminho, deixámos que o inevitável pó dos séculos cobrisse o essencial e o acessório; depois, misturámos tudo, arrumámos tudo sem grande rigor de organização e de catalogação e perdemos a noção do que é verdadeiramente importante. Hoje, gastamos tempo e energias a
discutir certas questões que têm a sua importância (como o casamento dos padres, o sacerdócio das mulheres, o uso dos meios anticonceptivos, o que é ou não litúrgico,

04-11-2018
Ano B - Tempo Comum - 31º Domingo - Boletim Dominical

os problemas do poder e da autoridade, os pormenores legais da organização eclesiástica e continuamos a ter dificuldade em discernir o essencial na proposta de Jesus.

O Evangelho deste domingo põe as coisas de forma totalmente clara: o essencial é o amor a Deus e o amor aos irmãos. Nisto se resume toda a revelação de
Deus e a sua proposta de vida plena e definitiva para os homens. Precisamos de rever tudo, de forma a que o lixo acumulado não nos impeça de compreender, de viver, de anunciar e de testemunhar o cerne da proposta de Jesus.
O que é “amar a Deus”? De acordo com o exemplo e o testemunho de Jesus, o amor a Deus passa, antes de mais, pela escuta da sua Palavra, pelo acolhimento das suas propostas e pela obediência total dos seus projectos para mim próprio, para a Igreja, para a minha comunidade e para o mundo. Esforço-me, verdadeiramente, por tentar escutar as propostas de Deus, mantendo um diálogo
pessoal com Ele, procurando reflectir e interiorizar a sua Palavra, tentando interpretar os sinais com que Ele me interpela na vida de cada dia? Tenho o coração aberto às suas propostas, ou fecho-me no meu egoísmo, nos meus preconceitos e na minha auto-suficiência, procurando construir uma vida à margem de Deus ou contra
Deus?
O que é “amar os irmãos”? De acordo com o exemplo e o testemunho de Jesus, o amor aos irmãos passa por prestar atenção a cada homem ou mulher com quem me cruzo pelos caminhos da vida (seja ele branco ou negro, rico ou pobre, nacional ou estrangeiro, amigo ou inimigo), por sentir-me solidário com as alegrias
e sofrimentos de cada pessoa, por partilhar as desilusões e esperanças do meu próximo, por fazer da minha vida um dom total a todos. O mundo em que vivemos precisa de redescobrir o amor, a solidariedade, o serviço, a partilha, o dom da vida.
Na realidade, a minha vida é posta ao serviço dos meus irmãos, sem distinção de raça, de cor, de estatuto social? Os pobres, os necessitados, os marginalizados, os
que alguma vez me magoaram e ofenderam, encontram em mim um irmão que os ama, sem condições?
É fundamental que tenhamos consciência de que estas duas dimensões do amor a Deus e o amor aos irmãos não se excluem nem estão em confronto uma com a outra. Amar a Deus é cumprir a sua vontade e os seus projectos; ora, a vontade de Deus é que façamos da nossa vida um dom de amor, de serviço, de entrega aos
irmãos – a todos os irmãos com quem nos cruzamos nos caminhos da vida. Não se trata entre optar por rezar ou por trabalhar em favor dos outros, entre estar na igreja ou estar a ajudar os pobres; trata-se é de manter, dia a dia, um diálogo contínuo com Deus, a fim de percebermos os desafios que Deus tem para nós e de lhes
respondermos convenientemente, no dom de nós próprios aos irmãos. Como é que vivemos a nossa caminhada religiosa? Qual é, para nós, o elemento fundamental da nossa experiência de fé? Por vezes não estaremos a dar demasiada importância a
elementos que não têm grande significado (as prescrições do culto e do calendário, os ritos exteriores, as regras do liturgicamente correcto, as doações de dinheiro para as festas do santo padroeiro, as leis canónicas, as questões disciplinares…
esquecendo o essencial, negligenciando o mandamento maior?

Protejo “FLORESTAR AGUIAR” em Carapito

Este ano vai continuar o protejo “FLORESTAR AGUIAR”, depois do sucesso do ano passado,  vai acontecer domingo,dia 18 de Novembro pelas 10 horas na Junta de Freguesia de Carapito, uma nova jornada.
Após o sucesso que foi o ano passado, uma nova caminhada e florestação de 200 árvores vai ser feita em Carapito.
Foi a zona que mais sofreu o ano passado com os incêndios de Outubro e esta é mais uma razão mais que justa para acontecer esta caminhada de sensibilização e florestação de árvores autóctones das mais variadas.

Tribunal de Viseu impede encerramento dos CTT em Aguiar da Beira e Ol.Frades

Providência cautelar interposta pela CIM Viseu Dão Lafões deu resultado

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Viseu decretou, provisoriamente, a providência cautelar interposta pela CIM Viseu Dão Lafões, nos termos seguintes:

  1. Intimando a      requerida concessionária CTT de abster-se de encerrar a Estação dos      Correios na sede do município de Aguiar da Beira e/ou Oliveira de Frades;
  2. Intimar a      concessionária dos CTT a abster-se de substituir a Estação dos Correios,      na sede do município de Aguiar da Beira e/ou Oliveira de Frades, sem a      verificação prévia e avaliação, pela entidade reguladora competente, a      ANACOM, da garantia do acesso e da qualidade dos serviços em condições      análogas às atualmente existentes;
  3. Intimar a      concessionária dos CTT a abster-se de quaisquer condutas ativas ou      omissivas que:
  1. Tenham por      efeito prático a redução do horário de funcionamento das Estações dos      Correios e Postos de Correios e/ou extinção de estações dos correios e/ou      transformação ou substituição destas por Postos de Correios, na área da      CIM Viseu Dão Lafões;
  2. Se traduza ou      possa traduzir no futuro, na definição de uma rede postal e de ofertas      mínimas de serviços postais à população, nos territórios que integrem a      CIM Viseu Dão Lafões.

fonte :CIMVDL

Aguiar da Beira acolheu 19ºdia aberto sobre a Castanha e Castanheiro

Decorreu nesta segunda feira, em Aguiar da Beira mais uma sessão do dia aberto, no âmbito do protocolo Centro de Interpretação Vivo do Castanheiro e da Castanha.

Esta sessão foi feita  em soutos privados de produtores do concelho, nos quais, foram demonstradas técnicas de apanha mecânica da castanha e transmitidos conselhos sobre a sua conservação.

Assim continuam as sessões técnicas que têm contribuído para que os produtores de castanha tenham mais e melhor produção.

foto:MAB

Paris acolhe o Encontro de emigrantes do Concelho de Aguiar da Beira em França

 O Encontro de emigrantes do Concelho de Aguiar da Beira em França vai realizar-se no próximo dia 21 de outubro, com o objetivo de “acentuar a proximidade aos emigrantes” e “promover o território” deste município do distrito da Guarda. São esperadas mais de 250 pessoas

A Associação de Trabalhadores Portugueses de Pierrefitte-sur-Seine, em Saint-Denis (Paris), região onde existe uma forte presença da comunidade emigrante aguiarense, vai receber o 1º Convívio do Concelho de Aguiar da Beira em França.

“Esperamos um momento histórico e emocionante, à semelhança do que aconteceu no mês passado em Aigle, no 1º Convívio do Concelho de Aguiar da Beira na Suíça. Estão inscritas 250 pessoas”, confirmou Altino Pinto, coordenador do CLDS 3G Aguiar no Coração.

A festa inicia com a receção aos participantes (10H); promoção do Concelho e exposição de empresas, serviços e produtos (11H); almoço (13H); sensibilização “Embaixadores de Aguiar da Beira”; música ao vivo (16H); terminando com uma degustação de produtos oriundos de Aguiar da Beira.

Este encontro, promovido pelo CLDS 3G Aguiar no Coração, tem o objetivo de “acentuar a proximidade aos nossos emigrantes, de evidenciar a sua importância para o desenvolvimento do concelho, de reforçar a identidade aguiarense e de promover o nosso território e os nossos produtos, serviços e recursos além fronteiras”.

Tem também a intenção de “promover o contacto entre empresários do Concelho de Aguiar da Beira e empresários oriundos desta região radicados em França, com o objetivo de estreitar laços e estabelecer parcerias comerciais com a comunidade emigrante, podendo no futuro originar algumas oportunidades de negócio e de intercâmbio”.

Nesse sentido, “o evento apresenta um espaço de promoção e exposição de empresas, serviços e produtos do concelho e uma ação de sensibilização “Embaixadores de Aguiar da Beira”, com a distribuição de um cartão de embaixador, incentivando cada aguiarense a promover e a continuar a contribuir para o desenvolvimento do seu território”, refere a organização.

Fuga das Freiras regressa em Aguiar da Beira

O Centro Histórico de Aguiar da Beira, vai voltar a acolher a Fuga das Freiras, depois do dia 26 de setembro de 2015, centenas de pessoas assistiram a uma das mais participadas e apreciadas realizações culturais da comunidade aguiarense.
Esta é uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal, onde se juntam, em cena, dezenas de atores e artistas de todo o concelho. Um espetáculo de teatro e música que reinventou, de forma brilhante, uma lenda antiga sobre a fuga de freiras, devotas de Nossa Senhora da Lapa, a partir de um convento atingido por malfeitores e fogo.
Desta maneira vai ter lugar no Largo dos Monumentos.
Os ensaios para figurantes decorrerão entre 17 e 21 de setembro e as inscrições até dia 07 de setembro ( 6a feira), na Biblioteca Municipal de Aguiar da Beira.

Por:RM

Liturgia e avisos do 19ºdomingo TC

A liturgia do 19º Domingo do Tempo Comum dá-nos conta, uma vez mais, da preocupação de Deus em oferecer aos homens o “pão” da vida plena e definitiva. Por outro lado, convida os homens a prescindirem do orgulho e da auto-suficiência e a acolherem, com reconhecimento e gratidão, os dons de Deus. A primeira leitura mostra como Deus Se preocupa em oferecer aos seus filhos o alimento que dá vida. Deus retempera as forças do profeta Elias e manifesta-se o Deus da bondade e do amor, cheio de solicitude para com os seus filhos, que anima os seus profetas e lhes dá a força para testemunhar, mesmo nos momentos de dificuldade e de desânimo. A cena apresenta-nos um Elias abatido, deprimido e solitário face à incompreensão e à perseguição de que é alvo. O profeta sente que falhou, que a sua missão está condenada ao fracasso e que a sua luta o conduziu a um beco sem saída; sente medo e está prestes a desistir de tudo…

No entanto, Deus não está longe e não abandona o seu profeta. A segunda leitura mostra-nos as consequências da adesão a Jesus, o “pão” da vida… Quando alguém acolhe Jesus torna-se um Homem Novo, que renuncia à vida velha do egoísmo e do pecado e que passa a viver na caridade, a exemplo de Cristo. Pelo Baptismo, cada cristão tornou-se morada do Espírito; e ao acolher o Espírito, recebeu um sinal ou selo que prova a sua pertença a Deus. Tem, portanto, de viver em consequência e de expressar, nas suas ações concretas, a vida nova do Espírito. Como exemplo concreto, os crentes têm diante dos olhos Cristo, o Filho bem-amado de Deus que, cumprindo os projectos do Pai, ofereceu a sua vida por amor aos homens. O Evangelho apresenta Jesus como o “pão” vivo que desceu do céu para dar a vida ao mundo. Para que esse “pão” sacie definitivamente a fome de vida que reside no coração de cada homem ou mulher, é preciso “acreditar”, isto é, aderir a Jesus, acolher as suas propostas, aceitar o seu projecto, segui-l’O no “sim” a Deus e no amor aos irmãos. Os interlocutores de Jesus não aceitam a sua pretensão de Se apresentar como “o pão que desceu do céu”. Eles conhecem a sua origem humana. Em consequência, eles não podem aceitar que Jesus Se arrogue a pretensão de trazer aos homens a vida de Deus. Em lugar de discutir a questão da sua origem divina, Jesus prefere denunciar aquilo que está por detrás da atitude negativa dos judeus face à proposta que lhes é feita: eles não têm o coração aberto aos dons de Deus e recusam-se a aceitar os desafios de Deus… O que é decisivo, neste processo, é o “acreditar”. Essa vida que Jesus está disposto a oferecer não é uma vida parcial, limitada e finita; mas é uma vida verdadeira e eterna. “Vida plena” não indica aqui, apenas, um “tempo” sem fim; mas indica, sobretudo, uma vida com uma qualidade única, com uma qualidade ilimitada, uma vida total, a vida do homem plenamente realizado.

Por:UPFA/AB

Aguiar da Beira acolhe Campeonato do Mundo de Juniores 2021

Depois de ter formalizada a candidatura, na Federação Internacional de Orientação, juntamente com Roménia e Suécia, Portugal concorreu com o evento a ter lugar em Aguiar da Beira.

Posto isto, depois de analisadas as candidaturas dos respetivos países, o órgão máximo da Orientação, escolheu Portugal, isto é, Aguiar da Beira para organizar o Mundial de Orientação em 2021.

Uma excelente forma de nessa altura as terras de Cabicanca acolheu imensos atletas, ao longo da prova.

O Desporto também aqui irá contribuir para o desenvolvimento da Economia Local.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar