Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: ambiente

Tag Archives: ambiente

Município de Fornos distribui sacos stop não ao plástico

Começaram a ser distribuídos os 2000 novos sacos stop não ao plástico em Fornos de Algodres, pelo Município para a comunidade comerciante.
Mais uma forma de minimizar o uso dos plásticos no concelho.
O ambiente precisa do cuidado de todos em geral.

Segundo o Município, para além de estar ajudar a economia local dos profissionais, está, claramente, a caminhar para uma Economia mais Circular, contribuindo para a reutilização e a valorização dos materiais.

Eco-cimento produzido com desperdícios de celuloses

Investigação da Universidade de Aveiro

Chegou o cimento mais ecológico do mundo. Na receita, para além de utilizar maioritariamente desperdícios das indústrias de celulose que de outra forma iriam para aterros, a produção do cimento ‘verde’ desenvolvido na Universidade de Aveiro (UA) reduz drasticamente o uso de recursos naturais virgens e pode ser produzido à temperatura ambiente, diminuindo consideravelmente o consumo de energia. O resultado é um eco-cimento para construir um mundo mais sustentável.

Desenvolvido para ter as mesmas caraterísticas do cimento comum, mais conhecido como cimento Portland e cuja produção é altamente poluente, o eco-cimento desenvolvido no Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmica (DEMaC) da UA assume-se como uma alternativa aos ligantes tradicionais.

“As nossas argamassas geopoliméricas são uma alternativa válida às produzidas com cimento Portland pois têm propriedades que as tornam adequadas para diversas aplicações na construção”, explica Manfredi Saeli, o investigador que a par de Rui Novais, Paula Seabra e João Labrincha desenvolveu o novo material.

De facto, acrescenta o investigador, “os materiais produzidos são altamente sustentáveis, menos poluentes e a sua produção é rentável”. Além disso, “os geopolímeros endurecem rapidamente, exibem uma matriz estável e uniforme, um desempenho mecânico adequado e uma excelente resistência a produtos químicos e ao envelhecimento. Tudo isso torna essa nova classe de cimentos uma alternativa ao cimento Portland válida e sustentável”.

Desenvolvido com recurso a desperdícios da indústria de celulose, nomeadamente cinzas e grãos de cal que de outra forma iriam parar a aterros e que constituem 70 por cento dos ingredientes do eco-cimento da UA (os outros 30 por cento são metacaulino), este material inovador pode ser usado no lugar dos cimentos tradicionais e com níveis de desempenho idênticos.

 

Neste Natal torne o ambiente melhor

Nesta época natalícia, caracterizada pelo aumento do consumo, o Gabinete de Ambiente do Município de Pinhel alerta para a importância de separar os diferentes tipos de resíduos de modo a poderem ser reciclados.

Na noite de Consoada, na Passagem de Ano ou nas trocas de prendas, não se esqueça de colocar os diferentes tipos de resíduos nos Ecopontos destinados à recolha de Vidro (ecoponto verde), Papel e Cartão (ecoponto azul), Plástico e Metal (ecoponto amarelo).

No que diz respeito ao lixo indiferenciado, deve ser devidamente acondicionado em sacos de plástico fechados a colocar nos contentores.

Porque o Natal também pode ser amigo do Ambiente!

Assinatura do contrato ao Fundo Ambiental

A cerimónia contou com a presença da Sr.ª Diretora do Fundo Ambiental, Alexandra Carvalho, do  Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, e do Ministro do Ambiente e Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, pelo Município de Fornos de Algodres, esteve o vereador Bruno Costa.

Inserido na Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020, o Município de Fornos de Algodres através do contrato assinado, ao aviso n.º 10310/2018, no Diário da República n.º 146, de 31 de julho, com o Programa “Logística descarbonizada e economia circular para mercados tradicionais de frescos”, pretende valorizar e promover as boas práticas ambientais no mercado municipal, no mercadinho e, acima de tudo, pretenderá impulsionar medidas que visem a redução da intermediação.

Recordamos que o das 46 (quarenta e seis) candidaturas apresentadas pelos diferentes beneficiários a nível nacional, apenas 22 (vinte e duas) estiveram presentes na cerimónia de assinatura do contrato, visto terem alcançado uma avaliação de mérito para obtenção de financiamento.

Uma das prioridades do executivo da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, para o setor do ambiente, passa pela execução de um Programa Municipal de Educação Ambiental (PMEA). Este programa é uma ferramenta fundamental na educação para o desenvolvimento sustentável da comunidade educativa e da população em geral.

Por:MFA

 

“Fornos de Algodres EcoMarket”, com candidatura aprovada

Recentemente foi aprovada uma nova candidatura do Município de Fornos de Algodres ao Fundo Ambiental, submetida em 31/08/2018, ao aviso n.º 10310/2018, publicado no Diário da República n.º 146, 2ª série, de 31 de julho de 2018, intitulado “Logística descarbonizada e economia circular para mercados tradicionais de frescos”.  O contrato entre as partes será assinado brevemente.

Das 46 (quarenta e seis) candidaturas apresentadas pelos diferentes beneficiários, apenas 22 (vinte e duas) obtiveram uma avaliação de mérito para obtenção de financiamento. O Município de Fornos de Algodres foi uma das selecionadas a financiamento, com uma taxa de cofinanciamento igual a 90%.

Inserido na Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020 (ENEA), o projeto aprovado pelo Fundo Ambiental, designadoFornos de Algodres EcoMarket”, visa valorizar, sensibilizar e promover o Mercadinho e o Mercado Municipal de Fornos de Algodres, tornando estas instalações num polo indutor de boas práticas ambientais e dotando-os de equipamentos exemplares de boas práticas ambientais e socialmente sustentáveis. Também no âmbito desta candidatura está o desenvolvimento de uma plataforma ”consumidor-produtor”, vulgarmente conhecido por e-Commerce.

Uma das prioridades do executivo da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, para o setor do ambiente, passa pela execução de um Programa Municipal de Educação Ambiental (PMEA). Este programa é uma ferramenta importante na educação para o desenvolvimento sustentável da comunidade educativa e da população em geral.

Por:MFA

Só 24% dos fontanários possuem água em boas condições para consumo

Depois de serem analisadas as águas dos fontanários do concelho de Fornos de Algodres, foram já conhecidos os resultados onde o resultado não é animador.

Face a isso, algum trabalho no sentido de inverter a situação deverá ser feito para que estas águas possam vir a ser novamente potáveis.

Assim todos os fontanários analisados que foram previamente indicados pelos pelos Presidentes de Junta foram já colocados  expositores para os boletins das análises .

Foram analisadas águas de  29 fontanários  onde resultou que: 76% dos fontanários têm água imprópria para consumo e 24% dos fontanários tem água em boas condições para consumo.

A divulgação dos resultados é fundamental. Nesse sentido, os boletins com os resultados detalhados estão publicadas no site do Município – AQUI -, editais das Juntas de Freguesia e em cada fontanários alvo de análises.

Considerando o Protocolo de Cooperação assinado no dia 19/09/2018 entre o IPG e o Município de Fornos de Algodres, a recolha de água nos fontanários não ligados à rede pública ocorrerá de 2 em 2 meses. A próxima recolha para análises está agendada para o dia 5 de novembro. Por forma a todos compreendermos a evolução da qualidade da água dos fontanários, os boletins presentes nos expositores apresentam uma barra evolutiva histórica. No final do ano de 2019 teremos um histórico mais sólido e, acima de tudo, mais conclusivo.

“Apesar dos resultados não serem os expectáveis pela maioria dos Munícipes é importante transmitir os resultados de uma forma clara e direta, como são exemplo os boletins dos expositores.

É nosso papel, juntamente com os Presidentes de Junta, mudar mentalidades e transmitir aos Munícipes a real situação da qualidade da água dos nossos fontanários. Não podemos aceitar que seja por falta de informação que as pessoas tenham riscos para a saúde.”, referiu Bruno Costa , Vereador do município fornense na pasta ambiental.

Foto:MFA

IP Guarda e Municipio de Fornos assinaram protocolo de colaboração

Melhoria da qualidade da água no concelho fornense

Foi assinado nesta quarta-feira, na cidade da Guarda, um protocolo de colaboração entre o Instituto Politécnico da Guarda e a Câmara Municipal de Fornos de Algodres , onde estiveram presentes , o Vice-Presidente do IPG, Gonçalo Poeta Fernandes, o Prof. Pedro Rodrigues, responsável pelo laboratório de água do IPG, o Vereador do Município de Fornos de Algodres com responsabilidades na área do Ambiente, Bruno Costa, e o Presidente da Câmara Municipal de Fornos de Algodres,  Manuel  Fonseca , tendo em vista a elaboração de um Plano Estratégico de Monitorização da Qualidade da Água dos Fontanários Públicos de Fornos de Algodres.
Esse plano, e de acordo com o texto do documento rubricado nos Serviços Centrais do IPG, passa, nomeadamente, pelo levantamento das características de todos os fontanários públicos do concelho de Fornos de Algodres; monitorização da qualidade das águas em parceria com o LABMIA do Politécnico da Guarda e sensibilização da população para a importância da qualidade da água dos fontanários públicos no consumo do dia-a-dia, salvaguarda da saúde pública e uso eficiente deste recurso natural.

O protocolo que está em vigor desde hoje até dezembro de 2021.

Salienta-se que, este protocolo de cooperação é extensível a todas as pessoas do Concelho de Fornos de Algodres, que tenham furos, poços ou outro tipo de captações de água.

Foto:IPG

 

Guarda e Nelas receberam a visita do Primeiro Ministro António Costa

Nesta sexta-feira, Nelas e a Guarda receberam António Costa, primeiro-ministro e restante comitiva.

Assim em Nelas, foi inaugurada a Loja do Cidadão,  António Costa, juntamente com a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, a Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, e o Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva, fizeram hoje a inauguração deste espaço que está já em funcionamento em Nelas há alguns meses, sendo já parte do dia a dia dos munícipes.

Na Guarda, António Costa juntamente com Álvaro Amaro, Presidente do Município da Guarda, visitaram as obras em curso da concordância entre as linhas férreas da Beira Baixa e da Beira Alta.

Redes de saneamento de águas residuais e abastecimento de águas em estudo

O Município de Fornos de Algodres iniciou o levantamento de cadastro das redes de saneamento de águas residuais e abastecimento de águas, inserido numa candidatura do PO SEUR da Associação dos Municípios da Cova da Beira.

Os trabalhos vão decorrer em todas as freguesias do Concelho de Fornos de Algodres, até ao final do presente ano. Temos como objetivo o levantamento no terreno, por parte de técnicos especializados, de todas as características das redes em “baixa”, quer na área de saneamento águas residuais, quer na área de abastecimento de águas, assim como o a realização da respetiva georreferenciação.

Com este trabalho de levantamento cadastral, o Município de Fornos de Algodres terá um maior conhecimento das infraestruturas, podendo dar uma resposta mais célere em futuras intervenções, designadamente associadas a perdas ou situações de deficiência em abastecimento, ou associadas a colapsos, infiltrações e funcionamento deficiente no saneamento.

Segundo o atual executivo o investimento efetuado nesta área, irá permitir uma gestão mais eficiente dos ativos e uma melhoria da qualidade do serviço prestado à população.

Concurso Escolar Regional designado “Escola PRIO TOP LEVEL” arranca nas escolas

Aproveitamento de óleos

O consórcio “PRIO TOP LEVEL”, constituído entre a PRIO e Hardlevel, em parceria com a RNAE – Associação das Agências de Energia e Ambiente (Rede Nacional) e a ENERAREA – Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior lançam esta semana o Concurso Escolar Regional designado “Escola PRIO TOP LEVEL” junto dos alunos das escolas do 1º, 2º e 3º ciclos da área geográfica da ENERAREA, que abrange 13 municípios pertencentes à AMCB – Associação de Municípios da Cova da Beira: Mêda, Figueira de Castelo Rodrigo, Trancoso, Pinhel, Almeida, Guarda, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Manteigas, Belmonte, Sabugal, Fundão, Penamacor.

O Concurso visa promover e incentivar a separação e reciclagem de óleos alimentares usados (OAU) e informar e sensibilizar a comunidade escolar, em geral, para a recolha seletiva deste resíduo produzido pelo setor doméstico. No final serão premiadas as escolas que entregarem a maior quantidade de óleo alimentar usado por aluno, eliminando, desta forma, a sua descarga nos esgotos municipais.

As escolas com interesse em participar no Concurso Escolar Regional “PRIO TOP LEVEL” devem aceder ao formulário de inscrição online, disponível em http://bit.ly/2yaL7AY. O período de inscrições termina a 7 de dezembro de 2017.

“Em todo o território português, a maioria do óleo alimentar usado vai parar aos esgotos em vez de ser devidamente colocado em oleões para posteriormente ser reciclado. Queremos reverter esta tendência e acreditamos que a sensibilização deverá começar pelos mais jovens, para depois também eles, ajudarem os pais a dar melhor uso ao óleo usado na cozinha”, referiu Nuno Correia, administrador da PRIO responsável pela PRIO TOP LEVEL.

O óleo alimentar usado pode ser reutilizado de diversas formas, onde se destaca a produção de Biodiesel, um combustível amigo do ambiente e a PRIO atualmente é a 3ª maior produtora a nível europeu.

O Concurso arranca no início do 2º período do ano letivo 2017/2018 e a organização irá aceitar 39 escolas do 1º, 2º e 3º ciclos, no máximo, a participar ativamente. Cada escola inscrita vai receber 1 oleão simples PRIO TOP LEVEL e serão realizadas ações de sensibilização em cada uma das escolas selecionadas, onde será entregue a cada aluno um Kit didático “PRIO TOP LEVEL”. Para complementar existirá um site alusivo à iniciativa que terá disponível um conjunto de informações sobre a temática e um jogo online que convida a comunidade escolar a participar e a envolver-se.

No final da competição, serão atribuídos prémios de Excelência aos 10 primeiros lugares do ranking, bem como menções honrosas e certificados de participação.

 

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar