Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Biblioteca Municipal de Mangualde Dr.Alexandre Alves

Tag Archives: Biblioteca Municipal de Mangualde Dr.Alexandre Alves

Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves celebra 23 anos

No dia 22 de novembro a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, comemora o seu 23º aniversário. A Câmara Municipal de Mangualde, juntamente com a Biblioteca Municipal, assinalará esta data presencialmente e através de Live Streaming na página oficial de Facebook da Biblioteca Municipal. Os dois momentos acontecerão no dia 21 e 25 de novembro.

CONCERTO EM LIVE STREAMING DO CANTOR FRANCISCO SALES

Assim, no dia 21 de novembro, pelas 21h30, decorrerá um concerto em Live Streaming, do cantor Francisco Sales, através do Facebook oficial da Biblioteca Municipal. Licenciado em JAZZ na Escola Superior de Música em Lisboa e após viver alguns anos em Londres em busca da realização dos seus sonhos, sem saber falar inglês e sem muitas possibilidades, a sua insistência levou-o até ao Bluey, líder dos míticos Incognito, onde atuou em várias partes do mundo. Regressa a Portugal em 2017 e desde então permaneceu no seu país onde diz que “É o país onde me sinto mais inspirado para compor, onde gosto de apreciar a vida e onde me sinto mais seguro e feliz.” Continuando a sua carreira de músico a tocar com os Incognitos por várias partes do mundo, hoje alinha a sua carreira a solo tocando guitarra, mostrando ainda mais o seu talento.

No dia 25 de novembro irá decorrer a apresentação de um livro de Lúcia Morgado, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal. A apresentação do livro “Mariana a menina que sonha acordada” de Lúcia Morgado, ilustrado por Sandra Serra, relata uma história, rimada, que conta como a Mariana vê o mundo, dando ênfase aos sentimentos, e como as coisas simples da vida são importantes na infância de uma criança. O momento contará com a apresentação de Irene Mota e Luís Almeida, seguido com um momento musical de Fernando Pereira, terminando a apresentação do livro com uma dramatização das alunas Lara e Mara Campos. Antes da apresentação, pelas 15h00, decorrerá um Workshop de Ilustração com Sara Serra em Live Streaming a partir da Biblioteca.

Nesta apresentação no dia 25, para além de Live Streaming, existe a possibilidade de assistir presencialmente no local, sendo necessário realizar uma inscrição prévia através do email da Biblioteca Municipal, biblioteca@cmmangualde.pt ou por telefone 232 619 889. Durante todo o momento é obrigatório o uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento físico, cumprindo assim com todas as regras impostas pela DGS.

 

Biblioteca Municipal de Mangualde acolhe apresentação do livro “Dias de Outono”

Mangualde acolhe na sexta-feira, dia 25 de setembro, a apresentação do livro “Dias de Outono”. O romance será apresentado pelas 18h30 na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e conta com a presença do autor, José Rodrigues. Uma parceria estabelecida nos três títulos já publicados pelo autor: O rio de Esmeralda, Voltar a Ti e O tempo nos teus olhos. A apresentação será adaptada por forma a seguir as recomendações de segurança da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O autor, que tem formação superior em gestão e carreira como consultor empresarial e formador, revela como o amor pode ser uma ferramenta para ultrapassar barreiras e reconstruir a felicidade. Desta forma, descreve assim a obra: O sentimento de felicidade pode dar medo. Medo de que, de repente, tudo se desmorone. Que o coração gele, depois de aquecer. Que a pele esfrie, depois de recolher os melhores pedaços do Sol.

Esta apresentação terá uma lotação limitada, seguindo as recomendações da DGS, pelo que os interessados devem reservar lugar através do telefone 232 619 889.

Numa obra recheada de personagens verosímeis com histórias de vida intrincadas, o autor explora temas pertinentes e que ocupam a ordem do dia como a crítica do materialismo e a dicotomia entre cidade e campo, que preenchem os dias de outono, a institucionalização de idosos e os impactos na vida familiar, as relações disfuncionais e a admissão de que a felicidade se encontra nos bens materiais e nos meios urbanos.

Sinopse do livro:

Os dias de Miguel são divididos entre a intensa atividade profissional e o apoio a Teresa, a sua tia, institucionalizada com uma doença irreversível. Na família encontra o conforto dos seus dias agitados, com Catarina e os filhos André e Tiago.

As alterações recentes na administração do banco onde trabalha, a degradação do casamento e os problemas vividos pelo filho adolescente levam Miguel a questionar as opções de vida. Ao mesmo tempo, retoma as memórias mais antigas, incluindo a sua vila no interior e a casa onde nasceu e viveu, criado por Teresa, num ambiente de permanente felicidade.

Quando o mundo de Miguel parece desabar, passado e presente unem-se numa longa jornada de salvação e de mudança de prioridades, onde o amor se transforma no principal caminho para a reconstrução da felicidade, mesmo quando a perda e a saudade pareciam não querer dar tréguas…

 

Exposição “30 anos da Produção do 2CV em Mangualde”

Mangualde vai acolher  de 27 de julho a 7 de agosto, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, a exposição “30 anos da Produção do 2CV em Mangualde”. Esta mostra enquadra-se na comemoração dos 30 anos sobre a produção do último 2CV a nível mundial, nas instalações da Citroën Lusitana, em Mangualde. A entrada é livre.

A inauguração decorrerá no dia 27 de julho, a partir das 18 horas, com sessão inicial no Salão Nobre da Câmara Municipal e posterior visita à Exposição na Biblioteca Municipal. A Biblioteca estará ainda especialmente aberta no dia 1 de agosto, sábado, das 10h às 13h e das 14h às 18h para visitas à Exposição.

Nesta exposição estarão painéis a contar a história da fabricação do 2CV em Mangualde, assim como miniaturas a demonstrar a evolução dos modelos produzidos, terminando na réplica em miniatura da cena do último dia. Estarão também presentes peças, posters e documentos memoráveis do 2CV. 

Os promotores da exposição são a Câmara Municipal de Mangualde, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e o Clube 2CV Mangualde.

Jardins da Biblioteca Municipal recebem “Voltas da Lua”

Devido à situação de pandemia a programação cultural sofreu uma adaptação seguindo as regras da DGS, a Câmara Municipal de Mangualde traz novamente noites de animação e cultura ao luar: “VOLTAS DA LUA” são um conjunto de concertos intimistas que irão decorrer no jardim da Biblioteca Municipal. Assim, no dia 26 de junho, atuará o Quarteto Solaris e no dia 27 de junho os Meera. Luís Portugal sobre ao palco intimista dos jardins da Biblioteca no dia 28 de junho, sempre pelas 22h00. A entrada para o recinto tem lugar a partir das 21h00.

A lotação é limitada e os lugares são marcados. A entrada é gratuita mas com aquisição obrigatória de bilhetes na Biblioteca Municipal e/ou na Papelaria Adrião.

 A organização solicita a todos que respeitem sempre as regras da DGS e as indicações/sinalética no local, mantendo sempre o distanciamento social de segurança e as regras de etiqueta respiratória.

Mangualde adapta eventos e lança Programa de Cultura de Verão 2020

“Em Quarto Crescente”, “Itinerância das Lua”, “ALTO” – Projeto Alto Mondego Rede Cultural, Atividades da Rede Cultural CIM Dão Lafões, e diversos espetáculos culturais anuais, adiados para 2021.

A Câmara Municipal de Mangualde optou por adiar para 2021 os projetos anuais como o “Em Quarto Crescente” e “Itinerâncias da Lua”, “ALTO” e outras atividades, porque estas envolvem grandes públicos, devido à situação atual, resultante dos efeitos da pandemia e das orientações governamentais e da Direção Geral da Saúde (DGS) .

Contudo, e de acordo com as mesmas orientações, junho será um mês de viragem para a cultura, prevendo-se o regresso gradual de eventos culturais. De acordo com as palavras da Ministra da Cultura devem ser privilegiados os eventos ao ar livre de menor dimensão, com regras apertadas, seguindo as recomendações da DGS.

Assim, e tendo em conta este contexto, desejando sempre proporcionar aos mangualdenses o acesso a eventos culturais num período de algum desalento, o Pelouro da Cultura, através da Biblioteca Municipal, propõe uma programação alternativa aos eventos adiados, com o objetivo de colmatar o vazio deixado. Esta programação passa pela realização de cinema Drive IN e pequenos concertos semanais realizados em locais apelativos, privilegiando artistas locais.

CINEMA DRIVE IN NOS DIAS 19 E 20 DE JUNHO, NA PRAIA DE MANGUALDE

Esta programação terá início já este mês de junho com a apresentação de Cinema DRIVE IN. A iniciativa desenvolve-se com a parceria da Associação Juvenil Jovens do Castelo que ajudará a garantir o cumprimento das regras emanadas pela DGS. A atividade será gratuita, terá lugar na praia de Mangualde, mais precisamente, no parque onde ocorre a feira quinzenal, e será realizada nos dias 19 e 20 de junho de 2020. Ambas as sessões terão início às 21:30h. O dia 19 de junho será dedicado às famílias e crianças, pelo que se escolheu a apresentação do filme “Heidi”. Já o segundo dia terá como público alvo os jovens e adultos com idade a partir dos 12 anos, pelo que se apostou no visionamento do filme “Novos Amigos Improváveis”.

“VOLTAS DA LUA”: CONCERTOS INTIMISTAS A 26, 27 E 28 DE JUNHO, NO JARDIM DA BIBLIOTECA

O regresso gradual e controlado a atividades culturais continuará a acontecer logo no fim de semana seguinte. Nos dias 26, 27 e 28 de junho serão realizados três concertos intimistas no Jardim da Biblioteca Municipal que constituem o “Voltas da Lua”. Estes decorrerão a partir das 22:00 horas num ambiente de café concerto, mantendo o registo a que a Biblioteca Municipal já nos habituou, mas com lotação limitada, lugares marcados, bilhetes de entrada, distanciamento de segurança e todas as normas exigidas pela DGS.

ROTUNDA ÀS SEIS”: CONCERTOS DE FIM DE TARDE, NO CENTRO DA CIDADE, EM JULHO E AGOSTO

Para os meses de julho e agosto reservámos concertos ao fim da tarde que terão lugar no centro da cidade, todos os sábados a partir das 18:30 horas, para trazer a alegria e a vivacidade de que esta precisa. “Rotunda às seis” é o nome desse conjunto de concertos livres, que decorrerão num espaço visível mas delimitado, sem área para o público, com som projetado por todo o centro da cidade.

Reabre ao público a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde

                                                 Um horário novo e todas as recomendações da DGS

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, reabre ao público na próxima segunda-feira, dia 18 de maio, com novo horário e regras bem definidas, sempre de acordo com as recomendações da Direção Geral da Saúde (DGS). O espaço funcionará de segunda a sexta-feira das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30.

 A entrada é condicionada, devendo por isso os utilizadores aguardar no exterior pela indicação para entrar. O acesso às estantes é igualmente condicionado, os pedidos devem ser dirigidos ao colaborador da sala. Existe lotação limitada nas salas de leitura, sendo permitida a permanência de/até 21 leitores no total das 3 salas de leitura e estarão disponíveis 16 lugares de leitura presencial e 5 postos de acesso à internet nas 3 salas de leitura.

Todos devem respeitar escrupulosamente as indicações dos funcionários da Biblioteca Municipal de Mangualde e é obrigatório o uso de máscara, bem como a desinfeção das mãos à entrada, a manutenção da distância de segurança, de acordo com as delimitações do espaço definidas pelo serviço, e o respeito das regras de etiqueta respiratória. Não é permitido alterar a disposição do mobiliário e o auditório permanecerá indisponível até 1 de junho.

 Os equipamentos e as superfícies de contacto serão desinfetados após cada utilização. Os livros e documentos consultados e emprestados serão colocados em quarentena durante 9 dias.

 SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS AO PÚBLICO:

› Empréstimo e devolução de livros (modalidade “take away”);

› Empréstimo de livros com entrega no domicílio;

› Reservas online;

› Serviço de referência presencial e online;

› Leitura presencial (lotação limitada);

› Não é possível a consulta de jornais diários/semanários em formato papel (estarão disponíveis dois tablets para consulta de publicações online);

› Postos de pesquisa do catálogo na entrada da Biblioteca e na sala de leitura de adultos.

Covid-19-Projeto “Estamos Contigo” lançado no intuito de levar a Biblioteca às pessoas

Uma vez que nesta fase, todos estão em casa e de forma a manter a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, próxima da sua comunidade, foi lançado nas redes sociais, nomeadamente no Facebook, o projeto “Estamos Contigo”.

Trata-se de um conjunto de atividades a publicar, nas redes sociais e no site da Câmara Municipal de Mangualde, com conteúdos informativos e de lazer destinados a manter a comunidade leitora ligada ao serviço.

Serão várias as atividades, desde apresentação de momentos de leitura online, momentos de “Walking dream therapy”, propostas de Biblioterapia, visita virtual à Biblioteca Municipal, sugestões de leitura, desafios sobre leituras e personalidades locais, Post informativo sobre “História local, música, cinema com base no fundo bibliográfico da Biblioteca Municipal de Mangualde.

“UMA VEZ QUE AS PESSOAS NÃO PODEM IR À BIBLIOTECA, A BIBLIOTECA VAI ATÉ ÀS PESSOAS” – ELÍSIO OLIVEIRA, PRESIDENTE DA CÂMARA DE MANGUALDE
Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, sublinha que “a biblioteca é um símbolo de cultura e de conhecimento e Mangualde tem uma excelente biblioteca, mas que tendo em conta o momento que atravessamos se encontra encerrada”. Para continuar a servir os mangualdenses, “e uma vez que as pessoas não podem ir à biblioteca, a biblioteca vai até às pessoas com a ajuda de uma equipa empenhada que irá criar estes conteúdos mantendo viva a finalidade deste espaço cultural. Abrace este projeto e fique em casa”.

COVID-19 -“CASAL DA TRETA” ADIADO PARA 1 DE MAIO

A próxima edição do “Sextas da Lua” foi adiada para dia 1 de maio, pelas 21h30, no Complexo Paroquial de Mangualde, e será protagonizada por Ana Bola e José Pedro Gomes em mais uma peça da Treta. A peça escrita por Filipe Homem Fonseca, Mário Botequilha e Rui Cardoso Martins leva duas figuras reconhecidas do teatro e acarinhadas pelo público de volta aos palcos com um “Casal da Treta”.

A figura feminina estreia-se nesta peça com Détinha (Ana Bola) que, ao lado de Zezé (José Pedro Gomes) recordam as peripécias vividas juntos até aos dias de hoje, numa comédia que serve também de consciencialização ao abordar temas pertinentes da atualidade como por exemplo a igualdade de género.

Os bilhetes têm o custo de 12€ e estão à venda na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e na Papelaria Adrião, no Largo do Rossio. Os bilhetes adquiridos mantêm-se válidos para esta nova data. Qualquer dúvida por favor contactar a Biblioteca Municipal.

Sinopse
Um encontro entre dois gigantes do palco e da comédia em mais um aguardado regresso da Treta. Ana Bola junta-se a José Pedro Gomes e juntos levam Casal da Treta aos palcos.
A igualdade de género é uma treta, mas isso vai mudar! Ou será que não? Se até agora isto era um “clube de cavalheiros” bem-falantes, CASAL DA TRETA marca a estreia de Détinha (Ana Bola), a mítica mulher de Zezé (José Pedro Gomes). Décadas de vida em comum recordadas na medida do possível: os estafermos dos filhos, o bairro onde sempre despejaram o lixo, o casamento que só quem foi lá é que o esqueceu. Do poliamor ao fitness, da “prótese” da próstata ao “forno” uterino, este casal não tem tabus. Mas Zezé e Détinha têm alguns segredos um do outro…. Lamentavelmente (ou lamentavelmentemestes, diria Zezé), os portugueses vão ter de os saber. Que treta.

Ficha Técnica
Com: Ana Bola e José Pedro Gomes
Texto: Filipe Homem Fonseca, Mário Botequilha e Rui Cardoso Martins
Encenação: Sónia Aragão
Desenho de Luz: Luís Duarte
Música original: Bruno Vasconcelos e Nuno Rafael
Produção: Evartz
Classificação: M14.
Duração: 1h30 aproximadamente, sem intervalo.

Orquestra Juvenil do Agrupamento de Escolas de Mangualde esteve no «Sextas da Lua»

O  auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves de Mangualde voltou a receber o projeto «Sextas da Lua» no mês de fevereiro e voltou a registar casa cheia  numa noite de cultura ao luar. Assim, na passada sexta-feira, dia 28 de fevereiro, aconteceu o concerto da Orquestra Juvenil do Agrupamento de Escolas de Mangualde. ” Uma canção para ti” foi o mote central, que contou no seu alinhamento com canções várias sobre o amor e as relações. O momento contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira.

A Orquestra Juvenil do Agrupamento de Escolas de Mangualde é um projeto que nasceu em 2014, idealizado pelo Professor Admar Ferreira. No momento, conta com mais de meia centena de jovens, oriundos das Escolas de Mangualde.

Mostra de Pintura em Mangualde

A Mostra de Pintura de Leonor Correia e Jorge Correia vai estar patente em Mangualde nos meses de janeiro e fevereiro. Os trabalhos dos artistas da Guarda e de Coimbra, respetivamente estarão à disposição na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves de 27 de janeiro a 28 de fevereiro de 2020. A entrada é livre.

Maria Leonor Cobrai Correia nasceu em 1940, na cidade da Guarda. Licenciada em Filologia Germânica, manifestou desde sempre interesse pelas artes plásticas. Após a aposentação, tem-se dedicado à atividade artística, que foi aperfeiçoando coma participação nas seguintes formações: Curso de Pintura da Escola Profissional de Artes de Coimbra, ARCA – EAC (1997); Curso de Pintura do Grupo Regional de Pampilhosa do Botão (1998); Curso de Pintura da Escola Vasco da Goma, em Coimbra (2001), Atelier de Nuno da Fonseca, em Coimbra.

Jorge Vicente Silvo Correio é natural de Coimbra, onde nasceu em 1937. É licenciado em História pela Universidade de Coimbra. Foi professor de desenho de 1960 a 1971 no Colégio S. José e Santa Maria, em Mangualde. Foi professor de Integração dos Cursos Técnico-profissionais no ARCA – EAC, Coimbra. Autodidata, por não lhe ter sido possível ingressar na Escola de Belas Artes no Porto, em 1958, dedicou muito do seu tempo a desenhar para a família e amigos. Depois da sua aposentação como professor do ensino público, retornou à pintura, a sua atividade predileta e frequentou os Cursos de Pintura da Escola Profissional de Artes de Coimbra (ARCA – EAC), em 1997, e da Escola de Pintura do Grupo Regional da Pampilhosa do Botão (1999/2001). Neste período foi convidado para ser monitor dos Cursos Livres de Pintura, na Pampilhosa, Mealhada. Não tendo, até à presente data, exposto ao público de forma individual, algumas obras do autor foram realizadas a pedido e estão expostas nos seguintes locais: Escola Secundário Felismina Alcântara, em Mangualde (retrato da Professora Felismina Alcântara, óleo sobre tela) e Auditório do serviço de Ortopedia VI, Hospitais do Universidade de Coimbra (retrato do Professor Doutor Norberto Canho; óleo sobre tela). Tem feito, desde 1996, várias dezenas de obras por encomenda, para diversos colecionadores e figuras públicas.

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar