Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: cds/pp

Tag Archives: cds/pp

CDS/PP questiona Governo sobre dívida aos Bombeiros.

As deputadas do CDS-PP Isabel Galriça Neto, Ana Rita Bessa e Patrícia Fonseca questionaram o Ministro da Saúde sobre alegadas dívidas para com a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP).

Na pergunta dirigida à tutela, as deputadas querem desde logo saber se o ministro tem conhecimento, ou não, das dívidas de cerca de 30 milhões de euros que a Liga dos Bombeiros Portugueses declarou existirem por parte do Ministério da Saúde, depois quais são os montantes exatos em dívida e os seus prazos de pagamento e, finalmente, a confirmarem-se estas dívidas, quando serão pagas.

A Liga dos Bombeiros Portugueses denunciou ontem publicamente que «as associações e corpos de bombeiros estão “à beira da rutura financeira” devido aos atrasos dos pagamentos do Ministério da Saúde, que rondam os 30 milhões de euros». Mais ainda, afirmou a LBP que “este sufoco financeiro, provocado pelo incumprimento do Ministério da Saúde dos pagamentos dos muitos serviços prestados no transporte de doentes, está a fragilizar a atividade dos bombeiros” estando, em muitos casos, as associações e corpos de bombeiros «sujeitas “a recorrer a financiamento bancário ou a protelar pagamentos aos seus fornecedores desequilibrando ainda mais a gestão das associações, já de si habitualmente precária”».

Em reação a esta denúncia da LBP, o Ministro da Saúde afirmou publicamente que “obviamente que a nossa prioridade é garantir que essas dívidas, a existirem, não assumem prazos para além daquilo que seja aceitável” e que «a tutela vai “ver em detalhe quais são as entidades” e continuar a trabalhar».

Ora, perante estas declarações do Ministro da Saúde fica, em nosso entender, a dúvida se o Ministro tem conhecimento das dívidas à LBP, o que nos parece grave, caso não tenha esse conhecimento detalhado.

Neste sentido, face à denúncia da LBP e face à reação pública do Ministro a este respeito, o Grupo Parlamentar do CDS-PP entende ser da maior relevância obter um esclarecimento por parte do Ministro da Saúde.

Por:CDS/PP

 

CDS questiona tutela sobre encerramento de balcões dos CTT em Manteigas e Fornos de Algodres

O deputado do CDS-PP João Rebelo questionou o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas sobre o encerramento de balcões dos CTT em Manteigas e Fornos de Algodres, no distrito da Guarda.

João Rebelo questiona se o Governo teve conhecimento prévio da decisão de encerramento dos balcões dos CTT de Manteigas e Fornos de Algodres, e se sim, quando, quais os critérios apresentados pela empresa e que justifiquem a opção pelo encerramento destes dois balcões dos CTT no distrito da Guarda, que alternativas de serviço postal universal vão ser oferecidas às populações de Manteigas e Fornos de Algodres, na sua área de residência, e, ainda, se com a decisão de encerramento destes balcões dos CTT, continua assegurado o contrato de serviço postal universal existente os CTT e o Estado.

Nos últimos dias várias notícias deram conta do encerramento de balcões dos CTT no distrito da Guarda.

Entre os encerramentos anunciados, constam os balcões de Manteigas e Fornos de Algodres, anúncio que surpreendeu as populações.

É consensual a necessidade de lutar contra a desertificação das regiões de interior, mais despovoadas, em que a população idosa é maioritária, pessoas que vivem sozinhas e por isso com dificuldade de deslocação.

A concretizar-se, o encerramento dos balcões dos CTT de Manteigas e Fornos de Algodres irá colocar em causa, não só o serviço de proximidade às populações e às empresas, mas também o próprio serviço postal universal, de cujo acesso de proximidade as populações em causa ficarão privadas.

Acresce a tudo isto a falta de informação prévia da intenção de encerrar estes dois balcões.

Gráfica assumiu erro e enviou pedido de desculpas ao CDS/PP Fornos de Algodres

Depois do comunicado do CDS/PP de Fornos de Algodres a denunciar as irregularidades que o jornal de campanha da candidatura do PSD/ Fornos de Algodres, veio a Gráfica que realizou a impressão do respetivo jornal, assumiu o erro  e enviou um pedido de desculpas por escrito, sobre o sucedido. Documento que nos chegou à nossa redação e que colocamos em anexo.

CDS/PP Fornos de Algodres lançou ao início da noite um comunicado

COMUNICADO DE IMPRENSA:     PENA DE PRISÃO E MULTA 

                     Utilização indevida de Denominação, Sigla ou Simbolo.

                         (Artº 130º da Lei Eleitoral + DL nº 14/79 de 16 de Maio)

O CDS – Fornos de Algodres, manifesta profunda indignação por mais uma atitude Anti-Democrática tomada pelo PSD, consumada na publicação do seu Jornal de Câmpanha, aonde na representação do “Boletim de Voto” coloca o Simbolo do CDS associado á Sigla do PCP/PEV.

O CDS – Partido Popular, reserva-se o direito de julgar que a intenção do PSD, é confundir parte do Eleitorado afeto ao Centro-Direita, fazendo querer que o 4º lugar do “Boletim de Voto” é do PCP/PEV, desviando assim o Voto no CDS.

Consideramos esta arrogância do “vale tudo”, esta afronta á Lei Eleitoral, ao ponto de vilipendiar o Simbolo maior da Democracia que é o “Boletim de Voto”, uma atitude que está em consonância com o useiro e vezeiro “modus faciendi e operandi”, que é traço saliente da notoriedade de boa parte dos principais Responsáveis e Candidatos do PSD, Partido que consideramos respeitável e com pergaminhos no Sistema Democrático Português.
Enfim… A fama dos ditos, precede-os!

No entanto…
O CDS, em razão do Papel de Intervenção que assume, aceita de bom grado ser considerado próximo e sencivel ás preocupações de boa parte do “eleitorado flutante” seja ele de inspiração Social-Democrata, Socialista ou da Esquerda Tradicional.

O PSD provavelmente gostaria de chegar a estes Eleitores, mas não consegue.
É a Candidatura do CDS, que com orgulho “faz intervenção” e assume o papel de “conquistar” o Eleitorado, que não se revê nos outros Partidos, nem no “sistema instalado”.

A “Boa Gestão” e os “Valores” não são de Esquerda nem de Direita, são de todos e para todos.

E já agora…
“A talho de foice” (mas desta feita sem o martelo), para aqueles que dizem que Votar no CDS, é o mesmo que Votar no PS, nada de mais errado e falacioso, visto que perante o atual cenário não é o PSD que vai conquistar o 3º  Vereador ao PS, para tal era preciso ficar á frente dos Socialistas, só que a dinâmica (ou falta dela) indica o contrário.

É a Candidatura do CDS liderada pela Drª Cristina Guerra, que vai resgatar um Vereador ao PS, o “voto útil” para mudar a Gestão Camarária, em razão do “método de hondt” é o Voto no CDS-PP, isto no que confere ao 1º Vereador do CDS, mas… Nós já passámos essa fase, agora estamos a lutar pelo 2º Vereador, um objetivo ambicioso em que acreditamos, e esse sim… Será conquistado ao PSD.

Por último…
E já que se “puseram a geito”, agradecemos a alguns Responsáveis e Candidatos do PSD, o fato de lembrarem (sem a autorização que a elevação impunha) que à Drª Cristina Guerra foi proposto/oferecido o 3º lugar numa eventual Coligação Eleitoral, o que implicaria um lugar de Vereação para o CDS.

O CDS confirma que tais “negociações” e proposta aconteceram, para lá da arrogância, a solução foi recusada pela Líder do CDS, por duas razões simples e fundamentais… Não só não havia Projeto (ainda hoje não se conhece) como e não menos importante, não estavam reunidas as condições de Confiança e Cumplicidade.

Para lá de uma Ideia e Projeto comuns para o Concelho de Fornos, para uma Coligação ter sucesso, não basta a soma aritmética dos Partidos, é necessário respeito, identificação com as metodologias e, o mais importante… Ser Fiável.

Por:CDS/PP Fornos de Algodres

Assunção Cristas em Fornos de Algodres,este domingo

assunção cristasVai ter lugar no próximo domingo, 21 de Maio, um almoço/convivío com a presença de Militantes e apoiantes do CDS/PP, agendado para as 13:00, terá lugar no  Hotel SPA – Termas de S. Miguel, em Fornos de Algodres.
A iniciativa, tem como principal objetivo a Apresentação da Candidatura do CDS à Câmara Municipal
de Fornos de Algodres, para surgir nas eleições de 1 de outubro.

Entre outros convidados, destaca-se a presença da Srª Presidente do CDS-PP, Drª Assunção Cristas.

por:CDS/PP

CDS/PP Fornos de Algodres lançou comunicado

AS PESSOcgAS DE “BEM”, PAGAM AS SUAS DÍVIDAS !

OS EXECUTIVOS MUNICIPAIS TAMBÉM !?.

 No dia 6 de Março em Fornos de Algodres, foi aprovado em Assembleia Extraordinária, o contrato que implementa o PAM – Reestruturação da Divida, onde os Passivos Contingentes (leia-se dividas a terceiros) estão contemplados.
 

No entender da líder do CDS, Drª Cristina Guerra, o Município deve obrigatoriamente aproveitar esta excecional oportunidade, para juntos dos seus Credores, renegociar as Dividas reconhecidas que se encontram em Contencioso, através de “Acordo de Pagamento” e evitar assim, mais Despesas com Juros, Custas Judiciais e honorários de Advogados.
 

Acresce o facto, designadamente no confere ás Empresas Credoras locais, esta solução permitir uma “almofada financeira”, essencial para a manutenção de Postos de Trabalho, satisfação de compromissos e eventual Investimento.

Por:CDS/PP FA
 

CDS/PP Fornos de Algodres lançou comunicado

 cgSEGUROS SEM CONCURSO E ESCOLA SEM SANEAMENTO

AS BATALHAS DO CDS, EM FORNOS DE ALGODRES
Na Assembleia Municipal de 24 de Fevereiro, a Líder do CDS-PP Drª Cristina Guerra, questionou o Sr. Presidente da Câmara pelo facto dos Seguros da Autarquia, terem sido adjudicados sem Concurso Público.
Facto grave visto que, registado em Ata, o Dr. Manuel Fonseca tinha afirmado exatamente o contrário.

A Deputada Municipal perguntou ainda, se perante uma eventual Recandidatura, este se sentiria constrangido para explicar aos Fornenses tal contradição.
O atual Presidente, respondeu que futuramente os Seguros seriam objeto de Concurso.

Se tal acontecer…
O CDS congratula-se duplamente, por se cumprir a Palavra e pela Vitória na persistência do objetivo,
ou seja… A Verdade e defesa da “Causa Pública”.

Na mesma Assembleia e após uma Batalha de três anos, Cristina Guerra interpelou mais uma vez o Presidente da Câmara, relativamente ao grave problema de “Saúde Pública” do Saneamento (ou falta dele) da Escola C+S.

A Líder Centrista, obteve finalmente o compromisso por parte do Autarca, de que até final do Mandato o problema ficará resolvido.

Se assim for… A Deputada entende que se cumprem o Dever Executivo e o Dever da Oposição.
Ou seja… Cumpre-se a Democracia.

Por:CDS/PP FA

“Moção de Estratégia”apresentada pelo CDS/PP Fornos de Algodres

IMG_1797Em comunicado, o CDS Fornos de Algodres, salienta que foi aprovada recentemente em Plenário Concelhio, a “Moção de Estratégia” apresentada pela Líder do CDS-PP
Drª Cristina Guerra, define como principal objetivo, as Eleições Autárquicas deste ano.

A Presidente da Comissão Política, assume a missão de apresentar uma solução credível, que afirma desde já, como incontornável para a constituição da futura Gestão Camarária.

Com este principio orientador, Cristina Guerra afirma prescindir de “Política de Alianças”, sem prejuízo da análise pragmática que a conjuntura e, o cenário político temporal exigir.
IMG_9466
O recém criado “Gabinete de Estudos”, está já a definir o Programa Estratégico do CDS para o Concelho.
A atual Deputada Municipal, realça que para lá das questões objetivas, as soluções a apresentar, tem como principio orientador a matriz de valores, rigor e humanismo democrata cristão.

Deste modo, aqui fica a nova Comissão política e Mesa do Plenário:

Comissão Política:

Presidente — DRª. CRISTINA MARIA CAMPOS GUERRA

Vice-Presidente — José Almeida Pina
Secretário ———- António Viçoso Saraiva
Vogal —————- Rosa Fernandes Neto
Vogal —————- Valdemar Gomes Almeida
Vogal —————- Drª Carla Pereira Olival
Vogal —————- Nuno Mendes Santos

            Mesa do Plenário:
Presidente ———  Carlos Sá do Cabo

Vice-Presidente — Artur António da Fonseca

Secretário ———- Rui Sergio Albuquerque

Por:CDS/PP-FA

Henrique Monteiro foi reeleito líder da distrital do CDS/PP

Recentemente,IMG_9510 Henrique Monteiro foi reeleito líder da distrital do CDS/PP, foi a sufrágio como único candidato.

Acabou por ser reeleito com 138 votos e vai assim iniciar a preparação para as Autárquicas 2017, ao estudar todos os concelhos e lançar os melhores candidatos, com o objetivo de alcançar um resultado positivo, por todo distrito da Guarda.

Por:António Pacheco

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar