Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: club escape livre

Tag Archives: club escape livre

Markku Alen acelera com mais 80 pilotos em Castelo Rodrigo

Markku Alen chega a Portugal para participar no Slalom Sprint de Castelo Rodrigo e faz a sua primeira apresentação pública já no dia 20, em Coimbra. As instalações da MCoutinho, empresa parceira deste evento, é o local escolhido pela organização para Alen, ao lado do Fiat 131 Abarth com que venceu o Rali de Portugal, dar a conhecer alguns detalhes da sua presença em Figueira de Castelo Rodrigo, nos dias 21 e 22 de julho, e ainda para realizar uma primeira sessão de autógrafos.

O piloto finlandês que iniciou a sua carreira em 1969 e teve 129 participações no Campeonato do Mundo de Ralis, vai assinalar, naquela vila beirã, os 40 anos sobre a vitória na Copa FIA de Pilotos (1978), prova precursora do Campeonato Mundial de Pilotos, e os 45 anos como piloto profissional e oficial (1973, no Rali da Grã-Bretanha em Ford Escort RS 1600 MkI).

Em Figueira de Castelo Rodrigo, Markku Alen irá conduzir o Fiat 131 Abarth semelhante ao que o levou à vitória no Rallye de Portugal Vinho do Porto, em 1977, 1978 e 1981, três das suas cinco vitórias (além de 1975 e 1987). O piloto realiza ainda co-drives, sessões de autógrafos e um almoço com outros pilotos e navegadores que, em algum momento, disputaram com ele o Rali de Portugal e que a organização convida a estar em Figueira.

Jorge Ortigão, João Batista, Ramiro Fernandes e Miguel Vilar são apenas alguns dos pilotos e navegadores que nesta data já confirmaram a presença, mas outros grandes nomes nacionais são esperados para o almoço com Markku Alen em Figueira de Castelo Rodrigo, momento que pretende reviver o convívio de pilotos que participaram no Rali de Portugal com o piloto da Fiat.

O Slalom Sprint de Castelo Rodrigo vai contar com a presença de mais de 80 pilotos, entre eles os melhores das duas modalidades. Já confirmados estão Adruzilo Lopes, Jorge Almeida, António Matias, José Cruz, António Borges, Jorge Araújo, António Alexandre, Dino Almeida, Marco Martins, Luis Silva, João Batista e Tiago Mateus, entre tantos outros. Tanto na prova de sprint de sábado, pelas 21h00, no estádio municipal, como na de slalom, no domingo, a partir das 14h30, na Av. Heróis de Castelo Rodrigo, todos os pilotos vão proporcionar um espectáculo renhido, de velocidade, perícia e algumas acrobacias para surpreender o melhor e mais participativo público do slalom nacional. Em ambos os dias, esperam-se milhares de espectadores, este ano em número acrescido pela presença de entusiastas e fãs de Markku Alen.

Por:EL

Guarda revela nova escultura na Encosta do Tempo

No âmbito do projecto da Cápsula do Tempo Guarda 2050, iniciado em 2013, e que todos os anos, no dia 1 de Julho, conta com um programa comemorativo, o quinto aniversário ficou marcado pela inauguração de um monumento artístico, um relógio de sol Roamer.

A escultura tem a assinatura do arquitecto guardense António Saraiva, recentemente vencedor de um concurso de Newark, nos Estados Unidos da América, para instalação de um monumento em honra dos veteranos de guerra luso-americanos e inaugurado no passado dia 2 de Junho.

António Saraiva desenhou o relógio de sol que se encontra agora ao dispor dos visitantes da Encosta do Tempo e da torre de menagem da Guarda. Trata-se de uma obra de dois metros de altura, 1,20 metros de largura e cerca de 50 cm de espessura, numa base de granito de três toneladas, e com um relógio em aço corten, e encontra-se virado a sul, de forma a cumprir a sua função de indicar as horas.

Ao criar esta peça, António Saraiva pretendeu aliar “um objecto de medição do tempo que vem da antiguidade, o relógio de sol, em conjugação com um objecto que se tornou usual e de utilização pessoal e quotidiana, o relógio de pulso”. O conceito vai perfeitamente ao encontro da filosofia da Roamer, de combinar design intemporal com funcionalidade. A marca relojoeira suíça foi criada em 1888, patrocina esta escultura e passa a ser parceira da Cápsula do Tempo.

O relógio de sol Roamer tem ainda três QR Codes com acesso à página da Cápsula do Escape Livre, a uma série de fotografias que mostram a construção do monumento e à página oficial da Roamer.

Segundo Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, “O relógio de sol Roamer instalado na Encosta do Tempo não assinala apenas o quinto aniversário da Cápsula do Tempo, mas pretende também ser mais um contributo para a cidade, através do enriquecimento e embelezamento da encosta. Sabemos que é um espaço que em 2017 foi visitado por quase 22 mil pessoas, número que regista crescimento de ano para ano, e que com este relógio de sol ganha novo interesse”.

Este dia 1 de Julho, data de inauguração da escultura e do aniversário do projecto, contou com a presença de Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro de Portugal, que enalteceu o trabalho do Clube Escape Livre.

 

Nuno Antunes triunfou no Rali Bridgestone / First Stop na Guarda

Nuno Antunes voltou à carga e venceu, pela segunda vez, o Rali Bridgestone / First Stop, após a estreia, em 2016, na subida ao lugar mais alto do pódio, e um segundo lugar conquistado no ano transacto. Nuno Antunes, em Mini, realizou a prova em 39,053 segundos, com apenas 28 centésimas de diferença de Francisco Carvalho, em 1275 GT, que já venceu este rali por nove vezes. Araújo Pereira, em Skoda Fabia, conquistou o terceiro lugar do pódio, realizando a prova em 41,635 segundos.

A 22ª edição do rali turístico desportivo, que decorreu de 29 de Junho a 1 de Julho, marcou os 30 anos deste encontro de representantes das marcas automóveis, pilotos, organizadores e jornalistas e contou com a participação de 45 equipas e um total de 120 pessoas, das quais 19 completaram a prova de maneabilidade que decorreu no sábado à tarde, junto ao mercado municipal.

As melhores prestações femininas foram as de Olga Marlene Pereira, em Peugeot, que cumpriu o percurso em 59,137 segundos, e foi imediatamente seguida de Teresa Reis, em Mercedes, (59,790 seg) e Bianca Bessa, em Fiat (01’03,924).

As subidas ao pódio dos melhores classificados foram feitas com o espumante em garrafa magnum de Figueira de Castelo Rodrigo, sendo que todas as equipas receberam troféus Spal de participação no almoço de encerramento. Presença forte também a da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, que realizou uma prova de vinhos do agrado de todos.

Como habitualmente, as marcas realizaram uma ação de entretenimento para os participantes, desta vez uma ação conjunta de competição entre Renault, Ford e Bridgestone /First Stop, na qual as equipas foram desafiadas a puxar pela criatividade e conhecimento sobre vocabulário da língua portuguesa. No “Conhecimento em Velocidade” saiu vencedora a marca Bridgestone / First Stop.

Na prova de maneabilidade, não faltaram as mais inusitadas participações, nomeadamente Pedro Gil, em táxi, e André Coelho, a substituir o pai, ao volante de um pequeno Ferrari elétrico. A boa disposição e as brincadeiras são, aliás, características de tradição deste rali, o que foi confirmado por Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro de Portugal, que também alinhou à partida.

No Rali, os participantes realizaram ainda um percurso de estrada que ligou os concelhos da Guarda e de Pinhel, conheceram o pálio de ouro de Cidadelhe que em breve passará a ter espaço próprio de visita, e visitaram o Museu Municipal de Pinhel. Não faltaram ainda ofertas que são sempre bem acolhidas pelos participantes, nomeadamente da BP, Câmara da Guarda e Turismo do Centro.

O Rali teve como patrocinador oficial a Bridgestone e a First Stop. Contou ainda com o apoio da BP, Valorpneu, SPAL, Renault, Ford, Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior e Adega de Figueira de Castelo Rodrigo, além da parceria institucional do Turismo do Centro de Portugal, Municípios da Guarda e Pinhel, Natura IMB Hotels e Hotel Palácio Estoril.

Rali Bridgestone / First Stop na Guarda há 30 anos

O rali está de regresso à cidade da Guarda, 30 anos depois da sua primeira edição. De 29 de Junho a 1 de Julho, o Rali Bridgestone / First Stop Guarda 2018, uma organização do Clube Escape Livre, volta a ser o ponto de encontro dos profissionais do mundo automóvel. O evento foi apresentado ontem, no Hotel Palácio Estoril, em Lisboa.

O Rali da Guarda teve a sua estreia em 1988. Em 2018 realiza sua 22ª edição a juntar relações públicas das marcas automóveis, jornalistas, pilotos e ex-pilotos, organizadores, autarcas e outros convidados, num fim-de-semana que tem sempre como denominadores comuns o ambiente de companheirismo e humor, um percurso turístico por estrada e uma prova de perícia na qual os participantes se debatem pelo pódio.

O Hotel Lusitânia, na Guarda, será novamente o centro de operações deste Rali Bridgestone / First Stop Guarda 2018 e vai contar com cerca de 50 equipas. Do programa, destaque para a recepção com prova de vinhos, na sexta-feira, dia 29 de Junho, no Hotel Lusitânia, em colaboração com a Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior. No sábado, os participantes realizam um percurso de estrada entre a Guarda e Pinhel, com paragem em Cidadelhe, para conhecer o Pálio do séc. XVIII, e visitam o Museu Municipal de Pinhel. A prova de perícia dos participantes está marcada para as 17h30 da mesma tarde, no estacionamento do Mercado Municipal da Guarda.

No domingo, 1 de Julho, por coincidir com o quinto aniversário da Cápsula do Tempo Guarda 2050, os participantes vão assistir às cerimónias na Torre de Menagem e conferência do programa comemorativo. Na cerimónia do pódio a celebração conta com o premiado espumante Castelo Rodrigo em garrafa magnum e o encerramento do evento é feito com o almoço e entrega de prémios.

Na apresentação do Rali Bridgestone / First Stop Guarda 2018, André Bettencourt, da Bridgestone, referiu: É uma oportunidade para todos convivermos e irmos de novo à cidade mais alta do país. O Clube Escape Livre tem sabido manter este espírito entre quantos estão ligados ao automóvel.”

Já Anabela Correia, da Ford, sublinhou: O Rali faz 30 anos, é apresentado neste hotel há 29 e eu estou há 27 na Ford e, como tal, a participar e a apoiar. É cada vez mais difícil envolver a marca nestas iniciativas, é preciso ser criativo. Temos sido e por isso aqui estamos”.

Também Carlos Monteiro, vice-presidente da Câmara Municipal da Guarda esteve presente, destacando: “Habituei-me a ouvir que é mais longe ir de Lisboa à Guarda do que vir da Guarda a Lisboa. Aqui, hoje, confirmamos mais uma vez que não é verdade. O bom trabalho do Escape Livre, esta bandeira da promoção da Guarda com o apoio da câmara, é já uma tradição com resultados em várias gerações de participantes.”

Através da colaboração e apoio da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, todos os presentes na conferência de imprensa provaram os vinhos e espumantes desta região. Entre os presentes foi ainda sorteado um relógio TW Steel, edição limitada alusiva os 30 Anos do Clube.

As inscrições para o Rali Bridgestone / First Stop Guarda 2018 já estão a decorrer.

O Rali tem como patrocinador oficial a Bridgestone e a First Stop. Conta ainda com o apoio da BP, Valorpneu, SPAL, Renault e Ford e a parceria institucional do Turismo do Centro de Portugal, Municípios da Guarda e Pinhel, Natura IMB Hotels e Hotel Palácio Estoril.

Por:Clube Escape Livre

Escape Livre: Aventura AFN por terras da Arrábida

Temperatura alta, vista para o mar, um conjunto de trilhos fora de estrada diversificado, momentos que privilegiaram o convívio, vinhos e os sabores da península de Setúbal, e um ‘suplemento’ de adrenalina natural para os que quiseram experimentar as emoções da competição ao lado do piloto Pedro de Mello Breyner, foram os principais ingredientes da Aventura AFN Escape Livre, que decorreu no passado sábado, dia 5.

Por terras da margem sul, um dia de descobertas soube a pouco para os cerca de 100 participantes em 34 viaturas 4×4, que no final perguntavam já pelo próximo passeio de todo terreno turístico e de lazer. Este foi, aliás, um desafio lançado pelo Clube Escape Livre aos seus sócios para descobrir os encantos de Sesimbra e Setúbal ao volante dos 4×4, imediatamente aceite.

A Aventura AFN Escape Livre teve como centro de operações a conceituada Quinta do Peru, e em particular a Casa do Pinheiro Manso, em Vila Nogueira de Azeitão, e foi preenchida com trajetos junto à orla marítima e outros de cariz mais rural. A passagem junto ao Cabo Espichel, e a visita guiada por técnicos da autarquia ao Santuário Nossa Senhora do Cabo, o almoço no Clube Naval de Sesimbra com vista privilegiada para a marina e a visita ao museu e adega da Quinta da Bacalhôa estiveram entre os momentos altos do programa. O regresso à Casa do Pinheiro Manso terminou com um co-drive no Yamaha YXZ, ao lado do piloto Pedro de Mello Breyner, já a preparar o Dakar 2019, a cereja no topo de bolo antes do lanche de encerramento na propriedade de luxo.

Por:Escape Livre

Escape Livre com desafio ao sul do Tejo

Um dia de aventuras todo terreno, paisagens, sabores e vinhos. É a aposta do Clube Escape para 5 de Maio. A Aventura Escape Livre é destinada a todas as marcas e modelos 4×4 e tem como destinos algumas das melhores paisagens dos concelhos de Sesimbra e Setúbal.

A Aventura Escape livre é centralizada na Quinta do Peru, em Vila Nogueira de Azeitão, onde se inicia este passeio. Após a recepção pelos serviços de secretariado e pequeno-almoço e reunião de briefing, a primeira etapa percorre os trilhos rumo ao Cabo Espichel, onde se visita o Santuário Nossa Senhora do Cabo, com vista e aroma a mar.

Partindo para Sesimbra, e já de apetite desperto, o Clube Naval faz as honras com um almoço reparador antes da partida para a segunda etapa. Após novos percursos fora de estrada, o vinho e as vinhas estão em destaque no ponto de paragem seguinte, a sede da Bacalhoa Vinhos de Portugal, que acolhe os participantes para uma visita ao museu e adega e com uma prova de vinhos. De regresso à Quinta do Peru, adivinha-se nova descarga de adrenalina, desta vez para experimentar o co-drive com o piloto Pedro de Mello Breyner, ao volante do Yamaha YXZ com que participou no Dakar 2018. Um lanche marca o encerramento deste evento.

Luis Celínio, presidente do Clube Escape Livre, afirma que “surgiu a oportunidade de explorar um pouco desta belíssima região, e logo pensámos num passeio aberto a todos os nossos sócios, que fosse marcante, divertido e um ponto de encontro para firmar contactos e amizade entre os nossos aventureiros. Estamos certos que vão sair muito satisfeitos desta aventura com a assinatura do Escape Livre.”

As inscrições custam 95 euros por pessoa ou 40 para crianças entre os 5 e os 12 anos e incluem pequeno-almoço, almoço, visitas guiadas, lanche e apoio organizativo. Podem ser efetuadas através do site ou dos contactos escapelivre@escapelivre.com ou 271 205 285 / 96 78 99 449.

Por:EL

Volvo XC Adventure um sucesso

Há passeios todo terreno e há o Volvo XC Adventure. No último fim-de-semana, a Volvo Car Portugal e o Clube Escape Livre conduziram os clientes Volvo com modelos XC numa aventura sem precedentes, que mostrou não apenas as capacidades dos veículos no fora de estrada e as paisagens entre Lisboa e a Arrábida, como ainda promoveu um encontro surpresa com algumas personagens históricas de Portugal.

Cerca de 90 pessoas em 40 viaturas marcaram presença num encontro inolvidável, não apenas enquanto utilizadores habituais dos veículos Volvo, aplicando aqui alguns conhecimentos e técnicas de condução fora de estrada, como ainda participaram no Volvo Paper Challenge, um desafio por Lisboa onde encontraram e trocaram impressões com as personagens vivas do Infante D. Henrique, Carolina Beatriz Ângelo, Marquês de Pombal e o Velho do Restelo, renascidas pela mão da Associação Hereditas.

A partir do Altis Belém Hotel, onde foi servido o pequeno-almoço e realizada a reunião de briefing, as equipas de sábado e as de domingo, provenientes de vários pontos do país, cumpriram um programa rico em descobertas: após encontrarem as pistas sobre pontos culturais, históricos e arquitectónicos de Lisboa, ao volante dos Volvo, terminaram o desafio no Parque das Nações. A diferença do programa dos dois dias esteve apenas nas condições climatéricas, já que as equipas de sábado beneficiaram de um magnífico dia de Primavera com temperaturas amenas face ao céu cinzento e alguma chuva de domingo.

A partir da margem sul, iniciou-se o percurso de descoberta paisagística com alguma adrenalina, e a viagem decorreu por caminhos de terra, alguns com lamas e passagem de cursos de água até Palmela. O almoço na Pousada junto ao castelo, a visita guiada à fortaleza e a observação de toda a panorâmica foram o segundo momento alto do dia. Novo percurso até Azeitão e já na Quinta do Peru – Casa Grande sucederam-se as experiências de condução, desta vez ao volante do novo Volvo XC40, Carro Europeu do Ano 2018, que todos conheceram e que surpreendeu pelo design, conforto e comportamento dinâmico. Para acalmar os níveis de adrenalina, um passeio de charrete pelos jardins e espaços da quinta e um lanche marcado pela entrega de lembranças e troféu Spal remataram este evento antes do regresso a Lisboa.

Para Aira de Mello, Directora de Marketing e RP da Volvo Car Portugal, “foi mais um inesquecível dia em ‘Família Volvo’, festejando os recentes prémios internacionais conquistados pelos XC40 e XC60, que demonstraram todo o seu potencial fora do asfalto.

Escape livre volta a apadrinhar o Lobito

O Clube Escape Livre acaba de renovar o apoio ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico (CRLI), em Mafra, através da revalidação da adoção do Lobito pelo período de dois anos. O primeiro contacto com este Centro decorreu em Junho de 2016, no âmbito da Aventura Dacia, desenrolada pelo Oeste, e vai continuar, pelo menos até 2020.

O apoio a este centro tem a ver com a necessidade de apoiar um projecto que visa a conservação do lobo-ibérico, animal ameaçado em Portugal, já que se estima que existam cerca de 300 exemplares em liberdade, uma causa solidária para a qual o Escape Livre ficou sensibilizado há dois anos. O Centro acolhe os lobos que não podem continuar a viver na natureza, sendo atualmente responsável por 13 destes exemplares (sete machos e seis fêmeas), mas necessita de verbas para continuar a zelar pelo seu bem-estar.

Luis Celínio, presidente do Clube Escape Livre, realça que “Quando visitámos pela primeira vez o CRLI, em 2016, ficámos sensibilizados para a necessidade de preservar esta espécie ameaçada, e que a nós, residentes na serra da Estrela, tanto diz respeito. Por isso, desde então que continuamos a apoiar este Centro e desafiamos todos quantos gostem de natureza e desta espécie mítica, a contribuir, nem que seja com uma simples chamada de 0.72 cêntimos, uma visita ao Centro, ou mesmo com apadrinhamento de um lobo.”

O apoio ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico pode ser feito de várias formas, desde uma chamada de valor acrescentado, adoção, visitas, compra de material de merchandising na loja física ou online. Informação disponível em www.grupolobo.pt.

Sé da Guarda recebe segunda encenação histórica

No dia 24 de Março a Sé da Guarda volta a receber visitantes à noite. A segunda encenação histórica sobre a construção e consagração da Sé, uma organização do Clube Escape Livre e da Associação Hereditas, está agendada para as 22h00 e inclui aula de história, humor, cânticos e até um brinde.

A primeira destas visitas decorreu em Fevereiro e atraiu mais de 60 pessoas, que, divididas em grupos, conheceram a história, a arquitectura, as personagens e as curiosidades do período de construção deste ex-libris da Guarda, entre 1390 e 1531.

Para participar neste evento, basta fazer a inscrição e pagamento minutos antes da visita, à entrada da sé, ou faze-lo antecipadamente junto do Clube Escape Livre ou do Welcome Center, junto à Sé. O valor por pessoa é de 4 euros, mas conta com desconto de 50% se apresentar recibo de restauração ou alojamento desse dia. A entrada é grátis para crianças até 12 anos.

A partir do mês de Maio, e até Outubro, são retomadas as visitas noturnas ao centro histórico da Guarda, na primeira sexta-feira de cada mês.

Por:CELG

 

9ºRaid do Bucho foi temperado com… neve!

Foi ao sabor da neve, chuva, vento e frio que decorreu mais uma grande edição do Raid do Bucho e Outros Sabores. Com partida da cidade mais alta e chegada à aldeia raiana de Freineda, novos desafios se impuseram neste evento multimarca que reuniu 43 viaturas e 125 pessoas. O acréscimo de adrenalina foi proporcional à atenção exigida, mas o sucesso é evidente: o casamento entre o todo terreno e a gastronomia tradicional está para durar.

Trilhos enlameados e nevados, e subidas e descidas escorregadias foram alguns dos grandes testes de condução da caravana do 9º Raid do Bucho e Outros Sabores, que percorreu os trilhos entre a Guarda e a Freineda, no último fim de semana. E se nestas provas todos os participantes conseguiram passar, mais difícil foi resistir às iguarias mais tradicionais. Os pratos mais típicos do distrito da Guarda, com realce para o bucho raiano e outros enchidos, os queijos, pão, e os vinhos registaram, como sempre, grande entusiasmo por parte dos participantes provenientes de norte a sul do país.

Bucho da Casa Pireza, na Guarda venceu

Nestes, destaque para o “melhor bucho raiano”, eleito na XIII Edição da Festa do Bucho & Outros Sabores. O júri do primeiro Concurso de Provas do Bucho Raiano (do qual fez parte o Escape Livre, com a jornalista Teresa Conceição, da SIC) elegeu o bucho da Casa Pireza, da Guarda, como o melhor entre os dez produtores concorrentes, tendo reunido a maior pontuação nos três critérios: sabor, aspecto e aromas. “O melhor dos melhores” foi seguido do produtor Augusto Teixeira, da Castanheira, e o terceiro lugar arrecadado pela Beira Enchidos, produtor de Vale de Estrela.

Aos dois elementos-chave do passeio – aventura e gastronomia – somou-se ainda uma terceira: a descoberta. As paisagens e trilhos estiveram brancos nas zonas de maior altitude, no sábado, apresentando cenários inéditos para alguns concorrentes. O conhecimento da história milenar e secular, a cultura e a etnografia estiveram ao alcance dos participantes nas visitas ao Museu da Guarda, e ao Museu de Tecelagem dos Meios, com os teares, mantas, e o artesanato.

A chegada à aldeia de Freineda, no Domingo, ficou marcada pela habitual reconstituição histórica relativa às guerras peninsulares e à homenagem do Duque de Wellington, além da animação das escaramuças de rua, música e muitos petiscos. O remate deste evento decorreu com o tradicional almoço do bucho e outros sabores tradicionais, que este ano voltou a sentar mais de 500 pessoas à mesa.

Para o presidente do Clube Escape Livre, Luís Celínio, “foi com grande satisfação que verificamos, em mais um ano, todo o entusiasmo dos nossos participantes no programa que organizámos e que faz um curto resumo de tudo quanto esta região tem para oferecer, e ao qual não escapa o reputado acolhimento beirão. Este ano tivemos o desafio da neve, que obrigou a algumas alterações de percurso, mas que tornou o passeio diferente e muito belo. No próximo ano cá estaremos para proporcionar novas emoções em novos trilhos.”

Por:CEL

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar