Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: conferencia

Tag Archives: conferencia

Conferências da Guarda

O Município da Guarda leva a efeito a 21 de novembro (quarta-feira) a edição de inverno das Conferências da Guarda que desta vez irão debater a “Mobilidade Urbana Sustentável”.

A iniciativa decorre nos Paços do Concelho a partir das 14h30 e está dividida em três painéis, estando a abertura a cargo do presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro e do secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Gomes Mendes.

“Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel”debatidos em Mangualde

O Município de Mangualde recebeu na passada sexta-feira, dia 9 de novembro, a conferência “Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel”. A sessão decorreu no auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e contou com a presença do Secretário de Estado da Economia, João Correia Neves, na sessão de encerramento. Esta conferência enquadrou-se na programação da Semana Europeia da Formação Profissional.

 Após a sessão de abertura conduzida por João Azevedo, Presidente do Município de Mangualde, seguiram-se vários painéis de debate. O primeiro painel falou de “Trabalho e emprego: Estratégia Europeia” e contou com as intervenções de Sofia Alves, em representação da Comissão Europeia em Portugal e Henrique Burnay, Eupportunity e Projeto DRIVES (ERASMUS+). Seguiu-se um painel sobre “Veículos, plataformas do futuro e adaptação do emprego”, que contou com Adolfo Silva, da AFIA, como moderador e com os oradores: Joana Mendonça, IST/CEiiA; e José Machado, Universidade do Minho.

“Mobilidade sustentável” foi a temática do painel seguinte, que teve como moderadora Utimia Madaleno, Eupportunity, e como oradores: Daniela Carvalho, Transportes Inovação e Sistemas (TIS) e Carlos Pereira, Instituto Politécnico de Viseu. O último painel falou de “Desafios à formação: novas tecnologias e aptidões adequadas… formar as qualificações do futuro…” e teve como moderadora Isabel Soares Carneiro, IDESCOM e como oradores: José Miguel Sousa, EDUFOR, e João Girão, AIMMAP.

O MUNICÍPIO DE MANGUALDE E A ‘European Vocational Skills Week 2018’

O Município de Mangualde, que acolhe a sede da fábrica do Grupo PSA Peugeot-Citroen (com centenas de trabalhadores) e outras empresas importantes da cadeia de valor da indústria automóvel, participa, de forma ativa, na construção de soluções para o futuro do setor. É, além disso, parceiro associado do consórcio “DRIVES – Development and Research on Innovative Vocational Education Skills”, que, durante 2018 e 2022, reúne 24 parceiros de 11 países europeus para pensar estratégias e políticas europeias de requalificação do setor.

Neste sentido, o Município de Mangualde reuniu, nesta conferência, alguns dos melhores especialistas nacionais no domínio da mobilidade que, durante uma tarde, analisaram e discutiram as melhores estratégias para assegurar que os trabalhadores nacionais estarão preparados para os desafios da digitalização, automatização e fontes de energia alternativas.

 

SETOR AUTOMÓVEL REPRESENTA, EM PORTUGAL, 5% DO PIB,

CERCA DE 230 EMPRESAS E 51 MIL EMPREGOS

A conferência “Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel” inseriu-se na Semana Europeia da Formação Profissional (European Vocational Skills Week), que integra a estratégia de pensar e antecipar os desafios do setor. O setor automóvel representa, na União Europeia, 7% do PIB europeu e 12 milhões de empregos. Já em Portugal, engloba 5% do PIB, cerca de 230 empresas e 51 mil empregos.

Na mais recente análise socioeconómica de Portugal feita em Bruxelas, foram apontadas algumas das principais lacunas do país no domínio das qualificações profissionais: “em 2016, apenas 56% dos portugueses tinham competências médias-altas, quando a média europeia se cifrava nos 82%”, sendo o problema “mais grave na faixa acima dos 40, (40% contra 80% da média da UE)”.  Por estas razões, torna-se essencial debater o futuro do setor e dos seus profissionais no contexto socioprofissional português.

Por:MM

 

Lapa do Lobo, epicentro do megalitismo peninsular

Decorreu neste fim de semana, o Congresso «De Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular» na Lapa do Lobo, concelho de Nelas, epicentro de um dos núcleos mais importantes do Megalitismo da Península Ibérica. Este evento tem palco na Fundação Lapa do Lobo, no Auditório Maria José Cunha, e conta com um alargado número de participantes internacionais e alguns nomes de vulto da comunidade arqueológica nacional e internacional: João Carlos de Senna-Martinez e Mariana Diniz (Uniarq/ FLUL), António Faustino de Carvalho (CEAACP/ Universidades de Coimbra e Algarve), Pablo Arias Cabal (Universidad Cantabria, Espanha), Leonardo García Sanjuán (Universidad de Sevilla, Espanha), Gertrudes Branco (DRCC-DGPC/ Ministério da Cultura), Ana Cristina Martins (IHC-CEHFCI-UE-FCSH-UNL/ Uniarq/ FLUL), Fábio Silva (UWTSD, Lampeter, Reino Unido / IPHES, Tarragona, Espanha), entre outros.

Este congresso surge no seguimento das apresentações anuais dos resultados das escavações que João Carlos de Senna-Martinez e José Ventura lideraram nos últimos 4 anos, com o Projeto Neo-Mega. O resultado foi além do expectável, tendo sido encontrados novos elementos, levantando questões na arqueologia regional, que este Congresso discute agora a nível da Península Ibérica, colocando o foco sobre a Lapa do Lobo durante estes 3 dias.

João Carlos de Senna-Martinez e José Ventura têm liderado campanhas de escavações na região há 3 décadas. O projeto Neo-Mega, que lideram há 4 anos, resultou no estudo da recém-descoberta Orca da Lapa do Lobo, que permitiu o reforço do estudo dos 3 restantes dólmens do concelho (Orca das Pramelas – Canas de Senhorim, Orca do Folhadal e Orca do Pinhal dos Amiais – Senhorim) tendo sido criado para o efeito, e apresentado recentemente, o Circuito Pré-histórico do Concelho de Nelas, aumentando assim a oferta turística nesta área patrimonial. No domingo este Circuito será visitado por todos os participantes do Congresso.

Todo o trabalho de mais de 30 anos só foi possível graças ao apoio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Canas de Senhorim, das Juntas de Freguesia de Canas de Senhorim, Lapa do Lobo, Nelas e Senhorim, da Fundação Lapa do Lobo e das Câmaras Municipais de Nelas e Carregal do Sal.

«De Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular» é uma organização do Centro de Arqueologia (Uniarq) da Universidade de Lisboa, Centro de Estudos de Arqueologia, Arte e Ciências do Património (Universidades de Coimbra e do Algarve) e Fundação Lapa do Lobo, com o apoio das Câmaras Municipais de Nelas e Carregal do Sal.

 

Conferência “Neandertal” em Mangualde

Decorre no dia 25 de maio, sexta-feira, a partir das 21h00, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, receberá “Neandertal”, uma conferência onde o Professor Doutor João Carlos Zilhão (Universidade de Barcelona), mundialmente conhecido como o “advogado do Neandertal”, será o orador.

Às 21h00, decorrerá a inauguração e abertura oficial da exposição sobre a Pré-História do Concelho de Mangualde, em que estarão presentes João Azevedo, Presidente do Município de Mangualde, o Professor Doutor Domingos Cruz, da Universidade de Coimbra e o Doutor João Carlos Alves, AEM. Seguir-se-á a exibição de um filme/documentário, intitulado ‘O megalitismo concelhio’, da autoria de João Carlos Alves e Miguel Marques. No encerramento, realizar-se-á um momento musical protagonizado pela ACAB – Associação Cultural Azurara da Beira.

Por:Mun.Mangualde

 

Fornos de Algodres acolhe Conferência da Estrela

Ao longo deste ano de 2017, têm acontecido várias conferências em vários locais da Serra da Estrela, uma iniciativa do Geopark Estrela.

Deste modo, esta quarta-feira, 13 de setembro vai ter lugar em Fornos de Algodres, pelas 14h30, na Biblioteca Maria Teresa Mais Gonzalez, para debater mais um tema bastante pertinente “Despovoamento e Baixa Densidade”.

Vítor de Sousa no Ciclo “Nelas por Vocação: 10 Conferências, 10 Convidados”

0nelVítor de Sousa é uma figura de referência da Cultura Portuguesa, ator, homem de letras e de palavras, habituámo-nos a vê-lo assumir várias personagens, vestindo-lhes a pele. Tendo começado a sua carreira na década de 60, Vítor de Sousa atravessou vários momentos históricos, várias modas e tendências, vários modos de ser ator. “Do pó de palco à vertigem da televisão, do cinema aos espetáculos ao vivo, tantos anos passados, como é que é que este ator com alma de poeta olha para a profissão? E para a cultura da era digital?”

 “DO TAL CANAL AO ESTADO ATUAL”, é o tema da próxima conferência integrada no Ciclo “Nelas por Vocação: 10 Conferências, 10 Convidados”, a decorrer no próximo dia 23 de Fevereiro 2017, na sede da Contracanto Associação Cultural na Lapa do Lobo e cujo convidado é Vítor de Sousa, uma figura de referência da cultura portuguesa, que teve sempre um pé no palco, outro na televisão, e a voz na poesia. Moderada por Pedro Vieira, apresentador do programa semanal O Último Apaga a Luz, na RTP, esta conferência promete a partilha de conhecimentos e experiências, numa história de vida dedicada às artes e à cultura portuguesa.

A noite conta ainda com a participação do mais recente projeto criativo “Coletivo Orelhas Moucas”, composto por Rui Fonte e Rui Pina, com o momento “Versos para Entrada e Canções a Condizer”, que introduz os convidados e o tema da conversa, num encontro brilhante entre poesia e música. Esta proposta criativa e bem-humorada acompanha sempre cada Conferência e resultará num concerto final com a soma dos 10 momentos musicais, para além de uma exposição fotográfica e um livro resumo.

Nomes como João Paulo Martins, Francisco José Viegas, António-Pedro Vasconcelos e Pedro Marques, Vítor Sobral já marcaram presença no Concelho de Nelas por Vocação ao conhecimento, ao pensamento critico, ao desenvolvimento de uma cultura cívica atual e inclusiva. “Nelas por Vocação: 10 Conferências, 10 Convidados” tem trazido ao espaço público concelhio, uma quinta-feira por mês, a discussão de grandes temas relacionados com a realidade, local e nacional, conduzida sempre por uma figura pública, abrangendo áreas desde a música à escultura; da literatura à pintura; da arquitetura à gastronomia; ou da investigação científica à religião.

Por:Mun.Nelas

Museu à Noite dedicado ao azeite em Pinhel

15590568_1633648463328599_3550797740713506499_nO último Museu à Noite de 2016 vai ser dedicado ao Azeite e à importância deste produto na economia local.
A iniciativa está agendada para quinta-feira, dia 29 de dezembro, tendo lugar no Lagar de Azeite do Bogalhal, a partir das 20.00h.

Desta forma todos os interessados podem também inscrever-se numa tradicional “Lagarada”, que será servida no final da conferência.

Inscrições até dia 28 de dezembro, na Loja do Munícipe (12,00€ por pessoa).

Uma boa forma de saborear o azeite da região da Beira Interior.

Por:Mun.Pinhel

Conferência escolar em Pinhel

14884656_1563150923711687_1993917345367939268_oVai ter lugar  na cidade de Pinhel, esta sexta-feira, na EB1 de Pinhel, uma conferência “TPC – Quês e Porquês?” é o tema em debate integrado no Ciclo “A Escola, A Família e A Autarquia”, com a Drª Jennifer Cunha

  Vai decorrer com duas sessões agendadas:
16.30h – sessão destinada a Profissionais da Educação;
21.00h – sessão destinada a Encarregados de Educação e Comunidade em geral.

Por:Mun.Pinhel

António-Pedro Vasconcelos vai estar em Nelas

nelas02No mês em que se assinala o Dia Mundial do Cinema, António-Pedro Vasconcelos é o convidado da Conferência “Cinema-Ideia, Argumento, Personagens, Ação”, um tema assente na realidade do mundo do cinema que promete uma interessante conversa esta quinta-feira, 03 de novembro 2016, pelas 20h45, na Biblioteca Municipal de Nelas e cuja moderação está a cargo de Pedro Vieira, apresentador do programa semanal O Último Apaga a Luz, na RTP.

António-Pedro Vasconcelos, realizador, escritor e cronista, proporcionará uma perspectiva única e singular da sua vida e da sua carreira, sem deixar de refletir sobre o País e as suas gentes, os seus hábitos, os seus medos e anseios. Homem de causas que não se esconde atrás da câmara de filmar, António-Pedro Vasconcelos vem mostrar a sua vocação para pensar, dando também conhecer as experiências de vida que influenciaram a sua filmografia.

Esta conferência conta ainda com a participação do mais recente projeto criativo “Coletivo Orelhas Moucas”, composto por Rui Fonte e Rui Pina, com o momento “Versos para Entrada e Canções a Condizer”, introduzindo os convidados e o tema da conversa, num encontro brilhante entre poesia e música. Este projeto, que irá acompanhar as restantes Conferências, culmina com um concerto resultante da soma dos momentos musicais estruturados, para além de uma exposição fotográfica, livro resumo e um filme/ vídeo resumo desta iniciativa.

Integrado nesta temática, estará também patente na Biblioteca Municipal a exposição de cartazes de cinema e de espetáculos de teatro que passaram pelo Cine-Teatro Municipal, e que atualmente fazem parte do espólio do Arquivo Histórico Municipal.

Nelas por Vocação: 10 Conferências, 10 Convidados” pretende trazer para o espaço público, uma quinta-feira por mês, a discussão de grandes temas relacionados com a realidade, local e nacional, conduzida sempre por um convidado público, abrangendo desde a música a escultura; a literatura à pintura; a arquitetura à gastronomia; ou a investigação científica à religião. Nomes como, Bruno Nogueira; Alexandre Quintanilha, Vítor Sobral, Anselmo Borges, Sérgio Godinho, Leonel Vieira ou o Arquiteto Siza Vieira, virão a Nelas por Vocação ao conhecimento, ao pensamento critico, ao desenvolvimento de uma cultura cívica atual e inclusiva.

Por:Mun.Nelas

 

Ciclo de conferências em Nelas tiveram início

nelas vinho A Vinícola de Nelas na passada quinta-feira, dia 29 de setembro , foi palco da primeira Conferência da iniciativa “Nelas Por Vocação- 10 Conferências, 10 Convidados”, que contou com a presença de João Paulo Martins, jornalista especializado na área dos vinhos e júri em concursos internacionais, com moderação de Francisco José Viegas, Ex Secretário de Estado da Cultura, professor, jornalista e editor. Com a temática “A Região Demarcada do Vinho do Dão: do Centro do País para o Mundo” foram abordadas as especificidades da realidade local e regional, numa agradável e interessante conversa marcada pelo interação com o público.

Durante a Conferência João Paulo Martin, autor do livro “Vinhos de Portugal” que já vai na 22ª edição, considerado o mais respeitado guia de vinhos do país, explicou todo o processo de provas dos mais de 600 vinhos que anualmente recebe para avaliar e que reúne num livro, referindo que em comparação às edições anteriores o número de páginas dedicadas ao vinho do Dão é bem superior, o que demonstra a evolução, em quantidade mas também em qualidade, da produção nesta Região Demarcada.

Para o jornalista, esta Região apresenta-se como uma das mais completas do país devido às suas características únicas e peculiares que originam grandes vinhos novos e velhos, resultado de características endógenas como a junção entre solo, o clima e as castas originais, que determinam o perfil diferenciador dos Vinhos do Dão. Salientou, ainda, que não existem receitas mágicas para, de um momento para o outro, conquistar o mercado em pleno, pois o caminho tem de ser permanentemente construído com estratégias que promovam o tão desejado equilíbrio entre a identidade dos Vinhos do Dão e as solicitações do mercado, dos consumidores. Terminou afirmando que para alcançar o sucesso desejado é necessária uma aposta clara na Marca da Região, no Dão, através da valorização de castas fortes e identitárias, como o Encruzado, e na internacionalização, dar-se a conhecer em feiras e eventos, dentro e fora do país.

José Borges da Silva, Presidente da Câmara Municipal de Nelas, agradeceu a presença dos dois convidados, salientando a oportunidade desta iniciativa do Ciclo de Conferências para desenvolvimento de pensamento crítico, cultura cívica atual e inclusiva. O Autarca enalteceu, ainda, a qualidade reconhecida dos vinhos do Dão e o esforço da Autarquia em projetar o nome do Dão aos mais diversos fóruns, como é disso exemplo na realidade concelhia a realização anual da Feira do Vinho do Dão, já há 25 anos, elogiando igualmente o empenho de todos os produtores que conferem a alma ao vinho e que o tornam tão único e especial, desejando a todos a continuação de uma ótima vindima.

A dar início a esta Conferência esteve o mais recente projeto criativo “Coletivo Orelhas Moucas”, composto por Rui Fonte, Rui Pina e Manuela Morais, com o momento “Versos para Entrada e Canções a Condizer”, introduzindo os convidados e o tema da conversa, num encontro brilhante entre poesia e música. Este projeto irá acompanhar as restantes 9 Conferências, culminando com um concerto resultante da soma dos momentos musicais estruturados, para além de uma exposição fotográfica, livro resumo e um filme/ vídeo resumo desta iniciativa.

“Nelas por Vocação: 10 Conferências, 10 Convidados” pretende trazer para o espaço público, uma quinta feira por mês, a discussão de grandes temas relacionados com a realidade, local e nacional, conduzida sempre por um convidado público, abrangendo desde a música a escultura; a literatura à pintura; a arquitetura à gastronomia; ou a investigação científica à religião.

A Conferência do próximo mês irá contar com Alexandre Quintanilha com o tema “ O Conhecimento: Criar e Usar”, sendo que para novembro há encontro marcado com Miguel Real para o tema “História: Os Vestígios das Civilizações nas nossas Ruas”.

Por:Mun.Nelas

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar