Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: Desp. Trancoso

Tag Archives: Desp. Trancoso

AF Guarda- Celoricense- Trancoso-1-2

Liberata, o joker que saiu do banco

Uma tarde de sábado, com o calor ainda a marcar presença, no Municipal de Celorico da Beira, a marcar o arranque do Distrital maior da AF Guarda, com o Trancoso a vencer os locais por duas bolas a uma.

Duas equipas a praticar um futebol mais equilibrado, de estudo mútuo, as oportunidades iam surgindo e o keeper celoricense a mostrar logo neste jogo inicial qualidade, ao intercetar  bolas que levavam perigo à sua baliza.

O Celoricense também ia construindo algumas situações e Necas também foi segurando, com o nulo a assentar ao intervalo.

Golos na segunda metade

Após o reatamento, Liberata é lançado pelo Zé Carvalho, técnico do Trancoso, que apostou na velocidade do dianteiro,  agora foi o celoricense a abrir o ativo, com 50´, volvidos pelo Andersson.

O Trancoso acelerou mais e o joker Liberata procurava ganhar espaços na frente e com a sua equipa a jogar em seu favor , alcançou a igualdade aos 71´.

O Celoricense tentou reagir, mas foram os visitantes que voltaram a marcar por intermédio de Liberata, que bisava aos 81´e dava o triunfo e os três pontos aos homens de Bandarra.

A reação dos locais foi imediata com as alterações no xadrez mas até final não haveria mais golos.

 

GD Trancoso homenageou seus atletas

Neste domingo, o GD Trancoso terminou mais uma temporada , ficando na segunda posição a nível sénior, carimbando o passaporte para a 1ªeliminatória da Taça de Portugal  em 2018/19.

Um época muito positiva de uma equipa orientada por Zé Carvalho que muito fez para realizar a melhor posição nesta prova , numa equipa onde a formação sempre imperou.

Na formação, as gentes de Bandarra também fecharam a temporada com boas prestações nos respetivos campeonatos.

Assim após o derradeiro jogo frente ao Guarda Unida, a Direção do Trancoso,homenageou os seus atletas , onde esteve presente, Amílcar Salvador, Presidente da Câmara local, mas pela voz da  Presidente do clube Carla Nascimento, enalteceu e agradeceu a todos e em final de mandato, anunciou a sua saída.

Por:AP foto:GDT

Torneio de futsal de Trancoso entra na fase das semi-finais

19260584_2310815019175977_1424309405069957771_nO torneio de futsal em Trancoso decorre a todo gás e face a isso, nesta segunda -feira jogou-se a derradeira jornada da 1ªfase:

Só Pneus Rui 0 – 3 AMS- Auto Mecânica Santos e Filhos
Os Medenses 7 – 1 O Marquês

Após estes resultados os grupos ficaram ordenados:

Grupo A- AMS- Auto Mecânica Santos e Filhos venceu o grupo com 7 pts, ficando na segunda posição o Parma FC com 6 pts

Grupo B – Os Medenses venceram com 9 pts e em segundo ficou a turma Pires e Duarte com 6 pts.

As meias-finais a disputar já nesta quarta-feira, 19, com os seguintes jogos:

21h- Os Medenses x Parma FC
22h- Pires e Duarte x AMS- Auto Mecânica Santos e Filhos

Por:AP/GDT

AFGuarda- Trancoso-Fornos-0-2

15271444_1281878158499743_1796665132_oNo passado domingo, no estádio Dr Fernando Lopes jogou-se mais uma partida referente ao distrital maior da AF Guarda, com a turma do Trancoso a sair derrotada perante o líder Fornos por duas bolas a zero.

Uma fase inicial equilibrada, com duas equipas recheadas de bons valores individuais, mas foi o Fornos a chegar ao golo, na reta final da 1ªparte com Bruno Costa a abrir o ativo.

Para a 2ªparte, nova investida do Trancoso, mas os fornenses sempre a colocar-se bem e a procurar sair para o ataque .

Ainda a beneficiar de uma grande penalidade e vai daí Fábio Matos a fazer o segundo golo para a turma de António Alves.

Com este triu15205704_1281868925167333_989105300_onfo os fornenses mantêm a liderança, já o Trancoso caiu uns degraus, mas ainda muito campeonato há para disputar e muita coisa ainda vai ser decidida.

Por:JF

GD Trancoso venceu na apresentação à massa associativa

GD Trancoso-1-Viseu e Benfica-0

  Numa noite fresca , no IMG_7697Municipal Dr.Fernando Lopes, o Desp.Trancoso realizou o seu jogo de apresentação diante do Viseu e Benfica, ao qual a vitória sorriu aos locais pela margem mínima.

  Deste modo numa partida interessante, Bruno Fonseca foi o autor do tento da vitória, nesta partida que antecede o arranque do campeonato , já no domingo, 25, diante do Vila Cortez, no difícil 3 de maio.

  Espera-se um campeonato muito competitivo no que toca ao lugar cimeiros, onde já se perfilam alguns candidatos.

Por:António Pacheco

Atletismo do GD Trancoso em atividade

8jtraA secção de Atletismo do GD Trancoso participou no passado dia 03 no Ultra Trilhos da Aboboreira em Amarante.
Cláudia Bogalho participou no Trail Curto com cerca de 12 km ficando em 33º lugar do escalão com o tempo de 2h19m, posteriormente acompanhada de Diogo Santos do Trail Longo por sobreposição de percursos tendo ficado em 42º lugar do escalão após percorrer os 28 km em 3h35m. A prova revelou uma dificuldade acrescida devido aos escaldantes 38 graus!
Informam todos os interessados em atividades relacionadas com o atletismo que os treinos terão início no próximo dia 12/07 pelas 19:30 no parque Municipal de Trancoso e realizaram-se todas as terças-feiras e quintas-feiras no Parque Municipal de Trancoso às 19:30 sendo o ponto de encontro feito no lago do parque.

Por:GDT

 

Torneio de Futsal Cidade de Trancoso 2016 de 1 a 24 de julho

13524462_1940792766178206_8242466448504695440_nA cidade de Bandarra vai acolher de 1 a 24 de julho mais uma edição do Torneio de Futsal Cidade de Trancoso 2016, cuja organização é do GD Trancoso.

Decorre esta quarta-feira ,às 21h00, o sorteio do  no bar do estádio Municipal de Trancoso com as seguintes 12 equipas:

– Rubis Gás;
– Pires e Duarte;
– Castanheira/ LSB Publicidade;
– Young Team;
– GEAT;
– O Marquês;
– GDRC Fiães;
– Paviaires, Lda./ C.B. Sernancelhe;
– TGA Lester;
– 6420 Team;
– Os Medenses;
– A.C.R. Trancoso.

Um evento que vai decerto levar muitos amigos do futsal e do desporto ao Pavilhão Multiusos da cidade.

Por:António Pacheco–Foto-GDT

Conversa com Carla Nascimento, Pres.GD Trancoso

cn

Fomos conversar com a presidente do GD.Trancoso, Carla Nascimento para um balanço desta época.

Magazine Serrano–Que balanço faz da prestação sénior e formação do G.D.Trancoso?

Carla Nascimento – O balanço que faço não podia ser menos do que muito positivo.

MSA Taça de Honra voltou a escapar pela segunda vez consecutiva, mas ainda assim nova presença na taça de Portugal?

CN– Não avaliamos o trabalho de uma época desportiva pelo resultado de uma final da Taça de Honra da AF Guarda. Os resultados e trabalho desenvolvido ao longo do tempo é, sem dúvida, superior a qualquer taça conquistada! Porém, teria sido o coroar do excelente trabalho desenvolvido pelo coletivo. O acesso à 1ª eliminatória da taça de Portugal já estava garantido pelo 2º lugar alcançado no Campeonato Distrital.

 

MSComo foi a experiência da entrada nesta temporada na Taça de Portugal?

CN –  A minha direção iniciou funções em Maio de 2015 e em Setembro jogámos a 1ª eliminatória da Taça de Portugal. Um dos objetivos desta direção é manter a serenidade e a consciência. É importante sermos competitivos, jogarmos para ganhar, mas sempre com o respeito máximo pelo adversário. E foi com base nisto que nos deslocámos a Águeda. Óbvio que é sempre prestigiante estar numa competição destas!

 

MSComo é a relação entre o G.D.Trancoso e os seus adeptos?

CN– Sinceramente, preferia que fossem os adeptos a dizer de viva voz. Da minha parte, enquanto Presidente, expresso um grande respeito e carinho por todos eles. Tenho adeptos que além da presença assídua nos jogos em casa, se deslocam com as equipas a todos os jogos. Claro que só posso estar orgulhosa!

 

MSA Carla é a única mulher como presidente neste distrito, como é a relação com restantes clubes?

CN – O facto de ser a única mulher Presidente não é o que me distingue dos meus con13087792_1883745908549559_1376255126611167291_ngéneres distritais. Muitos dos nossos clubes sobrevive com a boa vontade e dedicação de pessoas que gostam de futebol e dos convívios a ele associados.

    Eu gostaria de ver gente jovem, com formação adequada e a dedicação necessária para melhorar a cultura desportiva distrital. É necessário e urgente evoluir. É imperioso qualificar as estruturas, é preciso olhar para as Associações e sinalizar os pontos críticos.

   É preciso encarar a formação dos jovens atletas como objetivo primordial. É necessário dotar as Associações de técnicos devidamente habilitados e credenciados para transmitir não só a formação desportiva, como também, e não menos importante, desenvolver várias competências sociais e relacionais.

As associações deverão ser encaradas como um todo, desde as equipas de formação à equipa sénior! Respondendo mais em concreto, a relação com outros clubes é a possível.

Se há projetos nos quais me revejo e os quais glorifico, outros encontrei que subsistem “ao empurrão”, não me identificando com atitudes e comportamentos. Julgo que a formação humana é transversal a todos, desde jogadores, equipas técnicas, diretores, adeptos, etc…

MSEstá à porta mais uma edição do torneio de Futsal, um bom angariador de fundos?

CN – É importante para a cidade. É importante para o Grupo Desportivo de Trancoso, É importante para todos os atletas que nela participam. A componente financeira também tem a sua importância, mas não é isso que nos leva a realizar o torneio até porque as despesas associadas ao mesmo são inúmeras.

 MS .- Que perspetivas no futuro e uma mensagem aos sócios e simpatizantes?

CN — A perspetiva de futuro é sempre a mesma. Calmos e serenos. Não estamos deslumbrados com os resultados alcançados na 1ª época desta direção, mas assumo naturalmente que engrandeceram o histórico do clube e tiveram uma real importância na motivação geral. O nosso foco é manter o já alcançado e continuar a trabalhar sempre com o objetivo de melhorar. Apostar na formação desportiva e cívica das crianças e jovens que constituem as diferentes equipas, pois é aqui que acreditamos construir grandes apostas para o futuro! É importante também trabalhar visando o alargamento da oferta desportiva aos jovens do concelho. Quanto aos nossos sócios e simpatizantes, tudo o que lhes posso dizer é: Obrigada!

Reportagem de António Pacheco

IIIª Corrida da Liberdade na cidade Bandarra

tran25abrilNo âmbito das comemorações dos 42 anos da liberdade Portuguesa, irá realiza-se no próximo dia 25 de Abril, a IIIª Corrida da Liberdade, Co-organizada pela Câmara Municipal de Trancoso em colaboração com a União de Freguesias de Trancoso e Souto Maior, Grupo Desportivo de Trancoso e a Associação de Atletismo da Guarda.

Esta será uma prova de atletismo, para os diferentes escalões
etários, que percorrerá as ruas do centro histórico da cidade de Trancoso, com início às 10h00.

PROGRAMA

10H00 Concentração no Largo D.Dinis;

10H30 Início da III Corrida da Liberdade;

12H30 Entrega de prémios aos participantes da III Corrida da Liberdade.

Inscrições: Município de Trancoso | União de Freguesias de Trancoso e Souto Maior | Grupo Desportivo de Trancoso | Associação de Atletismo da Guarda.

Organização: Município de Trancoso, União de de Freguesias de Trancoso e Souto Maior, Grupo Desportivo de Trancoso e Associação de Atletismo da Guarda.

Para mais informações: G.D.T – 966 282 856 | Posto de Turismo de Trancoso – 271 811 147 | Município de Trancoso – 271 829 120 | Trancoso Eventos – 271 817 184.

Conversa com a fornense Carla Nascimento que preside ao GD Trancoso

cn1 “Sou mais de concretizações do que de divulgar suposições”

Carla Nascimento é a presidente do Grupo Desportivo de Trancoso que irá liderar os destinos desta coletividade, pelo menos durante um mandato, sendo que se candidatou devido ao Clube estar a ser dirigido por uma equipa de gestão e visto que é uma das Associações relevante nas hostes Trancosenses.
Miguel Machado(MM) – Qual o motivo que a levou a ter se candidatado para presidente do Grupo Desportivo de Trancoso?
Carla Nascimento (CN): O que me levou a assumir a Direção do Grupo Desportivo de Trancoso foi o facto do clube se encontrar em gestão desde há algum tempo e perceber que esta é uma Associação relevante na sociedade Trancosense.
MM – Qual a sensação nestes primeiros meses ser uma Presidente, num panorama só de homens?
CN: A sensação seria a mesma se este mundo fosse só de mulheres. É uma questão que não se coloca. Um cargo numa associação não é tomado por se ser homem ou mulher. Um cargo assume-se em consciência pela capacidade de organização e gestão de uma entidade.
MM – Quais os objetivos que traçou com a sua equipa de direção para a presente temporada e mandato?
CN: A minha direção iniciou funções num panorama pouco animador. Foi preciso arrumar a casa, inteirarmo-nos de toda a situação do clube para podermos traçar caminho. Quanto a objetivos, assumo que os temos, porém optamos por ir revelando á medida que os vamcnos concretizando. Mas a Formação é, sem dúvida, uma das nossas grandes apostas.
MM – Como viu logo como grande feito de início de época e mandato a presença na Taça de Portugal?
CN: É sempre positivo estarmos presentes numa prova com tanto significado no futebol português. Mas estávamos absolutamente conscientes das nossas dificuldades, acreditando sempre nas capacidades da nossa equipa.
MM – Qual a motivação e objetivos terão para a edição desta temporada na Taça de Honra da Associação de Futebol da Guarda?
CN: É chegar o mais longe possível, claro. Disputar a final e trazer a Taça para casa. Seria, sem dúvida, um grande feito no 1º ano de mandato desta direção. E esta direção confia na equipa que formou, confia na equipa técnica que os acompanha.
MM – Passados alguns meses de competição nos diversos escalões e equipas que tem inscritas, como está a ver os Juniores na 1ª posição deste campeonato?
CN: Serenamente.
MM – Estando a equipa de Juniores em 1º lugar, se no final do campeonato deste escalão ou de outros conseguirem ser campeões, assumem a subida ou irão ponderar melhor esse feito?
CN: Tudo será pensado e ponderado no momento certo. Por agora resta-nos ir saboreando os feitos alcançados, jogo a jogo.
MM – Porque apenas fez uma equipa de futsal feminina e não fez também uma masculina, qual o motivo ou objetivos?
CN: Não existe nenhum motivo ou objectivo especifico. A equipa feminina surgiu pela procura das próprias atletas e pela carência de alternativas da prática desportiva no Concelho.
Quanto à questão da equipa masculina de futsal, não se colocou ainda. Não significa que futuramente não se possa ponderar a hipótese. No entanto, Trancoso é uma cidade relativamente pequena para se conseguir ter diversas equipas na mesma modalidade desportiva/escalão.
MM – Existe uma equipa de Veteranos do GDT, vai ter o mesmo apoio ou estao englobados nos mesmos objetivos das outras equipas, ou eles tem uma secção à parte e diferente?
CN: Os Veteranos do GDT vestem as cores do clube como todos os outros escalões. A diferença está que a gestão da equipa é independente.
MM – Este clube do GDT só vai ter as modalidades de Futebol e Futsal ou estão a pensar noutras? Se for para ter outras quais?
CN: O tempo dirá o que conseguimos realizar. Sou mais de apresentar concretizações do que de divulgar suposições.
MM – No pouco tempo que está à frente do GDT, como está a viver isto tudo, era aquilo que estava à espera ou totalmente diferente?
CN: Nenhuma experiência é como a idealizamos. Uma coisa é a teoria, outra é a prática. É necessário muita entrega, muita dedicação, muito altruísmo…
MM – Como está a ver os apoios que o seu clube tem, foram aqueles que pretendiam ou aqueles que conseguiram?
CN: Sem os apoios nada seria possível. Os custos inerentes ao funcionamento de uma Instituição com o número de atletas inscritos como nós temos, são muito elevados. Obvio será que todos os apoios são poucos.
MM – Sendo o Presidente uma Mulher foi mais fácil angariar patrocínios ou pelo contrário tiveram algumas dificuldades visto ser um projeto liderado por si?
CN: O facto de ser mulher em nada influencia a gestão do clube. Seja positiva ou negativamente. Há um caminho longo a percorrer, o Grupo Desportivo de Trancoso estava sem uma direção sólida à já algum tempo e isso descredibilizou a imagem perante os patrocinadores/sócios e adeptos.
Mas o feedback é positivo, não pelo fato de ser uma mulher a presidir o clube, nem por mais duas mulheres integrarem a direção. Mas sim porque constituímos uma direção dinâmica, com gente jovem e que tem demonstrado vontade de trabalhar. Trabalhar sério, trabalhar em prol dos atletas e duma associação que, pelo seu objecto social, visa desenvolver física, moral e intelectualmente os seus atletas proporcionando a possibilidade da prática desportiva essencial ao seu bom desenvolvimento.
MM – Para terminar que agradecimentos deixa, o que gostaria de que mudasse e quais os votos que deixa para o novo ano que se avizinha?
CN: O agradecimento é geral a todos aqueles que, direta ou indiretamente, nos dão o seu apoio.
Gostaria de ver mais gente no estádio e não me refiro apenas aos jogos dos Seniores. Um dos nossos objectivo passa por trazer mais pessoas ao estádio, por angariar sócios e oferecer-lhes benefícios.
Gostava de ver os Pais, Familiares e Amigos dos atletas a dar o seu apoio. Já tenho escalões nos quais existe essa presença, mas gostava de o ter em todos os escalões, dos petizes aos seniores, bem como no futsal feminino. Mais do que darem o apoio ao clube, é dar apoio e incentivo a quem amam/ gostam. É assistir e partilhar as vitórias, é ajudar a encarar as derrotas. A presença dos Pais é fundamental em todos os momentos dos filhos!!!
Os votos futuros passam por continuar a traçar caminho, com a esperança de conseguir resultados positivos.

Por: Miguel Machado-SB

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar