Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: festival

Tag Archives: festival

Sopa das Origens – Escola Velha venceu Festival das Sopas em S.Paio

O tempo foi um pouco adverso, mas foi um fim de semana dedicado às sopas e à gastronomia desta região, onde a castanha animou as hostes , sempre com grande animação.

Foram 17 sopas a concurso de diversas instituições que se esmeraram por apresentar um bom produto, para todos saborearem.

Apesar da chuva os visitantes foram bastantes para ver o Festival e além disso, saborear as diversas sopas .

Assim no final, a grande vencedora deste festival foi a  Sopa das Origens – Escola Velha , já no 2º Lugar , ficou a  Sopa Especial de feijoca com pato e aromas de Outono – Grupo Cantares de S.Paio , no derradeiro lugar do pódio ficou a  Sopa da Pedra – Jardim de Infância de Gouveia .

O Prémio da Sopas com mais senhas (Prémio Solidário) foi para a  Sopa de Lavagante Azul – Instituto de Gouveia – Escola Profissional.

As provas de Vinho da Casa Américo também foram um dos tónicos deste festival, assim como outros produtos endógenos.

XI Festival da Castanha, em Prados

Prados, a aldeia mais alta do concelho de Celorico da Beira, vai acolher o XI Festival da Castanha, nos próximos dias 3 e 4 de novembro.  No fim-de-semana a seguir ao feriado do Dia de Todos os Santos, a Junta de Freguesia de Prados, Associação da Rede de Aldeias de Montanha e a Câmara Municipal de Celorico da Beira vão promover a XI Festa da Castanha de Prados, com o intuito de homenagear e valorizar a produção e transformação deste produto endógeno, na variante longal, o qual em associação com os cogumelos constituem uma das maiores iguarias do cabaz de sabores outonais desta região da Serra da Estrela.

A freguesia de Prados, enquanto aldeia de montanha reúne as condições de excelência para ser a maior produtora de castanha do concelho e terreno fértil para a proliferação de cogumelos pelo que, este ano programação deste evento está centrada não só na produção de castanha mas, também, na combinação deste dois produtos na gastronomia.

Da programação do evento destacamos no dia 3 de novembro, sábado, as jornadas técnicas O Castanheiro e os Cogumelos Silvestres”, a Oficina de cozinha – A Castanha e os Cogumelos Silvestres com o Chef Valdimir Lubave e o  um jantar temático  confecionado com a mestria do referido Chef. Por uma questão de logística, a participação nas atividades deste dia carecem de marcação prévia, bem como também, na caminhada “Rota dos Soutos”, no passeio fotográfico e, na oficina de pão tradicional com castanha no forno comunitário, no domingo.

No domingo, 4 de Novembro, Prados vai transformar-se numa autêntica montra de produtos locais e regionais, onde a castanha será a rainha da festa, em ambiente de grande animação, muitos comes e bebes e muita música popular com desgarradas, concertinas, grupos de cantares e ranchos folclóricos. O evento terminará com o tradicional magusto comunitário.

Festival do Emigrante contou com grande animação em Mangualde

Foi num ambiente de grande animação que mais de duas mil pessoas se juntaram ontem (6 de agosto), no Festival do Emigrante, que decorreu na Abadia de Espinho, na Freguesia de Espinho, Mangualde. A iniciativa organizada por António Fernando e José Santos (Zézito), dois emigrantes mangualdenses de sucesso na Suíça, contou com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde e da Junta de Freguesia de Espinho. João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, e António Monteiro, Presidente da Junta de Freguesia de Espinho, juntaram-se às comemorações para dar as boas vindas a todos os que regressam à nossa terra.

Em palco estiveram artistas portugueses como Ruth Marlene, Marcus, Caramelo, Zezito, Jéssica Portugal, Tiago Maroto, Daniela, Pedro Cruz, Lucy, Luka Emme, Arnette e Sara Santini, entre outros.

Por:Mun.Mangualde

Festival “URERE” em Vila Soeiro de Chão

Vai acontecer, neste domingo dia 13 de agosto, mais uma edição do Festival “URERE” , isto é, Festival da Cerveja artesanal de urtiga,  na localidade de Vila Soeiro do Chão, com o seguinte programa:

15.00H – Mercadinho

15.00H – Cerveja Artesanal de Urtiga, Caracóis

16.00H – Musica FolK – Celta.

TORGA, Lisboa – CABRA CEGA, Braga – Gazal, Espanha

Uma tarde dedicada à cerveja artesanal de Urtiga, isto é, mais um produto onde a urtiga fica bem.

10ª edição do FESTIVAL DO BORREGO nos dias 22 a 23 de outubro

feira, A localidade de Carrapichana, concelho de  Celorico da Beira, vai acolher a 10ª edição do FESTIVAL DO BORREGO.

Nos dias 22 e 23 de outubro, o Borrego tornará a ser Rei na Freguesia da Carrapichana – Celorico da Beira.

Do vasto programa, a destacar: o Concurso que irá premiar o rebanho melhor enfeitado; mostra de gado; trilho do borrego; leilão de borregos; entre muitas outras atividades.

De salientar a atuação da artista de música popular portuguesa “Rosinha”, no dia 23 de outubro, assim como a permanência de tasquinhas onde os visitantes se podem deliciar com as iguarias regionais, com especial enfoque para os pratos e petiscos confecionados e que terão por base o borrego serra da estrela.

De 15 a 22 de outubro, decorrerá um roteiro gastronómico pelos restaurantes do concelho aderentes.

O Festival do Borrego é organizado pela confraria do Borrego, o Município de Celorico da Beira e a Junta de Freguesia da Carrapichana.

Por:MCB

X Festival do Borrego em Carrapichana (Celorico da Beira)

feirCarrapichana (Celorico da Beira) recebe a décima edição do Festival do Borrego acontece nos dias 22 e 23 de outubro ,numa organização da Confraria do Borrego, do Município de Celorico da Beira e a Junta de Freguesia da Carrapichana.
Além da gastronomia, há uma feira de artesanato, tasquinhas, o trilho do borrego, um leilão de borrego Serra da Estrela e uma mostra de gado.

Decorre o concurso do rebanho mais bem enfeitado. Para além da atuação da artista de música popular portuguesa “Rosinha”, no dia 23.
Entretanto, de 15 a 22 de outubro vai decorrer o “Roteiro Gastronómico” nos restaurantes aderentes do concelho que têm ementas onde o ingrediente de eleição é o borrego DOP Serra da Estrela.

Por:MCB

Real acolheu mais um Festival da Abóbora

Decorreu neste domingo, na localidade de Real, Penalva do Castelo, a segunda edição do Festival de Abóbora, com boa adesão dos produtores concelhios.14455945_10206968691005646_1845510508_o

Alguma criatividade para apresentar as melhores e mais bonitas abóboras, também outros produtos e algum artesanato foi comercializado neste espaço festivo.

Tudo se iniciou com o almoço convívio , seguido de música popular dos diversos grupos convid14489506_10206968691045647_184653073_oados.

O  vencedor da abóbora mais pesada foi Manuel dos Santos, assim uma tarde bem passada com muito boa disposição dos presentes e um bom momento de este povo puder conviver.

 

Por:António Pacheco

Fotos:JPR

XXII Festival Nacional Folclore em Quintela de Azurara

quintelaVai decorrer na localidade de Quintela de Azurara(Mangualde), a vigésima segunda edição do Festival Nacional de Folclore, no próximo sábado, 25 de junho, com a concentração marcada para as 19horas, seguido do jantar convivio.

Pelas 21h30, tem início o Festival com o Rancho Folclórico “Os Azuraras” de Quintela , seguem-se o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Aveiras de Cima, Rancho Folclórico de São Julião, Grupo Folclórico “Os Moliceiros” de Ovar e Rancho Folclórico e Etnográfico do Refúgio.

Uma noite com o Folclore em destaque, dado que é o manter uma tradição que nos tempos modernos continua a ter imenso valor na comunidade.

Por:António Pacheco/Sofia Pacheco

Prevfire vence Concurso de Ideias de negócios em Aguiar da Beira

IMG_2685A noite de sexta-feira, 13 foi de lançar novas ideias de negócio em Aguiar da Beira, inserido na iniciativa Escolas Empreendedoras da CIM Viseu Dão-Lafões, o centro cultural desta localidade foi palco da fase municipal do concurso de Ideias da CIM Viseu Dão-Lafões.

Deste modo, esta iniciativa tem como empreendedores os alunos do ensino secundário, assim foram apresentados seis projetos, “PrevFire” , “Off-Fire” , “BioFood” , “Rain verse”, “Eco Bage” e “AutoMinipharm”, onde foi notório o grande empenho dos alunos do Agrupamento de Escolas Padre José Augusto da Fonseca.

Esta foi a quinta edição deste concurso em terras de Cabicanca, onde a Vice – Presidente do Município , Dra. Rita Mendes, salientou que os alunos são desafiados à criatividade, todos são projetos muito interessantes , onde todos se empenharam bastante, sendo o vencedor o representante do Município dia 25 de maio na grande final em Viseu.

Por sua vez a Dra. Sandra Correia, do Agrupamento de Escolas local referiu que na realização deste concurso, foi muito importante o trabalho dos professores a ajudar os alunos, todos os seis projetos são muito bons, mas só um pode representar a Escola e o Município na grande final.

A terminar as preleções, Dr. Nuno , por parte da CIM Viseu Dão/Lafões, referiu que é um projeto com tradição em todos 14 municípios, 130 ideias de negócio disputam este concurso.

Tem havido sempre novidades, o ano passado foi o Gaspar  no 1ºciclo, também está a ser criado um clube de empreendedorismo  em todas as escolas.

Salientou ainda que três das ideias no últimos anos já ganharam em Lisboa e duas financiadas pelo Sharktank.

IMG_2607Das seis ideias da noite, a primeira a apresentar-se foi a ”Off Fire” que consistia criar uma mangueira com nomex para que não ardesse em incêndios florestais, deste modo arrecadou o terceiro lugar.

De seguida, foi apresentada a ideia “Rain Verse”, consistia num guarda –chuva diferente , acessível e com um depósito interior.

Chegou o “Eco Bage”, nada mais que um saco de papel reciclado, para todo o tipo de produtos endógenos.

PrevFire é um projeto que consiste numa câmara inserida num poste que dará logo sinal às autoridades e bombeiros no sentido de detetar um incêndio.

Este foi o grande projeto vencedor deste concurso.

O  AutoMinipharm, consiste numa máquina de medicamentos de usos regulares, mas também a doação de medicação para  centros dia, lares e entre outros.

Por fim a Biofood, que tem como pano de fundo, a produção biológica de alimentos, num projeto de fazer cestas ou cabazes.

Assim sendo fim o concurso, foi então distribuído o prémio de participação, o vencedor foi PrevFire, ficando no segundo posto, “Biofood” e no derradeiro lugar ficou “Off fire”.

Desta forma, o 25 de maio vai ser muito interessante, em Viseu achar um vencedor.

 

Por: António Pacheco

 

Festival Especial destaca talento das crianças e jovens portadores de deficiência

2b8ea1e633babc2d6659aba99f038fc6_LHoje, dia 8 de maio, pelas 15:00h, crianças e jovens especiais, pelo seu físico e psicológico, são os protagonistas da 7ª edição do Festival Especial, mostrando o seu enorme talento e valor à comunidade no palco do Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia.

Organizado pela Câmara Municipal de Seia, o festival conta com representações dramáticas e momentos musicais únicos, protagonizados por elementos da Casa de Santa Isabel, do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da Casa do Povo de Seia e por crianças autistas e portadoras de deficiência das unidades de ensino estruturado do concelho, promovendo a criatividade e para quem assiste: a inclusão.

O Festival terá ainda a participação especial do projeto artístico “Os Curiosos”, nascido da atividade “Experimentação Musical”, desenvolvida por Henrique Abreu no CRID (Centro de Reabilitação e Integração de Deficientes), situado em Cascais. Com 6 anos de existência, “Os Curiosos” adaptam canções Pop à sua maneira de estar perante a vida e o mundo, criando também originais. Apesar de na sua formação contarem com cerca de 10 elementos, estarão representados na Edição de 2016 do Festival Especial por David Teixeira nas percussões, Hugo Manso no teclado, Eugeniu Sadovei no Teclado Táctil e Diogo Correia na voz.

A felicidade autêntica é a energia deste projeto, que teve início em 2010 e resulta do acompanhamento musical levado a cabo pela Câmara, através da Ludoteca Municipal, junto de instituições de ensino especial.

Estas sessões de musicoterapia têm sido desenvolvidas ao longo dos últimos oito anos e têm revelado evoluções inegáveis na cumplicidade, interação e comunicação das crianças e jovens. Assim, criaram-se alicerces para mostrar ao mundo que a diferença não importa, revelando que não há pessoas mais empenhadas e sinceras no que fazem. São elas que nos levam a bater palmas até ao fim, sorrir até doerem os maxilares e sobretudo nos deixam a lágrima no canto do olho.

Por:Mun.Seia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar