Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: floresta

Tag Archives: floresta

CIM’s Viseu Dão Lafões e Região de Coimbra avançam com a implementação do Sistema de Videovigilância Florestal

As Comunidade Intermunicipais (CIM) de Viseu Dão Lafões e da Região de Coimbra realizaram, nos dias 8 e dia 11 de janeiro, as reuniões de arranque dos trabalhos para a implementação do Sistema Integrado de Videovigilância para a Prevenção de Incêndios Florestais nestes territórios.

Este sistema, que representa um investimento global de mais de 3,3 milhões de euros, irá contribuir para a deteção precoce de incêndios florestais e, consequentemente, uma mais rápida ativação dos meios de combate, bem como uma melhor definição das estratégias de combate e apoio à decisão.

Este projeto, financiado pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Uso dos Recursos (POSEUR), Fundo de Coesão e Portugal 2020, irá permitir a estas duas Comunidades Intermunicipais a instalação de uma rede de 37 torres de videovigilância para a prevenção de incêndios florestais, abrangendo os 33 municípios do território.

Para o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Rogério Mota Abrantes, “No âmbito da estratégia da CIM Viseu Dão Lafões para a área da proteção civil, este é mais um investimento que conseguimos trazer para a nossa Região, que é sempre tão fustigada pelos incêndios florestais, com o intuito de a tornar mais resiliente. Com este sistema, a CIM pretende dotar as forças de segurança e de combate a incêndios, em como os Serviços Municipais de proteção Civil e a própria CIM de ferramentas que lhes permitam proteger melhor as nossas comunidades e a nossa floresta.”

Para o Presidente da CIM Região de Coimbra, José Carlos Alexandrino “Este é um projeto que tem a particularidade de ter sido idealizado por duas Comunidades Intermunicipais, de forma a tornar mais eficientes os investimentos que estamos a realizar, e que se enquadra nas politicas que temos vindo a implementar no nosso território nas áreas das florestas e da proteção civil, visando dotar as estruturas operacionais dos meios e recursos necessários e mais adequados para fazer face aos incêndios rurais. O que estamos a fazer é mobilizar recursos financeiros para colocar a melhor tecnologia em prol da defesa da floresta contra incêndios ”.

Além da presença da CIM Viseu Dão Lafões e da CIM Região de Coimbra, na reunião marcaram presença os 33 municípios abrangidos, os Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS) e os Comandos Territoriais da GNR de Viseu, Coimbra, Aveiro e Guarda, e, ainda, o consórcio vencedor do procedimento, a empresa MEO – Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A e a empresa INOV – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores Inovação.

Protejo “FLORESTAR AGUIAR” em Carapito

Este ano vai continuar o protejo “FLORESTAR AGUIAR”, depois do sucesso do ano passado,  vai acontecer domingo,dia 18 de Novembro pelas 10 horas na Junta de Freguesia de Carapito, uma nova jornada.
Após o sucesso que foi o ano passado, uma nova caminhada e florestação de 200 árvores vai ser feita em Carapito.
Foi a zona que mais sofreu o ano passado com os incêndios de Outubro e esta é mais uma razão mais que justa para acontecer esta caminhada de sensibilização e florestação de árvores autóctones das mais variadas.

sessão de esclarecimento sobre a necessidade da limpeza florestal em Quintela

A Junta de Freguesia em parceria com a Protecção Civil de Mangualde e o Gabinete Técnico Florestal do Município vêm através deste meio convocar todos/as os/as interessados/as para, no dia 3 de Março, pelas 14h30, no Centro Social, participarem numa sessão de esclarecimento sobre a necessidade da limpeza florestal e as obrigações que emanam da legislação em vigor.
Para um cabal esclarecimento de todas as dúvidas que possam existir apelamos a uma participação massiva da população.
Só assim, e em conjunto, se pode trabalhar para a proteção do território.

Prioridades das Freguesias em relação às limpezas das florestas

Assim aqui fica as freguesias com prioridade de primeira e segunda, no que toca à limpeza de florestas, nesta região, numa lista recentemente pelo JN.

Assim em Fornos de Algodres:1ªprioridade;Algodres, Matança, Casal Vasco, Figueiró da Granja, Muxagata e União Freg Cortiço e Vila Chã; 2ªprioridade-Infias e União Freg.Sobral Pichorro e Fuinhas.

Trancoso-1ªprioridade- Castanheira, Cogula, Guilheiro, Moreira de Rei, Palhais, Póvoa do Concelho, Reboleiro, Rio de Mel, Tamanhos, União das freguesias de Torre do Terrenho, Sebadelhe da Serra e Terrenho, União das freguesias de Trancoso (São Pedro e Santa Maria) e Souto Maior, União das freguesias de Vale do Seixo e Vila Garcia,União das freguesias de Vilares e Carnicães.

2ªprioridade- União das freguesias de Vila Franca das Naves e Fetal, Cótimos.

Aguiar da Beira-1ªprioridade;Cortiçada, Dornelas, Eirado,Forninhos, Pena Verde, Pinheiro,  União das freguesias de Aguiar da Beira e Coruche, União das freguesias de Sequeiros e Gradiz, União das freguesias de Souto de Aguiar da Beira e Valverde

 

 

 

GNR Guarda realiza ações de sensibilização sobre a defesa da floresta contra incêndios

DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS

MANUTENÇÃO DAS FAIXAS DE GESTÃO DE COMBUSTÍVEL

A obrigatoriedade de manutenção das faixas de gestão de combustíveis constitui uma das medidas preventivas previstas no Decreto Lei nº 124/2006, de 28 de junho com redação atual, com o objetivo de reduzir o número de incêndios rurais.

A prática mais comum da gestão de combustíveis consiste na limpeza dos terrenos, através do corte e remoção da biomassa vegetal neles existentes. Uma correta e oportuna gestão de combustíveis constitui um elemento essencial para a minimização do risco de incêndio.

A prevenção aos incêndios rurais deve ser praticada de forma atempada e inteligente.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) tem vindo a exercer um enorme esforço na realização de ações de sensibilização junto da população, com o intuito de promover e fomentar boas práticas agrícolas e acima de tudo transmitir uma mensagem de dever cívico na prevenção generalizada aos incêndios rurais, partindo da premissa que a floresta é de todos e que a todos cabe preservar e proteger.

Na sequência das ações realizadas pela GNR, constatou-se que muitos terrenos continuam a carecer de limpeza, de forma a salvaguardar a manutenção das faixas de gestão de combustíveis e assim contribuir para a redução do elevado número de incêndios rurais.

O Comando Territorial da Guarda irá realizar ações de sensibilização, durante o mês de fevereiro, nos seguintes dias e locais:

·         Para a população em geral

o   09, 10 e 11 de fevereiro, na Feira de tradições de Pinhel;

o   10 de fevereiro, pelas 15H00, nas instalações da Junta de Freguesia do Minhocal – Celorico da Beira;

o   11 de fevereiro, pelas 11H30, nas instalações da Junta de Freguesia de Vale de Amoreira – Manteigas;

o   14 de fevereiro, pelas 14H00, nas instalações da Junta de Freguesia de Teixeira de Cima – Seia e, pelas 15H30, nas instalações da Associação de Teixeira de Baixo – Seia;

o   16 de fevereiro, pelas 15H00, nas instalações da Junta de Freguesia Foios e, pelas 17H00, nas instalações da Junta de Freguesia de Vale de Espinho – Sabugal;

o   20 de fevereiro, pelas 10H00, na Junta de Freguesia da Miuzela e, pelas 11H00, na Junta de Freguesia da Amoreira – Almeida;

o   20 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações da Junta de Freguesia da Miuzela – Guarda;

o   20 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações da Junta de Freguesia da Amoreira – Almeida;

o   22 de fevereiro, pelas 15H00, nas instalações da Junta de Freguesia Rebolosa – Sabugal, pelas 17H00 nas instalações da União de Freguesias de Ruvina, Ruivós e Vale das Éguas – Sabugal;

o   22 de fevereiro, pelas 17H00, nas instalações da Junta de Freguesia da Ruvina – Sabugal;

o   25 de fevereiro, pelas 15H00, nas instalações da Junta de Freguesia da Faia – Guarda.

 

·         Para agricultores

o   16 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações da Acriguarda – Guarda;

o   20 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações do Município do Sabugal;

o   22 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações do Município de Figueira de Castelo Rodrigo.

 

·         Para Presidentes de Junta, produtores florestais, apicultores, bombeiros e funcionários do Município

o   15 de fevereiro, pelas 19H00, no Auditório do Pavilhão Multiusos do Município de Trancoso;

o   21 de fevereiro, pelas 18H00, no Auditório do Centro Cultural em Vila Nova de Foz Côa;

o   23 de fevereiro, pelas 19H00, no Auditório do Município de Pinhel;

o   27 de fevereiro, pelas 19H30, no Auditório da Casa da Cultura na Mêda.

 

A falta de manutenção das faixas de gestão de combustíveis (limpeza dos terrenos) constitui infração do foro contraordenacional e os seus responsáveis incorrem em coimas de 280 € a 10 mil €, no caso de pessoa singular, e de 1.600 € a 120 mil €, para pessoas coletivas.

Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios de Trancoso reúne para preparar período crítico

unnamedComissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios de Trancoso reúne para preparar período crítico.

Pelo terceiro ano consecutivo, na passada terça feira, dia 11 de julho, a Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Trancoso reuniu para definir estratégias e medidas para o período crítico de incêndios com início a 22 de junho.
Uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Trancoso que contou com a presença do 2º Comandante Operacional Distrital de Operações de Socorro do CDOS da Guarda, de representantes da GNR do Destacamento Territorial de Pinhel, do ICNF, das Corporações de Bombeiros de Trancoso e de Vila Franca das Naves, das Associações de Produtores Florestais Piscotávora e Alto da Broca, das Técnicas do Gabinete Técnico Florestal, do Coordenador Municipal de Proteção Civil, de Presidentes de Junta de Freguesia e do Executivo do Município de Trancoso.
A reunião contou com a deslocação dos Comissários e Senhores Presidentes da Junta de Freguesia ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca das Naves e de Trancoso onde teve lugar o enquadramento e discussão de medidas e estratégias da temática DFCI.
Porque se considera de grande importância conhecer algumas das ações desenvolvidas em prol da defesa da floresta contra incêndios, seguiu-se a deslocação e visitação a trabalhos de execução de mosaicos de parcelas de gestão de combustível.
Com um pensamento preventivo, procurou-se com esta iniciativa, avaliar no território o até então efetuado, bem como definir novas ações e medidas de melhoria.

Por:Mun.trancoso

Trancoso plantou novas árvores

17457260_700481736798772_5729687684641786439_n No âmbito do Dia Mundial da Árvore que se comemorou, nesta terça-feira, dia 21 de março, o Município de Trancoso, através do Gabinete Técnico Florestal em parceria com a G.N.R ( Núcleo de Proteção Ambiental – Destacamento Territorial de Pinhel), realizaram um conjunto de ações educativas, dirigidas às crianças do pré-escolar e 1º Ciclo do concelho de Trancoso, que se traduziram na oferta e plantação simbólica de árvores(Carvalho Negral).

O objetivo da comemoração do Dia Mundial da Árvore é sensibilizar os mais novos patranc arvorera a importância da preservação das árvores, quer ao nível do equilíbrio ambiental e ecológico, como da própria qualidade de vida dos cidadãos.

Por:Mun.Trancoso

GNR de Pinhel organiza ação de sensibilização

freixEsta sexta -feira, dia 4 de dezembro, pelas 18.00h, vai ter lugar em Freixedas, no Auditório da Irmandade, uma ação de sensibilização promovida pelo Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Pinhel no intuito de abordar os seguintes temas:

– Aplicação de produtos fitofarmacêuticos;
– Regras e princípios básicos na proteção da floresta;
– Regras e princípios básicos na utilização de máquinas agrícolas e industriais;
– Entrada em circulação da nova nota de 20 euros.

Por:Mun.Pinhel

O Dia da Floresta em Gouveia foi celebrado no Curral do Negro

  No dia 20 de março de 2015 o CERVAS participou na festa de celebração do Dia da Floresta em Gouveia.

  Este evento decorreu de uma forma diferente do modelo que tinha sido adotado com sucesso em anos anteriores (em
que eram realizadas ações de educação ambiental nas escolas do
concelho) e reuniu mais de 350 crianças no espaço florestal do Curral do
Negro.

  As crianças e
respectivas professoras tiveram oportunidade de optar pela participação
em diferentes diversões, e também em oficinas de sensibilização
ambiental relacionadas com a Floresta, dinamizadas por diversas
entidades parceiras do Município de Gouveia, que organizou o evento.

  No final, foi devolvida à Natureza uma águia-d´asa-redonda (Buteo buteo) que tinha estado em recuperação no CERVAS após ter ingressado em má condição física.

 O CERVAS agradece o
convite e continua disponível para futuras ações onde seja possível
continuar a aumentar o conhecimento e o respeito pela floresta por parte
da comunidade escolar de Gouveia.
fonte:Cervas-Gouveia

Campanha de reflorestação no Municipio de Fornos de Algodres

Um Serviço—Uma Árvore Amiga
  Os Bombeiros
Voluntários de Fornos de Algodres aproveitaram o dia da árvore e das
florestas para plantar arvores,  como todos sabem, o flagelo dos
incêndios tem contribuído para uma destruição massiva da nossa floresta.

  Assim sendo, foram plantadas cerca de centena e meia de novas árvores
de variadas espécies, cedidas pelo Horto Campo Grande, com o intuito de reflorestar uma área que neste
momento não se encontrava arborizada.
  Esta ação está inserida numa
campanha de reflorestação que os Bombeiros e o Município e diversas
entidades estão a levar a cabo desde 2010 .Nada melhor do que cuidar do
nosso ambiente, para no futuro podermos respirar melhor.

Reportagem de Sofia Pacheco