Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: Fornos de algodres

Tag Archives: Fornos de algodres

Ação de Reflorestação “Vamos Fazer História na sua Comunidade” em Maceira

Teve lugar esta manhã na freguesia de Maceira, concelho de Fornos de Algodres, uma ação de reflorestação “Vamos Fazer História na Sua Comunidade” em que foram plantados 336 pinheiros cedidos pelo Santander.

Foi uma ação conjunta da Associação de Maceira, Município de Fornos de Algodres e Freguesia de Maceira, com o apoio dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, de Santander Portugal, ANEFA, os clientes do C.A.O. e o Curso de Operador de Jardinagem da APSCDFA.

 

Ação de Reflorestação “Vamos Fazer História Na Sua Comunidade em Maceira

Uma ação conjunta da Associação de Maceira, Município de Fornos de Algodres e Freguesia de Maceira,com o apoio de Santander Portugal, ANEFA, APS Fornos de Algodres e Bombeiros Fornos de Algodres , vai decorrer na próxima segunda -feira, na localidade de Maceira , concelho de Fornos de Algodres.

Assim após a concentração de todas as coletividades e instituições junto à Casa dos Avós, terá lugar a reflorestação de novas espécies nesta localidade.

após o evento terá lugar um almoço convívio entre todos os participantes.

Escolas de Fornos e Trancoso que participam com hinos nos Heróis da Fruta

Fornos de Algodres Associação de Promoção Social, Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres Sala Laranja (2 Anos) https://www.heroisdafruta.com/2020/01/associacao-promocao-social-cultural-desportiva-fornos-algodres.html 760457255 0 0
131
Guarda Fornos de Algodres JI de Figueiró da Granja Todas https://www.heroisdafruta.com/2020/01/ji-figueiro-da-granja.html 760457317 0 0
132
Guarda Fornos de Algodres JI de Muxagata Todas https://www.heroisdafruta.com/2020/01/ji-de-muxagata.html 760457318 0 0
133
Guarda Fornos de Algodres JI de Algodres Todas https://www.heroisdafruta.com/2020/01/ji-de-algodres.html 760457319 0 0
134
Guarda Fornos de Algodres EB de Fornos de Algodres Todas https://www.heroisdafruta.com/2020/01/eb-fornos-de-algodres.html 760457320 0 0
135
Guarda Fornos de Algodres EB de Figueiró da Granja Todas https://www.heroisdafruta.com/2020/01/eb-figueiro-da-granja.html 760457321 0 0
136
Guarda Fornos de Algodres JI Fornos de Algodres Todas https://www.heroisdafruta.com/2020/01/ji-fornos-de-algodres.html 760457322 0 0
137
Guarda Guarda Escola Regional Dr. José Dinis da Fonseca Sala da Pré https://www.heroisdafruta.com/2020/01/escola-regional-dr-jose-dinis-fonseca.html 760457380 0 0
138
Guarda Trancoso JI de Trancoso Sala 1 https://www.heroisdafruta.com/2020/01/sala1-ji-trancoso.html 760457367 0 0
139
Guarda Trancoso JI de Trancoso Sala 2 https://www.heroisdafruta.com/2020/01/sala2-ji-trancoso.html 760457368 0 0

Fornos de Algodres “STOP ao Uso do Plástico”em 2019 e alargado a todo País em 2020

STOP ao Uso do Plástico”, é a  campanha de sensibilização do Município de Fornos de Algodres que teve início em 2019 e no resto do País vai ser também proibido em 2020.

Neste sentido, o plástico de utilização única ou descartável foi proibido, desde 1 de janeiro de 2019, nas infraestruturas e eventos sob responsabilidade do Município de Fornos de Algodres. Desta forma, o Executivo Camarário seguiu a resolução do Conselho de Ministros n.º 141/2018, publicada em Diário da República n.º 207/2018, Série I de 26 de outubro de 2018. O Executivo Camarário, para além da total proibição de plástico descartável,  promoveu uma otimização de processos e privilegiar a proteção ambiental de uma forma mais sustentável, através da redução do consumo de papel e consumíveis de impressão.

Assim ficaram proibidos a aquisição ou utilização, por exemplo, de copos de plástico descartáveis para consumo de café, de água ou de outras bebidas, bem como talheres e garrafas descartáveis, nas infraestruturas e eventos de responsabilidade do Município de Fornos de Algodres.

O consumo de água é fundamental para o equilíbrio do corpo humano e para a saúde, desta forma, no passado dia 23 de outubro de 2018, foram disponibilizados dispensadores de água (pontos de enchimento de água) para todos os utilizadores terem possibilidade de encherem as suas garrafas reutilizáveis – já disponibilizadas no âmbito da campanha “A Água Não Dura Sempre. POUPE-A.”.

Com estas medidas adotadas, o Município de Fornos de Algodres segue localmente as políticas de âmbito Nacional, contribuindo desta forma para uma transição da atual economia linear para uma economia circular. Esta transição exige a promoção do uso eficiente de recursos, através de procedimentos e comportamentos assentes na desmaterialização, na reciclagem, na reutilização e na valorização de materiais, de forma a extrair o máximo de utilidade dos bens e equipamentos, prolongando o seu ciclo de vida e contribuindo, assim, decisivamente, para uma eficaz redução na produção de resíduos.

Em Fornos de Algodres,  trabalham diariamente para alcançar as metas que Portugal se propôs para 2020, segundo fonte do Município de Fornos de Algodres.

GNR Guarda- Fornos de Algodres – Detidos por caça ilegal

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Gouveia, hoje, dia 9 de dezembro, deteve dois homens de 50 e 60 anos, na localidade de Fornos de Algodres.

No decorrer de uma fiscalização ao exercício do ato venatório, os militares detetaram dois homens que estavam a caçar antes do nascer do sol, tendo sido detidos de imediato. No decorrer da fiscalização, foram ainda apreendidas as duas armas de caça, 175 cartuchos e uma peça de caça.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Gouveia.

Fornos de Algodres – Identificados três homens por furto em estabelecimento escolar

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Gouveia, no dia 30 de dezembro, identificou três homens com idades compreendidas entre os 24 e os 26 anos, na localidade de Fornos de Algodres.

No âmbito de uma investigação que decorreu durante dois meses, foi possível apurar que um dos suspeitos furtou material informático de um estabelecimento escolar, o que culminou no cumprimento de um mandado de busca domiciliária, da qual resultou a apreensão do seguinte:

•       Um computador;

•       Uma lanterna;

•       Um telemóvel.

Durante a busca domiciliária foram ainda identificados outros dois homens que se encontravam na residência no momento da recuperação do material.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Celorico da Beira.

Comboio Intercidades descarrilou entre Fornos e Gouveia

Acidente na Linha da Beira Alta

Incidente terá acontecido entre Fornos de Algodres e Gouveia, e obrigou à retirada dos passageiros do interior das carruagens.O alerta para a situação foi dado pelas 19h47.

Segundo informações adiantadas pelos Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga, o comboio intercidades fazia o transporte de passageiros e descarrilou entre Fornos de Algodres e Gouveia, na Linha da Beira Alta.

Apurou-se que  o incidente não terá provocado feridos.

Para o local deslocaram-se vários meios de apoio juntamente com as autoridades. Houve 28 operacionais e 11 viaturas envolvidas nas operações de socorro.

Por:JC

Orçamento complicado, mas com uma gestão rigorosa

Conversa com Manuel Fonseca

Com a quadra natalícia a chegar e 2020 à porta fomos fazer um balanço da gestão de Manuel Fonseca e sua equipa e fazer uma antevisão do próximo ano, com incidência sobre o novo orçamento de cerca de 7 milhões de euros.

Magazine Serrano- O Orçamento Municipal 2020 está feito , com algumas novidades?

Manuel Fonseca- Aqui em Fornos de Algodres, foi feito um orçamento que requer alguma imaginação, ao olharmos para este orçamento existem dois encargos fixos que pesam muito: um deles é o encargo da dívida , onde num orçamento de 6 milhões e 910 mil euros, esta Câmara vai pagar, 1milhão 143,312 mil euros só da dívida, depois se somarmos os encargos com pessoal que são 2 milhões 189 mil euros, temos aqui um valor que é quase metade do orçamento municipal.

Logo, temos de fazer uma ginástica muito grande no sentido de fazermos coisas em 2020 com o orçamento que dispomos.

Sabemos até onde podemos ir, pretendemos fazer não só a melhoria da qualidade de vida da população, mas também, fazer algumas obras que podiam estar em andamento, não fosse a lentidão deste quadro comunitário de apoio 2020, assim umas serão iniciadas e outras concluídas já no próximo ano.

Caso do Mercado Municipal, uma obra que neste momento foi objeto de candidatura, estamos à espera da decisão da CCDR, é um valor que está identificado através do pacto da CIM, esperamos lançar a obra , depois temos a Escola de Figueiró da Granja, é uma obra aprovada e a nível de concurso público vai ser entregue e em breve possa ter início.

Depois temos uma candidatura para a Zona Industrial de Juncais, a vertente industrial é importante, mas existem vários constrangimentos, é necessário dotar aquela área de infraestruturas, para quem quiser investir aqui, as pessoas vir, investir e criar riqueza.

Prevemos fazer loteamento do lado direito e esquerdo da estrada , uma vez que, não há dinheiro suficiente para lotear tudo, tudo está encaminhado para em 2020 tudo possa avançar.

Como está a obra que existe nessa Zona Industrial?

Creio que houve julgamento, estamos à espera do despacho do juiz, agora prevejo que em 2020 possa ser resolvida, em relação ao lote existente, aquando fizemos o loteamento, aquele mantém-se, agora dependendo da decisão do tribunal este lote pode vir a ser negociado.

Vamos criar ali vários lotes para que os empresários que queiram vir para Fornos, possam aqui investir. Este é o projeto que nós temos, com o apoio da CCDR, dado que a  Câmara sozinha não tinhamos dinheiro para fazer esta obra.

As coisas estão encaminhadas no sentido de se iniciar em 2020, o loteamento.

Depois temos, o Jardim nas Quintas da Vila que será concluído em breve, nas Piscinas Municipais apresentamos uma candidatura na área da insuficiência energética, não são muitos os investimentos, mas quanto a nós , são as mais prioritárias.

Este é um orçamento muito complicado, que inicia logo o ano, com a dívida que em janeiro será de 27 milhões e 36 mil euros, ainda não falamos dos passivos contingentes ,que ainda se encontram em Tribunal, arranca o ano logo com uma situação complicada, mas é isso que pretendemos fazer.

Na área dos esgotos, vamos resolver o problema da Etar do Ramirão, que podia pôr em causa a saúde pública, a situação do canil que está praticamente pronto, outra das situações é a limpeza de todas as fossas do concelho, coisa que nunca tinha sido feita, limpeza de todos reservatórios de água do concelho, relativamente à área ambiental, tem grande relevância no que vamos fazer no próximo ano.

Depois outros trabalhos vão ser feitos, na agricultura, a Feira do Queijo como grande evento deste concelho, extensões de rede para algumas explorações agrícolas.

Vamos continuar a  apoiar as instituições quer no desporto e cultura, assim como as diversas candidaturas que são feitas pelas várias IPSS e associações.

Apostar na venda de produtos através da plataforma que está a correr bem , ainda recentemente um Presidente de Câmara me contactou para saber como poderia fazer para arrancar com algo parecido.

As novas tecnologias são uma boa forma de pessoas em Lisboa, Porto e outros lugares através de um click, podem encomendar estes produtos, é bom para os produtores escoam o produto e angariam valores. Pode ser uma janela de oportunidade para os novos produtores que estão a plantar novas culturas.

 

As taxas vão continuar maximizadas?

Sabemos que aumentar as receitas do Município não é fácil, as taxas continuam maximizadas, agora temos de fazer as coisas mediante o dinheiro que dispomos.

Até aqui fomos obrigados a ter as taxas maximizadas, agora 2020, uma vez que no acordo do FAM, existe agora a possibilidade de reabrirmos este dossier para a exemplo de outros municípios, permitir que, as taxas possam baixar, face à gestão rigorosa que temos feito.

Vamos tentar que a taxa de IMI baixe um pouco para os habitantes de Fornos de Algodres.

                                    Precários integrados no ano de 2020

No novo ano, vão ser integrados 23 precários, nos quadros da Câmara Municipal, neste momento, somos o que tem menor rácio entre funcionários e habitantes, no fim do ano, vão sair e em algumas áreas não temos Técnicos para essa especialidade. Vai ser mais um esforço que vamos fazer , era para ser mais cedo essa integração mas houve algumas contingências, mas já em janeiro tudo possa estar  pronto, e vêm colmatar algumas necessidades que existem, quer na parte externa e interna.

 

Recentemente saiu o Anuário Financeiro, Fornos continua na cauda, mas já pagou muita dívida, mas ao perder gente, o valor per capita aumenta, agora a dívida passou de 32 para 27 milhões nestes anos?

 Uma coisa temos de dizer, desde que viemos para a Câmara não aumentamos mais a dívida, dado que existe a que foi feita anteriormente. Agora além dessa dívida, ainda havia uma série de contenciosos que estamos a resolver, uns através de negociação, outros através dos tribunais que vieram a receber pelos trabalhos executados.

Agora estamos a fazer uma gestão rigorosa, só que a dívida está lá e tem que se pagar, mas não se paga de um dia para o outro.

Em 2016, fizemos a renegociação da dívida com o FAM, permitindo aumentar o prazo dessa dívida, com os encargos mensais serem elevados, agora a dívida está perfeitamente controlada, nesta casa só se faz algo havendo dinheiro, com poucos recursos que temos o objetivo é continuar a  satisfazer as necessidades da população, para a melhoria da qualidade de vida.

Pagamos a fornecedores a curto prazo, quando adquirimos algo, o valor está já no orçamento.

Agora a gestão é rigorosa para que o futuro dos fornenses seja o melhor possível.

 

O que espera do novo Governo e a Secretaria de Estado da Ação Social vem para a Guarda, pode trazer um alento para a região?

Foi importante o sinal do Primeiro- Ministro, a nova Secretária de Estado é conhecida de todos e fez um bom trabalho como autarca, mas também por ser um quadro da Segurança Social importante.

Sei que Rita Mendes tem muita preocupação e interesse por estes territórios do Interior.

Também Ana Abrunhosa que é do distrito , é Ministra, António Costa  vai implementar políticas públicas no sentido de melhorar a vida de quem vive no Interior.

Acredito muito no Governo e sua equipa no que pode fazer pelo Interior.

 

 2020 pode ser uma rampa de lançamento para o Interior?

Sim, relativamente ao Interior, não podemos perder mais tempo, o diagnóstico está feito, agora são precisas medidas concretas e este Primeiro-Ministro já demonstrou a coragem para tomar medidas a beneficiar esta região.

Tenho uma enorme perspetiva de que, este Governo possa ser lembrado por ser o que mais fez pelo Interior do País.

 

Uma mensagem ao fornenses para 2020?

Vai ser mais um ano de trabalho, não nos podemos acomodar, dado que todos os dias surgem situações novas, a mensagem que passo será que haverá dificuldades, mas existem janelas de oportunidades para que as pessoas deste concelho tenham as condições para uma boa qualidade de vida, pode haver opiniões contrárias, mas uma coisa todos queremos, a geração dos nossos filhos e netos possam aqui viver e construir o seu projeto de vida, constituindo riqueza neste concelho.

 

CONCURSO DE MONTRAS DE NATAL 2019- Fornos de Algodres

Este ano o Magazine Serrano vai promover as montras do concelho de Fornos de Algodres, realizando um concurso, havendo prémios para as três melhores montras.

Inscrições abertas até 22 de dezembro, através de magazineserrano@gmail.com ou 936018908 (Sofia Pacheco)
Participe e promova a sua montra.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar