Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: futebol

Tag Archives: futebol

Infelicidade na reta final por parte do Vila Cortez

CP-Rec. Águeda-Vila Cortez-1-0

Partida equilibrada com duas equipas a lutar pela posse de bola, com o Vila Cortez a agigantar-se e a mostrar bastante atrevimento ofensivo.Muitas jogadas de ataque interessantes para ambas as partes, com as defesas a conseguir resolver as situações apertadas.

Aos 30´, um ataque organizado e surge um grande remate do dianteiro do Águeda, com excelente intervenção do Keeper Nuno Morais.Os aguedenses surgiram com mais posse de bola na reta final da 1ªparte, mas a igualdade a zero manteve-se.Após o reatamento, os locais mexeram no xadrez colocando mais pressão, para os visitantes. Mais caudal ofensivo para os locais, com mais jogadas de ataque e de bola parada, com Nuno Morais a resolver.Foram muitos os lances de canto que obrigaram, Rui Nascimento a adotar uma postura mais forte no eixo defensivo. Muitas alterações o Rec.Águeda efetuou para chegar ao golo, mas a boa postura dos homens de Vila Cortez foram adiando.A reta final da partida foi infeliz para os visitantes e eis que surge um lance de ataque que originou o golo do Rec.Águeda que acabou por dar o triunfo.

                                                    Morrer na praia

Deste modo, por tudo que a turma de Rui Nascimento fez, mostrou muita qualidade, ao contrário dos muitos comentadores que nas transmissões referem que esta equipa tem falta de técnica. Uma coisa é certa, o Vila Cortez tem dado o máximo, agora por vezes a sorte não os acompanha e também de salientar que existem algumas equipas neste campeonato com orçamentos elevados em relação aos egitanienses.

Mas o mesmo aconteceu no passado, com a Mêda, Fornos, Sabugal, Figueirense, existe qualidade no distrito da Guarda, mas com campeonatos de Portugal deste desnível, equipas profissionais contra amadora é difícil fazer melhor.Mas vamos aguardar pela nova temporada com a 3ªliga, o Campeonato de Portugal possa ficar mais competitivo.

 

Guarda Desportiva FC reforça-se com 3 atletas

Aproveitando a pausa, a Guarda Desportiva FC decidiu reforçar o seu plantel com mais alguns jogadores, assim: Felipe Lizak (lateral-esquerdo e médio), Ricardo Silva (ponta de lança) e André Serra (defesa), vêm procurar ser mais valias no seio da equipa, para atacar se possível a subida de divisão aos Nacionais.

Recorde-se que nesta altura esta formação da Guarda lidera a sua série.

AF Viseu- Taça Sub-21 em Futebol sorteada

Aconteceu, no auditório Carlos Costa, na sede da Associação de Futebol de Viseu, o sorteio da Taça Sub-21 em Futebol. Assim com a participação de 19 equipas divididas em 4 grupos.
Terá inicio a 16 de janeiro.
𝟭ª 𝗝𝗼𝗿𝗻𝗮𝗱𝗮
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗔
ADR Tarouquense – CD Cinfães
UD Sampedrense – O Crasto ACRCCD
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗕
Lusitano Vildemoinhos FC – Académico de Viseu FC
SC Penalva do Castelo – GD Oliveira de Frades
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗖
Viseu 2001 ADSC – CF “Os Repesenses”
S Viseu Benfica – Académico de Viseu FC “B”
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗗
SL Nelas – GD Santacombadense
Mortágua FC – CD Tondela

AF Guarda- Vila Franca da Naves-AD Fornos de Algodres-2-2

Divisão de pontos

Uma manhã de futebol que nestes tempos de pandemia , passa a ser habitual, com a igualdade a acontecer no Estádio do Picoto, com arbitragem de Cláudio Durães , que opôs os vilafranquenses aos fornenses.

Uma fase inicial com as equipas a procurar o golo, mas a sorte sorriu aos fornenses, com Bruno Costa a abrir o ativo, aos 14´. Por sua vez, a turma de José Pinto não baixa os braços e pressionou algo, os fornenses foram equilibrando, segurando a vantagem até ao intervalo.

Para a segunda parte, os locais mexem no onze e deste modo, conseguem a igualdade através de uma grande penalidade, por intermédio de Pimenta, aos 60´.

A toada atacante vilafranquense era forte e deste modo, consegue passar para a frente do marcador, com Rúben a conseguir marcar aos 69´.

Os fornenses tentam o tudo por tudo e Pedro Correia entra, um homem experiente que vem galvanizar o xadrez e aos 77´, chega a igualdade por intermédio de Pina.

Mais alguns lances de ataque de ambas partes aconteceram, mas a divisão de pontos era evidente.

Vamos ver como iniciam o ano 2021, talvez com alguns reforços .

Foto:ADFA

Mensagem de Natal do Presidente da FPF, Fernando Gomes

Assim, Fernando Gomes dirigiu-se à comunidade e deixou a seguinte mensagem de Natal:”A Federação Portuguesa de Futebol viveu no ano de 2020 os maiores desafios dos seus 106 anos de história.

Num ano marcado pelo aparecimento da pandemia, as vitórias e as derrotas, as alegrias e as tristezas, pela primeira vez no nosso historial, não poderão ser medidas pelos resultados das seleções ou pelas conquistas em campo.

O nosso sucesso em 2020, sejamos claros, passou muito mais pela nossa capacidade de servir aqueles que precisavam verdadeiramente de ajuda ou dos que mais se sacrificaram para poder ajudar o País e o mundo a encontrar uma janela de esperança nos dias mais escuros.

Procurámos dar a mão ao mundo do futebol, mas principalmente à sociedade civil – oferecendo o nosso know how, os nossos recursos financeiros e humanos e, essencialmente, a nossa boa vontade e disponibilidade total para acudir a quem precisou realmente de nós.

Preferíamos, com certeza, olha para o ano que passou e recordar orgulhosamente as qualificações para o Euro 2020 de futebol e para o Euro sub-21, a qualificação da seleção de futsal para o Mundial ou, entre muitos outros resultados, a conquista do título europeu de futebol de praia.

Preferíamos celebrar o nascimento da Casa dos Atletas, o crescimento da Portugal Football School, o trabalho de certificação das escolas de futebol ou o aumento da nossa base federada, mas sabemos que este não foi um ano igual aos outros. Sabemos que tivemos de encontrar dentro de nós a sabedoria de colocar o futebol num segundo plano e de nos concentrarmos, sempre que foi preciso, em ajudar doentes, médicos, enfermeiros, pessoal hospitalar, polícias, bombeiros, ou, simplesmente, os nossos compatriotas que enfrentaram e ainda enfrentam horas de grandes dificuldades.

Procurámos, como diz o aforismo, na humildade a grandeza de sermos maiores do que os nossos êxitos desportivos.

Se o conseguimos fazer, se persistimos em fazê-lo, isso só é possível graças à extraordinária equipa de funcionários, colaboradores, parceiros e sponsors que a FPF tem.

Este ano, muito mais do que em qualquer outro, a nossa direção, as nossas associações, os nossos atletas, os nossos treinadores, dirigentes e clubes também demonstraram uma capacidade de coesão adaptada aos tempos que vivemos e inversa à triste realidade de não podermos estar fisicamente juntos.

Lembro, nesta época natalícia, o sinal dado pela Seleção Nacional quando ofereceu grande parte dos prémios financeiros resultantes da qualificação para o Euro para ajudar o futebol amador. A nossa unidade revelou-se nos atos e não em meras palavras.

Se sentimos a falta uns dos outros é porque estamos a fazer as coisas certas. E se gostaríamos de celebrar este Natal como nos outros anos, em festa, também sentimos que a nossa identidade e os nossos valores não nos permitem festejos que coloquem em causa a segurança de todos.

Gostaria ainda de deixar uma palavra de esperança no futuro.

O futebol português soube adaptar-se, reagir e lutar contra todas as adversidades colocadas no seu caminho mas mais do que nunca os nossos olhos continuam a olhar em frente.

O “jogo” ainda está na primeira parte e teremos de continuar a dar o melhor de nós num contexto de inegável crise sanitária e económica. Assumimos a responsabilidade de tudo fazer para ajudar o país e os portugueses a superar os desafios que se apresentam.

Através do nosso exemplo e do nosso empenho sabemos que podemos contribuir para uma sociedade mais solidária, positiva e confiante nas suas capacidades.

E é esse o principal desafio de 2021: virarmos a página e construirmos todos os dias essa tarefa verdadeiramente tradicional que é a invenção do futuro.

Gostaria assim de desejar a todos um Santo Natal e um Feliz Ano Novo.

fonte:FPF

AF Guarda- Campeonato Distrital Seniores 3ªjornada Série A e B

Decorreu a terceira ronda do Distrital Sénior da AF Guarda, após duas semanas de interregno, com algumas surpresas.

Assim na série A, a estreia do Fornos em competição com uma vitória tangencial mas com muitos golos na partida, frente ao Freixo de Numão. Depois ficam as igualdades a uma bola, dos embates em Aguiar da Beira e em Gouveia.

Por sua vez, na série B, a surpresa surge com a Guarda Desportiva a vencer o Celoricense, pela margem mínima e assinalar também o triunfo do E.Almeida frente ao Guarda FC.

Depois o triunfo do Soito frente aos Pinhelenses por duas bolas a uma, cifra a vontade da turma raiana de chegar nos lugares cimeiros. Já o triunfo do Sabugal por três bolas a zero frente ao Casal de Cinza é normal

Série A

Aguiar da Beira – Trancoso-1-1

CD Gouveia – VF Naves-1-1

AD Fornos de Algodres- Freixo de Numão-4-3

Classificação:

1º GD Trancoso-7

2ºVF Naves- 5

3ºGouveia-4

4º-AD Fornos-3

5º-A.Beira-3

6º-Foz Côa-1

7º-Freixo de Numão-0

 

Série B

Casal Cinza- SC Sabugal-0-3

UD Os Pinhelenses- Soito- 1-2

Guarda DFC- SC Celoricense-1-0

Estrela Almeida- Guarda FC-2-1

Classificação:

1ºs SC Celoricense-6

Guarda DFC-6

Soito-6

4ºsUD Pinhelenses-3

E.Almeida-3

Guarda FC-3

SC Sabugal-3

8º-Casal Cinza-0

 

 

AF Guarda- GD Trancoso – Foz Côa-4-1

Disputou-se a segunda ronda , no Municipal Dr. Fernando Lopes com um momento solene , onde constou a homenagem ao antigo dirigente Mário Lopes, pelo clube e pelo Município local.

Em campo, as equipas fizeram o habitual minuto de silêncio, seguiu-se o apito inicial e ambas procuraram desenvolver bom futebol.

Face a isso, os golos surgiram cedo de parte a parte, com os homens de Bandarra a abrir o ativo , aos 6´, com Ruben a fazer a emenda certeira. A reação do Foz Côa foi imediata e consegue uma grande penalidade que Ivan transformou em golo fazendo a igualdade.

O Trancoso estava imbuído em alcançar o triunfo e no seguimento , novo golo consegue aos 21´, por intermédio de Bruno Fonseca. De realçar ainda bons pormenores de parte a parte.

Após o reatamento, os donos da casa voltam a pressionar e vai daí, Alfredo consegue chegar ao golo e fazer o terceiro para a sua equipa, aos 48´.

Ainda assim, o técnico Zé Carvalho lança no jogo, o dianteiro Liberata para dar mais velocidade, onde o goleador Alfredo volta a marcar aos 58´, bisando e fazendo o quarto golo.

O triunfo já não estava em perigo para os homens de Bandarra, vai daí aconteceram algumas alterações de parte a parte e ao cair do pano, os visitantes ficaram ainda reduzidos a 10, mas os três pontos seriam para o Trancoso e dedicada a vitória a Mário Lopes.

Arbitragem comandada por Cláudio Durães, auxiliado por Rui Fernandes e Bernardo Sousa, numa manhã onde o público ainda está proibido de estar presente.

 

 

AF Guarda- SC Celoricense- Casal Cinza – 4-1

Celoricenses somam e seguem

Nova ronda , ainda sem público aconteceu no Distrito da Guarda, com o SC Celoricense a receber e a golear o Casal de Cinza por quatro bolas a uma.

Uma manhã solarenga, com  a turma da casa a entrar a marcar, num lance finalizado por Marco Silva, ora um balde de água fria para os visitantes. Mais alguns lances de perigo surgiram mas o equilíbrio acabou por acontecer e os golos voltaram na segunda parte.

Algumas alterações foram feitas por ambos xadrez e a segunda parte trouxe novo golo para os locais, com Leonardo a marcar e deu vantagem alargada , mas o Casal de cinza pressiona e chega ao golo, por Paulo Fonseca, aos 51´, colocando animação na partida.

O Celoricense a jogar no seu terreno, mostrou o seu valor e eis que Leonardo volta  a marcar bisando na partida e a dar de alguma forma tranquilidade à sua equipa , ainda assim o Casal de Cinza reforçava os setores , mas seria a turma da casa a voltar a marcar por João Aquiles, aos 76´.

Em suma uma partida com triunfo importante para os Celoricenses que somam agora seis pontos e lideram a tabela da sua serie.

A arbitragem esteve a cargo de Rita Pais, coadjuvada por Aires Neves e Bruno Alves.

Estádio Municipal Celorico da Beira

SC Celoricense: Coelho, Marco Silva (Miguel, 80´) , Davide, Enzo Guzzo, Cláudio Júnior (P.Henriques, 45´), Diego Almeida, Toneca, Casusa, João Aquiles, Leonardo e João Pedro (Artur,85´)

Casal Cinza: João Missa, Sary (Samuel,53´), Ricardo , Diogo Pereira, Paulo Fonseca, Hélio, Vítor, Micael (Lino,45´), Seixo(Freixeiro,75), Guilherme e Rafael (Marcelo, 65´).

Ação Disciplinar-Marco Silva,46´;Rafael, 65´

Golos: Marco Silva, 1´;Leonardo, 50´,62´; João Aquiles, 76´; Paulo Fonseca,51´

 

AF Viseu- Canas de Senhorim soma e segue na 1ªdivisão

Mais uma jornada e novo triunfo para a turma de Canas de Senhorim, liderada por António Jorge que vai com vencendo jogo a jogo, com o objetivo de subir de divisão.

Neste domingo, a deslocação a Nandufe onde a turma de Canas venceu por três bolas a zero.

Uma fase inicial bastante equilibrada, onde aposse de bola era dividida, mas aos´43´surge o primeiro para os visitantes por intermédio de Rúben.

Após o reatamento, a turma de Canas volta a todo gás e consegue apontar novo golo, por Emanuel, tudo estava fácil , onde os locais passavam a ter dificuldades.

Assim aos 73´, nova jogada e novo golo para os visitantes, com André a emendar certeiro e a fechar a contagem.

Com este triunfo, são 18 pontos conquistados em 6 partidas disputadas, 24 golos apontados e 5 sofridos.

foto:GDCS

AF Guarda-Vila Franca das Naves-Freixo Numão-3-0

Locais vencem e já lideram

Teve início, mais uma edição do Distrital de Seniores masculino em futebol, este ano com novo figurino, onde algumas equipas decidiram não competir devido à insegurança da pandemia, mas o Vila Franca das Naves recebeu e venceu a turma do Freixo de Numão no Campo do Picoto, por três  bolas a zero.

A turma da casa que este ano possuí um plantel forte, depois de conseguir alguns reforços oriundos do SC Mêda que assim são mais -valias , casos de Valter Luís, Pimenta, Maga e Domingues, a juntar ao restante plantel que também já apresentava qualidade. Por sua vez o Freixo Numão a apresentar uma equipa equilibrada.

Pimenta a bisar

Assim nesta partida, os locais entraram determinados a vencer e os visitantes com bastante atitude e traduziu-se com equilíbrio, os golos esses a surgir apenas na segunda metade da partida, com Pimenta a abrir o ativo aos 48´. Os visitantes tentaram sempre contrapor mas a pressão dos locais era maior e eis que surge uma grande penalidade aos 78´, com Pimenta chamado a converter , traduziu em golo e o Vila Franca das Naves ampliou.

Era o jogo inicial e os atletas iam rodando e Telmo, um verdadeiro homem de área a fazer o golo final e a dar o triunfo aos locais, que assim lideram já a sua série.

A arbitragem desta partida esteve a cargo de Fernando Nogueira.