Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: gnr

Tag Archives: gnr

Atividade operacional diária da GNR

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções:  36 detidos em flagrante delito, destacando-se:
        • 19 por condução sob o efeito do álcool;
        • Oito por condução sem habilitação legal;
        • Dois por tráfico de estupefacientes;
        • Um por violência doméstica;
        • Um por posse de arma proibida.

 

  1. Apreensões:
        • 22 doses de haxixe;
        • Um arma branca.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 662 infrações detetadas, destacando-se:

        • 88 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
        • 85 por excesso de velocidade;
        • 33 por falta de inspeção periódica obrigatória;
        • 17 por infrações relacionadas com tacógrafos;
        • 17 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
        • 12 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;
        • 12 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

 

Sinistralidade: 79 acidentes registados, destacando-se:

      • Dois feridos graves;
      • 22 feridos leves.

GNR- Militares do GIPS intercetam suspeitos de furtos de combustível

A Unidade de Intervenção, através do Subagrupamento de Montanha do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS), que presta serviço na Serra da Estrela, no dia 13 de novembro, identificou um homem e uma mulher, de 41 e 33 anos, respetivamente, suspeitos de vários furtos de combustível.

No seguimento de ocorrências de furtos em interior de veículo e de combustível, em diversas localidades dos distritos de Castelo Branco e Guarda, os militares do GIPS, para além de garantirem a segurança dos condutores e dos visitantes da Serra da Estrela, efetuaram o seguimento, vigilância e interceção de uma viatura, que transportava os indivíduos suspeitos de terem acabado de realizar um furto de combustível, do depósito de um carro estacionado no Sabugueiro. O modus operandi utilizado era através de um furo efetuado no depósito dos carros das vítimas, deixar escorrer o combustível para os garrafões.

Efetuadas algumas diligências verificou-se que os suspeitos tinham na sua posse garrafões de cinco litros, com combustível, e respetivas ferramentas utilizadas nos furtos.

GNR em atividade no fim de semana de 10 e 11 de novembro

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, no fim de semana de 10 e 11 de novembro, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 105 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 61 por condução sob o efeito do álcool;
  • 16 por condução sem habilitação legal;
  • Seis por furtos;
  • Quatro por tráfico de estupefacientes;
  • Um por violência doméstica;
  • Um por posse ilegal de arma.

 

  1. Apreensões:
  • 162 doses de haxixe;
  • 15 doses de cocaína;
  • Cinco doses de ecstasy;
  • Três doses de heroína;
  • Três armas de fogo;
  • Duas armas brancas;
  • 45 quilos de bivalves.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 1 258 infrações detetadas, destacando-se:

  • 197 excessos de velocidade;
  • 118 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 77 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 57 relacionadas com tacógrafos;
  • 31 por falta de seguro de responsabilidade civil;
  • 27 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 23 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução

GNR- Operação Todos os Santos 2018 – Resultados

A Guarda Nacional Republicana, entre os dias 31 de outubro e 4 de novembro, altura em que é celebrado o dia de “Todos os Santos”, realizou em todo o território nacional, uma operação de intensificação do patrulhamento rodoviário com vista a regularizar o trânsito e a garantir o apoio e segurança de todos os utentes das vias.

Durante este período, que tradicionalmente provoca grandes movimentações de tráfego rodoviário, foram empenhados militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos comandos territoriais, os quais realizaram ações preventivas com o intuito de reduzir a sinistralidade rodoviária, dando especial atenção aos comportamentos dos condutores que coloquem em causa a sua segurança e a de terceiros.

Neste período registaram-se 1 157 acidentes, dos quais resultaram:

  • Cinco mortos;
  • 18 feridos graves;
  • 340 feridos ligeiros.

Durante a operação foram detidos 147 condutores, destacando-se:

  • 97 por condução com taxa de álcool no sangue (TAS) igual ou superior a 1,20 gramas/litros;
  • 35 por falta de habilitação legal.

Nesta operação foram fiscalizados 15 066 condutores e detetadas 4 503 contraordenações, destacando-se:

  • 1 755 por excesso de velocidade;
  • 261 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 244 por condução com uma TAS superior ao permitido por lei;
  • 177 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 148 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 138 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.

Atividade operacional da GNR

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais

  1. Detenções: 22 detidos em flagrante delito, destacando-se:
    • 12 por condução sob o efeito do álcool;
  • Quatro por tráfico de estupefacientes;
  • Dois por condução sem habilitação legal;
  • Um por posse de engenhos explosivos.

 

  1. Apreensões:
  • 746 doses de haxixe;
  • Duas doses de heroína;
  • 27 petardos;
  • 11 artigos pirotécnicos;
  • 160 euros em numerário.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 402 infrações detetadas, destacando-se:

  • 117 por excesso de velocidade;
  • 37 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 35 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
  • 28 por infrações relacionadas com tacógrafos;
  • 19 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;
  • 12 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 10 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  •  Oito por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização.

 

Sinistralidade: 70 acidentes registados, destacando-se:

  • 16 feridos leves.

Vilar Formoso – Dois detidos por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial da Guarda, através do Centro de Cooperação Policial e Aduaneira de Vilar Formoso, hoje, dia 2 de novembro, na localidade de Vilar Formoso, deteve dois homens de 30 e 31 anos, por tráfico de estupefacientes.

No âmbito de uma operação rodoviária os militares fiscalizaram um veículo, em que os ocupantes adotaram um comportamento suspeito no momento da abordagem, tendo sido detetadas e apreendidas 169 doses de haxixe, na posse dos mesmos.

Foram ainda identificados outros dois homens por posse de estupefacientes com doses para consumo, sendo elaborados os respetivos autos de contraordenação.

Os detidos vão ser presentes, no dia 5 de novembro, no Tribunal Judicial de Almeida.

GNR–Operação Campo Seguro – Fase II

A Guarda Nacional Republicana, entre o dia 29 de outubro e 31 de janeiro de 2019, em todo o território nacional, realiza a segunda fase da operação “Campo Seguro”, intensificando o patrulhamento em áreas florestais e explorações agrícolas, com o objetivo de prevenir a criminalidade em geral e os furtos de azeitona, castanha e metais não preciosos em particular, prestando especial atenção a possíveis situações de tráfico de seres humanos.

Durante este período estão empenhados militares dos comandos territoriais, do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente, da Unidade de Ação Fiscal e da Investigação Criminal, que, durante o patrulhamento, realizam ações de sensibilização junto das comunidades rurais, especialmente dos agricultores, sobre medidas de prevenção e proteção contra furtos, e de prevenção de acidentes que envolvem veículos e máquinas agrícolas, alertando-os para as regras de segurança inerentes à condução e utilização de tais veículos.

Na utilização e condução de veículos agrícolas (tratores), a GNR aconselha a:

  • Fazer a manutenção do veículo. O seu mau funcionamento ou falta de limpeza podem causar acidentes;
  • Utilizar sempre as estruturas de proteção, como o arco de “Santo António”, podem evitar a morte do condutor ou reduzir a gravidade dos ferimentos;
  • Utilizar os acessórios de iluminação e sinalização, de acordo com a lei;
  • Frequentar ações de formação teóricas e práticas. O utilizador deve conhecer os riscos da condução de tratores agrícolas e circular com segurança;
  • Não conduzir sob o efeito de álcool, fadiga ou com excesso de velocidade;
  • Respeitar os limites do trator. Não sobrecarregar, nem transportar passageiros “à pendura”. É proibido e perigoso.

GNR–Defesa da Floresta Contra Incêndios – 100 detidos e 852 identificados por incêndio florestal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) assumiu como uma das suas prioridades para o presente ano, a prevenção dos incêndios florestais, tendo vindo a desenvolver um esforço significativo através da realização de ações de sensibilização e fiscalização.

Para este efeito, a GNR, através das suas valências de proteção da natureza e ambiente, territorial, investigação criminal, bem como do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), adotou um dispositivo de patrulhamento e vigilância reforçado, com especial incidência nas áreas dos interfaces urbanos florestais, dada a sua maior vulnerabilidade e perigosidade, face à ocorrência de incêndios florestais.

No período de 1 de janeiro a 23 de outubro e no âmbito da Defesa da Floresta Contra Incêndios, a GNR realizou cerca de 46 500 patrulhas, tendo registado os seguintes resultados:

·         100 detidos pelo crime de incêndio florestal;

·         852 identificados, suspeitos de terem praticado o crime de incêndio florestal;

·         5 946 crimes de incêndio florestal (menos 3 156 crimes do que em igual período de 2017);

·         12 335 ocorrências de incêndio florestal (menos 8 186 do que em igual período de 2017);

·         Mais de 8 mil autos de contraordenação.

Ontem, dia 22 de outubro, no concelho de Trancoso, foi detido um indivíduo de 67 anos, pelo crime de incêndio florestal, devido a uma queima de sobrantes, cujo fogo se descontrolou, acabando por arder uma área total de 4 000 m2 de mato e pinheiros

GNR- Atividade operacional diária

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 de hoje, sábado, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções: 23 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 16 por condução sob o efeito do álcool;
  • Três por condução sem habilitação legal;
  • Três por tráfico de estupefacientes.

 

  1. Apreensões:
  • 220 doses de haxixe;
  • 16 doses de cocaína.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 604 infrações detetadas, destacando-se:

  • 246 por excesso de velocidade;
  • 60 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 49 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
  • 29 por infrações relacionadas com tacógrafos;
  • 23 por fata ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 20 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 16 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

 

Sinistralidade: 96 acidentes registados, destacando-se:

  • Dois feridos graves;
  • 28 feridos leves.

GNR no combate internacional ao Tráfico de Seres Humanos

A Guarda Nacional Republicana (GNR), no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), participa ativamente na garantia dos direitos humanos, promovendo a proteção de vítimas de Tráfico de Seres Humanos, tendo este ano auxiliado diretamente mais de 2 500 migrantes, aos quais se acrescentam cerca de 1 400 migrantes detetados e encaminhados para as autoridades competentes.

Neste esforço, a GNR tem militares destacados na Grécia, Croácia, Polónia, Itália, Bulgária e Espanha, com as atribuições de vigilância terrestre e da orla costeira, apoio ao controlo de fronteiras, investigação criminal e, com grande relevo, de busca e resgate marítimo.

Para o cumprimento das missões de vigilância, controlo das fronteiras e de busca e regate marítimo, desde o dia 1 de maio de 2018, a GNR dispõe da embarcação “Mar Egeu”, a qual foi adquirida com o cofinanciamento comunitário do Fundo para a Segurança Interna.

A embarcação “Mar Egeu”, atualmente empenhada na ilha de Samos – Grécia, já efetuou 160 patrulhas, cerca de 1 100 horas de serviço e percorreu 9 900 milhas náuticas, o que permitiu detetar e resgatar 334 migrantes, dos quais 111 crianças e 81 mulheres.

A aquisição desta embarcação contribui, fundamentalmente, para a salvaguarda de vidas humanas no mar e para a prevenção, deteção e repressão de ilícitos transfronteiriços, com principal enforque no combate ao Tráfico de Seres Humanos, cujo dia Europeu é hoje assinalado.

Tertúlia produtiva no Café Concerto

Uma noite de outono, no Café Concerto no TMG, teve lugar mais uma tertúlia organizada pela GNR, com o tema “Segurança das pessoas especialmente vulneráveis”

Um painel constituído pelo Coronel Copeto, Prof.Rosa Afonso e D. Manuel Felício, moderado pelo Jorge Esteves.

Uma plateia bem composta com boas intervenções e todos saíram mais esclarecidos.

GNR-Atividade operacional do fim de semana

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, nos dias 5, 6 e 7 de outubro que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 118 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 61 por condução sob o efeito do álcool;
  • 17 por condução sem habilitação legal;
  • Oito por posse de arma proibida;
  • Seis por tráfico de estupefacientes;
  • Seis por caça ilegal;
  • Três por furtos;
  • Um por homicídio;
  • Um por violência doméstica.

 

  1. Apreensões:
  • 1,2 quilos de liamba;
  • 739 doses de haxixe;
  • 82 doses de heroína;
  • 21 doses de cocaína;
  • 12 plantas de cannabis;
  • 150 quilos de cortiça;
  • Seis armas de fogo;
  • 11 armas brancas;
  • 134 munições de diversos calibres;
  • Cinco veículos;
  • 30 artigos contrafeitos;
  • 26 quilos de pescado e bivalves.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 2 075 infrações detetadas, destacando-se:

  • 1 337 excessos de velocidade;
  • 156 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 122 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 74 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 62 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 58 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 57 relacionadas com tacógrafos;
  • 50 por falta de seguro de responsabilidade civil.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar