Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: gnr

Tag Archives: gnr

GNR – Atividade operacional semanal

 O Comando Territorial da Guarda para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, no distrito da Guarda, na semana de 11 a 17 de novembro, que visaram a prevenção e o combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

1.    Detenções: Sete detidos em flagrante delito, destacando-se:

·         Um por posse ilegal de armas;

·         Um por condução sob o efeito do álcool;

·         Um por condução sem habilitação legal.

 

2.    Apreensões: Um bastão artesanal.         

3.    Trânsito:

Fiscalização : 258  infrações detetadas, destacando-se:

·         96 por excesso de velocidade;

·         11 relacionadas com iluminação e sinalização;

·         Sete por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;

·         Seis por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Sinistralidade: 34 acidentes registados, resultando:

·        Um ferido grave;

·        10 feridos ligeiros.

 

 Fiscalização Geral: 17 autos de contraordenação:

·         15 no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente;

·         Dois no âmbito da legislação policial.

GNR Guarda- Atividade operacional semanal

 

O Comando Territorial da Guarda para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, no distrito da Guarda, na semana de 4 a 10 de novembro, que visaram a prevenção e o combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

1.    Detenções: Sete detidos, destacando-se:

·         Dois por tráfico de estupefacientes;

·         Um por posse ilegal de armas.

 

2.    Apreensões:

·         24 doses de liamba;

·         Sete cartuchos calibre 12;

·         Um bastão artesanal.

 

3.    Trânsito:

Fiscalização: 220  infrações detetadas, destacando-se:

·         129 por excesso de velocidade;

·         Seis relacionadas com iluminação e sinalização;

·         Seis por falta de inspeção periódica;

·         Cinco por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

 

Sinistralidade: 33 acidentes registados, resultando:

·        Um morto;

·        Um ferido grave;

·        11 feridos ligeiros.

 

Fiscalização Geral: Oito autos de contraordenação:

·         Seis no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente;

·         Dois no âmbito da legislação policial.

GNR- Atividade operacional mensal

 

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, durante o mês de outubro, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

1.    Detenções: 1 560 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·      503 por condução sob o efeito do álcool;

·      337 por condução sem habilitação legal;

·      118 por tráfico de estupefacientes;

·      59 por furto;

·      45 por posse de arma proibida;

·      10 por roubo;

·      Quatro por violência doméstica;

·      Quatro por incêndio;

·      Dois por permanência ilegal em território nacional;

·      Dois por caça ilegal;

·      Um por homicídio.

 

2.    Apreensões:

·      21 435 doses de cocaína;

·      20 323 doses de haxixe;

·      15 878  doses de heroína;

·      8 448  gramas de liamba;

·      7 967 gramas de folhas de cannabis;

·      316 pés de cannabis;

·      203 doses de óleo de cannabis;

·      127 doses de MDMA;

·      74 armas brancas;

·      69 armas de fogo

·      1 315 munições de diversos calibres;

·      6 209 quilos de pescado;

·      15 120 quilos de bivalves;

·      34 766 mil euros em numerário.

 

3.    Trânsito:

Fiscalização: 42 328 infrações detetadas, destacando-se:

·      10 669 excessos de velocidade;

·      2 470 por falta de inspeção periódica obrigatória;

·      2 046 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

·      2 072 relacionadas com tacógrafos;

·      1 614 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

·      1 443 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·      1 090 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·      1 081 por falta de seguro de responsabilidade civil.

GNR-Operação “Todos os Santos” 2019

 A Guarda Nacional Republicana (GNR), no período de 31 de outubro a 3 de novembro, altura em que é celebrado o dia de “Todos os Santos”, irá intensificar o patrulhamento nas estradas com maior fluxo de tráfego, com o objetivo de apoiar os utentes das vias e de reduzir situações que configurem comportamentos de risco, privilegiando uma atuação preventiva e de grande visibilidade.

Durante todo o período da operação, em que se prevê uma grande intensidade de tráfego rodoviário, a GNR, através de militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, pretende garantir que as deslocações se façam em segurança, contribuindo assim para uma diminuição da sinistralidade rodoviária. Nesse sentido, a Guarda apela a que os condutores efetuem uma condução prudente e que adotem os seguintes comportamentos nas estradas:

  • Cumprir as regras de trânsito, especialmente no que respeita às manobras de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido de marcha, cedência de passagem e posição de marcha;
  • Utilizar corretamente o cinto de segurança e os sistemas de retenção para crianças;
  • Não utilizar os telemóveis durante o exercício da condução;
  • Adequar a velocidade ao tipo de estradas e às condições de circulação;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas, nem consumir substâncias psicotrópicas antes ou durante a condução.

GNR-Atividade semanal

Gouveia – Pulseira eletrónica por violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 8 de outubro, deteve um homem com 45 anos pelo crime de violência doméstica, no concelho de Gouveia.
No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica sobre a sua esposa, de 43 anos. Na sequência das diligências foi dado cumprimento a um mandado de detenção, que culminou na detenção do suspeito.
O detido foi presente no mesmo dia ao Tribunal Judicial de Gouveia, tendo-lhe sido aplicado como medida de coação, obrigatoriedade de abandono da residência, proibição de contato com a vitima e de aproximação a menos de 1 000 metros, controlados por pulseira eletrónica.

GNR deteta e resgata 31 migrantes no mar Egeu

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através de militares destacados na ilha de Samos-Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX), no dia 1 de outubro, resgatou 31 migrantes, no mar Egeu.

Durante uma ação de patrulhamento, os militares da GNR detetaram uma embarcação de borracha que transportava migrantes, a norte da ilha de Samos, a cerca de cinco milhas náuticas de distância do Porto de Vathy. De imediato dirigiram-se para o local, intercetando um barco com cerca de 6 metros, no qual seguiam 31 migrantes a bordo, dos quais 7 crianças, 4 mulheres e 20 homens.

No momento de aproximação à embarcação, os militares verificaram que parte dos migrantes se encontrava em risco de entrar em hipotermia, pelo que foram providenciadas mantas térmicas, produtos alimentares e águas . Os militares resgataram todos quantos se encontravam na embarcação, efetuando o seu transbordo para a embarcação da GNR, dando prioridade às crianças.

Após o resgate, os migrantes foram transportados, em segurança, para o Porto de Pythagorio e entregues às autoridades gregas.

Só no presente ano de 2019, e até ao momento, a GNR efetuou mais de 800 patrulhas, o que corresponde a mais de 5100 horas de empenhamento, tendo detetado 220 embarcações e auxiliado 2140 migrantes.

Com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, a GNR contribui, a par da Polícia Marítima, para o empenhamento de Portugal na salvaguarda de vidas humanas no mar Egeu.

GNR- Atividade operacional das últimas 12 horas

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções: 30 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 22 por condução sob o efeito do álcool;
  • Dois por condução sem habilitação legal;
  • Um por tráfico estupefacientes;
  • Um por posse de arma proibida.

 

  1. Apreensões:
  • 222 doses de haxixe;
  • Seis doses de cocaína;
  • Uma arma branca.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 314 infrações detetadas, destacando-se:

  • 61 por excesso de velocidade;
  • 46 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 27 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 15 por anomalias nos sistemas de sinalização ou iluminação;
  • 13 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • Nove por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • Oito por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

 

Sinistralidade: 47 acidentes registados, destacando-se:

  • 14 feridos leves.

 

GNR GUARDA – Atividade diária

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas, dia 17 de setembro, deteve um homem com 63 anos, por violência doméstica, no concelho da Guarda.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, que durava há duas semanas, os militares apuraram que o suspeito, sempre no interior da sua residência, exercia violência física, psicológica e ameaças sobre a sua esposa, de 66 anos, tendo, na sequência das diligências de investigação, sido cumprido um mandado de detenção.

O detido, após ser presente ao Tribunal Judicial da Guarda, ficou sujeito às medidas de coação de proibição de contactos com a vítima e proibição de aproximação a menos de 1 quilómetro controlados por pulseira eletrónica. 

 

GNR resgata 60 migrantes na ilha de Samos (Grécia)

A Unidade de Controlo Costeiro, através de militares destacados desde abril na ilha de Samos, no âmbito da missão da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX), hoje, dia 17 de setembro, detetou e resgatou 60 migrantes, dos quais 12 crianças, 13 mulheres e 35 homens, a sul da Ilha de Samos – Grécia.

No decorrer de uma ação de vigilância junto à costa, a equipa de vigilância marítima, designada de Thermal Vision Vehicle (TVV), detetou uma embarcação suspeita no mar Egeu a aproximar-se de terra, na zona este da ilha. Através dos equipamentos de visão térmica, foi possível verificar que se tratava de duas embarcações de borracha, nas quais seguiam migrantes.

A primeira embarcação detetada encontrava-se junto à orla costeira, tendo sido intercetada pela embarcação da GNR, que garantiu o seu acompanhamento e a sua navegabilidade em segurança, até à Marina de Samos. A bordo desta embarcação de borracha, com cerca de 6 metros, seguiam 30 migrantes, dos quais 9 crianças, 6 mulheres e 15 homens.

A segunda embarcação, também avistada pela equipa TVV, foi de imediato intercetada pela embarcação da GNR, que procedeu ao resgate os migrantes. Esta segunda embarcação, com cerca de 10 metros, apresentava dificuldades em navegar e foi rebocada até à Marina de Samos, sendo que a bordo da mesma seguiam 30 migrantes, dos quais 3 crianças, 7 mulheres e 20 homens.

A GNR, nesta missão da FRONTEX, desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas.

Só no presente ano de 2019, e até ao momento, a GNR efetuou 777 patrulhas, o que corresponde a mais de 5 000 horas de empenhamento, percorreu 66 mil quilómetros e efetuou 5 mil milhas náuticas, tendo detetado 217 embarcações e auxiliado 2 088 migrantes.

Por:GNR

GNR- Atividade operacional semanal

O Comando Territorial da Guarda, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, no distrito da Guarda, na semana de 9 a 15 de setembro, que visaram a prevenção e o combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

1.    Detenções: 20 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·         Oito por tráfico de estupefacientes;

·         Quatro por condução sob efeito do álcool.

 

2.    Apreensões:

·         132 doses de haxixe;

·         105 doses de MDMA;

·         26 comprimidos de ecstasy;

·         12 doses de cocaína;

·         Duas doses de liamba.

 

3.    Trânsito:

Fiscalização: 321 infrações detetadas, destacando-se:

·         22 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

·         15 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·         13 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·         12 por falta de inspeção periódica obrigatória.

Sinistralidade: 22 acidentes registados, destacando se:

·         Cinco feridos leves.

 

4.    Fiscalização Geral: 21 autos de contraordenação:

·         18 no âmbito da legislação policial;

·         Três no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar