Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: gnr

Tag Archives: gnr

GNR / SEPNA em ação de sensibilização sobre a limpeza das florestas

Para tirar as dúvidas em relação à obrigatoriedade da limpeza de terrenos, vai decorrer uma ação de sensibilização , levada a efeito pela GNR / SEPNA, na próxima sexta-feira, dia 23 de fevereiro, pelas 19.00h, no Auditório da Câmara Municipal de Pinhel.

A iniciativa surge no âmbito da “Operação Floresta Protegida” e pretende ajudar a clarificar os proprietários de terrenos no que diz respeito à execução de faixas de gestão de combustível, assim como às medidas e ações estruturais e operacionais relativas à prevenção e proteção das florestas contra incêndios.

Por:MP

GNR Guarda realiza ações de sensibilização sobre a defesa da floresta contra incêndios

DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS

MANUTENÇÃO DAS FAIXAS DE GESTÃO DE COMBUSTÍVEL

A obrigatoriedade de manutenção das faixas de gestão de combustíveis constitui uma das medidas preventivas previstas no Decreto Lei nº 124/2006, de 28 de junho com redação atual, com o objetivo de reduzir o número de incêndios rurais.

A prática mais comum da gestão de combustíveis consiste na limpeza dos terrenos, através do corte e remoção da biomassa vegetal neles existentes. Uma correta e oportuna gestão de combustíveis constitui um elemento essencial para a minimização do risco de incêndio.

A prevenção aos incêndios rurais deve ser praticada de forma atempada e inteligente.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) tem vindo a exercer um enorme esforço na realização de ações de sensibilização junto da população, com o intuito de promover e fomentar boas práticas agrícolas e acima de tudo transmitir uma mensagem de dever cívico na prevenção generalizada aos incêndios rurais, partindo da premissa que a floresta é de todos e que a todos cabe preservar e proteger.

Na sequência das ações realizadas pela GNR, constatou-se que muitos terrenos continuam a carecer de limpeza, de forma a salvaguardar a manutenção das faixas de gestão de combustíveis e assim contribuir para a redução do elevado número de incêndios rurais.

O Comando Territorial da Guarda irá realizar ações de sensibilização, durante o mês de fevereiro, nos seguintes dias e locais:

·         Para a população em geral

o   09, 10 e 11 de fevereiro, na Feira de tradições de Pinhel;

o   10 de fevereiro, pelas 15H00, nas instalações da Junta de Freguesia do Minhocal – Celorico da Beira;

o   11 de fevereiro, pelas 11H30, nas instalações da Junta de Freguesia de Vale de Amoreira – Manteigas;

o   14 de fevereiro, pelas 14H00, nas instalações da Junta de Freguesia de Teixeira de Cima – Seia e, pelas 15H30, nas instalações da Associação de Teixeira de Baixo – Seia;

o   16 de fevereiro, pelas 15H00, nas instalações da Junta de Freguesia Foios e, pelas 17H00, nas instalações da Junta de Freguesia de Vale de Espinho – Sabugal;

o   20 de fevereiro, pelas 10H00, na Junta de Freguesia da Miuzela e, pelas 11H00, na Junta de Freguesia da Amoreira – Almeida;

o   20 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações da Junta de Freguesia da Miuzela – Guarda;

o   20 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações da Junta de Freguesia da Amoreira – Almeida;

o   22 de fevereiro, pelas 15H00, nas instalações da Junta de Freguesia Rebolosa – Sabugal, pelas 17H00 nas instalações da União de Freguesias de Ruvina, Ruivós e Vale das Éguas – Sabugal;

o   22 de fevereiro, pelas 17H00, nas instalações da Junta de Freguesia da Ruvina – Sabugal;

o   25 de fevereiro, pelas 15H00, nas instalações da Junta de Freguesia da Faia – Guarda.

 

·         Para agricultores

o   16 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações da Acriguarda – Guarda;

o   20 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações do Município do Sabugal;

o   22 de fevereiro, pelas 10H00, nas instalações do Município de Figueira de Castelo Rodrigo.

 

·         Para Presidentes de Junta, produtores florestais, apicultores, bombeiros e funcionários do Município

o   15 de fevereiro, pelas 19H00, no Auditório do Pavilhão Multiusos do Município de Trancoso;

o   21 de fevereiro, pelas 18H00, no Auditório do Centro Cultural em Vila Nova de Foz Côa;

o   23 de fevereiro, pelas 19H00, no Auditório do Município de Pinhel;

o   27 de fevereiro, pelas 19H30, no Auditório da Casa da Cultura na Mêda.

 

A falta de manutenção das faixas de gestão de combustíveis (limpeza dos terrenos) constitui infração do foro contraordenacional e os seus responsáveis incorrem em coimas de 280 € a 10 mil €, no caso de pessoa singular, e de 1.600 € a 120 mil €, para pessoas coletivas.

Proteja a sua casa dos incêndios rurais!

O detentor do terreno tem, até 15 de março de 2018, para fazer uma faixa de proteção, medida a partir da parede exterior do edifício, de:

– 50 metros em terrenos ocupados por floresta, matos ou pastagens naturais;

– Não inferior a 10 metros, definida em Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios, em terrenos do espaço rural com outras ocupações.

Importa reter que:

– As copas das árvores têm que distar entre si, no mínimo, 4 metros;
– As árvores têm que ser desramadas até 4 metros acima do solo. Para árvores com altura inferior a 8 metros, desrama-se apenas a metade inferior;
– As árvores e arbustos têm que estar a mais de 5 metros dos edifícios. Evitar a projeção das copas sobre os telhados;
– Não acumular lenha ou substâncias inflamáveis na faixa de proteção de 50 metros.

Por:GNR

Comandante Distrital da GNR visitou Misericórdia de Mangualde

A Misericórdia de Mangualde recebeu nesta quarta-feira, a visita do Comandante Distrital da Guarda Nacional Republica, Coronel Vitor Manuel Guerra Rodrigues e do comandante do Destacamento de Mangualde, Capitão Hugo de Albuquerque Neves Campos.
A visita teve início com a receção do Coronel Vitor Rodrigues pelo provedor, José Tomás, a que seguiu uma reunião de trabalho com a Diretora Geral e as diretoras técnicas das valências da Misericórdia.
Após a reunião, o provedor conduziu as entidades numa visita guiada às instalações, onde assinou o livro de visitas e que culminou com o almoço no refeitório de utentes do Lar Nossa Senhora do Amparo.

Por:SCMM

GNR- Balanço da Operação Ano Novo

A Guarda Nacional Republicana (GNR), de 29 de dezembro de 2017 até ao dia 2 de janeiro de 2018, intensificou o patrulhamento e a fiscalização rodoviária nos itinerários de e para os locais associados às festividades do Ano Novo, bem como a presença física nesses locais, com o objetivo de reforçar a segurança e prevenir a ocorrência de acidentes rodoviários.

Durante os quatro dias de operação e, comparativamente a igual período de 2016, no que diz respeito à sinistralidade rodoviária, a GNR, na sua área de responsabilidade registou:

·         858 acidentes (menos 84);

·         Três mortos (menos quatro);

·         Dez feridos graves (menos oito);

·         339 feridos leves (mais 62).

No que concerne à fiscalização rodoviária, a GNR, no âmbito da operação, registou os seguintes autos de contraordenação:

·         2 392 por excesso de velocidade;

·         720 por condução sob a influência do álcool, dos quais 225 detidos com taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l;

·         322 por falta de inspeção periódica;

·         251 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

·         201 por utilização indevida do telemóvel durante a condução;

·         187 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;

·         183 pela incorreta ou não utilização do cinto de segurança;

·         12 motociclistas por não utilização de capacete.

Por:GNR fonte:DCRP

Prevenção de Incêndios Florestais

18952604_1433900859982446_8925511297993743248_nO Verão está a chegar e o calor intensifica-se e todos os cuidados são poucos, a nível de prevenir incêndios florestais, desta forma, são variadas as normas de prevenção como: limpeza dos terrenos com a devida antecedência, respeitando a distância exigida das habitações, ter atenção ás queimadas.

Festa forma as autoridades deixam um exemplo(foto em Anexo) como deve ser feita uma queimada e claro os cuidados a ter.

Foto:GNR Guarda

 

Resultados da Operação Páscoa 2017 da GNR

gnrA Guarda Nacional Republicana intensificou, entre o dia 13 e o dia de ontem, 16 de abril, o patrulhamento e a fiscalização rodoviária, com particular incidência nas vias mais críticas da sua zona de ação, com o objetivo de combater a sinistralidade rodoviária, regular o trânsito e garantir o apoio a todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança para os locais de origem.

Durante os quatro dias de Operação e, comparativamente à “Operação Páscoa 2016” (24 a 27 de março), registaram-se:

·         708 acidentes (menos 150);

·         Quatro mortos (mais um);

·         27 feridos graves (mais seis);

·         234 feridos leves (menos 48).

Dos mais de 15 mil condutores fiscalizados, foram registadas neste período 4 799 infrações, destacando-se:

·         2 781 por excesso de velocidade;

·         245 por condução sob a influência do álcool (98 detidos com taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l);

·         206 pela incorreta ou não utilização do cinto de segurança;

·         170 por falta de inspeção periódica obrigatória;

·         150 por utilização indevida do telemóvel durante a condução.

Por:GNR

Operação Páscoa 2017–GNR

gnrA Guarda Nacional Republicana intensifica entre esta quinta-feira, dia 13 e até domingo, dia 16, o patrulhamento e a fiscalização rodoviária, com particular incidência nas vias mais críticas da sua zona de ação, com o objetivo de combater a sinistralidade rodoviária, regular o trânsito e garantir o apoio a todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança para os locais de origem.

Durante a operação, além das ações de prevenção e apoio aos condutores, os militares da GNR vão estar particularmente atentos à prática das seguintes infrações:

·         Condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas;

·         Falta de habilitação legal para o exercício da condução;

·         Excesso de velocidade;

·         Incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção para crianças;

·         Uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

·         Não cumprimento das regras de trânsito (não circulação na via mais a direita, distância de segurança e cedência de passagem, manobras de ultrapassagem, mudança de direção e inversão do sentido de marcha).

Durante a Operação Páscoa 2016 registaram-se:

·         804 acidentes;

·         Três mortos;

·         22 feridos graves;

·         256 feridos leves.

Por:GNR

Operação Cintos de Segurança pela GNR

mostrarImagem.ashxA Guarda Nacional Republicana (GNR) intensifica até ao próximo domingo (19 de março), a fiscalização do uso do cinto de segurança e de sistemas de retenção para crianças (SRC), direcionando as ações para as vias onde as infrações por falta de uso dos dispositivos de retenção são mais frequentes.

A utilização destes dispositivos reduz a ocorrência e/ou gravidade de lesões sofridas pelos ocupantes de uma viatura em caso de acidente de viação, pelo que a GNR tem dado particular atenção às ações de prevenção e fiscalização desta matéria.

Em 2017, foram registadas até à data cerca de 4 522 infrações, o que corresponde a uma diminuição de cerca de 10 % em relação ao período homólogo do ano passado (5 416 infrações), repartidas do seguinte modo por distritos:

Distrito Excessos

2016

Excessos

2017

Aveiro 699 376
Beja 114 121
Braga 598 415
Bragança 84 96
Castelo Branco 158 120
Coimbra 305 294
Évora 55 61
Faro 311 250
Guarda 124 72
Leiria 420 353
Lisboa 486 316
Portalegre 50 45
Porto 929 985
Santarém 303 319
Setúbal 319 269
Viana do Castelo 161 110
Vila Real 115 133
Viseu 185 187
TOTAL 5 416 4 522

Esta operação, levada a cabo por militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais, é realizada de igual modo em todos os países da Europa e enquadra-se no plano definido pela European Traffic Police Network (TISPOL – www.tispol.org/), organismo que congrega todas as polícias de trânsito da Europa, no qual a GNR é a representante nacional.

Por:GNR

Operação “Carnaval 2017” da GNR

mostrarImagem.ashxA Guarda Nacional Republicana (GNR) intensifica, a partir de hoje, dia 24 de fevereiro e até à próxima 3ª feira, dia 28, o patrulhamento e a fiscalização rodoviária, orientando as ações para as vias mais críticas, com especial incidência para as que convergem aos locais onde tradicionalmente ocorrem festividades carnavalescas.

Durante todo o período da operação, militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, irão levar a cabo diversas ações de fiscalização com o objetivo de prevenir a sinistralidade rodoviária, estando os miliares especialmente atentos às seguintes matérias:

·         Falta de habilitação legal para o exercício da condução;

·         Excesso de velocidade;

·         Condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas;

·         Incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção para crianças;

·         Uso indevido do telemóvel durante a condução.

Durante a Operação “Carnaval 2016” (5 a 9 de fevereiro), registaram-se 871 acidentes, três mortos, 15 feridos graves e 273 feridos ligeiros.

Além desta ações realizadas no âmbito rodoviário, serão ainda mobilizados meios humanos e matérias no sentido de garantir a segurança dos locais associados às festividades do Carnaval, que decorrem por todo o país.

Por:GNR

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar