Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: governo

Tag Archives: governo

Carta de condução digital após alteração do código de estrada

Aos poucos, o Governo português vai estudando as melhores formas para a alteração do Código de Estrada, face a isso, surge uma inovação, a carta de condução e restantes documentos da viatura passarão a ser digitais, isto é, vai ser criada uma App para o telemóvel e aí, o condutor terá a carta de condução, quer todos os documentos relacionados com a viatura.

Para tal, esta medida , irá entrar em vigor, assim que o código de estrada sofra as devidas alterações, onde se vai destacar, a coima por utilização do telemóvel ao volante, passará para o dobro e virá a retirar ao condutor 3 pontos da carta de condução.

Outras novidades surgirão com a entrda em vigor do novo código de estrada.

Guarda acolhe Cimeira luso-espanhola

Foi anunciado, por António Costa, primeiro-ministro , que a cidade da Guarda vai acolher  a próxima cimeira luso-espanhola  a ter lugar no final de setembro e início de outubro, onde o  tema central “A estratégia comum de desenvolvimento transfronteiriço”.

Vai ser uma forma de a cidade mais alta ter algum desenvolvimento no que toca à economia local, onde Carlos Chaves Monteiro, referiu à Lusa que: “valoriza a cooperação ibérica e valoriza a Guarda, como cidade transfronteiriça. Afirma também esse eixo importante do seu desenvolvimento que é potenciar a colaboração que já faz através do Centro do Estudos Ibéricos, com as Universidades de Coimbra e de Salamanca, e o Instituto Politécnico da Guarda”

Por sua vez, António Monteirinho, lider da Concelhia do PS, já reagiu em comunicado salientando que:” A Guarda será o centro da definição desta estratégia que será a “prioridade fundamental para responder à atual crise”.
O Governo Socialista reafirma a intenção de “robustecer estes territórios para podermos
sair da crise”. O simbolismo desta escolha é um orgulho para o PS Guarda e um motivo
para continuar a acreditar que o PS nunca falta, nem faltará à Guarda.

CDS/PP lançou comunicado sobre despedimentos na Dura Automotive

Em comunicado à nossa redação, o CDS/PP questiona o Governo.

CDS questiona Governo sobre despedimentos na Dura Automotive

Os deputados do CDS-PP João Rebelo e Hélder Amaral questionaram hoje o Ministro Adjunto e da Economia sobre o despedimento de 40 trabalhadores da Dura Automotive e a alegada deslocalização da empresa.

João Rebelo e Hélder Amaral querem saber se o ministro tem conhecimento da situação e se confirma o despedimento de 40 trabalhadores e o início de uma segunda fase de despedimento coletivo na empresa.

Depois questionam a tutela sobre se há alguma possibilidade de recuperação da empresa de modo a garantir a manutenção dos postos de trabalho, fundamentais para a região, e se o Governo já tomou, ou vai tomar, alguma medida nesse sentido.

A extinção de uma das linhas de produção da Dura Automotive – Indústria de componentes para automóveis, Lda., multinacional instalada em Vila Cortes do Mondego, no concelho da Guarda, levou recentemente ao despedimento de 40 trabalhadores, dos quais 20 pertenciam ao quadro permanente.

A Dura Automotive é uma empresa de fabrico de acessórios e outros componentes para automóveis que, de acordo com informações chegadas ao Grupo Parlamentar do CDS-PP, estará alegadamente em vias de deslocalizar a sua produção para outras unidades do grupo fora de Portugal.

Após o despedimento dos 40 trabalhadores, a empresa terá alegadamente iniciado uma segunda fase do processo de despedimento coletivo.

De grande importância no distrito da Guarda, a Dura Automotive foi fundada em 1994 e chegou a empregar entre 200 a 300 trabalhadores, impulsionando muito o emprego na região.

A deslocalização da produção para fora do país e o consequente despedimento coletivo seria uma enorme machadada na economia da região e das famílias envolvidas, tanto mais que se trata de uma zona do interior.

No recentemente aprovado Programa de Valorização do Interior, o Governo afirma pretender assegurar que os esforços externos de atração de investimento para Portugal possam também ter uma visibilidade maior relativamente aos territórios do interior.

Assim, o CDS-PP entende ser pertinente obter esclarecimentos do Governo relativamente à situação da Dura Automotive.

 

António Costa reuniu com as duas Comunidades Intermunicipais em Penamacor

Teve lugar em Penamacor, nesta quarta-feira, uma reunião no âmbito da Cimeira Luso Espanhola, agendada para a próxima quarta-feira, dia 28 de novembro, em Valladolid, com o intuito do Governo auscultar estas duas comunidades intermunicipais quanto aos novos desafios que se colocam à cooperação transfronteiriça, bem como proceder ao levantamento dos principais entraves à intensificação das relações económicas e sociais com Espanha.
Da reunião saiu a necessidade de dar uma atenção especial à fronteira entre Portugal e Espanha, por esta ser uma das mais desertificadas e envelhecidas da Europa, e a garantia que haverá diálogo com o Governo espanhol quanto à identificação dos problemas e às estratégias para os resolver.

Desta forma, esteve presente o  Primeiro-Ministro António Costa  acompanhado pelos ministros da Economia, Pedro Siza Vieira, e do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, que reuniu, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com os municípios integrantes das comunidades intermunicipais da Beira Baixa e das Beiras e Serra da Estrela.
foto:MP

Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias visita Nelas

Esta quarta-feira,24 de janeiro, o Município de Nelas recebe o Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, numa visita ao Concelho de Nelas a algumas das empresas mais exportadoras aí instaladas.

Neste itinerário de visita, o Secretário de Estado marca a sua presença nas empresas Borgstena Textile Portugal, Unipessoal Lda., seguida da Luso Finsa – Indústria e Comércio de Madeira SA, Movecho, SA. e Lusovini. Estas são apenas algumas das empresas mais exportadoras do Concelho de Nelas e que, juntamente com outras, fazem parte do “TOP 10 publicado pela empresa InformaBD” contribuem para destacar Nelas na Região de Viseu Dão- Lafões como um dos Municípios com melhores níveis de empregabilidade, volume de negócios e volume de exportação.

De salientar, que o Município de Nelas desde o ano 2014, dispõe de uma estrutura – Unidade Empreende – que pretende contribuir para o desenvolvimento económico e social do Concelho, e que este ano irá assinalar o seu 5ºaniversário de existência com a realização do 5º Seminário de Empreendedorismo, a decorrer no próximo dia 21 de fevereiro, no Auditório do Edifício Multiusos de Nelas. O Seminário tem como tema principal – “Mais Emprego, Melhor Emprego”- e irá contar com a presença do  Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

No decorrer do evento serão ainda abordadas outras temática como caso do painel “Oportunidades PT2020 para empresas dos territórios afetados pelos incêndios 2017”. Este Seminário é de entrada livre podendo ser assistido por todos os cidadãos que o desejem.

Por:MN

Lusovini recebeu visita do Sec. Estado José Luis Carneiro em Nelas

nelas 1O Secretário das Comunidades José Luís Carneiro visitou recentemente, o Concelho de Nelas e reuniu com os empresários e gestores da “Lusovini”, reunião essa que contou também com o Presidente e Vice- Presidente da Câmara de Nelas.

Na agenda especialmente o conhecimento do importante investimento efetuado pela empresa na vila e concelho de Nelas, onde tem a sua sede social, e daí partindo um pouco para tidos os pontos de venda no mundo, de Angola ao Brasil, dos Estados Unidos a Hong Kong, passando pelo mercado europeu.

A diáspora portuguesa foi encarada e debatida como uma excelente oportunidade para procura e penetração de novos mercados, tarefa que mereceu todo o apoio e disponibilidade do Sr. Secretário de Estado. Efetivamente em todos os países desenvolvidos, na hotelaria, na restauração, na construção civil e em outros setores económicos emigrantes portugueses são hoje empresários de referencia e excelente porta de entrada nos mercados desse países.

O apoio de qualidade á comunidade emigrante por parte da Câmara mereceu também os maiores elogios e incentivos por parte do governante.

Nelas vive também na diáspora portuguesa e nos seus mais diretos interlocutores.

Por:Mun.Nelas

Reunião do comité das regiões em Lisboa

regiNa passada segunda-feira, 28 de março, João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde e membro efetivo do Comité das Regiões (CdR) reuniu com o primeiro-ministro, António Costa, na sua residência oficial. O encontro realizou-se após a reunião do Comité das Regiões  levado a cabo pela Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques, e que juntou a delegação portuguesa do CdR no Palácio da Cova da Moura, em Lisboa. Nesta reunião, estiveram ainda presentes o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, o secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, o ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, o Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, e os Presidentes da Câmara da Aveiro, Guarda, Maia, Viana do Castelo, Vila Real de Santo António e Évora, Rui Ribau Esteves, Álvaro Santos Amaro, António Bragança Fernandes, José Maria Costa, Luis Filipe Gomes, Carlos Pinto de Sá, respetivamente.

Tendo sido esta a primeira reunião conjunta entre o Comité e o Governo, o edil mangualdense considera que ‘esta reunião representa um salto qualitativo, pelo aumento da importância que o Governo está a dar a este comité, até porque o atual Primeiro-Ministro, enquanto presidente da Câmara de Lisboa, era membro efetivo do CdR’. Acrescentando, ‘foi realizada a primeira avaliação do trabalho que tem sido feito e definida qual a estratégia a seguir, criando um grupo de trabalho em permanência, que vai permitir a preparação de avaliações, que defendam os interesses de Portugal e dos portugueses’. ‘Como resultado deste encontro ficou definido um plano de reuniões anual em rede que permitirá aumentar a discussão e a defesa da estratégia de Portugal na Europa de forma coordenada e articulada entre todas as instituições. Este elo de ligação vai permitir a preparação para  as sucessivas avaliações que serão feitas no pós 2020’. Satisfeito com os resultados, João Azevedo conclui que ‘o momento foi de grande importância, porque permitiu definir metas e estratégias para o futuro.’

A valorização do papel do Comité das Regiões e dos Membros Portugueses junto do mesmo e estabelecer formas de colaboração futura foram os principais objetivos desta reunião. É de salientar que o Comité das Regiões funciona como uma Assembleia da União Europeia formada por vários representantes eleitos de autoridades regionais e locais, como forma de tornar o mais abrangente possível a representação institucional a nível europeu. Os seus representantes têm um papel pró-ativo na avaliação e definição no processo legislativo da União Europeia com impacto direto nas regiões e cidades.

Por:Mun.Mangualde

 

Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos visita a Mangualde

logo blog reduzidaO Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, efetua esta quarta-feira, dia 17 de fevereiro, uma visita a Mangualde e ao seu tecido empresarial. A receção pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, acontecerá pelas 14h30 no Salão Nobre da Autarquia.

 Seguir-se-á, pelas 14h45, a assinatura de contrato de promessa de compra e venda de um terreno para a construção de novas instalações, entre o Município de Mangualde e a Empresa Ernesto L. Matias, Lda. – Ferramentas Verdugo. Pelas 15h00 tem início a visita à PSA Peugeot/Citroen Mangualde e pelas 16h00 tem lugar a visita à CBI – Industria de Vestuário SA. A última visita decorrerá pelas 17h00 à Costa Ibérica.

 PROGRAMA—-17 de fevereiro

14h30 | Receção Secretário de Estado da Industria, João Vasconcelos, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde

14h45 | Assinatura de contrato de promessa de compra e venda de um terreno para a construção de novas instalações, entre o Município de Mangualde e a Empresa Ernesto L. Matias, Lda – Ferramentas Verdugo

15h00 | Visita à PSA Peugeot/Citroen Mangualde

16h00 | Visita à CBI – Industria de Vestuário SA

17h00 | Visita à Costa Ibérica

Por:Mun:Mangualde

 

Ultima hora: Governo derrubado em Portugal

Esta terça-feira , fica para a história de Portugal , com o derrube do XX Governo que foi o que menos tempo esteve no poder.

foto:AC-LUSA

foto:AC-LUSA

Face à Moção de Rejeição apresentada pelo PS, PCP, PEV e BE, na Assembleia da República, esta tarde, foi a votação e perante isso, foi aprovada por 123 votos a favor e 107 contra.

Perante este facto, o Governo de Pedro Passos Coelho sai de funções, ficando-se agora a aguardar pela decisão do Presidente da República, Cavaco Silva.

Poderá ser agora chamado António Costa a formar novo Governo.

Governo vai dar 209 euros a desempregados que aceitem trabalho longe de casa

O Governo propôs hoje o apoio de 209 euros aos desempregados
que aceitem trabalho a mais de 100 quilómetros e de 312 euros aos que
preten hoje o apoio de 209 euros aos desempregados que aceitem trabalho a
mais de 100 quilómetros e de 312 euros aos que pretendam mudar-se com a
família para trabalhar à mesma distância.

Governo vai dar 209 euros a desempregados que aceitem trabalho longe de casaDe acordo com a proposta apresentada hoje pelo ministro do
Emprego aos parceiros sociais, a medida de apoio à mobilidade geográfica
vai ser reformulada para “criar condições favoráveis à aceitação de
ofertas de emprego por parte dos desempregados” e “apoiar as empresas no
preenchimento dos postos de trabalho”.

Assim, o Governo está disposto a dar um apoio financeiro igual a
metade do Indexante dos Apoios Sociais (IAS), o que corresponde a 219,61
euros, durante quatro meses, aos desempregados que aceitem empregos de
curta duração a mais de 100 quilómetros da sua residência.
Para apoiar a mobilidade permanente, o Governo pretende dar um valor
idêntico para ajudar nas despesas da mudança dos bens familiares,
acrescido de 102,75 euros de ajuda de custo para subsidiar a viagem da
família, o que irá totalizar 312,36 euros.
Para promover a igualdade de género no mercado de trabalho, o Governo
optou por a integrar no domínio dos apoios à contratação,
disponibilizando-se para financiar o salário dos contratados neste
âmbito durante alguns meses.
O Governo propôs também aos parceiros sociais a criação de estágios
de seis meses para desempregados de longa duração com mais de 30 anos,
cuja remuneração será maioritariamente suportada pelo Instituto de
Emprego e Formação Profissional (IEFP).
A nova medida activa de emprego — REATIVAR — tem como objectivo
promover a reintegração profissional de pessoas desempregadas de longa
duração e de muita longa duração, com mais de 30 anos de idade, através
da realização de estágios profissionais.
Estes estágios profissionais destinam-se a desempregados inscritos há
pelo menos 12 meses nos centros de emprego e que nunca tenham sido
abrangidos por uma medida activa de emprego deste género.
Os estagiários receberão uma bolsa que pode variar entre o valor de
um Indexante dos Apoios Sociais (IAS), que corresponde a 419,22 euros, e
o equivalente a 1,65 IAS, dependendo do seu nível de qualificação.
Terão direito a uma bolsa com majoração os desempregados registados
há mais de dois anos, que tenham mais de 45 anos, sofram de deficiência
ou incapacidade, integrem família monoparental, sejam parte de um casal
de desempregados, sejam vítimas de violência doméstica ou sejam
ex-reclusos.
As entidades empregadoras que queiram candidatar-se a receber
estagiários ao abrigo desta medida ativa de emprego devem apresentar um
plano de estágio, garantir a empregabilidade de pelo menos um em cada
quatro estagiários e apresentar uma relação “razoável e ajustada” entre o
número de estagiários e o número de restantes trabalhadores.
Lusa/SOL

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar