Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: incendios

Tag Archives: incendios

Informações úteis às populações afetadas pelos incêndios

Tendo em vista o apoio às populações afetadas pelos incêndios, esclarece-se que estão disponíveis as seguintes linhas telefónicas:

LNES – número 144
A Linha Nacional de Emergência Social (LNES), para além do apoio imediato que habitualmente disponibiliza às situações de emergência social no país, está a informar sobre quais os postos de atendimento/evacuação para onde está a ser encaminhada a população afetada pelos incêndios.

ANPC – número 800 246 246
A Autoridade Nacional Proteção Civil tem um número disponível que presta informação à população sobre incêndios florestais.

GNR – Trânsito – número 808 201 855
Este número da Guarda Nacional Republicana – Trânsito disponibiliza informação sobre estradas cortadas e acessos limitados.

IMLCF – números 239 854 230 e 239 854 276 (hoje, dia 16. até às 23h e a partir de amanhã das 8h às 20h )
O Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses presta informação sobre as vítimas de incêndios.

CP – número 707 210 220
Os Comboios de Portugal informam sobre a circulação rodoviária no país.

Uma catástrofe assolou Portugal (Incêndio de grande proporção)

Depois de um domingo catastrófico, com um País em chamas, centenas e centenas de pessoas na estradas a procurar encontrar o melhor caminho, para estarem protegidos, mas este foi o domingo mais triste e de grande sofrimento e aperto para os portugueses que confrontados com o poder das chamas a eludir por grande partes das florestas.

Momentos difíceis foram vividos nas últimas  48 horas, mas a situação ainda não está resolvida porque corre o perigo de algumas estradas poderem vir a ser cortadas.

Assim na zona de Fornos de Algodres, regista-se ainda um incêndio a deflagrar com intensidade, na parte norte do concelho, com 36 meios terrestres, 116 meios humanos.

Ainda lavram na região, um  de incêndio na região de Gouveia, com 75 operacionais e 20 meios terrestres.

É preciso, que todos não vacilem e  tenham cumprimento, as regras  de que as autoridades deixam.

Por:AP Foto:JP

 

Forte incêndio assola a região de Vila Cova de Tavares e próximo dos concelhos de Fornos e Penalva

IMG_3356Se na noite de ontem, ainda estava na zona de Abrunhosa a Velha, durante a tarde , desta segunda -feira, o incêndio voltou a ganhar grandes contornos e alargou uma frente devastadora.

Uma tarefa super complicada para os Bombeiros que vão lutando no teatro de operações, nesta altura, é a localidade de Vila Cova de Tavares que está mais em perigo, dado que, horas difíceis, passaram as gentes de Chãs de Tavares e Torre de Tavares, o que levou o Município de Mangualde a ativar o Plano de Emergência Municipal.

Nesta hora complicada toda a ajuda é importante, quer aos bombeiros ou mesmo às populações destas localidades.

Para além,  desta frente, na zona abaixo, já na direção do concelho de Gouveia, o incêndio também tem uma frente ativa, em Gouveia Gare e nas portas de Ribamondego.

Ao longo do dia foram muitas as estradas cortadas, devido ao perigo das chamas poderem fazer estragos maiores.

 

Incêndios assolam concelho de Mangualde

IMG_3356Este domingo, fica marcado pelos fortes incêndios que assolam o concelho de Mangualde, com três locais diferentes obrigou os Bombeiros e todas as forças da autoridade a trabalhos redobrados aos longo do dia.

Circunscrito está o da zona da Cunha alta, já os outros dois focos, continuam bastante acesos , com cerca de quatro centenas de operacionais no terreno e quase uma centena de meios.

Espera-se que IMG_3355nas próximas horas possam estar dominados, mas muitos hectares foram devastados durante o dia.

Por:AP

 

Bombeiros desta região tentam combater o grande incêndio

19396663_1882101855389849_914042389601431245_nNesta altura, os Bombeiros desta região foram ajudar a combater os incêndios que vão lavrando em Góis e Pedrogão.

Desta forma, Bombeiros de Fornos de Algodres, Aguiar da Beira, Celorico, Trancoso, entre outros.

Todos tentam ajudar no sentido de terminar rápido com este tipo de Flagelo.

Desde já fica a maior sorte do mundo para estes soldados da paz que estão já no teatro de operações.

Por:AP

Foto:BVCB

Fernando Rodrigues mantém-se na liderança dos Bombeiros de Fornos de Algodres

12391338_877509259029892_6380251126227652794_nFomos conversar com Fernando Rodrigues, o atual Presidente da Direção dos Bombeiros Voluntários de Fornos, que vai continuar novo mandato nesta associação, após ter sido reeleito, no passado mês de dezembro e nos falou um pouco do percurso anterior e alguns projetos para o futuro.

Magazine Serrano- São 68 anos a prestar apoio às populações locais?

Fernando Rodrigues–Muita gente trabalhou para que esta associação esteja neste momento como está, foram muitos que contribuíram ao longo destes anos, aqui deixo a minha palavra de gratidão, a todos Presidentes, Comandantes, Bombeiros que saíram, outros que já não estão entre nós e outros foram para os quadros de honra, a todos o nosso muito obrigado, em nome da direção.

Neste seu 1º mandato foram dois anos difíceis?

Quando estamos numa associação em que os recursos económicos são poucos, as tarefas tornam-se difíceis, para termos as contas equilibradas, fomos fazendo algumas atividades ao longo do ano e conseguimos adquirir duas novas ambulâncias ao longo destes dois anos, esta última foi apresentada no final de 2016.

Fizemos uma série de candidaturas, ao que sem dinheiro é mais difícil, mas com muito trabalho e dedicação de todos e sabendo que o corpo ativo está connosco é mais fácil, agora as dificuldades vão sempre existir.

Neste novo mandato que agora iniciou, novos projetos vão acontecer?

Sim , vamos continuar a trabalhar em prol desta associação e face a isso, temos  como projeto a aquisição de mais duas viaturas para o combate a fogos florestais, nesse sentido temos as candidaturas em curso.

Uma remodelação no quartel, que achamos importante, para que este edifício ofereça melhores condições a nível da sua logística e entre outras coisas que poderão surgir.

Em relação ao antigo quartel, que futuro?

Estamos numa fase preparatória de algum projeto que possa existir, estamos atentos ao que vai saindo, este imóvel é nosso, para além de ser útil para termos lá algumas viaturas e onde vamos colocando o material para a campanha Quartel Eletrão.

Mas estamos atentos, pois não está esquecido, estamos a pensar em fazer algo de bom no futuro.

A Campanha Quartel Eletrão está a decorrer a bom ritmo?

Sim, vai estar a decorrer sempre durante o ano, agora no que toca a esta campanha, agora é um concurso nacional , onde no ano passado ficámos em quarto lugar a nível nacional “ Per Capita”, vai estar a decorrer até abril/maio, agora vamos fazer força para recolher o mais possível e estamos prontos para recolher também.

Este é um concurso nacional, mas ao longo de todo ano continuamos a receber artigos já em fim de vida.

Para quando uma Equipa de Intervenção Permanente em Fornos?

Vamos fazer de tudo para que seja uma realidade a curto prazo, pois é pertinente pela área verde que possuímos e também pelos muitos bombeiros que temos no desemprego e seria bom que eles trabalhassem, pois é uma parte social, além do mais nos ajuda nos fogos florestais e noutras áreas de socorro ao longo do ano.

Sozinho é mais difícil, mas vamos pedir apoio à Camara Municipal, para todos juntos fazer um forcing e seja uma realidade em 2017.

A nível nacional está a decorrer uma onda de solidariedade de apoio aos bombeiros, uma ação importante?

Sim é bom que se lembrem dos Bombeiros, pois não é só na fase de Verão, mas todo ano, é feito o trabalho de socorro às populações, a nível local, recentemente foi feito um almoço solidário com a presença de três centenas de pessoas e é bom, pois as pessoas fizeram gosto de contribuir e agradecemos a toda a população.

O grande apoio da População, do Corpo Ativo, Comando, estando todos em sintonia é muito mais fácil, sendo grandes motivos que me fizeram continuar a liderar a direção dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres.

Por:António Pacheco

 

Soldados da Paz Pinhelenses comemoram 110º aniversário

bvp-3A cidade de Pinhel vai ser palco este fim de semana de mais um aniversário dos Bombeiros Voluntários Pinhelenses, que nesta altura celebram o seu 110º aniversário.

Deste modo, por se tratar de uma data especial, as comemorações iniciam-se no sábado pela manhã, com a realização de um simulacro de um incêndio urbano, na cidade falcão.

A tarde deste dia vai ser reservada ao desporto, com a realização de um encontro de futebol entre solteiros e casados, com a participação de todos que acharem que ainda podem fazer uma corridinha.

O dia da grande festa é mesmo domingo, assim logo pela manhã terá lugar, a receção às diversas entidades, onde se destaca a presença do Secretário de Estado da Administração Interna, e demais convidados.

Tempo ainda, para alguns soldados da paz pinhelenses, possam ser promovidos, durante a formatura, seguindo-se o hastear da bandeira e a sessão solene com a presença das diversas entidades e onde o Secretário de Estado da Administração Interna vai usar da palavra, assim como outras entidades locais.

Como anualmente acontece, decorre a romagem ao monumento do bombeiro, seguindo –se a Eucaristia e para terminar a manhã um almoço convívio entre todos os Soldados da Paz.

Para a tarde, está reservado um desfile de veículos destes Bombeiros Pinhelenses.

Um fim de semana  festivo , com homenagem aos bombeiros.

Por:António Pacheco, Foto:BVP

 

Redução da área ardida por Mangualde em 2016

inc mRealizou-se, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde, uma reunião da Proteção Civil onde foram analisados os dados relativos às ocorrências de 2016 em matéria de incêndios florestais, do qual resulta, apesar de se ter verificado um verão meteorológico adverso, uma redução da área ardida (190 ha) e menor número de ocorrências (43) face à média dos últimos anos.

 Apurou-se que a sensibilização tem tido um papel preponderante, na prevenção, nos cuidados a tomar e como agir. A primeira intervenção tem tido uma eficácia elevada, bem como um excelente trabalho de rescaldo e de vigilância.

 FORAM DADOS AINDA PASSOS IMPORTANTES NA PREPARAÇÃO DO PRÓXIMO ANO

Foram dados ainda passos importantes na preparação do próximo ano, com a consolidação da vigilância fixa e móvel, o aumento de investimento na área da prevenção, a contínua aposta na formação dos operacionais e a melhoria das condições de trabalho.

 Este tem sido um trabalho conjunto, coordenado pela Proteção Civil Municipal, Guarda Nacional Republicana, Bombeiros Voluntário de Mangualde, Agrupamento 299 do Corpo Nacional de Escutas, Santa Casa da Misericórdia de Mangualde e Juntas de Freguesia.

Por:Mun.Mangualde

Período crítico de incêndios florestais para 2016 alargado

Até 15 de outubro0mesq

Em virtude das temperaturas que continuam elevadas e a ausência de precipitação em Portugal Continental, o período crítico de incêndios florestais para 2016, durante o qual vigoram medidas especiais de defesa da floresta contra incêndios, foi prorrogado até 15 de Outubro.

Reforça-se que durante o período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, é proibido fumar, fazer lume ou fogueiras, fazer queimas ou queimadas, lançar foguetes e balões de mecha acesa, fumigar ou desinfestar apiários, fazer circular tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés, entre outras limitações.

Celorico da Beira recebeu o Secretário de Estado da Administração Interna

14163895_10206791861545020_1233385043_oO Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, esteve, em Celorico da Beira, esta quinta -feira, 1 de setembro de 2016,  de visita ao quartel da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Celorico da Beira.

Jorge Gomes mostrou-se solidário para com esta corporação e aos 3 bombeiros feridos num incêndio que consumiu uma grande área de terreno na Freguesia de Rapa e Cadafaz.

O governante afirmou que em Outubro começa a preparação para a época de incêndios de 2017, sendo necessário alterar “todo o sistema” para reduzir o número e a dimensão dos fogos.

A comitiva deslocou-se posteriormente à aldeia de Cadafaz, onde no mês de agosto assolou um grande incêndio, aí debateram várias questões que diariamente afligem estes “soldados da paz”. O Secretário de Estado da Administração apelou que “os cidadãos têm que ter comportamentos corretos, que não provoquem incêndios, têm de ter as suas áreas limpas o melhor que podem”.

Jorge Gomes salientou que o Governo está disponível para ajudar as associações humanitárias a quem deve “imenso respeito”, querendo aumentar o seu orçamento, assim como criar um cartão social do bombeiro.

Um relatório provisório do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas refere que a área que este ano ardeu – até 15 de Agosto – é três vezes superior ao histórico dos últimos dez anos, correspondendo a 103.137 hectares. Apesar de terem existido menos 22% de ocorrências relativamente à média da última década, verificou-se o triplo da área consumida pelas chamas.

As causas dos fogos florestais são difíceis de investigar, as chamas destroem muitas das provas que podiam ajudar as autoridades a descobrir a origem dos incêndios. O último relatório de segurança interna avança que 1% dos incêndios acontece por causas naturais, 27% por negligência, 25% de forma intencional, mas quase metade dos fogos têm causas desconhecidas.

Por:BATV

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar