Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: incendios (page 4)

Tag Archives: incendios

MANGUALDE CANDIDATA-SE AO PROGRAMA TERRITORIAL DE COOPERAÇÃO EUROPEU INTERREG SUDOE

    Autarqucmia aposta na prevenção de catástrofes

A Câmara Municipal de Mangualde efetuou uma parceria com entidades portuguesas, espanholas e francesas para o desenvolvimento de um projeto de cooperação territorial europeu para o desenvolvimento e melhoria dos sistemas de gestão de catástrofes e proteção civil. A candidatura do projeto transnacional, efetuada pelo consórcio de entidades, insere-se no âmbito do Programa Territorial de Cooperação Europeu Interreg SUDOE e conta com fundos comunitários para o seu desenvolvimento.

 

A candidatura agora submetida no valor global de um milhão e setecentos mil euros investirá na promoção e desenvolvimento de ferramentas, planos de prevenção, emergência, gestão de catástrofes e regeneração de zonas danificadas por forma a prevenir, mitigar e gerir riscos com maior eficácia no espaço SUDOE (Portugal, Espanha e França). O Programa Interreg Sudoe apoia o desenvolvimento regional no sudoeste da Europa financiando projetos transnacionais através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e a cooperação transnacional para resolver problemas comuns às regiões do sudoeste europeu.

 

Mangualde, fortemente fustigado por incêndios florestais nos últimos anos, pretende assim, através do seu serviço municipal de proteção civil e de parceiros associados, contribuir para a melhoria de sistemas de gestão de catástrofes com o objetivo de prevenir e mitigar os riscos associados a este tipo de flagelos e outros. É ainda objetivo melhorar as ferramentas, planos de alerta e proteção civil existentes partilhando conhecimento com entidades espanholas e francesas no desenvolvimento de práticas inovadoras transversais aos territórios.

Por:Mun.Mangualde

Quatro feridos no Incêndio do parque da Serra da Estrela

O incêndio que lavra no Parque Natural da Serra da Estrela nos Concelhos
de Gouveia e Manteigas colocou há momentos doze bombeiros numa situação
bastante perigosa.
Esses doze elementos encontravam-se a combater, quando foram surpreendidos pelo incêndio, acabando por ficar cercados.

Do incidente resultaram ferimentos ligeiros em quatro bombeiros que recusaram transporte à unidade hospitalar.
Foram assistidos pela ambulância de suporte imediato de
vida (SIV) do INEM, sediada em Seia e que se encontra pré-posicionada
junto ao posto de comando do incêndio. Segundo o BPS apurou, o INEM
através da sua delegação de Coimbra decidiu reforçar os meios daquele
instituto no local do incêndio, enviando uma SIV de Coimbra para a Serra
da Estrela.
Os bombeiros feridos pertencem à corporações de Santarém e Benavente.
 

Fonte – Bombeiros Para Sempre

Incêndio na região de Mangualde

Foto:NM

Esta quinta -feira, o concelho de Mangualde foi de novo fustigado com os incêndios e vai daí, depois de à semanas atrás ter assolado a zona de Gouveia Gare, Vila Mendo e terras de Tavares, agora novo incêndio neste concelho, nas zonas freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães,e outras localidades limítrofes.

Neste incêndio estiveram presentes cerca de três centenas de bombeiros e sete dezenas de viaturas e quatro meios aéreos.
Esta é uma semana em que a região das beiras está em alerta e vai ser duro para os bombeiros o seu trabalho para controlar essas adversidades.
Com  as poucas chuvas que caíram, vai ser uma fase dura e todos os cuidados vão ser poucos para evitar o pior.

Por:António Pacheco

Crianças alertadas para perigo dos incêndios na floresta

Foto:Mun.AG

  As Crianças do ATL da Santa Casa da Misericórdia de Aguiar da Beira, foram esta quarta-feira á Biblioteca e vai daí, estava preparada uma peça teatral,  “Árvore Elvira”, onde o tema andava à volta dos incêndios florestais, isto é, os perigos que podem advir destes flagelos, e claro esta história serviu para alertar para esses perigos e para prevenir algo de acontecer.

  Claro que a participação dos soldados da paz locais foi preciosa para que esta história alertasse as crianças, para que quando crescerem, serem os primeiros a preservar a floresta.
Esta ação está inserida, no Projeto “Leituras Partilhadas”.

Por:António Pacheco

Trancoso com menos incêndios, debatido pela CMDFCIT

  A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de
Trancoso reuniu esta quarta-feira, para definir estratégias e medidas
para o período crítico de incêndios que se inicia.
   Esta
iniciativa contou com a presença de representantes do CDOS da Guarda, da
GNR do Destacamento Territorial de Pinhel, de elementos dos Postos
Territoriais da GNR de Trancoso e de Vila Franca das Naves, da Equipa do
NPA da GNR de Pinhel, do ICNF, das Corporações de Bombeiros de Trancoso
e de Vila Franca das Naves, das
Associações de Produtores Florestais Piscotávora e Alto da Broca,
representante das Juntas de Freguesia do Concelho e de Técnicas e
Executivo do Município de Trancoso.

  
Com saída e deslocação pelo território do Concelho de Trancoso, esta
reunião teve o intuito de dar a conhecer in loco algumas das situações
de risco existentes, bem como medidas tomadas pelo Município em prol da
Defesa da Floresta Contra Incêndios, nomeadamente intervenções de
melhoria, sinalização e limpeza de pontos de água e ainda a reparação
conjunta com o ICNF de caminhos florestais estratégicos.
  É de grande importância que se conheçam os meios de que o concelho
dispõe, esta saída de campo contou também com a deslocação aos postos de
vigia do Pisco e da Broca, e ao dispositivo operacional das Corporações
de Bombeiros de Trancoso e Vila Franca das Naves.
Por:Mun.Trancoso

Incêndio de grandes proporções no concelho de Mangualde

Vento impulsionador
  Este foi o início dos incêndios florestais nesta região e logo com algo de grandes proporções, assim por volta das 15h, na zona de Abrunhosa-a-Velha começou a deflagrar e apartir daí foi sempre em alta velocidade.
  Foram dezenas de hectares de mato, três casas de arrumos de fazendas e uma casa de férias de habitação, um grande prejuízo para todas estas populações, onde até a linha de comboio junto à estação de Gouveia, teve de ser interrompida para apagar algo na linha também.
  Foram também muitos os meios no terreno, desde aviões , 272 bombeiros, apoiados por 82 veículos.
 Pode-se dizer que foi uma tarde noite complicada para os Soldados da Paz, com o calor e o vento a prejudicar em muito o trabalho dos soldados da Paz.

 Por: António Pacheco

Mangualde sem fogos depende de todos!

Campanha de sensibilização
da autarquia mangualdense tem como objetivo prevenir incêndios florestais 
 

Com o objetivo
de sensibilizar as populações, especialmente as rurais, para os riscos dos
incêndios florestais, a Câmara Municipal de Mangualde está a levar a cabo a
ação de sensibilização ‘MANGUALDE SEM FOGOS DEPENDE DE TODOS!’. Para tal foi
distribuído um folheto explicativo no concelho com principal incidência nas
zonas rurais. A iniciativa insere-se no âmbito do programa DFCI – Defesa da
Floresta Contra Incêndios e está a ser implementada pela Comissão Municipal de
Defesa da Floresta.

  Para defender a
sua habitação é obrigatório proceder à instalação de uma Faixa de Proteção à
volta das edificações (Faixa de Gestão de Combustíveis), proceder à
redução/corte de matos e arvoredo no interior da Faixa de Proteção e que as
copas das árvores e dos arbustos estejam distanciadas, no mínimo, 5 metros das
edificações, evitando-se a sua projeção sobre os telhados.

  Uma vez que a
maioria dos incêndios que deflagram em Portugal são provocados pelo descuido do
homem tenha atenção que nos espaços rurais, durante o Período Crítico, é
proibido fazer lume ou fogueiras, queimar restos das atividades agrícolas ou
florestais, fumar ou fazer lume no interior de áreas florestais, fazer
queimadas para a renovação de pastagens, fumigar ou desinfetar apiários, lançar
foguetes e balões de mecha acesa. É de salientar que o período critica se
encontra dividido em duas fases: Fase Bravo de 15 de maio a 30 de junho e Fase
Charlie de 1 de julho a 30 de setembro. Fora do período crítico sempre que o
risco de incêndio seja Muito elevado ou Máximo aplicam-se as mesmas regras.
  Se tiver que
queimar alguma coisa faço em segurança: não queime em dias de vento ou muito
calor, queime preferencialmente nas primeiras horas do dia, não queime sozinho,
crie uma zona de contenção à volta da fogueira, faça fogueiras pequenas e
alimente-as periodicamente, não abandone o local sem se certificar que a
fogueira está apagada e se não reunir condições de segurança NÃO QUEIIME.
  Como forma de o
ajudar e o manter informado, a Câmara Municipal de Mangualde publica
diariamente o ‘O Risco de Incêndio’ no seu site e em caso de incêndio deverá
ligar o 112 (chamada gratuita). 
Por:Mun.Mangualde

Bombeiros de Gouveia e Penalva do Castelo receberam novas viaturas

foto: BVPC
  Foi durante as cerimónias de comemoração
do Dia do Bombeiro Português em Bragança que se procedeu à entrega de
11 novas viaturas.
 Dez veículos florestais de combate a incêndios (VFCI) e ainda um veículo urbano de combate a incêndios (VUCI).

  As onze novas viaturas são de “reposição
da capacidade operacional dos Corpos de Bombeiros em resultado de
incidentes no contexto do combate aos incêndios florestais”, afirmou-se
ontem durante a entrega das viaturas em Bragança.
O destino das onze novas viaturas é:
– Penacova (duas viaturas)
– Alfandega da Fé
– Brasfemes
– Salvação Pública de Chaves
– Póvoa de Varzim
– Vila Nova de Poiares
– Carregado do Sal
– Barquinha
–  Penalva do Castelo
Gouveia (VUCI)
Por Bombeiros para sempre

MANGUALDE TEM DISPOSITIVO ESPECIAL DE COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS

Autarquia considera a segurança
prioritária

Realizou-se
no passado sábado, dia 9 de maio, pelas 10h00, a apresentação do Dispositivo
Especial de Combate a Incêndios Florestais 2015 de Mangualde (DECIF), no
auditório da Câmara Municipal, seguida de uma visita pelo concelho.

 A
apresentação foi conduzida pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde,
João Azevedo, e contou com intervenções do Comandante Operacional Municipal,
Pedro Amaral, do Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários
de Mangualde, João Soares, dos elementos dos Bombeiros Voluntários de
Mangualde, Comandante Carlos Carvalho e Adjunto Márcio Teles e do Comando
Territorial da GNR, Cabo Jerónimo do SEPNA. Intervieram ainda membros das
Juntas de Freguesia e do Conselho Municipal de Segurança.
130 HOMENS E 20 MEIOS DE COMBATE AFETOS AOS DECIF
No âmbito do
dispositivo agora apresentado, estão afetos ao combate a incêndios florestais
em Mangualde cerca de 130 homens e 20 meios de combate ou apoio ao combate. Os
meios, humanos e materiais, estão distribuídos pelos Bombeiros Voluntários de
Mangualde, pela GNR, pela Proteção Civil Municipal, pelos Sapadores Florestais,
pelas Juntas de Freguesia, entre outros agentes de proteção civil.
 Durante
a apresentação foi destacada a importância da preparação e prontidão para um
período crítico, que se prevê com condições muito adversas em termos de combate
aos incêndios florestais. Foi ainda referido que a segurança ocupa sempre as
prioridades não descurando a missão e as estratégias necessárias para uma
eficaz e eficiente gestão das ocorrências.
 Após a
sessão no auditório do município, realizou-se uma visita ao concelho cujo
objetivo era reconhecer, no terreno, as infraestruturas que servem a Defesa da
Floresta Contra Incêndios (DFCI), nomeadamente, o estado dos Reservatórios de
DFCI, o posto de vigia e os caminhos que atravessam os espaços florestais.
Por:Mun.Mangualde

Dispositivo Especial de Combate a Incêndios 2015 apresentado em Pinhel

   Decorreu ao final da tarde desta terça- feira, na cidade
de Pinhel, a Apresentação Pública do
Dispositivo Especial de Combate a Incêndios 2015 para o Distrito da Guarda,


no Auditório da Câmara Municipal, pelo Comandante Operacional Nacional, Dr.
José Moura, e também o  Comandante
Operacional Distrital, Dr. António Fonseca.

Estiveram presentes alguns Autarcas, GNR, INEM, Representantes
das Direções e Comandantes dos bombeiros do distrito da Guarda.
Este dispositivo vai ser composto por 130 equipas, 596 elementos e 135 veículos prontos para o combate aos incêndios, 24 h por dia.
  Foi assim explicado como este novo plano de ação vai decorrer durante este ano 2015.
 Por:Sofia Pacheco
Fotos:Mun.Pinhel
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar