Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: incendios (page 4)

Tag Archives: incendios

Protocolo de colaboração para a prevenção e vigilância de incêndios florestais em Mangualde

9jA Câmara Municipal de Mangualde estabeleceu um protocolo de colaboração para a prevenção e vigilância de incêndios florestais, onde foram definidas as condições básicas para a operacionalização do posto de vigia do Monte da Senhora do Castelo. Em cooperação com a autarquia estão a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mangualde (AHBVM), a Santa Casa da Misericórdia de Mangualde (SCMM), o Agrupamento 299 do Corpo Nacional de Escutas (CNE) e a Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA). Mangualde tem sido atingido por incêndios de grandes dimensões, que causam elevados prejuízos económicos e ambientais para o concelho, para os cidadãos e para as empresas.

 POSTO SERÁ INSTALADO NA TORRE DA CAPELA

A especificidade orográfica do concelho não permite visualizar uma área a partir do posto de vigia da Serra das Pousadas. A instalação de um posto de vigia na torre da Capela de Nossa Senhora do Castelo permite colmatar a falha, aumentando a bacia de visibilidade e contribuindo para uma vigilância mais eficiente.

O posto será instalado na torre da capela, propriedade da Santa Casa da Misericórdia. A resposta operacional de primeira intervenção e combate aos incêndios florestais deflagrados no concelho está ao encargo dos Bombeiros de Mangualde.

O Agrupamento 299 irá vigiar a área abrangida pelo posto da Capela de Nossa Senhora do Castelo. O CNE é considerado um agente de proteção civil de segunda linha, consagrado na Diretiva Nacional de Proteção Civil, e tem como missão prestar apoio com meios humanos e materiais para cumprir as ações que lhe forem atribuídas. A GNR, através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente, fica encarregue de assegurar a coordenação ao nível nacional da atividade de prevenção, vigilância e deteção de incêndios florestais e de outras agressões ao meio ambiente. Através do Serviço Municipal de Proteção Civil e do Gabinete Técnico Florestal, a autarquia irá promover ações de Defesa da Floresta Contra Incêndios e irá articular com os vários agentes de Proteção Civil presentes no território concelhio.

O referido protocolo tem o período de vigência de 2 meses, entre 1 de julho e 31 de agosto de 2016.

Por:Mun.Mangualde

Pinhel acolhe Workshop Ibérico sobre Incêndios Florestais

1bvp Ao longo de três dias, Pinhel acolhe a realização de um workshop de partilha de informação e conhecimento sobre sistemas de gestão de operações em cenários de Incêndio Florestal em regiões transfronteiriças.

A iniciativa está a decorrer no Auditório da Câmara Municipal onde estão reunidos participantes de Portugal e Espanha com particular interesse no aperfeiçoamento de procedimentos e modos de atuação nas regiões de fronteira.
Ao longo do evento, serão analisados e discutidos temas como as estruturas de coordenação a nível distrital, regional e nacional dos dois países em operações de extinção de incêndios florestais, os instrumentos de apoio à decisão opbvp1eracional e planos de formação para os agentes de proteção civil, melhorando e potenciando os mecanismos de cooperação já existentes.

O encontro, promovido pela Escola Nacional de Bombeiros, com o apoio da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e do Município de Pinhel, conta com a presença de elementos da estrutura operacional da ANPC e de comandantes de corpos de bombeiros nacionais, bem como de representantes de diferentes comunidades autónomas de Espanha e da Dirección General de Protección Civil y Emergencias daquele país.

Por:Mun.Pinhel

MANGUALDE CANDIDATA-SE AO PROGRAMA TERRITORIAL DE COOPERAÇÃO EUROPEU INTERREG SUDOE

    Autarqucmia aposta na prevenção de catástrofes

A Câmara Municipal de Mangualde efetuou uma parceria com entidades portuguesas, espanholas e francesas para o desenvolvimento de um projeto de cooperação territorial europeu para o desenvolvimento e melhoria dos sistemas de gestão de catástrofes e proteção civil. A candidatura do projeto transnacional, efetuada pelo consórcio de entidades, insere-se no âmbito do Programa Territorial de Cooperação Europeu Interreg SUDOE e conta com fundos comunitários para o seu desenvolvimento.

 

A candidatura agora submetida no valor global de um milhão e setecentos mil euros investirá na promoção e desenvolvimento de ferramentas, planos de prevenção, emergência, gestão de catástrofes e regeneração de zonas danificadas por forma a prevenir, mitigar e gerir riscos com maior eficácia no espaço SUDOE (Portugal, Espanha e França). O Programa Interreg Sudoe apoia o desenvolvimento regional no sudoeste da Europa financiando projetos transnacionais através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e a cooperação transnacional para resolver problemas comuns às regiões do sudoeste europeu.

 

Mangualde, fortemente fustigado por incêndios florestais nos últimos anos, pretende assim, através do seu serviço municipal de proteção civil e de parceiros associados, contribuir para a melhoria de sistemas de gestão de catástrofes com o objetivo de prevenir e mitigar os riscos associados a este tipo de flagelos e outros. É ainda objetivo melhorar as ferramentas, planos de alerta e proteção civil existentes partilhando conhecimento com entidades espanholas e francesas no desenvolvimento de práticas inovadoras transversais aos territórios.

Por:Mun.Mangualde

Quatro feridos no Incêndio do parque da Serra da Estrela

O incêndio que lavra no Parque Natural da Serra da Estrela nos Concelhos
de Gouveia e Manteigas colocou há momentos doze bombeiros numa situação
bastante perigosa.
Esses doze elementos encontravam-se a combater, quando foram surpreendidos pelo incêndio, acabando por ficar cercados.

Do incidente resultaram ferimentos ligeiros em quatro bombeiros que recusaram transporte à unidade hospitalar.
Foram assistidos pela ambulância de suporte imediato de
vida (SIV) do INEM, sediada em Seia e que se encontra pré-posicionada
junto ao posto de comando do incêndio. Segundo o BPS apurou, o INEM
através da sua delegação de Coimbra decidiu reforçar os meios daquele
instituto no local do incêndio, enviando uma SIV de Coimbra para a Serra
da Estrela.
Os bombeiros feridos pertencem à corporações de Santarém e Benavente.
 

Fonte – Bombeiros Para Sempre

Incêndio na região de Mangualde

Foto:NM

Esta quinta -feira, o concelho de Mangualde foi de novo fustigado com os incêndios e vai daí, depois de à semanas atrás ter assolado a zona de Gouveia Gare, Vila Mendo e terras de Tavares, agora novo incêndio neste concelho, nas zonas freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães,e outras localidades limítrofes.

Neste incêndio estiveram presentes cerca de três centenas de bombeiros e sete dezenas de viaturas e quatro meios aéreos.
Esta é uma semana em que a região das beiras está em alerta e vai ser duro para os bombeiros o seu trabalho para controlar essas adversidades.
Com  as poucas chuvas que caíram, vai ser uma fase dura e todos os cuidados vão ser poucos para evitar o pior.

Por:António Pacheco

Crianças alertadas para perigo dos incêndios na floresta

Foto:Mun.AG

  As Crianças do ATL da Santa Casa da Misericórdia de Aguiar da Beira, foram esta quarta-feira á Biblioteca e vai daí, estava preparada uma peça teatral,  “Árvore Elvira”, onde o tema andava à volta dos incêndios florestais, isto é, os perigos que podem advir destes flagelos, e claro esta história serviu para alertar para esses perigos e para prevenir algo de acontecer.

  Claro que a participação dos soldados da paz locais foi preciosa para que esta história alertasse as crianças, para que quando crescerem, serem os primeiros a preservar a floresta.
Esta ação está inserida, no Projeto “Leituras Partilhadas”.

Por:António Pacheco

Trancoso com menos incêndios, debatido pela CMDFCIT

  A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de
Trancoso reuniu esta quarta-feira, para definir estratégias e medidas
para o período crítico de incêndios que se inicia.
   Esta
iniciativa contou com a presença de representantes do CDOS da Guarda, da
GNR do Destacamento Territorial de Pinhel, de elementos dos Postos
Territoriais da GNR de Trancoso e de Vila Franca das Naves, da Equipa do
NPA da GNR de Pinhel, do ICNF, das Corporações de Bombeiros de Trancoso
e de Vila Franca das Naves, das
Associações de Produtores Florestais Piscotávora e Alto da Broca,
representante das Juntas de Freguesia do Concelho e de Técnicas e
Executivo do Município de Trancoso.

  
Com saída e deslocação pelo território do Concelho de Trancoso, esta
reunião teve o intuito de dar a conhecer in loco algumas das situações
de risco existentes, bem como medidas tomadas pelo Município em prol da
Defesa da Floresta Contra Incêndios, nomeadamente intervenções de
melhoria, sinalização e limpeza de pontos de água e ainda a reparação
conjunta com o ICNF de caminhos florestais estratégicos.
  É de grande importância que se conheçam os meios de que o concelho
dispõe, esta saída de campo contou também com a deslocação aos postos de
vigia do Pisco e da Broca, e ao dispositivo operacional das Corporações
de Bombeiros de Trancoso e Vila Franca das Naves.
Por:Mun.Trancoso

Incêndio de grandes proporções no concelho de Mangualde

Vento impulsionador
  Este foi o início dos incêndios florestais nesta região e logo com algo de grandes proporções, assim por volta das 15h, na zona de Abrunhosa-a-Velha começou a deflagrar e apartir daí foi sempre em alta velocidade.
  Foram dezenas de hectares de mato, três casas de arrumos de fazendas e uma casa de férias de habitação, um grande prejuízo para todas estas populações, onde até a linha de comboio junto à estação de Gouveia, teve de ser interrompida para apagar algo na linha também.
  Foram também muitos os meios no terreno, desde aviões , 272 bombeiros, apoiados por 82 veículos.
 Pode-se dizer que foi uma tarde noite complicada para os Soldados da Paz, com o calor e o vento a prejudicar em muito o trabalho dos soldados da Paz.

 Por: António Pacheco

Mangualde sem fogos depende de todos!

Campanha de sensibilização
da autarquia mangualdense tem como objetivo prevenir incêndios florestais 
 

Com o objetivo
de sensibilizar as populações, especialmente as rurais, para os riscos dos
incêndios florestais, a Câmara Municipal de Mangualde está a levar a cabo a
ação de sensibilização ‘MANGUALDE SEM FOGOS DEPENDE DE TODOS!’. Para tal foi
distribuído um folheto explicativo no concelho com principal incidência nas
zonas rurais. A iniciativa insere-se no âmbito do programa DFCI – Defesa da
Floresta Contra Incêndios e está a ser implementada pela Comissão Municipal de
Defesa da Floresta.

  Para defender a
sua habitação é obrigatório proceder à instalação de uma Faixa de Proteção à
volta das edificações (Faixa de Gestão de Combustíveis), proceder à
redução/corte de matos e arvoredo no interior da Faixa de Proteção e que as
copas das árvores e dos arbustos estejam distanciadas, no mínimo, 5 metros das
edificações, evitando-se a sua projeção sobre os telhados.

  Uma vez que a
maioria dos incêndios que deflagram em Portugal são provocados pelo descuido do
homem tenha atenção que nos espaços rurais, durante o Período Crítico, é
proibido fazer lume ou fogueiras, queimar restos das atividades agrícolas ou
florestais, fumar ou fazer lume no interior de áreas florestais, fazer
queimadas para a renovação de pastagens, fumigar ou desinfetar apiários, lançar
foguetes e balões de mecha acesa. É de salientar que o período critica se
encontra dividido em duas fases: Fase Bravo de 15 de maio a 30 de junho e Fase
Charlie de 1 de julho a 30 de setembro. Fora do período crítico sempre que o
risco de incêndio seja Muito elevado ou Máximo aplicam-se as mesmas regras.
  Se tiver que
queimar alguma coisa faço em segurança: não queime em dias de vento ou muito
calor, queime preferencialmente nas primeiras horas do dia, não queime sozinho,
crie uma zona de contenção à volta da fogueira, faça fogueiras pequenas e
alimente-as periodicamente, não abandone o local sem se certificar que a
fogueira está apagada e se não reunir condições de segurança NÃO QUEIIME.
  Como forma de o
ajudar e o manter informado, a Câmara Municipal de Mangualde publica
diariamente o ‘O Risco de Incêndio’ no seu site e em caso de incêndio deverá
ligar o 112 (chamada gratuita). 
Por:Mun.Mangualde

Bombeiros de Gouveia e Penalva do Castelo receberam novas viaturas

foto: BVPC
  Foi durante as cerimónias de comemoração
do Dia do Bombeiro Português em Bragança que se procedeu à entrega de
11 novas viaturas.
 Dez veículos florestais de combate a incêndios (VFCI) e ainda um veículo urbano de combate a incêndios (VUCI).

  As onze novas viaturas são de “reposição
da capacidade operacional dos Corpos de Bombeiros em resultado de
incidentes no contexto do combate aos incêndios florestais”, afirmou-se
ontem durante a entrega das viaturas em Bragança.
O destino das onze novas viaturas é:
– Penacova (duas viaturas)
– Alfandega da Fé
– Brasfemes
– Salvação Pública de Chaves
– Póvoa de Varzim
– Vila Nova de Poiares
– Carregado do Sal
– Barquinha
–  Penalva do Castelo
Gouveia (VUCI)
Por Bombeiros para sempre
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar